TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9062
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Padre Judas » 27 Set 2018, 19:42

Eu queria ter um cachorro, mas o dinheiro acabou... huahuahua

Pô, fiquei com vontade de usar um Wu-Jen, MAS já peguei gosto pelo Kyösti, então vai ele mesmo!

Edit: postei histórico e o texto sobre Kalevala.

https://www.jamboeditora.com.br/forum/v ... 85#p143885
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Aquila » 27 Set 2018, 21:12

Entendido.

A descrição de Kalevala é ampla o suficiente para dar muitas ideias, pode ter certeza, mas ainda ficaram algumas perguntas, como por exemplo, é um reino exclusivamente goblinóide? Pergunto isso porque, de modo geral, os goblinóides não são bem vistos em nenhuma parte do mundo, e nesse caso isso abre espaço para outra de minha particularidades, as guerras. Qual é o grau de civilidade? Lembre que eu coloquei as Uivantes mais parecida com os vikings (ou com os nortenhos de Game of Thrones, se alguém achar melhor), então procuro uma similaridade mais conceitual.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9062
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Padre Judas » 27 Set 2018, 21:28

Não são só goblinoides, há orcs, humanos e minorias étnicas. O grau de civilidade é bem alto, eles se consideram o único reino realmente civilizado em meio à selvageria, toda a população é alfabetizada, a literatura e as artes são popularizadas. Organizam-se em um sistema de classes baseado em desempenho escolar na infância e juventude, exceto a Casa de Kalevi que descende de deuses e não precisa passar por este rigor todo. Mantêm comércio intenso com os reinos vizinhos, Petrinya e Fortuna, e também com Giluk (quer dizer, até recentemente - Giluk é o próximo alvo da expansão do reino).

Não existe realmente racismo dentro do reino, mas o sistema social tem os hobgoblins como padrão, então raças com características físicas e mentais similares (como seres humanos) conseguem se dar melhor do que outras que não se dão tão bem (como bugbears ou orcs). A maior parte dos hobgoblins compõe os setores mais altos enquanto goblins tendem a ocupar mais espaço entre a casta dos produtores. Humanos e meio-orcs podem ser encontrados em qualquer nível.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Aquila » 27 Set 2018, 21:49

Interessante. Então um dos objetivos secundários da missão de Kyösti pode ser justamente investigar a situação política de Fortuna, pois agora o reino esta sob controle dos minotauros. Disse antes que Kalevala e Fortuna eram aliados (essa é sua definição oficial), mas a mudança do poder pode ter criado um impasse entre os reinos, pois agora os governantes do norte (minotauros) podem estar querendo redefinir alguns termos. Uma ajuda militar contra os inimigos de Kalevala por definir os rumos da guerra civil nas Uivantes.

Não quero enttrar em detalhes, mas é em momentos como esses que eu sinto falta de um mecanismo mais objetivo para lidar com organizações e hierarquias.

Em todo caso, a missão principal de Kyösti nesse momento é encontrar Anneli IrkhAntti.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9062
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Padre Judas » 28 Set 2018, 09:21

Sim, Kalevala tem relações antigas com Fortuna e Petrinya. Como são reinos civilizados o fervor expansionista do reino não é dirigido a eles.

Na religião kalevalana a Natureza é vista como maligna, Allihanna é tão vil e cruel quanto Megalokk (idem para outros deuses primitivistas). Beluhga era encarada como uma tirana que preferia manter as Uivantes primitivas para ter mais controle sobre elas.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Aldenor » 28 Set 2018, 17:36

Aquila, perdi o fio da meada totalmente da personagem e do jogo como um todo. Acho que para não atrapalhar com posts sem ânimo, melhor eu sair.

I'm sorry for that e bom jogo a todos.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Aquila » 28 Set 2018, 17:51

Puxa vida! Não, não vou deixar. Não vai atrapalhar coisa nenhuma.

Entendo que não há muito para Rhaysa e Lyra fazerem enquanto Turok procura pelos rastros de Amalia, mas agora que ele achou, o grupo volta ao rastro da garota. A partir desse ponto eles já começam a descobrir mais sobre a trama. Esse momento da floresta tem a intenção justamente de criar um recomeço, então não se preocupe se esqueceu de algo. A ideia é que a aventura esteja começando agora, como se essa fosse a primeira cena.

Bem, enfim, se realmente quiser sair, espalhe que temos vaga para um guerreiro.

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Aquila » 28 Set 2018, 22:17

Esqueci de perguntar, Anneli, a garota que Kyösti está procurando, é humana?

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9062
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Padre Judas » 28 Set 2018, 23:40

Aquila escreveu:
28 Set 2018, 22:17
Esqueci de perguntar, Anneli, a garota que Kyösti está procurando, é humana?
Não cheguei a pensar na raça dela, mas é possível. Tudo bem por mim.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13714
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: TRPG - Contos da Taverna - Discussão

Mensagem por Lord Seph » 29 Set 2018, 07:51

Bem jogo que segue, arrumem mais 1 ou 2 jogadores, posto amanhã.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Responder

Voltar para “Herdeiros da Guerra”