O Templo da Morte - Incompleta

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13714
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: O Templo da Morte

Mensagem por Lord Seph » 09 Abr 2018, 16:57

Crym ficou em silêncio, apenas apreciando a comida e a bebida.

- Calma senhores, vamos ser civilizados, e Driel poderia parar de fazer esse truque perto de gente ignorante?

Crym fala sem realmente estar preocupado com as atitudes de Driel. Entre todos era o único que não mentia sua natureza.

- Hanz, está decidido em deixar esses jovens a própria sorte? Não que eu ligue para a má sorte deles e desse dragão, mas estamos vendo nosso amigo lupino disposto a se aventurar nessa nobre causa, e faz um tempo que não temos um bom rendimento.

Crym então termina de comer e limpar a boca.

- Mas devo dizer que isso não basta para alimentar nossas necessidades financeiras.

Crym fala enquanto conta os tibares pela refeição.

- Vejamos, quem é o regente responsável pela região, senhores? Bem acho que ele não deve ligar para vocês, já que permitiu chegar a isso. Que tal sermos seus novos regente e 30% de todo lucro de vocês passarem a ser nossos?

Crym deixa as moedas contadas para pagar sua refeição.

- Então, o que me dizem? Passamos a serem seus senhores em troca de suas vidas e de todos os moradores que tem por lá?

Crym termina de falar com um sorriso nos lábios.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1867
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: O Templo da Morte

Mensagem por DiceScarlata » 14 Abr 2018, 04:10

Dominique Dantellion Alvus
Imagem

- Não quero desrespeitá-lo chefe. Mas to com o Crym nessa...

*Piscou para Birna*

- Ela... Eles precisam de ajuda e creio que o pagamento pode ser mais valioso do que esperamos. Os saques do dragão, os artefatos que a señorita nos oferece e a carcaça de um draconico pode nos render bastante também.

*Passou a mão pelos cabelos escarlates, enquanto sorria*

- Jovem, admiro sua coragem. O maior tesouro que você tem ainda está ao seu lado, segurando sua mão... E o segundo maior tesouro é ter uma vida a qual dedicar a ela. Não sinta raiva pela própria fraqueza. A força está em sobreviver, tal qual um rato que se esconde na toca e deixa o gato morrer de fome. O mais poderoso no fim do dia, foi o que continuou respirando. Você foi forte para escapar e encontrar aqueles capazes de fazer isso... Por vocês.

*Espreguiçou-se*

- Talvez eu morra... É meu trabalho. Mas partirei em paz sabendo que garanti sua felicidade...

*Um mentiroso, canalha. Mas, demonstrar respeito e educação ao conjuge, estranhamento costumava deixar as donzelas comprometidas ainda mais... Amolecidas*

- Vamos lá chefe Hanz... Vamos cuidar dessa, só dessa vez? Te pago uma bebida.

*Com o olhar, queria dizer: Pelo menos me dá a chance de levá-la para cama, antes de irmos embora...*
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5204
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: O Templo da Morte

Mensagem por John Lessard » 15 Abr 2018, 11:18

Hanz revirou os olhos, Crym parecia certo de que conseguiriam algo ali e Driel gostaria de ir. Bem, o guerreiro ponderou sobre aquilo, não deixaria o grupo se separar.

- Muito bem, nós vamos, mas veja bem, Varn... Você nos dá as relíquias e todos os espólios do dragão e um pedaço de terra também, como Crym pediu.

O guerreiro levantou-se, estendendo a mão para o camponês.

- E vocês nos obedecem, não saem fazendo o que querem, nem quando querem... Se nós mandarmos vocês correrem, vocês correm, se mandarmos vocês se esconderem, vocês se escondem. O que me dizem?
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: O Templo da Morte

Mensagem por Aldenor » 15 Abr 2018, 14:49

Driel torceu o nariz com toda aquela extorsão. Depois de Hanz cumprimentar o camponês macho, Driel repetiu o gesto com a camponesa fêmea.
Driel
Imagem
E minha parte será revertida para vocês, porque não me importo com riquezas como vocês da civilização.
Disse com um meio sorriso de escárnio, mostrando alguns caninos.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: O Templo da Morte

Mensagem por Aquila » 15 Abr 2018, 20:01

O Templo da Morte
Parte 2 - Desejos Secretos

Yuvalin – Reino de Zakharov - Inverno de 1410

Enquanto vocês conversavam, a performance do bardo atraiu a atenção dos frequentadores da taverna, então ninguém parece notar a mudança de forma de Driel, que até então se manteve oculto dos olhares, escondido pelas sombras das mesas, apenas escutando a discussão. Entre uma balada e outra, o menestrel conta alguma novidade das cidades por onde passou, dedilhando seu alaúde para dar ênfase a algum fato em especial, sempre sorrindo para a bela guerreira yudeniana que corteja, visivelmente cativada.

Quando Driel se transforma, Birna e Varn já estão na porta da taverna, mas antes que eles saiam, são barrados por um grupo de viajantes que entra no salão, clamando por diversão e bebidas. O grupo de guerreiros força os dois jovens a recuarem para o nicho ao lado da porta, dando tempo para que Driel os alcance. Os pelos do Moreau se arrepiam quando ele sente o vento frio que entra pela porta, rodopiando, carregado de flocos de neve.

- Obrigado - diz Varn, surpreso pelas palavras do Moreau, - mas parece que seus amigos não têm a mesma coragem que o senhor... Dizem que querem dinheiro, mas é apenas uma desculpa para não enfrentar o dragão... Vamos embora, Birna.

O rapaz e a garota seguem na direção da porta, mas Moira surge diante deles, fechando-a.

- Não seja precipitado, rapaz - ela diz, embora não seja muito mais velha do que ele. - Não vou impedi-los se quiserem ir, mas vai demorar até encontrarem um lugar para dormir, acredite, e a cidade fica muito mais perigosa a noite... Venham, vamos conversar sobre o que podemos fazer para ajudá-los... Birna precisa cuidar do braço machucado e vocês dois precisam comer alguma coisa.

O rapaz reluta por um momento, mas aceita a sugestão da maga, depois de ver a garota segurando o braço ferido. - Está certo - ele diz, voltando para a mesa a passos lentos. No entanto, antes que eles se sentem, a sugestão de Crym reacende a chama da discórdia.

- S-senhores de nossas vidas...? - Varn repete, paralisado pela raiva que aquece seu sangue. - Q-quem pensa que é? Não é nada e não será nada! Nosso povo é o senhor daquelas terras, terras tomadas a força pelo dragão, mas tu... - ele diz, olhando para o goblin, - tu é menos que nada.

- Já chega, Varn - diz Birna, pegando o rapaz pela mão, surpreendendo-o. Ele olha para ela sem entender, mas ela apenas sorri para ele. - V-vamos embora daqui- ela diz, incapaz de conter as lágrimas - Eles não querem nos ajudar... Quem apenas trocar um senhor pelo outro. Me desculpe, senhora Moira... senhor gato... mas precisamos ir.

O rapaz apenas acena com a cabeça para ela, ignorando o restante da conversa até ouvir o comentário de Dominique.

- Q-quem está chamando de rato covarde, seu maldito..? - ele grita para Dominique, sentado no outro lado da mesa. - Vou te mostrar quem é covarde... - diz, saltando sobre a mesa na direção do usurpador...

Briga de Taverna - Turno 1
Rolem Iniciativa.
Varn e Birna não aceitaram os termos do grupo e estavam indo embora quando o rapaz decidiu que não podia ignorar mais um insulto de Dominique. Moira não consegue segurá-lo antes dele subir na mesa para pular sobre o usurpador, então uma "briga" tem início. Acredito que todos sabem que isso não é realmente um combate, mas a iniciativa vai organizar as ações de todos.

A reação dos jovens segue principalmente as ações de Crym e Dominique, então a ordem das ações finais de Driel e Hanz foram encaixadas dentro dessa sequência, para não perderem o sentido. O contrário final de Driel, por exemplo, faz sentido apenas antes da explosão do jovem.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Dados dos Personagens
Andy • PV 36/36; PA 1/1; CA 21 <> Carga: Normal <> 50 xp.
Crym • PV 27/27; PA 1/1; CA 20 <> Carga: Normal <> 50 xp.
Dominique • PV 19/19; PM 10/12; PA 1/1; CA 21 <> Carga: Normal <> 50 xp.
Driel • PV 38/38; PA 1/1; CA 18 <> Carga: Normal <> 50 xp.
Hanz • PV 39/39; PE 6/6; PA 1/1; CA 17 <> Carga: Normal <> 50 xp.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Responder

Voltar para “Herdeiros da Guerra”