Inferno Movido a Vapor — Alma Mecânica

Robôs gigantes em Gandara!

Já apresentamos esses sujeitinhos de lata como opção para personagens jogadores. Fizemos uma pausa para incluir doze toneladas de regras para o uso de Equipamentos em cenários steampunk. Agora, vamos unir as duas coisas e deixar todo mundo contente? Sim! Temos robôs gigantes em Gandara! E eles fazem de fato um estrago dos infernos!

armageddon-inferno-logo

Alma Mecânica

Um dos maiores expoentes da tecnologia a vapor em Gandara e principal vedete tanto do mercado consumidor doméstico quanto das grandes corporações e exércitos foram os mecanoides. Desde que foram criados, boa parte do trabalho onde o risco de morte era muito superior ao aceitável, depreciativo ou ainda aqueles em que um ser vivo poderia ser induzido ao erro foram relegados aos mecanoides.

Adaptados ao tipo de função para qual foram construídos, muitos dos modelos receberam aspectos bizarros ou pelo menos curiosos, como aparência insetóide, de aparelhos domésticos comuns ou formas geométricas variadas. Apesar da constatação óbvia de que era mais simples moldar as máquinas para as ferramentas e veículos humanoides já existentes, modelos de grande tamanho e poder destrutivo inigualáveis foram largamente estudados para o uso em batalhas (afinal, se você quer causar um baita estrago, colocar braços e pernas num tanque de guerra só pode ser uma boa ideia).

Os mecanóides propriamente ditos só surgiram 100 anos após a passagem de Mephisto, mas os primeiros passos para a construção de um aparato mecânico independente datam do início da Revolução Mecânica. A troca dos operários tecelões das indústrias de fiação por máquinas de tear movidas a vapor mostraram para o mundo que os homens não eram insubstituíveis. Essa constatação foi um duro golpe na população humana, causando ataques à indústrias, com dezenas de máquinas e equipamentos incendiados. Apesar da revolta, as máquinas chegaram para ficar, eliminando milhares de empregos mas gerando tantos novos outros trabalhos especializados no processo.

Menos de uma década após a Revolução Mecânica, o Império Anão promoveu a primeira Feira Mundial com um prêmio de um milhão de dukes para aquele que apresentasse uma descoberta que trouxesse algum avanço significativo na forma de viver dos povos do mundo. O ganhador deste prêmio foi o inventor da Grafia Remota, popularmente conhecida como Remógrafo, Edward Enel. Contudo, ele não conseguiu usufruir do prêmio, sendo assaltado e morto três dias após a entrega. Na feira seguinte, o Prêmio Enel como passou a ser conhecido foi dividido em quatro categorias distintas, com prêmios de 250.000$ cada, a citar: Mecânica, Química, Médica e Literária.

No ano 76 P.M., a goblinóide Mecana Lovetrace venceu o Prêmio Enel de Mecânica com o cérebro mecânico Gaia, capaz de aprender. Na época, o equipamento de vinte metros de altura e quatrocentas toneladas tinha a capacidade intelectual compatível com a de cão. Oitenta e cinco operadores goblinóides além de uma quantidade absurda de carvão e água eram necessários para que ele compreendesse comandos simples. Gaia evoluiu muito desde então, sendo que continua ativa até os dias de hoje, agora de forma auto-suficiente, instalada em um prédio centenário no centro de Bretor.

Mecana investiu o dinheiro do Prêmio Enel em pesquisa e no desenvolvimento de Gaia. Ela e sua crescente corporação venceram o mesmo prêmio outras três vezes, feito inigualável até os dias de hoje. Mecana também foi uma das responsáveis pela mente independente das locomotivas Smoke Jhon e Puffing Mary, os primeiros mecanoides plenos de Gandara, além de dezenas de outras inovações envolvendo autômatos, desde a criação de parques agrícolas gigantescos que não necessitavam de mão de obra ou supervisão humana para produzirem alimento até o uso de membros mecânicos para devolver a mobilidade ou membros perdidos para acidentados.

armageddon-mecanoide-inferno

Ainda assim, sua torradeira não está viva

Mecanoides não são seres vivos. Mesmo aqueles que apresentam certos traços de personalidade o fazem apenas porque foram programados dessa forma, para agir e reagir de maneira semelhante a uma pessoa de carne e osso (ou o equivalente da espécie em questão).

Apesar do pensamento linear e de certa maneira binário (mecanoides realizam apenas uma atividade de cada vez e suas escolhas são sempre limitadas à opostos), são pensamentos e escolhas ainda assim. Para algumas linhas filosóficas recentes, isso é mais do que suficiente para considerá-los criaturas sencientes, e por isso, dignas de crédito.

Então, neste caso, o que difere uma locomotiva de um ser que pensa, logo existe? Essa questão é tão complexa que vamos deixar a parte filosófica para os estudiosos em Gandara e ser práticos: mecanicamente, são as Vantagens Únicas. Qualquer coisa que possua uma delas é algo além do que apenas uma máquina pura e simples. Todo o resto é apenas Equipamento.

Pronto. Pode tirar o peso da consciência por ter jogado fora aquela tranqueira queimada.

Veteranos de Guerra

Após o surgimento dos mecanoides independentes no Vale do Aço em Bretor, o ministro das relações exteriores do Império Anão mostrou-se muito interessado em seu uso como máquinas de combate na guerra contra os elfos de Anper. Milhares destes foram encomendados e transportados através do mar até o outro continente num esforço de batalha que rendeu milhões de dukes para a Mecana. Lovetrace, entretanto, ficou extremamente abalada pelo uso de sua criação com fins bélicos e acabou morrendo de desgosto pouco tempo depois.

Quem assumiu a mega-corporação foi seu meio-irmão Godbert Lovetrace, que expandiu a ala armamentista da empresa, em detrimento do uso doméstico e pacífico de mecanoides. Com isso, os preços das máquinas e peças de reposição subissem muito, fazendo com que seu uso para trabalho comum fosse novamente substituído por mão de obra humana, muito mais barata.

Essas primeiras unidades de guerra, hoje verdadeiras relíquias, foram os F.O.D.A.W. Mas muitos outros surgiram ao longo dos anos, em séries de produção colocadas a prova constantemente em várias partes do planeta.

F.O.D.A.W
Force of Dwarves in Anper War

Máquinas a vapor de aspecto humanoide, com cinco metros de altura e 40 toneladas. Pesados e de aspecto assustador, movem-se de maneira lenta com pisadas largas e rangidos metálicos que podem ser ouvidos num raio de quilômetros. Seus pistões internos lançam o vapor com poder inigualável para os membros inferiores que realizam os movimentos destes verdadeiros monstros de ferro. Podem ser pilotados para maior precisão de disparo e velocidade de reação.

Mechs

São os mecanoides de guerra exclusivos do país de Bolt. Atingindo a altura máxima de dois metros e meio, são movidos por energia elétrica produzida através de alquimia. A bateria interna tem autonomia de vários dias, sendo necessário repor os produtos químicos de tempos em tempos. São os construtos com maior autonomia, normalmente não necessitando de um piloto.

Morphos

Morphos são veículos a vapor que podem assumir dois ou mais módulos de locomoção. São raríssimos além de muito caros, mas não deixam nem por um segundo de serem impressionantes. Graças a aparatos e dispositivos mecânicos, conseguem mudar de forma, podendo tanto singrar sobre trilhos quanto voar, por exemplo.

Os maiores Morphos de Gandara estão em Bretor e no Império, construídos por algumas das empresas mais ricas do mundo. Possuir e pilotar um destes é um privilégio para muito poucos. Geralmente Morphos não são dotados de consciência, uma medida preventiva devido ao seu grande poder ofensivo. Todos estão ligados a um piloto de confiança, membro das forças armadas.

Outros Mecanoides Gigantes

Nem todos os mecanoides foram desenvolvidos para batalhas. Muitos foram construídos originalmente para trabalhos em plantações, mineradoras ou corte de florestas. Porém, isso não impediu que tais construtos fossem adaptados também para lutar. Eles podem ser encontrados em vários lugares, algumas vezes até mesmo quebrados e abandonados para enferrujar.

Aliados Gigantes não podem ser comprados durante a criação do personagem (exceto se o tema da campanha for justamente esse). Eles podem ser conquistados em campanha, seja adquiridos em algum mercado clandestino, ganhos como prêmio por alguma aventura, consertados pelos próprios personagens ou de qualquer outra maneira que o mestre desejar, especialmente através de Patronos.

Vantagem: Aliado Gigante (2 pontos cada)

Idêntico ao Aliado visto na página 29 do Manual 3D&T Alpha, mas sempre pertencendo a uma escala acima da sua. Seja ele algum veículo de transporte muio grande, um robô gigante ou um monstro colossal, não importa. Você quase sempre poderá contar com essa ajuda extra nas batalhas mais difíceis. Assim como a versão normal, o Aliado Gigante não ganha Pontos de Experiência diretamente, evoluíndo apenas quando você fica mais forte com seu personagem.

Lidando com Escalas

Inferno é um cenário steampunk com forte influência pós-apocalíptica, onde as aventuras em geral acabam mal para os personagens jogadores. Para passar essa impressão de letalidade, não apenas os monstros são mais fortes do que o comum como os próprios jogadores evoluem pouco as características e vantagens, limitados pelas regras de Nicho. É muito mais comum melhorar constantemente os equipamentos que trazem consigo em vez disso

Também por esse mesmo motivo, os personagens jogadores pertencem naturalmente a escala Ningen e não saltam de escala, exceto usando equipamentos para tanto. Veículos maiores como automóveis, trens, zepelins e tratores encontram-se em escala Sugoi.

Resumindo: em Inferno, queremos que os personagens sofram!

Caso queiram ler os  outros textos de Gandara, podem encontrar todos eles através desta tag. E junte-se a nós na nossa página no facebook.

Armageddon • 09/06/2017

Comentários