Chefe de Fase — Fantasma de Aço

Com a volta do romance Espada da Galáxia, temos recebido pedidos para adaptar os metalianos para Tormenta RPG. Esqueçam. Não vai rolar. Metalianos são seres de ficção científica. Praticamente todas as suas habilidades são baseadas em conceitos que não existem em Arton. Então virem-se com este aqui...

joaopaulosp90-fantasmadeaco-02

Muito pouco é conhecido sobre estes humanoides de pele prateada, sem feições humanas. A resistência de seus corpos metálicos rivaliza com os mais poderosos golens — sendo, ao mesmo tempo, seres de extrema desenvoltura e furtividade. Podem ficar invisíveis livremente — capacidade que lhes valeu o nome, embora não sejam mortos-vivos. Até onde a Academia Arcana descobriu, são aberrações de algum mundo distante onde a vida é diferente de como conhecemos.

Os objetivos do fantasma neste mundo são misteriosos. Mestres da espionagem, roubo e assassinato, são capazes de invadir fortificações inexpugnáveis, roubar os itens mais protegidos e matar as pessoas mais resguardadas. Seus alvos, no entanto, parecem escolhidos conforme algum plano incompreensível: grandes regentes, magos ou sacerdotes são ignorados, enquanto artífices e engenhoqueiros compõem a maior parte de suas vítimas. Também houve casos em que itens mágicos poderosos foram deixados de lado, enquanto engenhocas absolutamente sem valor são roubadas ou destruídas.

O fantasma age sempre sozinho ou em pequenos grupos (jamais excedendo 1d4).

Fantasma de Aço, ND 8
Monstro 12, Médio, Leal e Neutro
Iniciativa +17
Sentidos: Percepção +16 (visão apenas), percepção às cegas 180m
Classe de Armadura: 30
Pontos de Vida: 120
Resistências: Fort +10, Ref +10, Von +7, RD 20/ácido, resistência a fogo, frio e sônico 10, imunidade a doenças, encantamento, fadiga, paralisia, sono e venenos.
Deslocamento: 9m
Ataques Corpo-a-Corpo: espada das estrelas +25 toque ou +20/+20 toque (2d12+20, 17-20, ignora RD)
Ataques à Distância: raio de luz +14 toque (6d8+6 fogo)
Habilidades: For 33, Des 14, Con 14, Int 16, Sab 12, Car 10
Perícias: Furtividade +17

Detonação Final: um fantasma armado com a Espada das Estrelas, quando próximo da derrota (10 PV ou menos), pode recorrer a uma manobra suicida para evitar a captura e/ou dizimar seus inimigos. Com uma ação completa, ele enterra a espada no próprio ventre, causando uma explosão de poder imensurável. Em termos de jogo, qualquer objeto ou criatura a até 100m do fantasma é atingido por uma magia desintegrar (20d6 de dano, Fortitude CD 22 para 5d6 de dano, alvo desintegrado se chega a 0PV).

Espada das Estrelas: quase todos os fantasmas são armados com uma espada feita de algum metal extraordinário, mais duro e cortante que qualquer coisa conhecida em Arton. Atravessa armaduras e proteções de qualquer tipo, como se fossem nada — seu golpe é sempre considerado ataque de toque, e ignora qualquer redução de dano. Incrivelmente pesada, pode ser manejada apenas por personagens com Força 30 ou mais, mas tentativas de conquistar esta arma para uso próprio invariavelmente fracassam; a espada obedece a comandos do fantasma para sumir e ressurgir neste mundo.

Invisibilidade: com uma ação de movimento, o fantasma pode tornar-se invisível. Esta habilidade não tem limite de utilizações ou duração. Além disso, diferente da magia, ele não perde a invisibilidade quando realiza ações ou faz ataques. No entanto, se recebe dano, deve ser bem-sucedido em um teste de Vontade (CD 10 + dano sofrido) para manter-se invisível.

Raio de Luz: nem todos os fantasmas possuem esta capacidade, mas alguns conseguem disparar pelo braço um raio de luz vermelha, que queima como ferro em brasa.

Sentidos: o fantasma não parece capaz de falar e nem reage a sons, falhando automaticamente em testes de Percepção que envolvem apenas ouvir. Por seus grandes olhos, tem ampla visão periférica e não pode ser flanqueado. Além disso, tem sentidos desconhecidos que atuam mesmo na escuridão e ignoram invisibilidade.

Teletransporte: esta habilidade funciona apenas em espaços abertos, ao ar livre. Quando utilizada, um cilindro de luz verde desce dos céus e incide brevemente sobre o ponto onde o fantasma surge ou desaparece.

— Marcelo Cassaro

Garanta já a sua cópia de Espada da Galáxia!

Moreau do Bode • 11/05/2016

Comentários