Brigada Ligeira Estelar: Personagens Prontos – Parte 2

Um Corsário Espacial. Um Vingador Mascarado. Uma Matadora Cossaca. Três personagens prontos para sua campanha de Brigada Ligeira Estelar!

Grupo

Essa é a segunda parte da lista de seis personagens prontos para sua campanha de Brigada Ligeira Estelar (a primeira está aqui). Diferente dos três primeiros (mais pensados para a aventura pronta A Serviço da Princesa Regente, presente no livro de cenário Brigada Ligeira Estelar), estes são mais ligados a outros mundos e apresentam mais flexibilidade para campanhas diferentes. A fórmula ainda é a mesma: os personagens estão aqui, todos iniciantes de cinco pontos, mas as fichas de seus robôs estão todas no livro de cenário. Dependendo do tom de sua campanha, os jogadores podem aumentar a pontuação das fichas ou mesmo tomá-las como base para personagens diferentes. Divirtam-se! 🙂

_______________________________________

TagusNOME: TAGUS GALIOTTO (14 anos)

MUNDO: MONTALBÁN

CLASSE: CORSÁRIO ESPACIAL

DINHEIRO E ITENS: 370F$00

ROBÔ GIGANTE: HUSSARDO IRREGULAR (Página 58 de Brigada Ligeira Estelar)

Tagus Del Limari Galiotto sempre foi um sobrevivente. Trabalhando em um cemitério de velhas naves em Montalbán, percebeu que a um custo baixo era possível tirar sempre algo funcional de cada uma e aos poucos, construir uma nave espacial de porte médio para sair dali. Seu patrão lhe deu permissão para que o fizesse no tempo livre. Assim, pouco a pouco ele foi construindo a própria nave e pagando com o próprio trabalho.

No final, a chegada de uma nave em melhor estado acabou apressando a construção do material e garantindo, enfim, uma nave melhor ao jovem Tagus. Era uma belonave pirata de porte médio, seriamente avariada e capturada pelas autoridades, incapaz de viajar e dada como arruinada para sempre, mas que com as partes recuperadas por Tagus, poderia funcionar. Parecia que finalmente o jovem poderia ter um futuro, talvez alugando sua nova nave como cargueiro.

Mas Tagus percebeu a oportunidade no ataque proscrito. Ao notar que corsários continuavam amontoando lucros mesmo após passarem para o lado certo da lei, ele decidiu se tornar um deles – sem o estigma de um dia ter sido um pirata. Assim, requeriu uma Carta de Corso, conseguiu arrumar uma pequena tripulação – tão inexperiente quanto ele, mas funcional – e se juntou à luta contra os Proscritos, lutando basicamente na frente de Ottokar, prestando pequenos serviços à nobreza local e tomando saques executados pelos invasores.

F0 (Corte) H2 R1 A0 PdF1 (Pistola de Energia) – 5PVs 5PHs – 5N

Carta de Corso (1): embora ele não precise de indultos, ainda comete atos tecnicamente considerados como pirataria e precisa ser reconhecido como Corsário pelas autoridades. Daí o fato de ter uma carta de Corso.

Aliado Gigante (2): Um Hussardo irregular batizado de Ferrão.

Honrado (V): Tagus jamais foi um pirata espacial, tendo entrado no ramo de corso por conta própria. Por isso mesmo, jamais teve problemas quanto a sua reputação. Pode contar com os mesmos benefícios da vantagem Boa Fama.

Capitania (V): Tagus é o proprietário de sua nave, a Ressurrecta.

Bala nas Costas (k): Tendo visto do que Proscritos ou mesmo alguns piratas são capazes, ele atira sem aviso ao ver seu alvo. Seu primeiro ataque em combate é sempre acerto crítico automático.

Código de Honra da Honestidade (-1): a reputação de seu mundo o precede; enquanto ele honrar seu nome e se mantiver verdadeiro à sua palavra, ele continuará sendo respeitado.

Complexo de Culpa (-1): Tagus se sente responsável pelas pessoas que o seguem. Se alguma coisa acontecer com eles, ele sofre uma penalidade de -2 em todos os testes, mesmo que não houvesse nada que ele pudesse fazer para evitar o acidente. Essa penalidade dura 1D dias.

_______________________________________

AnselNOME: ANSEL ZALMAN (Abutre Cinzento; 14 anos)

MUNDO: MORETZ/TARSO

CLASSE: JUSTICEIRO MASCARADO

DINHEIRO E ITENS: 400.300.000F$50

ROBÔ GIGANTE: HUSSARDO IRREGULAR DUELISTA  (Página 56 de Brigada Ligeira Estelar)

Os Zalman já foram uma família rica em Moretz, na área de livros didáticos comprados pelo governo Imperial, mas não é do interesse de Tarso que gente de fora de seu planeta forme cabeças no Império. O judiciário, nas mãos dos Artusen, mandou procuradores atrás de “irregularidades” na empresa. A imprensa fez o resto, difamando o pai de Ansel. Clientes sumiram, dívidas se acumularam, e mesmo inocentada pela lei, a empresa faliu; assim, os Zalman perderam sua riqueza e acabaram nas cidades-periferia de Moretz.

Lá, suas irmãs chamavam a atenção e foram raptadas por um criminoso que as leiloaria para nobres depravados. Ansel roubou um robô gigante para resgatá-las. Ele conseguiu – e fez um massacre. Obtendo agendas e senhas a partir dos cartões dos cadáveres, Ansel invadiu contas bancárias e assim, pôde enviar sua família sob nova identidade para Inara.

Foi quando ele percebeu que os presidentes das frentes de comunicação que difamaram seu pai eram ligados à Fundação Aeon, em Tarso (um “grupo de estudos econômicos” com nomes vindos dos setores formadores de opinião da sociedade: jornalistas, economistas, nobres).

Assim, Ansel mudou para Tarso, disfarçando-se como um estudante tolo em uma escola para ricos. Agindo como um palerma, ele foi isolado pelos colegas; amigos e namoradas só o fariam perder tempo livre. O importante é que ele tem uma missão como o terrorista chamado de Abutre Cinzento: destruir a Fundação Aeon e os grandes cabeças da imprensa do império a todo custo. É pessoal.

F0 (Corte) H2 R1 A0 PdF1 (Perfuração) 5PVs 5PHs – 5N

Riqueza (2): Ansel fugiu de Moretz com recursos, podendo gastar 1PH para usá-los – exceto para comprar algo que represente uma vantagem ou a recompra de uma desvantagem.

Identidade Secreta (K): Ansel age sob disfarce para esconder suas ações verdadeiras.

Aliado Gigante (2): a máquina roubada por Ansel ainda está ativa e agindo nas mãos do Abutre Cinzento…

Devoção (-1)a família Zalman perdeu tudo. Ansel irá vingá-la, e sempre que não estiver fazendo algo ligado a essa missão, sofre um redutor de -1 em todas as suas características.

Procurado: Vida Dupla (-1): apenas a identidade antiga de Ansel sofre com os efeitos da desvantagem Procurado, sendo que ele a mantém no mais absoluto sigilo.

Insano – Fantasia (-1): Ansel acredita ser mesmo um perigosíssimo terrorista interestelar. E talvez venha a ser um dia, quem sabe… de qualquer forma, por agir de maneira estranha, quase ninguém confia ou acredita nele. Isso, segundo o próprio Ansel, lhe dá mais liberdade para agir de acordo com seus planos.

Mundo Hostil (V): a vida em Moretz é difícil. Ansel recebe a perícia Sobrevivência – Moretz, podendo utilizá-la livremente apenas em seu mundo natal. 

_______________________________________

Alina

NOME: ALINA STENKOVNA MAZEPPA (14 anos)

MUNDO: ARKADI

CLASSE: GUERRILHEIRO COSSACO/MATADOR

DINHEIRO E ITENS: 280F$50, um sabre, uma carabina e uma garrafa de bebida.

ROBÔ GIGANTE: BOGATIR  (Página 55 de Brigada Ligeira Estelar)

Alina Stenkovna Mazeppa já foi uma orgulhosa cossaca. Ela perdeu os pais na infância e se juntou a uma Sietch (comunidade de guerreiros cossacos) chamada Svyatoslava aonde trabalhou para que forjassem seu Bogatir. Cavalgou e treinou ao lado dos companheiros Eugeni, Vera, Anna e Konstantin.

Mas Alina não teve a oportunidade de estar com eles quando caíram contra o ataque proscrito que transformou o lugar em um mar de cadáveres: ela voltara a sua aldeia apenas para reencontrar, surpresa, o namorado de infância se casando na igreja com uma mocinha local. Furiosa, ela quase o matou na hora, e com isso, foi expulsa da aldeia para sempre, só para retornar a Svyatoslava e encontrar seus companheiros mortos.

Alina já não tinha mais um teto, e lhe restaram poucas opções de vida. Mas ela tinha uma arma, e em termos de perder sua alma, há opções piores para uma moça jovem e bonitinha. Agora, mesmo tendo meros quatorze anos, ela é uma matadora de aluguel – e já está granjeando fama o suficiente para que seu nome inspire medo…

F0 (Corte) H2 R1 A0 PdF1 (Perfuração) – 5PVs 5PHs – 5N

Cossaco (1): humanos Cossacos recebem R+1 e PdF+1

Sobrevivência (1): para Cossacos, esta vantagem custa um único ponto.

Código de Honra Cossaco: Alina não aceita ser comandada. Pode forjar alianças, auxiliar seus amigos e ouvir opiniões. Mas no fim das contas sempre fará o que lhe parecer correto.

Aliado Gigante: todo Cossaco tem acesso a um robô padrão Bogatir.

Má Fama (Cossaco): Alina tem duas marcas pesando contra ela aos olhos de todos: uma como cossaco – um povo malvisto e tido como perigoso no Império – e outra como matadora.

Crítico Aprimorado (K)Em um acerto crítico contra seu inimigo, a Força ou Poder de Fogo de Alina é triplicada ao invés de duplicada.

Bala nas Costas (K1): Seu primeiro ataque em combate é sempre acerto crítico automático.

_______________________________________

E esperamos que vocês tenham gostado. Dependendo do desejo dos leitores, é possível que no futuro tenhamos novos artigos com personagens iniciantes de cinco pontos para suas campanhas. Divirtam-se!

(Arte de Altair Messias)

Alexandre Lancaster • 29/07/2014

Comentários