MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por Padre Judas » 03 Jun 2018, 15:44

Tomo I: CAOS

Capítulo Especial: O Desafio de Leonel Alvarez

1. Perdido
Um Lugar Desagradável
Imagem
Leonel Alvarez

Leonel ressurgiu em um lugar escuro. E fedorento. Pareceu-lhe pisar em água e algo pastoso, escorregadio. Ouviu uns pequenos guinchados que lhe pareceram familiares e algo andou por cima de sua bota. Lembrou-se das últimas palavras de Deus antes de vir.
Deus
Imagem
- Como fiz com todos os outros, Eu vou te enviar para um pequeno desafio primeiro. Se o vencer se provará digno – além de ser uma boa experiência para você mesmo testar suas novas habilidades. E pra mostrar como realmente Eu sou um cara legal, irei te dar isto. Use pra iluminar seus caminhos – é quase tão bom quanto uma lâmpada halógena e vai te permitir ver uns seis metros em cada direção, mais ou menos. Boa sorte!
E o que Leonel havia recebido era um pedra de luz dentro de um tipo de bolsa. Ao abrir a bolsa completamente era muito semelhante a uma lamparina, mas no lugar do pavio havia uma pequena pedra, um pouco maior que uma bola de gude, que emitia uma luz muito intensa que permitia ver um pouco à volta.

E o que Leonel viu não o agradou nenhum pouco.

Havia muita sujeira. E ratos. Assim como baratas. MUITAS. Elas fugiram da luz como se fosse fogo – algumas voaram o mais rápido que podiam. Um pequeno córrego de água esverdeada (ou amarelada, conforme a luz) completava a cena. Não havia dúvidas: estava em um esgoto. Um bem grande.

Contendo a ânsia para não vomitar, sabia que precisava sair dali. Qualquer direção parecia boa de modo que simplesmente começou a andar. Mais à frente encontrou uma bifurcação. Direita ou esquerda? Que caminho tomar? O que fazer? Além de ratos e baratas... o que mais vivia ali?

Como em resposta ouviu algo que parecia um rugido – e um grito agudo, humano talvez. Vinha do túnel da esquerda.
Off:
Começou o Desafio de Leonel Alvarez. Próxima atualização dia 7 de junho, mas só se meu PC voltar. Dice, quando postar já role Habilidade e anote no post.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1609
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por DiceScarlata » 04 Jun 2018, 04:22

Leonel Alvarez
Imagem

- Morto é...

*Leonel havia pousado naquele ambiente fétido, mais preocupado com suas meias molhadas, do que com seu encontro com deus. Não podia negar, fora tudo uma surpresa e estava assustado. Mas... Morrer ao tentar fazer o bem em seu mundo, fora um choque maior ainda. Será que seus pais choraram? Ou apenas o reprovaram por ter falhado na única coisa que escolherá livremente por lazer? Bom, acho que não importava mais né? *

- Se é um presente, vamos usar, senhor deus.

*Mantendo uma mão no bolso, seguiu pelo caminho usando a outra para segurar a tal lamparina. Caminhava com certa cautela, até ouvir um grito. Vindo a esquerda. Interessante, tinha o costume de seguir pela esquerda sempre. Se seu desafio o impulsionava por ali, era por ali que seguiria. Testou o pescoço com estalos para os dois lados. Girou os ombros. Alongou a coluna. Parecia que possuía certos dons ali. Vamos ver até onde seu corpo poderia levá-lo*
Teste H pedido: Resultado: 8!!! - Força é tudo.
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Capítulo Especial: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por Padre Judas » 07 Jun 2018, 14:04

Um Lugar Desagradável
Imagem
Leonel seguiu em frente, descendo pelo túnel à esquerda. Havia um tipo de escadaria com degraus estreitos e muito escorregadios. Foi com uma boa dose de sorte que o rapaz conseguiu descê-los sem cair.

Ao chegar ao final deparou-se com a origem dos gritos. Uma menina estava encostada a uma parede à sua frente, perto da margem de um corredor de água imunda. Sua pele era escura e seus cabelos crespos e sujos. Agarrava-se a uma boneca de pano e olhava para a água com uma cara aterrorizada.
Off:
O que você faz?
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Capítulo 1: Perdido

Mensagem por Padre Judas » 07 Jun 2018, 15:28

Um Lugar Desagradável
Imagem
Leonel seguiu em frente, descendo pelo túnel à esquerda. Havia um tipo de escadaria com degraus estreitos e muito escorregadios. Foi com uma boa dose de sorte que o rapaz conseguiu descê-los sem cair.

Ao chegar ao final deparou-se com a origem dos gritos. Poucos metros à sua frente uma menina estava encostada a uma parede, mas de costas para ele, perto da margem de canal cheio de água imunda. Sua pele era escura e seus cabelos crespos e sujos. Está encolhida e é impossível ver seu rosto. Quando chegou mais perto um enorme crocodilo albino emergiu das águas escuras e mordeu seu braço, puxando-o em seguida. Leonel caiu em meio à imundície, lutando para se livrar enquanto a besta dilacerava seu braço. Quase podia ouvir desesperados gritos agudos logo acima de si.

Conseguiu se soltar e, com grande sorte, chegar à superfície. O animal era gigantesco, disforme e seu mal cheiro confundia-se com o ambiente – nadava ao redor de Leonel, afastando-os das margens e deixando-o preso no meio do canal. A correnteza todo o tempo ameaçava arrastá-lo e afundá-lo.

Imagem

Nota: o crocodilo é albino, branco com olhos vermelhos. Mas eu gostei muito desta ilustração aí e não achei desenhos de crocodilos albinos, só fotos.
Off:

Leonel foi pego em um Ataque Surpresa e paralisado. Em seguida recebeu um ataque indefeso (perdeu 5 PVs). Agora está livre e pode agir. Aqui não dá pé, precisa fazer testes de Natação [Esportes], Dif. 10, todos os turnos como ação de movimento para não se afogar em meio à sujeira.

CONDIÇÃO

Leonel está com redutor de -2 em todos os testes até o fim do combate.
Leonel Alvarez. PV(20) 15, PM(20) 20. PH 1. PE 0.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1609
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por DiceScarlata » 12 Jun 2018, 20:22

Leonel Alvarez
Imagem

*Fora muito subito. A dor invadindo seu braço e seu grito silenciado pelas profundezas da imundice. Ao se erguer, com a agua a lhe cobrir o abdomem, teve de usar toda a sua força para continuar de pé. E agora, se via cercado por uma crocodilo maior do que qualquer um existente no próprio mundo (até onde sabia ao menos).*

- Tsc... Sério?? Acabei de chegar... Deus maldito....

*Trincou os dentes, preocupado com o sangue que escorria, mas logo, esqueceu de si mesmo, ao prestar atenção no terror da garotinha. Logo teve vislumbres da garota atacada pelo policial que o levou a morte. O que será que acontecera com ela depois? Terá conseguido fugir? Jamais saberia. Pois os mortos, não podem garantir o bem dos vivos. Não cometeria esse erro de novo*

- Venha a mim... Serpente divina...

*Deus lhe disse que era um bárbaro. Não se imaginava usando tanga e segurando um machado gigante e nem sequer tinha o porte físico para isso... Mas entendia de fúria. De ter raiva de tudo e todos e manter isso trancado dentro do peito. Bem, hoje ele deixaria fluir. Sentiu a veias encherem-se com calor e saltarem na pele. Seus músculos se tornarem densos como aço. Se sentia livre mais livre do que nunca.*

*Seus olhos eram vítreos, como uma serpente*


- BOITATÁ!!

*Decidiu que usaria tudo. Atacaria com toda a sua força de uma única vez, descobrindo até onde ia seu potencial. Uma exaustão repentina assolou seu corpo conforme a energia magica era queimada, na proporção que uma serpente flamejante surgia ao redor do seu corpo e então, alimentada pela mana, tornava-se colossal!*

Imagem

*Vinda do Folclore de seu pai natal, a gigantesca serpente ergueu-se, procurando um inimigo, mas este aproveitara o momento de concentração, para um segundo ataque. A mordida fora brutal, arrancando um naco de carne da lateral da barriga de Leonel, que vomitou sangue na mesma hora. Seus olhos giraram dentro das órbitas, mas conseguiu se manter de pé. Respirou fundo e fitou a criatura*

- Minha vez.

*Fechou o punho, ergueu o braço e o socou contra a água. A criatura imitou o movimento, subindo até quase o teto da caverna e descendendo num bote violento que explodiu contra a superfície, gerando ondas. Vapor subia para todos os lados, bem como o sangue do crocodilo, que vazava em profusão. No segundo seguinte, silêncio. A criatura jazia morta sobre a água. Apenas um golpe*

- Então... Esse é meu poder? Muita força,,, Mas parece que me resta pouca proteção. E fazer isso foi muito exaustivo...

*Ainda meio zonzo pela dor, deixou a magia se esvair e saiu da água, em direção a garotinha*

- Está tudo bem agora. Sou Leonel Álvares... Um herói. Você está bem? Sabe como podemos sair daqui? Está sozinha?
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Capítulo 1: Perdido

Mensagem por Padre Judas » 16 Jun 2018, 11:58

Um Lugar Desagradável
Imagem
A menina fica um tempo olhando para Leonel, agarrada à sua boneca. Então fala com voz baixa, quase um sussurro.
Olubunmi
Imagem
- Sou Olubunmi. Minha mãe sumiu e vim procura-la. Nós vivemos na Toca.
Diante do questionamento do Herói, ela continua.
Olubunmi
Imagem
- A Toca é onde vivemos. Fica por aqui, seguindo pelo túnel. Eu levo você lá... depois pode me ajudar a achar minha mãe?
Leonel percebe então uma estranha aura ao redor da criança. É bem leve, quase invisível. Ele se recorda de algo que Deus lhe disse.
Deus
Imagem
- Todos os Heróis recebem a capacidade de identificar outros Heróis e também de identificar o Caos, normalmente na forma de uma aura ao redor do objeto ou criatura, mas também pode ser uma sensação geral e imprecisa. A aura terá uma intensidade variável conforme o grau de “contaminação”.

- Mas atenção: o Caos não é “O Mal”. É uma falha no tecido cósmico, um “bug” da mágika, mas não uma criatura contaminada com o Caos não é necessariamente maligna. Ela pode vir a ser – pode ser deformada, sofrer dores horríveis, enlouquecer. Muitas coisas. Por isso você deve fazer seus julgamentos com muito, muito cuidado. Já vi muitos Heróis fazerem besteira ao perceber o Caos.
Sabendo disso, ele tem uma decisão a tomar.
Off:

O Sentido Especial Senso Heroico (antigo “Visão de Herói”) reconhecer outro Herói ao olhar para um e também notar o Caos, funcionando como a magia Detecção do Mal (MB, pg. 92-93), sem gasto em PM, mas mediante teste de Percepção (P+2 senso heroico+1d, dif. 8).

Eu fiz o teste de Percepção em segredo e deu P1+2 senso heroico+1d(6)=9. Sucesso.

Com base na informação dada por Deus e sua própria Percepção, cabe a Leonel decidir o que fazer.
Leonel Alvarez. PV(20) 15, PM(20) 10. PH 1. PE 0.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1609
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por DiceScarlata » 19 Jun 2018, 03:25

Leonel Alvarez
Imagem

*Lembrando das palavras de DEUS, Leonel mantém as mãos no bolso e responde a sua memória em pensamento*

- Tsc... Mas é claro, idiota. Ela podia ser um demonio, mas eu jamais bateria numa criança.

*Leonel se ajoelhou e estendeu e sorriu a ela*

- Vamos procurar sua mãe. Mas precisa ser forte. Esse lugar parece perigoso... Então saiba, que vou protegê-la, caso algo tenha acontecido a ela.

*Estendeu-lhe a mão*

- Mostre-me sua oca e depois vamos achar sua mãe.
Leonel adota a menina como sua PROTEGIDA INDEFESA, mesmo sem receber pontos por tal.
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Tomo I: CAOS

Mensagem por Padre Judas » 19 Jun 2018, 22:48

2. A Toca
Um Lugar Desagradável
Imagem
A menina leva Leonel pelos túneis. Ela abre um duto fechado com uma tampa de ferro que obriga Leonel a se agachar e passar quase rastejando. Por fim saem para uma área muito grande e seca, embora fedorenta como todo resto. Ali há cabanas construídas com madeira parcialmente podre e tecido.

Imagem

Embora todo o local seja plano, Leonel não demora a reconhecer aquilo como uma grande favela subterrânea erguida dentro de um colossal sistema de esgoto. Todo o ambiente parece opressivo e pessoas arruinadas, envelhecidas e de aspecto cansado, caminham pelo que seriam suas “ruas”. Algumas possuem pele arroxada e deformações tão graves que nem parecem ser humanos.

Imagem

Todas possuem aquela curiosa aura caótica, em diferentes graduações (as mais deformadas possuem auras mais intensas) – e Leonel repara que algumas estão realmente nuas ou usando apenas tangas rústicas (simples faixa de tecido enroladas à cintura e cobrindo suas genitálias). Algumas crianças correm pelo que parece ser uma “praça central” diante de uma casa maior que as demais, com dois andares.
Olubunmi
Imagem
- Você pode se limpar ali...
Ela aponta para o que parecem ser canos. Algumas pessoas giram pequenas válvulas presas à parede e água aparentemente limpa escorre sobre seus corpos. O banho é público e totalmente aberto, privacidade deve ser algo inexistente ali.

Nisto a porta da construção maior se abre e uma das pessoas disformes sai dali, seguida de outras. O sujeito carrega um cajado de madeira – basicamente um pedaço de pau – com o crânio de um grande rato preso ao topo.
Imagem
- Olubunmi! Está viva! Onde você estava?
Olubunmi
Imagem
- Pai! Eu fui procurar a mãe...
Imagem
- Oh... eu disse a você que sua mãe não está mais aqui... e quem é esse?
O homem olha pra você com o seu grande olho esbugalhado, aparentemente desconfiado.
Olubunmi
Imagem
- Ele é meu amigo! Me salvou... opa.
Imagem
- SALVOU VOCÊ DO QUÊ? O QUE FOI QUE EU TE DISSE? E COMO ENTRARAM AQUI SEM PASSAR PELOS GUARDAS?
Seu tom de voz indica tanto alívio quanto irritação.
Leonel Alvarez. PV(20) 15, PM(20) 10. PH 1. PE 0.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 8797
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Capítulo 2: A Toca

Mensagem por Padre Judas » 23 Jun 2018, 21:42

A Toca
Imagem
Leonel apenas ouve a conversa sem se manifestar. Mas antes que a menina possa responder ao pai uma mulher – aparentemente normal, apesar das feridas mal cicatrizadas na face, segurando uma lança primitiva – aproxima-se chamando o sujeito de “chefe” e fala algo ao seu ouvido.
Imagem
- Teremos que continuar esta conversa depois. Há um problema no portão. Vocês dois aí, de olho nesse sujeito. E você, garota, já pra casa. Zaila, cuide dela.
Dois dos sujeitos disformes aproximam-se de Leonel, empunhando lanças e com facões à cintura. Eles não adotam nenhuma postura hostil, apenas encarando o rapaz. Uma mulher que estava na casa pega na mão da menina e a conduz para dentro. O “chefe” afasta-se junto com a mulher e alguns outros.
“Guarda”
Imagem
- Branquelo da superfície veio ao Labirinto tomar banho de canal! Huahuahuahua! Ei, branquelo, você pode se lavar ali se quiser. Você fede!
Os dois riem alto e tapam o nariz enquanto o sujeito aponta o local que Olunmbumi havia indicado antes.
Leonel Alvarez. PV(20) 15, PM(20) 10. PH 1. PE 0.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Hoggar: Monstromaquia [DiceScarlet]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1609
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: MÁGIKA: O Desafio de Leonel Alvarez

Mensagem por DiceScarlata » 24 Jun 2018, 01:08

Leonel Alvarez
Imagem

*Leonel de fato ficara em silêncio, observando a tudo. Aquele lugar lembrava muito alguns redutos de São Paulo. Claro, as deformidades eram únicas... Mas mesmo a academia em que treinava era centrada em uma comunidade como aquela. Ignorada pela grande metrópole. Sobrevivendo uns com os outros. Era um playboy de familia rica... mas se sentia estranhamente a vontade ali. Quando o homem precisou se retirar, finalmente falou*

- Ah... desculpe, senhor. Obrigado.

*Foi até os canos e passou a se lavar. Realmente não se sentia confortável para conversar naquele estado mesmo. Pelo menos assim poderia se higienizar na medida do possível. Talvez precisasse de roupas novas em breve.

- Deus... O caos fez isso? Parece que mesmo aqui, preto e branco não existe. Tudo é cinza. Os que vivem as márgens da sociedade e no submundo, são muito mais do que os que vivem a luz pensam.

*Sussurrava para si mesmo/ Então ergueu-se e foi ter com seus... bem "guardas* *

- Sou Leonel Alvarez. Desculpem invadir sua comunidade. Agradeço pela agua. Se tiver algo que eu possa ajudar por aqui, por favor, só mandar. Não fujo de trampo pesado não.

*Olhou ao redor. Para a garotinha e para eles*

- Por que vivem aqui? O que aconteceu?
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Responder

Voltar para “Judasverso”