Lendas de Arton #1 – Vanessa Drake e o Aventureiro Lendário

Uma nova coluna para 3D&T e Tormenta Alpha!

Olá! Quem escreve é o Tiago “Oriebir”, 3D&Tista, diagramador da Jambô e um dos autores do vindouro Manual dos Monstros: Criaturas Fantásticas. E este é o post de estreia de Lendas de Arton, uma série que trará mensalmente algum NPC famoso adaptado para Tormenta Alpha, para incrementar sua mesa de jogo. A série, contudo, não vai se limitar a isso, podendo trazer também alguns conteúdos complementares como kits, vantagens, itens, magias… — e o que mais houver de legal!

Vale ressaltar que o conteúdo apresentado aqui é pensado para funcionar somente com o Manual 3D&T Alpha (que você pode adquirir de graça neste link). Então você não precisa ter nenhum outro suplemento para aproveitar este material. De qualquer forma, se você usa o Manual do Aventureiro Alpha, vai notar que algumas mecânicas dos poderes de kits estão diferentes — o porquê disso é que eles estão revisados aqui (então sim, você pode dizer para o mestre que o poder que viu no Lendas de Arton substitui e atualiza o poder visto no Manual do Aventureiro).

Bom, apresentações feitas, vamos ao que interessa: a matéria de hoje traz uma das NPCs mais importantes do cenário; a clériga de Keenn porradeira que derrotou Crânio Negro: Vanessa Drake! E isso não é tudo — Vanessa é tão fodona que tivemos de criar um superkit só para ela. Fiquem também com o superkit Aventureiro Lendário!

LdA-cabecalho

Vanessa Drake

“Vocês não estão enfrentando uma mulher grávida. Estão enfrentando dois servos de Keenn”
— Vanessa Drake

Vanessa Drake é uma clériga de Keenn natural de Bielefeld. Nasceu na família Derrigan, nobres menores do reino, não muito longe da cidade de Norm. Como menina nobre, esperava-se que se tornaria uma dama, conseguindo um casamento vantajoso para a família. Porém, Vanessa sempre quis mais do que isso. Forte, destacava-se nos jogos dos garotos, gostava de brigar e cavalgar. Certo dia, teve um sonho que interpretou como uma visão, em que ela era a sacerdotisa máxima do deus da guerra. Fugiu então de casa e se tornou clériga de Keenn. Depois de anos de árduo treinamento, voltou a Bielefeld, meteu-se em masmorras, combateu bandidos e monstros em troca de ouro. Foi nessa aventura que conheceu outro desajustado: Orion Drake, que mais tarde se tornaria seu marido.

Juntos, combateram tanto como mercenários quanto em nome da Ordem da Luz. Com pouco menos de quarenta anos teve seu primeiro e único filho, mas mesmo assim nunca deixou de se aventurar. Tornou-se uma figura importante no cenário político de Arton, sendo responsável por arranjar e celebrar o casamento entre o então príncipe de Yuden e a rainha de Trebuck, unindo o destino desses dois reinos para sempre, e de fato uma das principais clérigas de Keenn no mundo. No final da Batalha de Tamu-ra, Vanessa derrotou Crânio Negro. Tida por muitos como heroína (e por alguns como vilã), as consequências dos atos de Vanessa serão sentidas em Arton por séculos. Talvez para sempre.

Vanessa Drake, 57S

F6, H6, R8, A6, PdF3; 40 PVs, 50 PMs.

Kits: Clériga de Keenn (conjurar arma, coragem total, sangue de ferro e toque da ruína) e Guerreira (armadura completa, ataque contínuo, crítico automático); Aventureira Lendária (heroína dos deuses: Keenn e usina de energia).

Vantagens: Cavaleiro Nato (regional: Bielefeld); Adaptador, Ataque Especial (Condição da Vitória: F, III; poderoso), Clericato (Keenn), Energia Extra, Magia Elemental, Pontos de Magia Extras e Superação.

Desvantagens: Código de Honra (Keenn), Maldição (abriu mão de seu futuro; veja em “Aventuras”, adiante) e Visão Ruim.

Perícias: Intimidação, Religião e Sobrevivência nos Ermos.

Magias: 10 PEs em magias de ataque, cura e proteção.

Itens: Manto de Keenn (Armadura Extra: F e PdF).

Cavaleiro Nato (regional; 0 pontos): por ter nascido em Bielefeld, Vanessa recebe as especializações Doma e Montaria, e seus testes nesses campos são sempre considerados fáceis.

Superação (1 ponto): sempre que algum poder ou vantagem estiver restrita a um número de vezes por dia igual a alguma característica qualquer, esse valor será dobrado. Além disso, você paga metade dos PMs necessários para ativar os poderes ou vantagens (mas não magias) que possui. Esta vantagem é restrita a personagens com mais de 12 pontos.

Armadura Completa. Quando sofre um acerto crítico, Vanessa pode fazer um teste de A. Se for bem-sucedida, sofre apenas dano normal.

Ataque Contínuo. Se reduzir um inimigo a 0 PVs com um ataque corpo a corpo, Vanessa pode imediatamente fazer um outro ataque contra outro oponente que esteja ao alcance. Ela pode usar esse poder até não conseguir derrubar um inimigo ou até derrubar um número de inimigos igual à sua F, o que vier primeiro.

Conjurar Arma. Com um movimento, Vanessa pode conjurar uma arma, cujo tipo de dano será sempre o mais prejudicial possível ao seu alvo. Com essa arma ela recebe FA+2. Ela só pode conjurar uma arma por vez.

Coragem Total. Vanessa é imune a medo. Este poder só não funciona contra fobias da desvantagem Insano.

Crítico Automático. Vanessa pode gastar 2 PMs em vez de 1 PE para comprar um acerto crítico automático em seu ataque, por até H vezes ao dia.

Heroína dos Deuses: Keenn. Por 15 PMs (8 PMs, por ter Superação), Vanessa pode conceder FA+5, FD–2 e imunidade total contra o medo a todos os seus aliados até o final do combate.

Sangue de Ferro. Com um movimento e 5 PMs, Vanessa pode transformar seu sangue em ferro, recebendo F+2 e A+2, por um número de turnos igual sua F (após o ajuste).

Toque da Ruína. Por 5 PMs, Vanessa pode aumentar o dano de um ataque em +1d. Se este ataque levar a vítima a 0 PVs, ela será desintegrada e seu corpo reduzido a pó (este último efeito não afeta vítimas com R superior à H de Vanessa).

LdA-Vanessa

Táticas

Vanessa gasta seu primeiro movimento para usar o poder Conjurar Arma, ajustando o tipo de dano ao adversário. Ela então usa Sangue de Ferro para aumentar seu poder de combate. No próximo turno, ela faz um Ataque Especial com Crítico Automático, conseguindo FA 48 ao custo de 3 PMs. Se tiver aliados lutando com ela, usa o poder Heroína dos Deuses, o que diminui a capacidade defensiva de todos, mas os incita a atacar. Sempre que encontrar um ponto fraco no oponente, Vanessa vai explorá-lo: ela não é necessariamente cruel, mas também não é a epítome da bondade, não vendo problemas em matar um inimigo, se for preciso. Como clériga de Keenn, ela sempre luta até o fim do combate.

Aventuras

Vanessa atualmente vive em um castelo afastado em Bielefeld com o marido, sir Orion Drake e seu filho, Vallen. Pela graça de Keenn, ela nunca encontrou a paz — continua se aventurando nos arredores do pequeno feudo, nunca se afastando demais. Graças a uma barganha feita com diabretes negociantes, Vanessa abriu mão de seu futuro: ela nunca mais vai tomar parte em uma grande aventura ou acontecimento político. Por mais que seus atos tenham mudado o Reinado para sempre, ela entregou qualquer destino grandioso que estivesse reservado a ela em troca de obter itens que ajudaram a  combater a Tormenta e vencer o vilão Crânio Negro.

Novo Superkit:
Aventureiro Lendário

Função: a mesma do kit básico.
Exigências: Superação; algum kit básico completo; escala Sugoi ou superior.

Um em cada dez artonianos é aventureiro. Mas apenas um em cada mil sobrevive por um número suficiente de missões para se tornar uma verdadeira lenda nesse mundo. Um aventureiro lendário é famoso em toda Arton por seus feitos incríveis, tesouros espetaculares e uma verdadeira coleção de admiradores e desafetos deixados pelo caminho. Masmorras são seu verdadeiro lar, batalhas contra todas as probabilidades são comuns. Seja qual for o caminho que escolheram quando se tornaram heróis, eles abriram mão de tudo para atender ao mais poderoso dos chamados: a busca pela aventura.

Herói dos Deuses. Escolha alguma mecânica de aliado conjurado; você se torna capaz de reproduzir o mesmo efeito. A divindade escolhida deve ser condizente com o personagem, e aprovada pelo mestre. O poder é gerado pelo personagem, e não cedido pela divindade. Detalhes sobre aliados conjurados podem ser vistos no livro Tormenta Alpha.

Hiperação. Sempre que usar poderes que permitam saltar uma escala, você pode gastar 10 PMs para saltar duas delas por um turno. Esses PMs não podem ser recuperados até o fim do combate.

Pequenos Detalhes. Você já está tão habituado aos próprios defeitos que aprendeu a usá-los ao seu favor. No início da cena, você pode trocar uma única desvantagem por outra vantagem equivalente ao dobro de pontos (uma desvantagem de –1 por uma vantagem de 2 pontos, por exemplo). Além disso, você nunca perde acesso aos seus poderes de kit por conta deste poder, mesmo que deixe de cumprir alguma exigência.

Rir na Cara do Perigo. Caso alguém fique Perto da Morte, você pode gastar um movimento para doar metade dos PVs que tiver no momento para este aliado. Os PVs recebidos podem exceder o máximo possível para a R do alvo. Na próxima rodada, você começa a recuperar 5 PVs por turno até reaver a mesma quantidade doada. Morrer durante o processo anula a recuperação (mas o aliado mantém os PVs ganhos).

Usina de Energia. Parece que você nunca fica cansado. Mesmo que gaste todos os seus PMs, você possui uma reserva adicional igual à sua R a cada turno. Na prática, você pode usar efeitos que ultrapassam seu total de PMs atual e, mesmo que não tenha mais PMs, conta com a reserva para ativar vantagens ou magias até esse limite. A reserva não é afetada por poderes que reduzam o custo em PMs. Por exemplo: um personagem com R4 tem 20 PMs + 4 PMs por Usina de Energia. Ele pode gastar até 24 PMs em um mesmo turno; e no próximo ainda terá os 4 PMs garantidos pelo poder à sua disposição.

Tornando-se um Aventureiro Lendário: tornar-se um aventureiro lendário exige mais do que poder, ambição ou vontade de mudar o mundo. Você deve vencer um oponente de escala superior, em um combate que defina drasticamente o destino do cenário: derrotando um grande vilão; impedindo a chegada de uma nova área de Tormenta — ou acabando com um área já existente, por exemplo.

E então? Que outro personagem você gostaria de ver adaptado para Tormenta Alpha? Gostou do material e da proposta da série? Tem alguma outra sugestão? Comenta aí e vamos ajustando o conteúdo para ficar cada vez melhor!

Mais informações sobre o funcionamento da mecânica de kits podem ser encontradas no Manual do Aventureiro Alpha. Para as mecânicas de superkits, consulte Tormenta Alpha.

Agradecimentos-mil ao Marlon “Armageddon” por ajudar a montar o post e criar o superkit, e ao Fabrícius “Keitaro” pela revisão.

Ilustração por Erica Awano.

 

Tiago "Oriebir" Ribeiro • 14/08/2017

Comentários