Men! — Kendo para 3D&T — Parte 1

Meeeeeeeeen! Uma tradicional arte japonesa na sua mesa de jogo!

Meeeeeeen! O combate com espadas faz parte da cultura oriental, seja na China, na Coreia ou no Japão. Suas artes marciais tradicionais dedicam um bom espaço para esta arma em suas diversas formas, além de existirem diversas lendas sobre espadas lendárias de poder indescritível. É algo mais que elas possuem em comum com os RPGs – afinal, quer arma mais clássica do que uma espada mágica +1, +3 contra mortos-vivos?

Neste e em mais dois artigos, assim, você ficará sabendo tudo o que precisa para ser um mestre de kendo, a arte da espada japonesa, em 3D&T, incluindo um pequeno mini-cenário pronto para campanhas em Mega City!

O dojo Takeru
Oficialmente, a família Takeru é apenas mais uma das inúmeras que imigraram para Mega City e se estabeleceram no bairro Ni-Akihabara. Atenciosos às tradições, seus membros mantêm laços fortes com a cultura da sua terra original, seguindo os rituais e preceitos da religião xintoísta. Possuem um clube dedicado à prática e o estudo da cerimônia do chá, e também um dojo para a prática do kendo que aceita alunos de toda a região.

Há um segredo por trás da sua história e chegada à Cidade das Cidades, no entanto. Embora desconversem sempre que perguntados a respeito, a verdade é que a linhagem dos Takeru pode ser traçada desde o próprio Takeru Yamato, príncipe e herói lendário da história japonesa. E eles emigraram até Mega City com um objetivo muito específico: proteger das mãos de um clã de feiticeiros a sagrada Kusanagi-no-Tsurugi, a espada imperial japonesa.

Perdida no mar durante a Batalha de Dan-no-Ura, em 1185, que decidiu as Guerras Gempei e deu início ao xogunato Kamakura, ela foi secretamente substituída por uma réplica nas cerimônias imperiais posteriores. A original na verdade foi escondida pelo clã Takeru, que desde então é encarregado de protegê-la daqueles que tentam roubá-la para se declararem os senhores legítimos do Japão. Fugindo de um destes grupos, o clã de feiticeiros Mifune, a família saiu do país levando a espada séculos atrás, e percorreu o mundo todo até chegarem enfim a Mega City.

Agora, no entanto, os seus últimos descendentes podem estar prestes a enfrentar o seu maior desafio. Ryuushima Takeru, último patriarca do clã, faleceu recentemente deixando como única herdeira a sua neta, a jovem e inexperiente Kaworu. Ao mesmo tempo, Abe Mifune, último herdeiro dos seus antigos inimigos, chegou recentemente à Cidade das Cidades, e sabe que a Kusanagi-no-Tsurugi está escondida em algum lugar dela. Para completar, alguns métodos divinatórios predizem que um ciclo mítico está prestes a se fechar, e que Yamata-no-Orochi, a serpente de oito cabeças de cujo o corpo a espada foi retirada pelo deus da tempestade Susanoo, poderia renascer para reclamar a arma que originalmente lhe pertence…

Campanhas
Você pode usar este material em dois tipos de campanhas de Mega City, dependendo de como você quer abordar o universo do kendo e das espadas japonesas.

A primeira opção é usá-lo com as regras e temas de O Torneio das Sombras. Nesse caso, a história será como um mangá shonen bem tradicional, com inimigos poderosos em progressão geométrica e grandes lutas épicas pelo destino do mundo. Os personagens devem começar com 7 pontos e podem avançar até o infinito.

Já a segunda opção é usar as regras de Mega City Contra-Ataca. Nesse caso a história será bem mais realista e enfocará o kendo como esporte e filosofia, como um mangá esportivo. Ignore o lado sobrenatural e NPCs monstruosos, e enfoque mais o dia-a-dia de treinamentos e competições oficiais. Os personagens começam com 5 pontos e seguem todas as limitações descritas no capítulo correspondente do livro Mega City. O mestre também pode, se quiser, tirar a vantagem Técnica de Luta da lista de vantagens restritas, para que os personagens possam comprar as técnicas do esporte sem restrição.

E, é claro, quem disse que você precisa se limitar à Cidade das Cidades para usar estas regras? As técnicas mostradas neste material podem ser aproveitadas para samurai e outros espadachins de Tormenta, ou quem sabe haja até um dojo mais tradicional perdido em alguma cidade de Viskey, na Constelação do Sabre!

kendo2Novo kit: Kenshi
Exigências: F1, Técnica de Luta (men e chudan-no-kamae).
Função: atacante.

Kenshi, ou espadachim, é o nome dado aos praticantes do kendo. A espada é considerada uma arma nobre pela cultura japonesa desde os tempos antigos, aparecendo em papeis proeminentes em lendas relatadas no Kojiki e no Nihon Shoki, as obras escritas mais antigas do país. A sua prática, que recebe o nome de kenjutsu (ou técnica da espada), foi desenvolvida e refinada por diversos mestres lendários ao longo dos séculos.

Após a derrota na Segunda Guerra Mundial, no entanto, houve um movimento de desmilitarização do Japão, que atingiu também a cultura da espada. Foi quando eles decidiram trocar o sufixo jutsu para o do (que significa caminho), passando enfocar o lado filosófico e esportivo do treinamento, mais do que o marcial. Assim nascia o kendo, o caminho da espada japonesa.

Os praticantes do kendo hoje, portanto, não são mais os guerreiros samurai de antigamente, mas sim atletas interessados nele como esporte e filosofia. No Japão, o kendo é até hoje disciplina obrigatória nos cursos de admissão à carreira policial; fora dele, diversos dojo fundados por imigrantes e outros interessados foram criados para difundir a sua prática.

Arma preferida. Escolha corte (para espadas verdadeiras) ou esmagamento (para shinai, bokuto e outras espadas de treinamento). Sempre que o seu dano for personalizado com o tipo escolhido, você receberá um bônus de FA+2.

Domínio de kamae. Escolha uma das posturas do kendo (veja no próximo artigo). Ao utilizá-la, você não receberá o modificador negativo. Por exemplo, se você tiver domínio de kamae (jodan-no-kamae), você receberá apenas um bônus de F+1 ao usá-lo, e não o redutor de A-1. Você pode adquirir este poder várias vezes, cada vez escolhendo um kamae diferente.

Estilo da garça. Você pode gastar um movimento e 2 PMs para realizar duas ações na sua próxima rodada, ao invés de uma ação e um movimento.

Pés leves. Você se movimenta com grande agilidade, recebendo um bônus de H+2 para esquivas e movimentação.

Novos itens

bogu1Shinai artesanal (2 PEs)
Uma shinai artesanal é uma arma descartável feita com madeira de bambu e utilizada no treino do kendo. Seus golpes podem ser poderosos, mas possuem um porém: a Força do personagem é triplicada em caso de acerto crítico, ao invés de apenas dobrada; no entanto, após um golpe assim a arma quebra e não pode mais ser usada.

Bogu (20 PEs ou mais)
O bogu é a armadura usada pelos praticantes do kendo, usada para minimizar os danos recebidos durante os treinos e competições. O modelo básico concede Armadura Extra (esmagamento), e pode possuir outras habilidades especiais pagando-se mais PEs ao adquiri-lo.

No próximo artigo: técnicas de luta, posturas, iaido e competições de kendo!

BURP • 21/08/2014

Comentários