Brigada Ligeira Estelar – A Voz do Sabre #09

Mundos perigosos, colônias redescobertas, gangues com alta tecnologia e uma missão de resgate para suas campanhas de Brigada Ligeira Estelar!

Sabre

Olá, aqui é Fides Antevorte de volta! Apesar dos recentes horrores em Uziel… a vida continua. Nobres continuam fazendo o que sempre fizeram, os Proscritos continuam sua campanha de invasão na Ponta do Sabre (embora permaneçam um tanto estagnados na frente em Uziel, graças à ação veloz da Brigada Ligeira Estelar), os interesses industriais de Tarso continuam tentando sequestrar as leis do Império na Estação Parlamentar, e claro, as autoridades continuam tentando detectar o nosso servidor fantasma. Mas nós seguiremos em frente — e, mais uma vez, estamos no ar!

Denúncia Quente

Ibex é o planeta mais próximo da estrela Sabre-1 — o mesmo sistema de Altona. Vôos tripulados para este mundo são proibidos sem autorização: embora sua órbita seja bem estável, qualquer erro de manobra pode levar uma nave a ser atraída pela gravidade solar — e nesse caso, a tragédia é inevitável. Como costuma acontecer em planetas demasiados próximos de suas estrelas, ele não tem atmosfera: a mesma face costuma permanecer voltada de frente para seu sol, graças ao efeito gravitacional que afeta sua rotação. Isso faz com que um dos lados esteja sempre em zero absoluto enquanto o outro é bombardeado por um calor insuportável.
Talvez por isso seja assustadora a notícia da presença de técnicos em colônias mascon na estreita área intermediária do planeta, visivelmente forçados a manter maquinários de exploração e mineração para não serem largados à morte certa por execução ou abandono no ambiente inóspito. Não podemos veicular as fotos ainda à pedidos da fonte, mas elas são revoltantes. Para piorar, devido ao magnetismo particular de um lugar como esse, a viabilidade das colônias mascons pode ser prejudicada por qualquer tempestade magnética. Uma milícia está efetuando o policiamento nesse mundo, e os uniformes não enganam — é a TIAMAT. E se ela está envolvida, certos setores da nobreza também estão! Aguarde desdobramentos!

Oportunidade de Ouro

Ainda em território espacial, rumores falam de uma colônia mascon antiga recentemente descoberta em Adastra, a única lua de Moretz. A base seria antiga e apesar de estar completamente despressurizada, já que provavelmente não houve presença humana em seu interior há décadas, se revelou praticamente intacta. Se o rumor for verdadeiro, significa que quem conseguir tomá-la e requisitá-la poderia criar uma cidade-estado livre da influência das cidades aéreas deste mundo ou, mais importante, das guildas — que não gostariam nem um pouco da presença de uma força independente que não precisaria beijar sua mão para qualquer movimento comercial.
Ah, se o local é tão valioso assim, porque aquele que soltou o rumor não está interessado em requisitá-la? Ora, não é óbvio? Se isso for verdade, as guildas de Moretz já estão em busca dessa base e aquele que a localizou não está disposto a pôr o pescoço em risco, mas também não está nem um pouco a fim de mostrar o caminho das pedras para esses sujeitos. Aonde eles pisam, não cresce mais grama…

Desenterrando o Passado

Delinquentes costumam ser um problemas nos grandes centros, e as cidades que orbitam Metropolitana, em Tarso, costumam ser sujeitas à sua presença. A grande mídia suavizou muito a situação para o resto da Constelação; há interesse político em forjar a imagem de um planeta eficiente. Mas ninguém está noticiando que essas gangues, pilotando irregulares e refugos altamente modificados, aumentaram assustadoramente seu poder de fogo nos últimos meses. Uma fonte quente nos informou o motivo: aparentemente uma gangue de jovens criminosos desenterrou acidentalmente um cemitério de máquinas dos tempos da Insurreição Tarsiana, quando os Voluntários do Sabre retomaram o planeta. Na época em que a derrota se mostrou iminente, os “corajosos revolucionários” de Tarso subitamente começaram a ocultar tudo aquilo que os levaria à corte marcial — e pelo visto essas gangues encontraram algo que lhes vale ouro: quando não sucateiam o que encontram, misturam e fazem combos bizarros como nenhum dos dois lados da guerra fez, barbarizando em LARGA escala nas ruas do planeta. Seus governantes irão negar o quanto puderem em nome da farsa de um planeta eficiente e superior, mas nós da Voz do Sabre não cairemos nessa. Quando tudo estourar e inocentes morrerem, lembrem-se: nós expusemos tudo primeiro.

Em Respeito ao Herói

Recebemos a notícia da morte, na frente Villaverdeana, do Comandante Nagib Eyubi, aos 54 anos de idade. Eyubi sempre foi um dos grandes nomes militares da Constelação — e uma rara voz lúcida e humanista vinda desse meio. De origem Ottokar, ele foi um dos homens que mais vocalizou os princípios instilados por Silas Falconeri em nossa sociedade, assumindo que forças militares não deveriam exercer função policial e vice versa. Era uma voz disposta a dialogar e sempre foi conhecido por mostrar um julgamento sereno em público, mesmo quando ninguém o recriminaria caso se mostrasse radical. Deixa um casal de filhos e quatro netas.
Consta que seu corpo está isolado na assim chamada Zona de Risco, e já obtivemos a informação de que uma unidade de voluntários foi incumbida de recuperar seu corpo — a intenção é que ele tenha um enterro com todas as honras no seu mundo de origem. Uma vez que eles terão que fazer uma jornada mortificante ao coração do território devastado pelos invasores, nós, da Voz do Sabre, deixamos nossos respeitos não apenas para com a família, mas para com esses voluntários dispostos a arriscar o pescoço em uma missão dessas. Torcemos para que tudo corra bem com eles.

Até a próxima, e que as Estrelas do Universo protejam a todos nós.

Alexandre Lancaster • 10/08/2016

Comentários