Meus conteúdos para Dragão Brasil

Espaço para conversas sobre tudo o que for publicado na Dragão Brasil, a maior revista de RPG e cultura nerd do país!
Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pontus Maximus » 20 Fev 2020, 18:47

Felizmente a Editora Jambo é versátil e tem mais de uma linha, tenho mais de um alvo (no bom sentido da palavra) em vista, existe Mega City que aliás o Gustavo Brauner ainda é detentor dos direitos ou é Jambo editor que tem?

E Ufoteam pode se dizer que pertence a Editora ou estar "perdida" na história dos melhores suplementos de 3D&T já publicados? Bom eu tenho o Invasão (Editora Daemon) e Ufoteam assim como também tenho Inimigo Natural (que está incluído no livro Ufoteam). Mas a questão é: Vocês ainda detém o direito dessas duas franquias (Mega City e o antigo Ufoteam) e se isso traria consequências negativas se fossem ressuscitadas?

Como escritor eu posso ter um tema favorito, contudo também posso trabalhar em outros projetos se esse for o caso então eu repito a pergunta de outra forma:

Tudo Ok para trabalhar com essas franquias como Mega City e Ufoteam? Ou fere os direitos intelectuais de seus autores causando danos a Editora e a mim?

E Tormenta Alpha?

Por que eu citei Tormenta Alpha? Bom é porque o T20, mesmo sendo o coração de Tormenta, é sabendo que sua versão em 3D&T precise do Tormenta 20 para viver, existem conteúdos que um tem e o outro não, como se ambas fossem ligeiramente "independentes" (como kits e Vantagens Únicas por exemplo) mas não nego que quanto mais conhecimento e material é melhor para ambas as versões.

Observação: O que me anima em Tormenta é o fato de que se tornou parcialmente "Open Sourcer" que permite material de autores/fãs devidamente aprovados.

Avatar do usuário
Pyromancer
Administrador
Mensagens: 525
Registrado em: 06 Dez 2013, 18:29
Localização: Prendik

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pyromancer » 20 Fev 2020, 22:45

Pontus Maximus escreveu:
20 Fev 2020, 18:47
Felizmente a Editora Jambo é versátil e tem mais de uma linha, tenho mais de um alvo (no bom sentido da palavra) em vista, existe Mega City que aliás o Gustavo Brauner ainda é detentor dos direitos ou é Jambo editor que tem?

E Ufoteam pode se dizer que pertence a Editora ou estar "perdida" na história dos melhores suplementos de 3D&T já publicados? Bom eu tenho o Invasão (Editora Daemon) e Ufoteam assim como também tenho Inimigo Natural (que está incluído no livro Ufoteam). Mas a questão é: Vocês ainda detém o direito dessas duas franquias (Mega City e o antigo Ufoteam) e se isso traria consequências negativas se fossem ressuscitadas?

Como escritor eu posso ter um tema favorito, contudo também posso trabalhar em outros projetos se esse for o caso então eu repito a pergunta de outra forma:

Tudo Ok para trabalhar com essas franquias como Mega City e Ufoteam? Ou fere os direitos intelectuais de seus autores causando danos a Editora e a mim?
Olha cara, eu recomendo se ater a materiais relacionados com linhas que a editora continue publicando em tempos recentes. Mega City não recebe novas publicações desde 2013, e UFO Team não é mais publicado há mais de 15 anos.
E Tormenta Alpha?

Por que eu citei Tormenta Alpha? Bom é porque o T20, mesmo sendo o coração de Tormenta, é sabendo que sua versão em 3D&T precise do Tormenta 20 para viver, existem conteúdos que um tem e o outro não, como se ambas fossem ligeiramente "independentes" (como kits e Vantagens Únicas por exemplo) mas não nego que quanto mais conhecimento e material é melhor para ambas as versões.

Observação: O que me anima em Tormenta é o fato de que se tornou parcialmente "Open Sourcer" que permite material de autores/fãs devidamente aprovados.
Tormenta Alpha é uma linha que continua sendo publicada, mas isso não exclui a questão colocada anteriormente da necessidade de conhecimento sobre o cenário de Tormenta como um todo.

Richardsl
Mensagens: 112
Registrado em: 19 Jul 2018, 12:04

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Richardsl » 21 Fev 2020, 12:24

Maximus, pegando o que o Trevisan falou ontem e de tudo que acompanho com o pessoal da Jambo te digo que se vc quer ser publicado por eles ao menos saiba o mínimo necessário sobre como está o cenário atualmente. Sugiro, também que aguarde o lançamento da lore com o livro básico do T20 e trabalhe a partir desse ponto.
Sobre Megacity é bom vc conversar com o Gustavo e sobre a UFO é melhor conversar com o Cassaro.

Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pontus Maximus » 22 Fev 2020, 15:18

Pessoal ontem eu não respondi porque o site e fórum aqui estavam bugados, me disseram que isso ocorre por causa do grande número de jogadores fazendo download do play test ao mesmo tempo, mas já que voltou ao normal vamos às questões:

Uma dúvida antes de começar é quanto eu ganharia por cada material publicado? Não estou dizendo que devo ganha mais do que a Editora não, isso é uma questão de análise de quanto vale minhas matérias. Uma estimativa aproximada.

Me manter focado nos materiais recentes do que nos antigos tudo bem eu concordo, mas vira e mexe aparece um fã da velha guarda que deseja reviver os materiais antigos e depois atualiza - los, pois Mega City ainda pode ser comprado e o livro Nova Memphis nunca saiu embora fãs tenham pedido ele bastante na época.

Como disse uma vez e volto a falar, não sou tão leigo no quadro atual de Arton não embora essa tenha sido a primeira impressão que eu dei, sei da nova área de Tormenta que nasceu em Zakharov, o principal de Flecha de Fogo, Contra - Arsenal, A Trilogia, Guerras Tauricas, Tamu-ra e o Império de Jade, cenário político atual fatos ocorridos em deusa do Labirinto e etc.... Não quero falar muito pra não dar spoiler pra quem não sabe e quer ler os livros. Busco me manter informado sobre o cenário da melhor forma sem recorrer a pirataria, mas pode ser que somente ouvir o que os outros falam não seja suficiente, beleza devo concordar que pequenos detalhes podem criar grandes histórias desde que você saiba quais são esses detalhes que só o livro conta.

Mas existe uma outra fórmula digamos assim, Arton não é um Mundo, ele é apenas o principal continente do cenário, Moreania foi criada inicialmente para ser um cenário independente e novo mas que acabou se tornando parte oficial de Tormenta em pouco tempo. Assim como Moreania eu também posso criar um continente com uma história própria e com o passar do tempo eu vou me atualizando melhor com os livros da linha Tormenta e quem sabe eu mesclo um terceiro continente a Arton.

Pyromancer e Richard, eu já tinha em mente comprar o livro básico de T20 sim e concordo que preciso me antenar melhor com as novidades, mas sobre o Gustavo Brauner e o Cassaro eu tenho umas dúvidas: 1 O Cassaro, ele é gente boa tornando 3D&T em um sistema free, mas dizem algumas pessoas que ele tem pouca paciência as vezes com algumas pessoas (se eu estiver errado me corrijam por favor, não quero difamar ninguém, não quero ir na onda de fake news contra ninguém): 2 Gustavo Brauner eu não sei onde acha - lo (Twitter? Instagram? Facebook? ) eu não sei onde, pode parecer fácil as vezes, mas nem sempre é.

Mas agradeço os conselhos e a direção que me estão dando.

Richardsl
Mensagens: 112
Registrado em: 19 Jul 2018, 12:04

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Richardsl » 22 Fev 2020, 21:24

Então, agora entendi que você está minimamente atento às atualizações do cenário.

Sobre o Cassaro, ele é do tipo mais recluso e que não gosta de ficar conversando com fã direto. Alguns pegam isso como antipatia embora eu entenda como uma introversão ou algo similar.

O Gustavo tem insta e face com o nome dele então é até fácil de achá-lo.

Avatar do usuário
Pyromancer
Administrador
Mensagens: 525
Registrado em: 06 Dez 2013, 18:29
Localização: Prendik

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pyromancer » 23 Fev 2020, 14:09

Pontus Maximus escreveu:
22 Fev 2020, 15:18
Uma dúvida antes de começar é quanto eu ganharia por cada material publicado? Não estou dizendo que devo ganha mais do que a Editora não, isso é uma questão de análise de quanto vale minhas matérias. Uma estimativa aproximada.
Isso varia de acordo com a seção e tamanho da matéria. Eu particularmente não sei valores específicos, e também não sei se é política da editora divulgar isso abertamente.
Me manter focado nos materiais recentes do que nos antigos tudo bem eu concordo, mas vira e mexe aparece um fã da velha guarda que deseja reviver os materiais antigos e depois atualiza - los, pois Mega City ainda pode ser comprado e o livro Nova Memphis nunca saiu embora fãs tenham pedido ele bastante na época.
Sim, sempre tem gente interessada por este ou aquele cenário ou material que não aparece mais há muito tempo. Mas, no geral, não costuma ser grande vantagem pra editora publicar uma ou outra matéria esporádica para uma linha que já não é mais editada há tantos anos (e uma republicação da linha teria muito mais relação com seus autores originais).
Mas existe uma outra fórmula digamos assim, Arton não é um Mundo, ele é apenas o principal continente do cenário, Moreania foi criada inicialmente para ser um cenário independente e novo mas que acabou se tornando parte oficial de Tormenta em pouco tempo. Assim como Moreania eu também posso criar um continente com uma história própria e com o passar do tempo eu vou me atualizando melhor com os livros da linha Tormenta e quem sabe eu mesclo um terceiro continente a Arton.
Sim, mas aqui eu preciso me ater àquela recomendação de pensar menor. Eu entendi a lógica da tua colocação, mas um continente novo é um elemento muito grande para se inserir no cenário. Acho que dificilmente os autores vão aprovar algo tão complexo assim quando ainda tem muita coisa pra ser explorada e atualizada nos lugares que já existem em Arton atualmente - como Tamu-ra, Lamnor e a própria Moreania. Em geral é melhor pensar em algo menor (uma cidade, um local, um personagem, criatura, item, etc.) que se encaixe dentro do contexto de algo já existente do que pensar em algo tão grande que altera toda a dinâmica de funcionamento do cenário (e vai exigir muito trabalho pra manter atualizado).
Pyromancer e Richard, eu já tinha em mente comprar o livro básico de T20 sim e concordo que preciso me antenar melhor com as novidades, mas sobre o Gustavo Brauner e o Cassaro eu tenho umas dúvidas: 1 O Cassaro, ele é gente boa tornando 3D&T em um sistema free, mas dizem algumas pessoas que ele tem pouca paciência as vezes com algumas pessoas (se eu estiver errado me corrijam por favor, não quero difamar ninguém, não quero ir na onda de fake news contra ninguém): 2 Gustavo Brauner eu não sei onde acha - lo (Twitter? Instagram? Facebook? ) eu não sei onde, pode parecer fácil as vezes, mas nem sempre é.
Olha, eu em geral não recomendo essa tentativa de abordar os autores diretamente para perguntar muitas coisas e oferecer material, é quase sempre melhor fazer isso através dos canais da editora. Os autores possuem muitos fãs, recebem muitos contatos e via de regra é impossível dar atenção pra todo mundo, especialmente quando muitas das coisas sobre as quais eles são abordados já foram respondidas em canais públicos ou não são eles que lidam diretamente.

Editado: se ainda não assistiu, recomendo assistir. https://www.youtube.com/watch?v=6VsqRFDePcU

Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pontus Maximus » 23 Fev 2020, 22:38

Richard e Pyromancer eu agradeço mais uma vez, devo concordar que, pra quem quer começar (como eu) começar do zero e/ou de algo mais recente seja melhor saída. Não nego que por um bom tempo achei que o Cassaro fosse "rabugento" mas não quero mais pensar assim, falo por experiência própria que eu também sou muito julgado por quem me conhece pouco e por outros que não me conhecem, tentarei falar com ambos mais posteriormente.

Sobre o continente é de fato pode ser algo grande a princípio, mas não descarto a hipótese ainda, mas vou sim começar mais humilde digamos assim, as dicas da Karen e do Trevisan me deram mais esperança mas que pra quem inicia é melhor começar por contos e outras matérias antes de partir para um romance.

No ano passado eu estava escrevendo um roteiro para um Curta Metragem e eu usaria o roteiro como ponto de partida e com a ajuda de um amigo, que é cineasta, ator e diretor de sua série de vídeos, eu daria asas ao meu projeto, porém o dinheiro é a peça que eu não consegui arrumar.

Valeu a pena assistir a Live deles, por enquanto acho que vou trabalhar na maior "nação" de Arton que, apesar de ter ganhando um upgrade, o Deserto da Perdição ainda é vasto, pouco explorado e perigoso em alguns setores, dá pra pensar em algo ao estilo "Prince of Pérsia" e "Assassin's Creed 1" e "Altair Chronicles" (esse segundo é um spin off de PS Vita se não me engano).

Uma pena que meu grupo daqui da minha cidade seja tão mente curta, jogamos mais TRPG e pouco 3D&T. Mas de qualquer forma, se der pra assinar a Dragão Brasil via Boleto bancário eu vou assinar em breve.

Editado: Parece que dá pra pagar via Boleto bancário, mas preciso ter certeza. Dá para ser feito?

Avatar do usuário
Pyromancer
Administrador
Mensagens: 525
Registrado em: 06 Dez 2013, 18:29
Localização: Prendik

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pyromancer » 24 Fev 2020, 00:17

Pontus Maximus escreveu:
23 Fev 2020, 22:38
Uma pena que meu grupo daqui da minha cidade seja tão mente curta, jogamos mais TRPG e pouco 3D&T. Mas de qualquer forma, se der pra assinar a Dragão Brasil via Boleto bancário eu vou assinar em breve.

Editado: Parece que dá pra pagar via Boleto bancário, mas preciso ter certeza. Dá para ser feito?
Dá sim! Minha assinatura é paga por boleto, inclusive.

Avatar do usuário
Pontus Maximus
Mensagens: 787
Registrado em: 09 Dez 2013, 21:15

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pontus Maximus » 24 Fev 2020, 17:06

Sei que já toquei nessa tecla antes mas preciso perguntar novamente de uma forma mais direta: O material publicado pela Jambô patenteia todo o conteúdo de outros autores? Se sim eu me tornaria um funcionário (mesmo que um empregado menor) da Editora automaticamente?

A Live que você me mostrou Pyromancer foi muito bem vinda mas não responde algumas das minhas questões sobre pagamento/comissão por obra feita. E tipo, eu ganharia por o equivalente por uma única edição ou eu e qualquer outro autor ganharia um percentual por cada exemplar vendido?

Editado: Não me entendam mal por favor, gosto de escrever e criar, mas minha mãe está doente e preciso de um dinheiro extra.

Avatar do usuário
Pyromancer
Administrador
Mensagens: 525
Registrado em: 06 Dez 2013, 18:29
Localização: Prendik

Re: Meus conteúdos para Dragão Brasil

Mensagem por Pyromancer » 25 Fev 2020, 00:17

Pontus Maximus escreveu:
24 Fev 2020, 17:06
Sei que já toquei nessa tecla antes mas preciso perguntar novamente de uma forma mais direta: O material publicado pela Jambô patenteia todo o conteúdo de outros autores? Se sim eu me tornaria um funcionário (mesmo que um empregado menor) da Editora automaticamente?
Não sei como funciona a questão dos direitos autorais para a editora, mas independente disso publicar algo pela Jambô não te torna automaticamente funcionário da editora, não garante carteira assinada, salário, direitos trabalhistas ou qualquer outro benefício ou ônus advindo de vínculo empregatício.
A Live que você me mostrou Pyromancer foi muito bem vinda mas não responde algumas das minhas questões sobre pagamento/comissão por obra feita. E tipo, eu ganharia por o equivalente por uma única edição ou eu e qualquer outro autor ganharia um percentual por cada exemplar vendido?
Em se tratando de publicar uma matéria na Dragão Brasil, é realizada uma remuneração fixa, paga uma única vez. Não existe participação em vendas ou percentual por exemplar vendido (até porque a revista é produzida através de financiamento coletivo).

Responder

Voltar para “Dragão Brasil”