Combos TRPG

Tormenta é o RPG mais completo do Brasil. São tantos suplementos que você vai mesmo precisar conversar com o pessoal para acompanhar tudo!
Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5705
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Combos TRPG

Mensagem por Khrjstjano » 09 Dez 2018, 22:58

Demantos escreveu:
08 Dez 2018, 21:09
Pessoal, preciso de ajuda de vocês.

Eu narro Tormenta RPG já há alguns anos e tudo sempre correu bem sempre nas minhas aventuras: terminava minhas aventuras, o pessoal se divertia... Sempre foi divertido. O problema agora é que todos eles aprenderam a combar, e isso tem se tornado um problema muito grande nas minhas mesas em virtude dos absurdos que são feitos dentro das regras.

Hoje mesmo eu estava narrando uma aventura na guerra artoniana e um dos meus jogadores tinha feito um goblin de oitavo nível, engenhoqueiro, que dava danos absurdos. Ele tinha um ataque com lâmina invisível e toque vampírico com base naquelas engenhocas goblin, e o absurdo é que ele dava danos extremamente altos. Por mais npcs poderosos que eu colocasse para enfrentar eles (eu coloquei um ND 12, acompanhado de 1 ND 11 e mais 4 unidades de ND 4 para um grupo de ND 8), ainda assim era pouco diante do poderio desse personagem especificamente, além de outros, como por exemplo um armador farsante(ou seria trapaceiro arcano?) que usava sua enganação absurda para usar magia (que não era magia), e para o NPC resistir com intuição ou um teste de vontade ficava complicado, eles sempre falhavam. Isso tudo me fez pensar no seguinte: eu não sou um mestre que comba e eu não sei como fazer isso. Eu gosto de criar background de personagens, eu gosto de falar sobre o cenário, o universo ao redor dele, mas eu não consigo fazer um personagem combeiro, um personagem que faça uso todas as regras para dar danos absurdos e tudo mais. Não é da minha cultura. Jogo RPG desde 1999 - vai fazer 20 anos - e nunca tive paciência para criar personagens dessa maneira.

Agora eu estou em um entrave. Eu não sei como lidar com esses jogadores que estão tirando tanto do sistema a ponto de criar um personagens completamente combados. Para vocês terem uma ideia, um dos meus jogadores considerou narrar e começou com personagens de 15º nível. O jogador que estava narrando reclamou que os dois bestiários não eram suficientes para conter aqueles personagens (palavras dele e não minhas. Eu não joguei, então não posso atestar isso). Era uma espécie de PVP, arena. Isso me deixou preocupado, e quando eu eu narrei essa aventura na guerra artoniana contra os puristas de Yuden (uma side Quest na campanha que eu narro desde o 1º nível), constatei o quão absurdos esses personagens ficaram. Como é que eu devo lidar com esses personagem tão combados, porém, dentro das regras, para que os desafios que eu preparo durante a semana - e olha que eu passo uma ou duas horas por semana para poder preparar o que eu vou narrar final de semana - para chegar um jogador e com 7 ataques por turno destruir os NPCS como se fossem nada. Eu acredito que a diversão no geral seja prejudicada.

Agradeço se vocês puderem me ajudar.
Tem muita coisa que se pode falar sobre esse assunto, mas vou tentar ser sucinto... Considere coisas como:

1) Trocar de sistema. Parece que você se divertiria e adequaria mais com um sistema mais pé no chão. Eu recomendaria D&D 5e. Tormenta RPG permite personagens bem mais parrudos já nos primeiros níveis e nos altos a coisa pode escalar bastante mesmo.

2) Tentar criar combates onde as estatísticas dos personagens e seus inimigos importem menos. Criar monstros próprios facilita. Criar inimigos humanos com regras para monstros também. Criar um inimigo imune a dano e magias que só pode ser derrotado se for imobilizado e asfixiado é o tipo de coisa fácil de fazer, você nem precisa de estatísticas quaisquer, e é uma batalha bem criativa e complexa, especialmente se ele tiver boa locomoção. Em suma, criatividade com coisas simples é melhor do que explorar o sistema.

3) Pensar se você precisa mesmo se importar com os desafios. Se o que te importa é contar histórias, background, etc, e seus jogadores não estão incomodados com o fato de derrotarem facilmente os inimigos, não há motivo para se preocupar. Ao menos por hora.

4) "Dentro das regras" não garante a-b-s-o-l-u-t-a-m-e-n-t-e n-a-da. Se jogar dentro das regras está acima de tudo em uma mesa, sinto informar, mas está mesa está f-u-d-i-da! Se o que você quer é um jogo divertido pra todo mundo, inclusive você, "dentro das regras" tem que estar sempre abaixo de "divertido pra todos". SEMPRE! Se você quiser as duas coisas, sinto informar, mas elas são conflitantes. Em muitos momentos uma vai ferrar a outra.

5) Se os combates de uma mesa podem ser descritos como PVP arena, não é só um problema de combos ou sistema. O mestre está falhando feio também. Porque não é mais uma questão das estatísticas e capacidades dos jogadores e dos inimigos. O mestre não está sabendo criar combates orgânicos, nem usar organicamente os inimigos dentro da história. Mesmo que um combate seja facilmente vencido por jogadores inteligentes, estratégicos, sortudos ou combeiros, se o combate é orgânico ele não vai poder ser descrito como PVP arena. Essa descrição revela uma forma simplória de conduzir essa parte importante de uma história que são seus combates. E esta simplicidade é que é o maior problema de todos!

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 1973
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Combos TRPG

Mensagem por RoenMidnight » 10 Dez 2018, 06:11

Meus dois centavos sobre o assunto.

Você não é necessariamente obrigado a conhecer o sistema de cabo a rabo, os combos mais usados, reconhecer os padrões e ter uma noção do que é bom ou ruim dentro do sistema para narrar. Longe disso.

Seus jogadores parecem ou saber mais do sistema, ou jogam de uma maneira particular e vou ser sincero que me parece, perdão caso esteja errado, um padrão que eu sinto já ter visto em outros grupos.

A real é que não é porque esta tudo nas regras que deve ser seguido, se fere a diversão e coerência interna do mundo que você estabeleceu ou o tom da sua narrativa não existe mal em vetar personagens.

Se me permite a sugestão, eu limaria de cara alguns materiais, mas por experiencia própria uma das regras que eu adotei que melhor controla o jogo é limitar o numero de classes que um personagem pode ter a três e só pode pegar uma CDP.

Se o seu problema ainda permanecer, sugiro a regra que um personagem só possa ser construído com o manual básico e mais um outro suplemento. Assim por exemplo, um mago variante não teria acesso a talentos do manual do combate, malandro, devoto, guia da trilogia, etc...

Uma parada que eu notei que a comunidade usa sem cautela são modelos, eu sou da escola que eles devem ser evitados a todo custo. Por isso, nem me atrevo a por eles nos meus jogos, a não ser que eu esteja planejando algo particular.

Outra coisa, tente fugir do combate direto. Isso geralmente causa dor de cabeça quando os personagens são muito fortes e estão construídos para isso, não tenha medo de fazer combates onde os personagens tenham que fazer testes de pericia para evitar uma desvantagem do terreno. Use o ambiente e situações que complique e mude a dinâmica do combate. Na chuva conjuradores precisam de testes para usar suas magias, combatentes que jaó conseguem atacar mais de um oponente podem ter dificuldade em enfrentar enxames. Quem ataca primeiro tem a vantagem e quem ataca de surpresa tem vantagem dupla.

PvP é complicado, tem gente que começa esses exatamente porque ta entediado ou quer zoar a parada. Normalmente o cara não ta interessado na historia e quer só fazer uns personagens para sair na porrada e zoar o colega. Eu estabeleceria limites e cobraria coerência de ação. Esse é um papo que da muito pano para manga e eu não quero me estender muito nele agora.

Se nada der certo, se a galera achar ruim você "reduzir o nível de poder", se o povo jaó entender sua vive. Acho interessante buscar outros grupos, mas não sem antes conversar e ter um papo franco com tua galera.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Demantos
Mensagens: 47
Registrado em: 27 Dez 2013, 15:12

Re: Combos TRPG

Mensagem por Demantos » 10 Dez 2018, 12:40

Pessoal, obrigado pelos conselhos. Foram de muita valia até mesmo para eu me reciclar enquanto narrador.

Obrigado.

Glacius
Mensagens: 66
Registrado em: 14 Set 2017, 19:28

Re: Combos TRPG

Mensagem por Glacius » 13 Jan 2019, 23:06

Coisinha boba que percebi agora, Maestria em Perícia + Talento/Habilidade que deixa re-rolar teste dessa perícia

Arrisque rolar alto no primeiro teste, se der menos de 10, re-role e escolha 10

Avatar do usuário
Porfirio
Mensagens: 78
Registrado em: 15 Set 2016, 16:16

Re: Combos TRPG

Mensagem por Porfirio » 20 Jan 2019, 09:25

Isso e meio inútil por ser um nível muito alto, mas já perceberam que um monge nível 20 que pegue um único nível de menestrel pode ter +8 em basicamente tudo (toda rolagem de d20)?
Ja que usar a inspiração só e limitado pelo teste de vontade. E se for usar os efeitos diferentes pras musas, da pra várias coisas legais. Difícil é ser nível 21, 3 fazer um background de monge menestrel

Avatar do usuário
Janus
Mensagens: 1178
Registrado em: 16 Dez 2013, 07:25

Re: Combos TRPG

Mensagem por Janus » 21 Jan 2019, 16:33

Porfirio escreveu:
20 Jan 2019, 09:25
Isso e meio inútil por ser um nível muito alto, mas já perceberam que um monge nível 20 que pegue um único nível de menestrel pode ter +8 em basicamente tudo (toda rolagem de d20)?
Ja que usar a inspiração só e limitado pelo teste de vontade. E se for usar os efeitos diferentes pras musas, da pra várias coisas legais. Difícil é ser nível 21, 3 fazer um background de monge menestrel
Cai na questão que Autoperfeição não pode ser usado para ativar habilidades do próprio personagem (vide Monge 20 + Lutador 5 com Trocação).
Resposta do Guilherme

Avatar do usuário
Porfirio
Mensagens: 78
Registrado em: 15 Set 2016, 16:16

Re: Combos TRPG

Mensagem por Porfirio » 24 Jan 2019, 10:43

Cai na questão que Autoperfeição não pode ser usado para ativar habilidades do próprio personagem (vide Monge 20 + Lutador 5 com Trocação).
Resposta do Guilherme
Ah, não sabia disso, mas bom saber, eu já tava achando que um menestrel 18, com 6 níveis de lenda urbana pra poder espalhar rumores e pegar autoperfeição e depois usar a inspiração Raven Blackmoon, bela e misteriosa pra ser o melhor conjurador de Arton.

eden7k
Mensagens: 73
Registrado em: 26 Out 2016, 08:50

Re: Combos TRPG

Mensagem por eden7k » 21 Fev 2019, 08:31

Bom dia, estou tentando fazer um algoz, sei que o foco dele é defesa forte, mas gostaria de dicas de como fazer ele ficar com um bom dano.
Ele começaria no lvl 16 (nobre 2, cavaleiro 8, algoz 6), os players da minha mesa são combeiros, então não gostaria de ficar pra trás no dano.
Algumas dicas de como ter um ótimo dano, sem ficar totalmente dependente de lutar apenas com montaria ?

Elyn
Mensagens: 6
Registrado em: 04 Mar 2019, 08:37

Re: Combos TRPG

Mensagem por Elyn » 04 Mar 2019, 20:03

Boa Noite.
sobre Combos envolvendo Guerreiros.
Pelo que andei lendo o pessoal nao é muito Fã de Guerreiro puro neh.. todos leveis nele..
Qual sugestão voces me dão para um bom guerreiro..
Comecei um como Anão Guerreiro voltado para Tank com Guarda de Ferro, Escudo Fraterno e tal, Vale a pena?
AGradeço

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5705
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Combos TRPG

Mensagem por Khrjstjano » 04 Mar 2019, 22:54

eden7k escreveu:
21 Fev 2019, 08:31
Bom dia, estou tentando fazer um algoz, sei que o foco dele é defesa forte, mas gostaria de dicas de como fazer ele ficar com um bom dano.
Ele começaria no lvl 16 (nobre 2, cavaleiro 8, algoz 6), os players da minha mesa são combeiros, então não gostaria de ficar pra trás no dano.
Algumas dicas de como ter um ótimo dano, sem ficar totalmente dependente de lutar apenas com montaria ?
Adapte isso e vai ser bem roubado: http://jamboeditora.com.br/forum/viewto ... 429#p20429

==============================================================
Elyn escreveu:
04 Mar 2019, 20:03
Boa Noite.
sobre Combos envolvendo Guerreiros.
Pelo que andei lendo o pessoal nao é muito Fã de Guerreiro puro neh.. todos leveis nele..
Qual sugestão voces me dão para um bom guerreiro..
Aqui tem muitas: https://jamboeditora.com.br/forum/viewt ... 00#p104200
Comecei um como Anão Guerreiro voltado para Tank com Guarda de Ferro, Escudo Fraterno e tal, Vale a pena?
É bem legal para proteger aliados, mas eles têm que colaborar e não se mover na louca por aí. É interessante atrasar o turno para agir logo após quem você mais quer proteger, que aí você já vai atrás da pessoa se ela se deslocar.

Pra dar uma melhorada simples no personagem, pegue 1 ou 2 Conhecimento de Golpes (Pancada com Escudo, Aparar Ataque Corpo-a-Corpo, Aparar Ataque à Distância e mais um – Bloqueio com Escudo não, que daí você pode focar no acerto da arma e ter tanto mais defesa quanto potencial de ataque).

Brecha na Guarda e Reflexos de Combate vão bem depois disto, que sempre que o Pancada com Escudo funcionar, você ganha 1 ataque grátis e tem+4 de dano, o que é legal. Junto com um Ataque Poderoso (e o Aprimorado mais tarde), você não vai só tankar legal, mas também controlar inimigos e matá-los bem (para um personagem cujo foco não é esse), o que sempre facilita muito a vida.

Duro de Ferir é legal também, mas eu pegaria depois dessas coisas todas.

Responder

Voltar para “Tormenta”