Copa de Arton — Final

Qual seleção venceu a grande final? Os herois de Deheon ou os ginetes de Namalkah? Quem decidiu o resultado foi você!

Acabou! A Copa de Arton chegou ao fim em meio a protestos e polêmicas, com direito mesmo a uma grande passeata em frente à Arena Imperial de cidadãos indignados com o dinheiro gasto no evento, e não na batalha contra a Tormenta. “Menos Copa, mais espadas,” pediam os revoltosos.

Não bastasse isso, a grande final por muito pouco não aconteceu. Entrando com um recurso no Tribunal de Khalmyr, a equipe de Ahlen tentou cancelar a final. Felizmente o pedido foi indeferido, e, com mais de uma semana de atraso, o jogo pode enfim ser realizado.

E que jogo! Os favoritos heróis de Deheon entraram se impondo frente à zebra namalkahiana, e marcaram o primeiro gol logo aos dez minutos de jogo com o atacante Thierry. Pareciam decididos a acabar logo a partida, mantendo a pressão durante a maior parte da primeira etapa. Namalkah resistia bravamente, com a garra e vontade que aprendemos a reconhecer na equipe durante a competição, e aos poucos começava a ensaiar alguns contra-ataques. Já era quase o fim do primeiro tempo quando empataram a partida, em uma arrancada veloz do atacante Tarkos, fazendo jus ao seu apelido de Flecha Negra.

Os jogadores de Deheon pareciam abatidos com o empate ao sair para o intervalo. Na segunda etapa foi Namalkah quem começou atacando, perdendo duas oportunidades de ouro de virar a partida. Reanimada, a seleção de Deheon não perdoou os erros do adversário, e, com um gol de placa do meio-campista Zaidan, voltou a ficar à frente no placar.

Parecia que estava tudo acabado para os ginetes. Mas então ele apareceu: apagado na partida até ali, o vigoroso atacante Portus venceu uma dividida forte contra o zagueiro adversário e marcou o segundo gol de empate faltando menos de dez minutos para o fim do jogo.

E, apenas dois minutos depois, o mesmo Portus marcou novamente em uma nova jogada individual, virando a partida e dando o título à seleção de Namalkah.

Parabéns a Namalkah, seleção campeã da Copa de Arton!

campeão

BURP • 15/08/2014
tags: Copa , Humor

Comentários