Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Avatar do usuário
Keitarô
Mensagens: 1328
Registrado em: 09 Dez 2013, 19:58
Localização: Mahoyiga

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Keitarô » 28 Nov 2019, 22:32

Tenzi

Tenzi percebeu que havia vários Cosmos batalhando ali naquele lugar. Conseguia sentir o Cosmo de Amaretsu um pouco distante, como se estivesse enclausurado num lugar mais embaixo. Os Cosmos de Cecilia e Carlos estavam próximos, nalgum lugar mais à oeste e mais acima, talvez num andar superior. A princípio, não sentia o Cosmo de Kátia.

A mulher asiática de armadura não tinha ferimentos graves. Nas laterais de sua boca havia traços de sangue escorrido que foi limpado com a mão ou o braço, apenas. Sua condição era normal, ainda que estivesse com uma armadura de combate, provavelmente de aço, como Amaretsu. A única diferença é que a mulher tinha nível de Cosmo humano comum — e a armadura parecia ter Cosmo próprio, embora menor que uma armadura sagrada. A mulher estava estática, parada, olhando para o longe, vazia.

Mesmo com Tenzi à sua frente, ela não saía do foco, como se numa espécie de transe.

Repentinamente, o prédio inteiro tremeu, vindo do oeste.

Amaretsu

Amaretsu ameaçou o soldado com a espada em seu pescoço. Surpreendeu-se com o fato de que a espada não parecia afundar a proteção do pescoço do soldado.

— Mas é claro que estou a serviço dos Cavaleiros de Aço! Fui informado por meu superior que o laboratório estava sendo atacado… Encontro você, transformada em lobo, com os três pesquisadores desacordados! O alarme só tocou aqui e na ala de treinamento! Vim em missão furtiva… e não me ameace. Você não tem como perfurar minha armadura!

O soldado parecia um tanto quanto despreparado, ou amador. Mesmo com a ameaça de Amaretsu, tentou recuar para trás rastejando no chão. A luz no capacete que acendeu quando ele controlou a arma remotamente se apagou, uma vez que o aparato havia sido destruído. Ele, por fim, desistiu de tentar se soltar.

— Então me fale sobre quem você é, porque eu nunca ouvi falar de lobisomens entre os cavaleiros de aço. Aliás, sequer pensei que existissem!

Havia um certo medo na voz do jovem.

Então, um má pressentimento. Algo tremeu, nos andares superiores, o tremor sendo sentido, ainda que bem atenuado, mesmo ali embaixo, que era um corredor ultraprotegido no subterrâneo.

Cecilia e Carlos

Confiando na fúria que o gigante negro de Hércules estava preparando para disparar, Cecilia reforçou seu escudo de gelo com a mesma energia do começo do combate, mas no novo patamar de seu Cosmo.
Cecilia usou Ardil.

Haggar cerrou os punhos com muita força, todo o seu Cosmo concentrando nas duas mãos, quase como que singularidades. Por um momento, a própria gravidade pareceu se distorcer na proximidade de Cecilia…

Misha acertou Carlos em cheio, que defendeu boa parte do golpe físico, mas foi fritado pelo raio. A eletricidade percorreu o corpo inteiro do jovem, deixando um vapor de roupa queimada ao terminar. A visão turvou um pouco pela combinação do raio com o aparente veneno. O sangue escorria do corpo, mas Pégaso Negro continuava firme e forte.
Carlos rolou sua defesa (FD=(A5–1)×2+H6–1+1d):

Imagem

FD 15, –12 PVs, com –1 do efeito venenoso.

Carlos também rolou 1d para Defesa Acrobática, gastando sua ação e 2 PMs:

Imagem

Sucesso!

— O jogo está virando, Carlos de Pégaso Negro!

Misha cruzou os braços em X à frente do corpo, eletrificando-os com energia roxa que se tornou vermelha. Ela então, com um movimento rápido, levou os braços ao lado do corpo, e por sobre os membros e as mãos o Cosmo elétrico, como aura, formava garras enormes. Misha então avançou um passo firme, inclinando o corpo à frente estocando os dois braços, as garras elétricas na direção do peito de Carlos.

— Receba… Explosão de Raios Negros!

Mas Misha falharia ao acertar seu alvo.
Carlos desviou automaticamente graças à Defesa Acrobática. Essa defesa ou esquiva pode ser interpretada no próximo post.

— MISHA, ME DESCULPE!!

— Haggar! Não--

REVOLTA DE ATLAS!!

Misha se virou, inutilmente saltando na direção de Haggar. Cecilia estava com a defesa levantada, e Carlos finalizava sua esquiva do golpe da amazona quando Haggar envergou o corpo para trás e lançou, na forma de uma martelada, os dois punhos contra o chão. A visão foi engraçada a princípio. A pedra pareceu ondular, como se fosse água. Logo, o chão se tornou incandescente e numa velocidade indescritível começou a se romper, ondas de energia escura saltando de baixo para cima das rachaduras. As pedras e o Cosmo rumaram na direção de Cecilia, mas também Misha e Carlos, e até mesmo para trás de Haggar.

Assim, como se tivesse sido explodido por uma bomba, o chão, as paredes e o teto daquele corredor explodiram para todos os lados.
Haggar atacou em área:

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

FA 67

Graças a Ardil, Cecilia não foi atingida pelo ataque, refletindo sua parte do dano para Haggar, que também sofreu dano ele mesmo. Misha e Carlos podem tentar uma esquiva para receber FD+1 (é impossível esquivar totalmente deste ataque).

Os escombros e os quatro caíram no andar debaixo, num corredor muito mais amplo que o superior. Não parecia haver pessoas ali. Cecilia era a única aparentemente consciente, o brilho de seu escudo de Cosmo tornando-se mais transparente, já que a defesa refletiva havia se dissipado devolvendo a onda de choque de Haggar. Os outros pareciam estar soterrados.
Carlos deverá, na ordem, interpretar sua defesa contra o ataque de Misha e depois como se "defendeu" contra o ataque de área de Haggar.

Dados:
Amaretsu: 13/20 PVs, 0/20 PMs; 13/20 cargas.
Tenzi: 8/15 PVs, 33/35 PMs; 13/15 cargas; Sugoi.
Cecilia: 13/25 PVs, 1/45 PMs; 13/15 cargas; Sugoi (3/7).
Carlos: 6/25 PVs, 57/69 PMs; 22/25 cargas; Sugoi (PMs>50).

Estes dados ainda não consideram o ataque de Haggar.

Próxima atualização: dia 01.12.2019, domingo.

Avatar do usuário
Galahad
Mensagens: 1918
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Galahad » 29 Nov 2019, 13:33

Tenzi

"Quem ou o que poderia ter feito isso?"

— !?

Tenzi se perguntava a causa do estado da guerreira, mas infelizmente não conseguia achar nenhum ferimento que explicasse aquela condição, também não tinha tempo agora para tentar algum meio com o Cosmo para a ajudar, pois sentia não só a presença de seus amigos, como um tremor.

— Eu vou tentar buscar ajuda..

Fazendo aquela promessa, Tenzi tentava achar uma saída daquele lugar, rumando em direção de onde sentira o tremor. Usaria seu meu de deslocamento racial para chegar lá se fosse necessário.

Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Pontus Maximus » 29 Nov 2019, 13:36

Amaretsu:

-Acha mesmo que eu não posso furar sua blindagem é porque você não me conhece, estou pegando leve contigo ainda, acredite em mim quando digo que você não vai querer ver meu pior lado, eu já lhe dei meu nome e se estou usando está armadura de aço é porque eu não ofereço ameaça a ninguém de bem, a desgraça dos seus superiores, que espero que estejam me ouvindo através de seu capacete deveriam ter lhe informado melhor, pelo visto estão tentando nos jogar um contra o outro, há lobisomens no mundo sim mas nem todos são bestas assassinas se fosse assim eu já estaria te repartindo ao meio nesse momento, mas eu não estou. Ainda não sei seu nome e sua patente, seus superiores fazem parte de qual QG? É melhor falar por bem, esse tiro que levei nas costas está doendo e minha raiva também, agora eu quero que me fale sobre o roubo de tecnologia.

-Por que veio em missão furtiva? Algo dessa natureza deveria ser compartilhado com o auto escalão para não haverem atritos como os que estão acontecendo entre eu e você. Mas antes de falarmos de roubo de tecnologia eu quero saber se você tem alguma perícia em primeiros socorros, precisamos ajudar os engenheiros do QG e depois vamos atrás do ladrão, os pesquisadores precisam ser estabilizados e levados as enfermarias, então você está comigo?


Caso ele se recuse a responder quem são seus superiores e dizer seu nome e de me ajudar com o pessoal desacordado do laboratório eu pego a arma menor que está no seu coldre e coloco em sua cabeça:

-Aposto que uma dessas balas aqui perfura você direitinho.

Caso suas palavras sejam agradáveis eu paro de lhe ameaçar, tiro o meu pé de seu peito e estendo a mão da amizade e lhe digo:

-Perdão pelo meu mal jeito, o dia começou muito ruim para muitos de nós, agora abra seu capacete e se identifique, me ajude com os feridos, temos que abrir essas comportas também para leva-los as alas médicas.

E o levanto do chão, mas antes que pudéssemos fazer algo mais a respeito tanto o Soldado e eu sentimos um abalo sísmico nos níveis acima isso não é nada bom.

-Venha, me ajude com os feridos e depois vamos ao encontro do que foi isso lá em cima, e só pra constar eu tenho quase certeza que o laboratório foi a primeira vítima sim

Avatar do usuário
Nulo
Mensagens: 474
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:17

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Nulo » 30 Nov 2019, 23:39

Cecilia

— Cof cof cof...

Cecilia tossia bastante, levantando-se depois de cair para o andar inferior devido ao golpe de Haggar. Imaginava que Haggar fosse entrar em frênesi, mas não em uma frênesi desesperada desse jeito capaz de atacar até aliados!

"O que aconteceu?"

A amazona lembrava-se dos últimos momentos. O cosmo concentrado nas mãos dos brutamontes, as mesmas mãos descendo como martelos no chão, Misha se desesperando, um som ensurdecedor deixando seus ouvidos chiando e o chão cedendo. Tinha escolhido certo em deixar de atacar e levantar a guarda naquela situação, o que tinha salvado sua vida, mas e os outros? Como estava Carlos? Como estava Kátia?

"A sala do diretor é realmente resistente, pelo que sinto daqui, então Kátia está isolada. Carlos?"

Analisava com seus sentidos e percebia o estado da sala agora no andar superior ao que ela se encontrava. Já Carlos...Talvez seu sentido especial ajudasse. Tinha algo similar assim que bombeiros usavam para detectar pessoas com vida sob escombros. Iria começar pelo rapaz e, se tivesse ainda jeito, Haggar e Misha.
Uso o último PE temporário para adquirir PMs extras x 1!

Avatar do usuário
Inoue91
Mensagens: 620
Registrado em: 08 Jan 2014, 02:38

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Inoue91 » 01 Dez 2019, 16:05

Carlos

A dor dos ferimentos causados pelo ataque de Misha, ainda incomodavam Carlos, ele sentia seu corpo mais pesado, o que fazia atrasar os seus reflexos, com um pouco de dificuldade levava a mão até o seu peito, respirando com um pouco de dificuldade, ele tinha que defender Kátia e por isso não iria desistir tão fácil.

— Como eu havia dito antes Misha....Estamos apenas começando

Reunia forças dentro de si para mais uma vês para endireitar a sua postura, pronto para receber o próximo golpe da amazona, ao ver enormes garras vermelhas vindo em sua direção, o ataque parecia ser mais forte que o anterior, então institivamente pulava para trás, fazendo um rolamento, passando por entre os vãos das garras, saindo milagrosamente ileso.

Carlos se levantava, sua expressão era uma mistura de surpreso com assustado, ele olhava para trás olhando o rastro que o ataque tinha deixado, soltando uma leve suspirada de alivio, novamente dava uma tossida que o fazia cuspir sangue, e quando se preparava para desferir seu golpe, percebia que Haggar num ato de estrema burrice, soltava um golpe extremamente poderoso, que fazia tudo estremecer, enquanto tudo tremia, pedaços do teto e da parede caiam para todos os lados, aproveitando que estava perto da sala de Gracus, Carlos corria o mais rápido possível em direção da porta, saltando para dentro se afastando o máximo possível do golpe daquela besta enfurecida.

2Pms para ativar Milagre Cosmico para gerar 1 PD, PD gasto para Gerars Pes temporario, onde irei gastar 1 PE para poder realizar esta ação

Avatar do usuário
Keitarô
Mensagens: 1328
Registrado em: 09 Dez 2013, 19:58
Localização: Mahoyiga

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Keitarô » 01 Dez 2019, 23:37

Tenzi

Em seu primeiro teleporte, Tenzi avançou até o final de um corredor, onde havia uma grande porta dupla. Ali dentro havia uma grande arena de combate e/ou treinamento, parcialmente destruída. O curioso é que parecia estar se regenerando. Por algum motivo, não havia pessoas por ali, apenas os Cosmos que já havia sentido de seus companheiros e alguns outros. No momento do tremor, um grande Cosmo diferente foi sentido, mas parecia ter diminuído ou cessado. Havia outro Cosmo, também, instável.

Estava aparentemente próximo do combate, que era o que parecia estar acontecendo entre Cecilia, Carlos, e os outros dois Cosmos misteriosos.

Dali, pôde também sentir o Cosmo de Amaretsu distante na direção do chão, junto de mais um Cosmo humano normal. Havia mais alguém se distanciando daquele prédio, e então era isso. Tenzi só conseguia sentir as energias de quem estava naquele prédio ou região próxima, por algum motivo. Sentia uma barreira parecida com a do Santuário bloquear qualquer outro tipo de leitura.

Então o jovem se assustou: encontrou Hera, a amazona de Sextante, caída no chão. Seu Cosmo inerte, mas vivo.

Amaretsu

O soldado observou a fala de Amaretsu em silêncio. Depois, balançou o capacete em negação.

— Você tem um jeito estranho de tentar convencer possíveis aliados. De toda forma, desculpe, você realmente NÃO tem como perfurar essa armadura. Ainda é um protótipo, mas imita o Cosmo das armaduras sagradas dos cavaleiros. Balas e golpes normais não a perfurariam… estes pesquisadores fazem parte do time que a desenvolveram. Só não é melhor que a armadura da capitã Kaguya.

O rapaz pareceu escolher confiar em Amaretsu. Por isso, abriu a viseira, demostrando ser jovem, provavelmente menos de vinte anos.

— Eu sou Lukas, do esquadrão D13, e respondo à tenente Mikaela. Realmente, a tenente estava estranha quando me mandou vir aqui… Eu não entendi por que só este prédio, do Diretor, alarmou. Você tem estado em missões externas… sargento? Qual sua patente?

Ele ficou um pouco confuso com o tratamento que deveria dar à amazona.

— Os alarmes têm disparado bastante ultimamente. Parece ter relação com as experiências dessas armaduras de aço com Cosmo, mas poucos esquadrões sabem disso e têm acesso aos testes ou coisa do tipo. Eu pensei que era mais um alarme falso, quando a tenente me mandou descer aqui após ver as câmeras em seu visor portátil. Mas esse tremor… o que está acontecendo??

Lukas se dirigiu até os pesquisadores, fechando novamente a viseira de seu capacete. Fez o mesmo que Amaretsu, medindo os sinais vitais dos três. Pareceu ter um pouco mais de cuidado com a mulher que vestia roupas de treinamento ou teste.

— Lilla… foi ela a primeira a testar esta armadura estou usando, embora eu a tenha adaptado.

Cecilia e Carlos

Cecilia sentia que o Cosmo de Haggar estava ali na sua frente, debaixo dos escombros, quase desaparecendo. Misha também pareceu ter tido uma grave queda em seu Cosmo, mais atrás. Já Carlos não parecia estar ali. De alguma forma o Pégaso Negro conseguiu evitar o ataque.

Carlos, logo após desviar acrobaticamente do golpe da amazona inimiga, sentiu a intuição das asas de sua armadura puxando-o para trás. Num movimento quase sobre-humano, saltou para trás virando-se e entrando na sala de Gracus, em segurança. Assim, pôde evitar a grande onda de choque causada por Haggar, que destruiu o corredor inteiro.

Após o barulho e a demolição, apenas barulho de poeira e pedrinhas. Carlos sabia que, pelo Cosmo, Cecilia estava bem. Mas e os outros?

O Cosmo de Misha, então, fez alguma "movimentação". Debaixo das pedras mais atrás de Cecilia, a amazona de armadura enegrecida se mexeu, saindo debaixo dos escombros. Estava suja, mas de alguma forma, não ferida.

— Ah, Haggar, já falamos sobre isso… esse poder em lugares fechados, não…

Ela suspirou, triste e decepcionada. Olhou para Cecilia, e depois para cima, como se procurasse algo. Então, uma feição conclusiva.

— E para quê? Pode ter colocado tudo a perder… inclusive você mesmo, grandão.

Ela começou a andar na direção de Cecilia, desviando desta, para procurar Haggar por debaixo das pedras. La em cima, Kátia espiou pela porta de segurança do banheiro.

— Carlos!? Você está bem!?
Carlos usou Milagre Cósmico, gastando 2 PMs para receber 1 PD. Transformou-o através de Sequência de Sorte em 1 PE (rolou 1d e conseguiu 1), usando-o para conseguir uma ação fora de seu turno. Com um movimento, entrou na sala do Diretor se protegendo.

Cecilia usou seu último PE conseguido por PD para comprar Pontos de Magias Extras.

Dados:
Amaretsu: 13/20 PVs, 0/20 PMs; 13/20 cargas.
Tenzi: 8/15 PVs, 33/35 PMs; 13/15 cargas; Sugoi.
Cecilia: 13/25 PVs, 11/45 PMs; 13/15 cargas; Sugoi (4/7).
Carlos: 6/25 PVs, 55/69 PMs; 22/25 cargas; Sugoi (PMs>50).

Próxima atualização: dia 03.12.2019, terça-feira.

Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Pontus Maximus » 02 Dez 2019, 14:07

Amaretsu:

Respondendo a indagação do Soldado:

-Você acha meu jeito de fazer amigos estranho? Você entra aqui na surdina, em uma missão furtiva como se fosse um espião e ainda se acha no direito de dar voz de prisão? Você queria que eu reagisse como, com um boque de flores? Mas vou te perdoar dessa vez pois não é todo dia que alguém vê uma lobisomem albina todo dia.

-Lukas é seu nome certo? você disse que responde a Tenente Mikaela da divisão D13, vocês conversavam bem a vontade pelo rádio, algo que não consigo fazer depois de ter recebido o pedido de socorro, quem foi que lhe deu acesso pleno as nossas comunicações? Por que estão interferindo em nosso sinal? Posso sentir os ratos fazendo "a festa" enquanto conversamos, temos Cavaleiros de Bronze aqui no QG e posso sentir seus cosmos bem agitados e inquietos, está claro pra mim que estão em combate.

-A propósito eu sou uma Soldado como você e por favor não se ofenda mas sua superior está te usando como boneco de teste ou bucha de canhão.


Então me aproximo do rádio do Lukas e falo com quem está do outro lado:

-Tenente Mikaela...... o QG está sob ataque e ao invés de mandar ajuda você manda um aprendiz de "ninja" ao invés de mandar reforços? O quê é que te passa pela sua cabeça sua vagabunda, temos gente ferida aqui, eu quase matei um dos seus novatos cacete!!!!

Não esperei resposta e deixei o seu rádio e me afastei, fomos em direção aos pesquisadores e vejo que Lukas tinha alguma perícia médica e também me levantou uma dúvida sobre o que ele havia me dito:

-Lukas, você disse que fez modificações nessa Armadura certo? Você é engenheiro? A cretina da sua superior tem alguma organização terrorista em mente como uma possível suspeita? E só pra deixar claro eu POSSO SIM arrebentar com sua armadura pois já estive em campo e já enfrentei inimigos bem piores do que você, e que também fique claro, não sou sua inimiga mas eu estou apenas em um dia ruim, perdão a rispidez de minhas palavras. Vamos tirar todos daqui e lacrar o laboratório, temos que nos reagruparmos.

Me prontifico a carregar as mulheres e o homem que estão necessitados de atendimento na ala médica. Nesse meio tempo eu cubro novamente meu rosto com o véu e a máscara.

Avatar do usuário
Galahad
Mensagens: 1918
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Galahad » 02 Dez 2019, 14:17

Tenzi

"O que está acontecendo aqui? Será que essas fatos estão ligado com Kain ou com Igni? Talvez tudo esteja conectado, esses inimigos provavelmente são tão ou mais forte que Kain..."

Aquela situação toda preocupava Tenzi, ainda que tivesse sido enviado para o local justamente por Kátia e os outros estarem enfrentando uma situação difícil, ver tanto aquela guerreira de aço quando Hera feriadas preocupava o cavaleiro de Compasso ainda mais. Mas agora a maior questão era Hera e o estado dela.

"Será que isso funcionará...?"

Lembrando o que o grupo fizera com Minerva, Tenzi se ajoelhava ao lado da guerreira de prata, focando inicialmente seu Cosmo nas mãos, depois imaginava a energia envolvendo a de Hera para tentar uma ressonância, tentando fazer com que o Cosmo da colega desparte.
Se for necessário, gasto PMs para o fazer

Avatar do usuário
Nulo
Mensagens: 474
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:17

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Nulo » 02 Dez 2019, 22:25

Cecilia

"Carlos deve estar bem...Já os outros..."

Cecilia virava a cabeça na direção dos escombros que haviam enterrado Haggar, levando uma mão ao peito e suspirando quase que inaudivelmente. Sentia um leve aperto no coração por provavelmente ter enviado o guerreiro para o cadafalso mas no sorriso amargo tentava consolar-se de que a vida de "Santa" seria assim. Por mais que não quisesse, fatalidades iriam ocorrer, talvez a dela no futuro.

— Ah...?

Já ao sentir a aproximação de Misha, Cecilia não a parava no meio do caminho, deixando-a tentar salvar o amigo caso quisesse. Não entendia sobre a história dos dois e nem tinha intenção de atacar a oponente de Carlos por trás assim. Meneava a cabeça levemente em negação em um gesto silencioso de "desculpas."

— Está quase desaparecendo. Perdão.

Não como se estivesse errada em se defender, mas mesmo assim ficava triste em imaginar Misha em luto pela morte do amigo. Poderia estar no lugar dela em outro momento, então não se sentia muito bem com aquilo. Se dependesse dela, essa luta contra os dois já estaria terminada, a não ser que Misha quisesse perseverar mesmo assim.

Falando nisso, a situação estava bem estranha. O que Hera e o Diretor Gracus estão fazendo?

— Hera? Onde você está? Temos de extrair Kátia daqui o mais rápido possível.
Cecilia não atacará Misha, apenas mantendo-se na defensiva para não levar um ataque surpresa.

Avatar do usuário
Inoue91
Mensagens: 620
Registrado em: 08 Jan 2014, 02:38

Re: Ato 2 ~ Aço de Prata ou Prata de Aço?

Mensagem por Inoue91 » 03 Dez 2019, 21:29

Carlos

Carlos se levantava, batia em sua armadura para remover a poeira que havia caído sobre ela, seus ferimentos ainda doíam, mas aquele pesar em seu corpo havia passado, caminhava até a porta, colocando o tronco para fora e então olhando para baixo, vendo Cecilia, que aparentemente estava bem.

— Cecilia está tudo bem ? Será que aqueles dois estão bem ? — Ao olhar para baixo, se deparava com Misha, e no momento que ela olhava para cima, seus olhares se cruzaram, como reação Carlos apenas dava um leve aceno com sua mão esquerda, seguido de um sorriso. — Bem, acho que vamos ter que deixar esta luta para outro dia não é mesmo ? Caso queira ajuda para tirar o seu amigo dos escombros é só me chamar.

Voltava o seu tronco para dentro, se apoiava na parede por um breve momento, e então começava a andar em direção ao banheiro, quando então notava que Katia havia colocado parte de seu corpo para fora, Carlos fazia um sinal com as mãos para ela ainda continuar ali dentro.

— Poderia estar melhor, mas um dos inimigos acabou ficando enfurecido e soltou um poderoso golpe que acabou explodindo aquele corredor todo, eles caíram no andar de baixo, não sei se vai ser seguro sair visto que a outra amazona inimiga aparentemente não sofreu nada, mas agora ela parece estar querendo tirar o colega dela dos escombros....eu acho que dei sorte por que apanhei o tempo todo e não consegui acertar um único golpe — Dava um sorriso sem graça.

Responder

Voltar para “Cavaleiros do Zodíaco Alpha”