O Pecado de Um [T20]: ON

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1866
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por DiceScarlata » 27 Abr 2020, 03:09

Flaurian
Imagem

*Hadrianus havia entrado como se não se importasse em ativar uma armadilha e colocar todos em riscos. Mas isso não importou Flaurian. Até preferia que ele continuasse a fazer isso. Mas a indiferença em relação aos cadáveres o deixou pasmo*

*Pouco tempo depois acharam tesouros dentro do quarto. Ponderou em deixar ali ou não, levanto em conta as palavras de Maya, mas foi Cassia quem deu o veredito*


- Um valor de mil. Dividido por 7... Um valor de 142,85

*Cassia achara justo. Entregou a parte dela. Depois Flecha e Maya. Chegou a Hadrianus*

- Imperador...

*Colocou com delicadeza o parte que lhe diz respeito nas mãos e então foi a Magus, Nólege e enfim guardou o que sobrou a si.*

- Bom, como aventureiros, não podemos dizer que não tivemos lucro. Próximo? Alguém mais?
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17586
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Aldenor » 28 Abr 2020, 11:17

Hadrianus apreciava a boa arte da representação de Tauron e Glórienn, ignorando os cadáveres nus. A nudez não era algo que chocava ao minotauro, acostumado a ela durante seus tempos de gladiador. Prazeres carnais eram formas comuns de recompensa por vitórias. Mas a arte sempre o impressionava.

Porém, quando Cássia tocou na estátua, Hadrianus lembrou do conselho de Nólege e arregalou os olhos. Olhou diretamente para a cabeça de ouro e pensou em se jogar na frente da mulher caso um raio maluco tentasse atingi-la. Porém, nada aconteceu.
Hadrianus
Imagem
Hehehe, acho que o doutor se preocupou demais.
Logo, todo mundo começa a pilhar o lugar e a vasculha-lo. Por fim, o grupo encontrou cartas que revelavam quem eram os mortos.
Hadrianus
Imagem
Com certeza ricos. Veja, tanto ouro, joias... acho que nunca vi tanto reunido assim.
Flaurian fez o papel de dividir o tesouro e entregou a Hadrianus com solenidade. O minotauro virou o rosto e aceitou o ouro, depositando o saco de estopa na mochila. Depois que todos haviam recebido, ele suspirou.
Hadrianus
Imagem
Bem, temos o outro corredor com vários portas, como o doutor falou. Bora, cambada, mexendo os traseiros. Nada temam, Hadrianus vai protegê-los.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Mælstrøm » 28 Abr 2020, 11:28

Imagem
- Todo cuidado é pouco.
Doutor Nólege resumiu-se a responder Hadrianus prontamente. Sua tese fora derrubada com a impulsividade de Cássia, o que poderia ter gerado a morte de todos. Neste caso, doutor Nólege aprenderia se também seria vítima das cabeças de ouro como os outros seres vivos e novo conhecimento seria produzido.

Doutor Nólege pegou o saco com o tesouro e o analisou calmamente antes de guardar na mochila. Havia outros lugares para serem explorados agora. Andando ao lado de Cássia, comentou:
Imagem
- Agora basta descobrirmos qual o código de leis dos gnomos. Se tiver alguma ideia, ajudará para evitarmos cometer crimes.

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13711
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Lord Seph » 28 Abr 2020, 12:52

Pilhar uma Masmorra não era muito diferente de roubar, na verdade Maya já viu nobres revindicar todo o material adquirido por Aventureiros após pilharem uma Masmorra só por causa da mesma estar sobre sua área de influência.
Imagem

Vocês realmente estão perguntando sobre as práticas e costumes sociais para considerar roubo?
Maya fala quase não crendo.
Imagem

Vamos a um esforço mental simples, o que é considerado crime atualmente dentro do Reinado, Liga e Império? Ou mesmo nos Reinos de Lamnor antes de sua queda?
Maya fala não esperando uma resposta, mas que acompanhassem seu raciocínio.
Imagem

A base em todas as sociedades é não roubar o que lhe pertença e não matar, agressão também pode ser visto como algo criminoso.

Então, pegar itens de uma casa sem a permissão dos donos é bem diferente de pegar uma moeda perdida na rua.

Então, a não ser que vocês peçam aos mortos para levar essas moedas aconselho devolver tudo ao seu lugar, e por Tenebra alguém cubra os dois.
Maya fala em fim recusando as moedas naquela partilha.

Teste de Conhecimento 26, sucesso.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Tiagoriebir
Mensagens: 883
Registrado em: 27 Ago 2015, 12:55
Localização: Porto Alegre, Namalkah

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Tiagoriebir » 28 Abr 2020, 20:10

Flecha não adentrou a sala mais que um passo, parte de sua atenção sempre focada no corredor de onde vinham. Já teve companheiros que lhe chamaram de paranoica por isso, mas essa atitude já havia lhe salvado a vida incontáveis vezes, então era o melhor a fazer. Observou, contudo, os aposentos e admirou as estátuas, das divindades e dos transformados. Era tudo muito bonito, mas ao mesmo tempo triste.
Flecha
Imagem
— Vendo a posição destas estátuas, parece que foram pegas de surpresa. Isso me faz pensar sobre a rapidez com que essa transformação em ouro acontece. Está claro que, ao menos com esse casal, não foi algo automático. Deve ter ouvido algum tipo de alarme que os tenha antecipado seu destino ou não estariam com essas expressões. Quanto tempo deve ter se passado desde seu crime até a transformação?
Flaurian fazia a divisão dos espólios, mas Maya se posicionou contra.
Flecha
Imagem
— Vou discordar, Maya. Como Cássia e Nólege afirmaram, isso não seria considerado roubo. Ou nosso amigo Flaurian provavelmente já teria se transformado em uma escultura dourada.
Disse, aceitando o ouro oferecido por Flaurian. Era uma aventureira, afinal de conas. Aquele era seu modo de vida.
Tentando usar a parte colorida da massa cinzenta.
https://twitter.com/tiagoriebir

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9060
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Capítulo 2: A cidade no fundo do poço

Mensagem por Padre Judas » 29 Abr 2020, 22:17

Imagem

Cássia aceitou sua parte sem nada dizer e os aventureiros seguem em frente.
Imagem
- Agora basta descobrirmos qual o código de leis dos gnomos. Se tiver alguma ideia, ajudará para evitarmos cometer crimes.
Maya fica muito desconfortável em tomar as moedas, mas Cássia parece tranquila.
Cássia Uryah
Imagem
– Hm... pelo que me recordo as leis deles não eram muito diferentes das nossas. É proibido matar, roubar... não é proibido mentir, mas o é prestar falso testemunho em um julgamento formal. Violência também o é, exceto em legítima defesa... nada especial ou diferente, pelo que sei. Mas algo pode escapar – meu irmão sabia bem mais do que eu... agora, com certeza entrar em uma ruína perdida e pegar tesouros abandonados não é ilegal!
Flecha defende o ponto de vista da amiga e ela sorri para a caçadora.

Eles optam por passar pela plataforma que leva ao próximo andar e entram no quarto seguinte. Como o anterior, a porta deste estava destrancada e abriu facilmente – a despeito dos anos sem cuidados, as dobradiças continuavam funcionando perfeitamente como uma ode à pujança da engenharia gnômica.

Neste quarto encontram algumas armas antigas penduradas nas paredes, assim como uma armadura tapistana típica: a loriga. Estava malcuidada, mas o aço resistira aos anos, embora cheia de teias de aranha. Encontraram também alguns tibares: setecentos tibares de ouro divididos em vários tipos de moedas. Não havia nada mágico ali, mas Nólege logrou encontrar dentro de uma gaveta um medalhão de Tauron – um símbolo sagrado usado por devotos e principalmente sacerdotes – e um diário escrito em táurico. Cássia, fluente no idioma, pediu-o ao sacerdote e o abriu com cuidado, pois as folhas já estavam se soltando e traças já havia roído algumas partes.
Cássia Uryah
Imagem
– Não tem nome nem nenhuma identificação óbvia. Hm... a letra é um pouco relapsa, mas legível. Vejamos...
Lanag, 1º de Luvitas de 503 da Libertação

Meus sonhos têm piorado ultimamente, então pedi a Luki para tentar outra poção – talvez uma mais forte desta vez. Ela disse que tentou tudo o que conhecia e me recomendou escrever este “diário dos sonhos”. Não vejo como isso ajuda. Escrever sobre meus sonhos e falar sobre meus sentimentos e não é como fui criado. Mas suponho que não fará mal também.

Na última noite sonhei que caía do poço novamente, mas ao invés de bater na água continuei descendo mais e mais fundo na terra e ali havia esta brilhante luz dourada. Vi meus braços arderem. Mas não era uma queimadura, vi meus pelos e braços enrijecerem e amarelarem. Então acordei.

Lanag, 22 de Luvitas

Sonhei que Tauron falava comigo, mas não podia ouvi-lo. Ele me recriminava por alguma coisa, mas não sei o que era. Continuava insistindo que eu deveria fazer algo. Eu o recordei de que o abandonei anos atrás e ele não era mais meu Deus. Ficou furioso. Acordei.

Tirag, 24 de Luvitas

Esqueci de escrever ontem. Não lembro o que sonhei.

Na última noite sonhei que falava com Tauron novamente. Ele disse que falhei com ele e enviaria outros para fazerem o que não pude.

Hoje a cidade tem novos habitantes. Cefalus e Fidius, ambos paladinos de Tauron. Não entendi uma palavra do que disseram, mas sei por que estão aqui. Tauron os mandou para me substituir. Boa sorte para ambos, seja qual tarefa tenha sido lhes dada.

Morag, 25 de Luvitas

Um dos guerreiros sagrados está morto. Desceram aos túneis sob Sol Ctônico ignorando os avisos do Governador. Transformado em ouro, pelo que entendi. O outro, Cefalus, está moribundo. Seu corpo está amarelado, mas não se transformou completamente. Luki está cuidando dele. Espero que Tauron também.

Sem sonhos esta noite.

Valag, 27 de Luvitas

Sem sonhos em kalag, mas esta noite eu tive um novo. O céu escurecia e toda cidade tremia. Via o brilho dourado por todo lado e as pessoas corriam desesperadas. Não sinto que vou conseguir dormir novamente depois disso.
O quarto seguinte tinha a porta aberta. A estátua dourada de mulher vestida com um avental prático de trabalho estava de quatro, sua mão esticada para um gládio caído poucos metros à frente. Parecia estar tentando alcança-lo, mas tropeçou ou algo assim. O lugar parece um misto de oficina com biblioteca: há vários livros, mas também engrenagens e peças mais estranhas, assim como sucata dourada. O metal se revela pesado e sua composição é desconhecida: não é ouro, se assemelha mais ao metal usado nas portas, nas estátuas gigantes e nas cabeças vigilantes.
Cássia Uryah
Imagem
– Hm... boa parte destas obras está inútil de tão danificadas, mas reconhece alguns aqui. São textos clássicos sobre os gnomos – tem até um tratado aqui escrito pelo próprio Lorde Niebling, olha só! Ei, o que é isso? Uma carta...
Cássia retira um papel dobrado de dentro do livro de Niebling, o abre e lê:
Gaia

Sei que você decidiu partir e não há nada que possa dizer para convencê-la a ficar com sua família em Marma.

Só quero dizer que acho que você cometeu um grave erro escolhendo uma vida de pesquisa em antigas tumbas poeirentas ao que eu ofereço: casamento, filhos, segurança e uma bela casa.

Eu vou apenas encerrar e dizer: amei você uma vez, mas honestamente espero nunca mais vê-la. Pode chafurdar nos pântanos de Venomia, pelo que me importa.

Galeso.
Cássia Uryah
Imagem
– Marma? O nome não me é estranho...
Hadrianus recorda facilmente que Marma é uma das maiores cidades tapistanas, cujo porto sustenta toda a navegação fluvial pelo Rio dos Deuses no reino e onde Vectora passa todos os anos – uma terra fronteiriça assediada por bárbaros e monstros, também. Eles encontram setecentos e cinquenta tibares de ouro entre joias, gemas e moedas.

Por fim havia um último quarto, perto da grande estátua dourada. Diante do mesmo há um minotauro dourado que parecia correr em sua direção com uma espada na mão. Ele se veste de forma simples, mas suas roupas são claramente de alto nível. Como os anteriores, não era um sujeito pobre. Em seu quarto encontram uma fortuna de cinco moedas de platina (quinhentos tibares de prata), dois mil tibares de ouro e mil tibares de prata. Havia também uma pedra usada para afiar lâminas e um boneco de madeira próprio para treinamento.
Cássia Uryah
Imagem
– Pelo visto aquele sujeito era um guerreiro, mas não conseguiu evitar seu destino...
Havia um armário que ao ser aberto revelou roupas puídas e duas poções de cura. Maya reparou que havia um fundo falso. Decide trabalhar nele, dedicando a próxima hora em cima disso. O tempo passa e tanto o efeito inspirador de Flaurian quanto a visão mística de Nólege se desfazem quando ela finalmente termina de abrir.

O interior traz algo... perturbador. Primeiro a gadanha, uma arma incrível, de lâmina negra com arabescos. O cabo era feito de Tollon e possuía uma pegada apropriada para alguém forte. Junto havia uma armadura de couro negra com um pequeno símbolo no peitoral: um círculo branco com um interior negro. Um estojo de couro, ao ser aberto e desdobrado, revelava várias pequenas ferramentas: alicate, perfurador, tenazes, pinças, agulhas, uma pequena serra e outros instrumentos que pareciam eficientes em causar dor. Por fim uma pequena ampola contendo um líquido incolor – em princípio parecia água.
Off:

Maya gastou 1 PM para Especialista e escolheu 20. A cena terminou, todos os efeitos com duração de cena acabaram.

No total encontraram 3.600 TO, além de:

Loriga de aço envelhecida: esta loriga está velha, suja e gasta, mas ainda dá pra usar. Seu bônus de CA cai pra +6 e a penalidade vai pra -4. Um ferreiro pode arrumá-la.

O kit de torturador aprimorado novo custa T$ 330 (o encontrado já foi usado) e oferece um bônus de +7 em testes de Intimidação, mas exige que o usuário “trabalhe” na vítima por pelo menos uma hora.

A armadura de couro negra e a gadanha negra demandam um teste de Religião ou Misticismo, CD 15, pra serem corretamente identificadas.

O líquido incolor demanda um teste de Ofício (alquimia), CD 15, para ser identificado.

Atualização: 02/05, sábado.
PERSONAGENS
Flaurian. PV(20) 20, PM(17) 11.
Flecha. PV(30) 30, PM(12) 11.
Hadriannus. PV(36) 36, PM(09) 09.
Magus. PV(24) 24, PM(25) 18.
Maya. PV(24) 24, PM(12) 09.
Nólege. PV(30) 30, PM(18) 11.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Mælstrøm » 30 Abr 2020, 16:21

Imagem
- Estes escritos fornecem mais algumas informações para enriquecer nossas teorias acerca do que houve aqui e também um pouco sobre seus atores. O diário do minotauro desconhecido parece ser de alguém que abandonou Tauron, pelo medalhão que ainda guardava, mas ainda assim recebeu sonhos proféticos sobre seu destino. Podemos supor que seus sonho tornaram-se reais, conforme este último trecho:
Ele apontou para o final, apoiado em seu cajado.
Imagem
- "O céu escurecia e toda cidade tremia. Via o brilho dourado por todo lado e as pessoas corriam desesperadas". O céu escureceu e a cidade tremeu. Estamos em uma escuridão. Talvez o mecanismo de defesa da cidade não esteja completo. Ou destruído e substituído...
Doutor Nólege acessava as informações e fazia cruzamento com os conhecimentos prévios. Então, apontou para a carta encontrada em um dos livros de lorde Niebling.
Imagem
- Gaia era uma humana, elfa ou qareen que partiu de Marma para este lugar pesquisar sobre os gnomos e sua cidadela. Provavelmente estudou as cabeças douradas, feitas de um mesmo material resistente e duradouro como as portas e as estátuas gigantes. Uma teoria é que este estudo, dissecando a cabeça vigilante, pode ter provocado o sistema de defesa dessa masmorra, iniciando assim seu apocalipse.
Então, ele olhou para Cássia.
Imagem
O que não explica o seu irmão envelhecido e sua loucura. Ou existe outra ameaça neste local responsável pelo enlouquecimento de seu irmão e consequente morte. Algo no lago. Neste caso, as defesas da cidade já não funcionam mais, por causa da escuridão que presenciamos. Afinal, havia luz antes do colapso da cidade.

Ou então uma das defesas da cidade é promover o envelhecimento mágico e isto ocasionou o enlouquecimento de seu irmão. Esta última é a "teoria totalizante" que busca conectar tudo o que aconteceu aqui numa linha sucessória de fatos. Não acho que seja a mais correta no momento, pois não explica o perigo da casa do lago.

Caso alguém possua alguma teoria, favor contribuir para o debate.
Ele fez um gesto para os aliados.

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13711
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Lord Seph » 30 Abr 2020, 16:58

Maya não ficou com as moedas e não se importou com aquela decisão.

Manteria o contrato em mente e seguiria em frente.

Logo estavam em uma nova área com mais dinheiro.
Imagem

Mais dinheiro, podia ser uma taverna com uma dispensa de Gelo Eterno com carne seca.
Maya fala sem entusiasmo.

Deixou o grupo fazer seu trabalho enquanto Maya fazia o dela e encontra um fundo falso em um armário.
Imagem

Tenebra parece que gosta de dar presentes, achei um fundo falso aqui.

Talvez tenha alguma pista, mas vai demorar um bom tempo para abrir.
Maya fala e se volta ao trabalho. Usando seu kit e algumas gambiarras os minutos passam até revelar o conteúdo do cômodo secreto.

Vários itens que Maya tinha uma leve impressão de já ter visto, mas não tinha certeza, sua curiosidade se lançou a um frasco com líquido transparente.

Ela o segura e abre o frasco, o cheiro era inodoro, mas deixava uma sensação de palpitação.
Imagem


Toque de Leen, não acho que Tauron curta métodos de assassinato como esse se o conteúdo aqui for desse nosso Minotauro aí.

Talvez tenhamos algum cultista ou um assassino em série, esse é meu palpite Doc.
Maya fala devolvendo o frasco ao seu lugar.

Os demais ítens não chamam sua atenção.

Teste de Alquimia 20, sucesso.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17586
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por Aldenor » 30 Abr 2020, 18:36

Os aventureiros seguiam pelo corredor, adentrando cada quarto. Hadrianus não tinha muita paciência e ficava rapidamente entediado com aquelas buscas. Andava do lado principalmente de Cássia, mas quando Maya ia fazer alguma coisa potencialmente perigosa, se colocava ao seu lado. Como quando abria portas e verificava armadilhas.
Hadrianus
Imagem
Muito bem, Maya. Mas cuidado aí com não tomar sem querer esse veneno.
Fazia um carinho em sua cabeça, tendo que se curvar um pouco.

Quando o doutor começou a falar de suas teorias, aí que Hadrianus viajou. Olhou para Flecha e questionou se era forte segurando uma arma corpo-a-corpo. Olhou para Magus e imaginou uma criança se divertindo com tudo. Ofereceu a ele um pedaço de gorad que carregava na mochila junto à ração.
Hadrianus
Imagem
Olha que gostoso.
E também olhou para Flaurian. Era impossível ignorar aquele homem. Aonde andava, chamava atenção para si com aquelas roupas, aqueles cabelos de fogo e seu jeito de falar afetado. Hadrianus suspirava alto vez ou outra quando não conseguia lidar.

Por fim, o doutor era quase invisível para o minotauro. Como uma estátua que falava. Mesmo assim, pescou uma coisa ou outra.
Hadrianus
Imagem
Legal, legal... além da loriga e essas coisas bizarras que achamos, não tem mais nada né? Eu acho que Maya tá certa. Tinha um cuzão do caralho aqui e ele provocou a morte de todos ao cometer um crime. Afinal, quem carrega essas coisas de veneno boa gente não é.
Todo o ouro encontrado era negado por Maya, mas Hadrianus insistia.
Hadrianus
Imagem
Eu carrego sua parte. Quando a gente sair daqui e não tiver mais problemas, você pega. Melhor assim?
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5201
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: O Pecado de Um [T20]: ON

Mensagem por John Lessard » 30 Abr 2020, 18:54

Marvelous acompanhava os demais, mas sentia-se um tanto perdido, não lembrava mais o caminho de volta, não que isso ajudasse em muita coisa dadas as circunstâncias. Além disso, muito informação permeava a cabeça dele. Cássia falava muitas coisas que ele não entendia, o Doutor também. Muitas coisas era encontradas também, tesouros que era impensável que fosse retirados dali por eles, de tão extensos que se apresentavam.
Imagem
- Aah, não entendo nada, tô cansado... A gente só acha porcarias...
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Responder

Voltar para “Judasverso”