Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Avatar do usuário
Lucena
Mensagens: 4033
Registrado em: 13 Jan 2015, 21:24

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Lucena » 16 Set 2017, 10:44

Finalmente a questão parecia resolvida. Não precisariam se preocupar com os mercenários, então era hora de seguir com a missão. A verdadeira missão. Ir até a Princesa na estação espacial e entregar a encomenda.
Lisa Altossol escreveu:Imagem
- Boa sorte na luta e espero que consigam alguma reparação com os espólios meus caros. Nós seguiremos nosso próprio caminho e agradecemos a escolta até o hangar.
Ela se move para onde o "comandante" da missão estava, analisando seus estado.
Lisa Altossol escreveu:Imagem
- Dom Fluvio, como se sente? Tem alguma ideia para o próximo passo da missão?
Everything Lives!

Código: Selecionar todos

[quote="Pelleas"][img]https://i.imgur.com/qkSeY1p.png[/img]
 [/quote]

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 17 Set 2017, 14:35

Mokuteki ouve as palavras do soldado e, pela reação do Conde, ele estava certo. O homem era mesmo desprezível. Tanto que, apesar de ser tecnicamente errado o que eles fariam (pilhar o forte do conde, conforme a mensagem que 'sem querer' ele escutou), não iria se pronunciar a respeito. Fica aliviado porém que Lisa prefere que o grupo siga seu caminho e não faça o mesmo.

Continuaria seguindo as ordens da líder da missão, tomando seu caminho com os demais até o hangar para pegarem seus mechas e voltarem para a Celeno. Até porque Fúlvio precisava de cuidados e isso era mais importante que os bens do conde.
Imagem

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1212
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Astirax » 20 Set 2017, 11:35

O acordo estava feito, os mercenários insatisfeitos iriam obter algum espólio atacando Hussardos do Conde Albernaz enquanto o grupo teria caminho livre até o Hangar, Fúlvio havia feito um curativo improvisado, destruindo suas roupas no processo, parecia bem e estável, porém fraco.

Um combate entre Hussardos começa, e conforme prometido, cada vez mais se afastam do local, O Hangar completamente aberto.

A visão do interior chega a assustar. Mokuteki já havia visto oficinas, e sabia que esta era ilegal, tinha todo o necessário para funcionar, mas nada registrado, segurança duvidosa, aparelhos ilegais para desmanche e montagem.

Lisa e Helena compreendiam o esquema de falsificação na lataria dos "Hussardos" sendo montados. Eram Irregulares, por terem o Chassi básico, porém estavam sendo maquiados para parecerem Proscritos. Não foi difícil achar um cronograma. Listagem de entrada e saída de "Proscritos", haviam muitos dados ali.

Seus Hussardos estavam lá, simplesmente intocados, e respondem ao chamado remoto. Movendo-se próximos para serem pilotados.

O Conde esta totalmente em silêncio, devido ao que aconteceu antes, somado a revelação do conteúdo do Hangar. Antes que cada um suba em seus Hussardos ou Na Nave de transporte que os trouxeram aqui, Fúlvio diz.
Dom Fúlvio de Taumante
Imagem
Veem essas máquinas de combate? É por causa delas que estamos aqui. A princesa-regente conhece muito bem a família do conde de Albernaz. Ela sabe com quem eles andam.
Fúlvio olha o ferimento novamente, exibindo dor no rosto, esta respirando devagar, e após um pausa curta prossegue.
Dom Fúlvio de Taumante
Imagem
Já chamei as tropas do governo. Chegarão em poucas horas, mas não quero que vocês as esperem ou vão caçar os robôs listados __ já dei ordens nesse sentido para eles. A ordem final que darei a vocês nessa missão é: entrem na nave, levem o conde para a Dâmocles...
Ele tira uma caneta do bolso, e na mão do mais próximo do grupo escreve as coordenadas da estação.
Dom Fúlvio de Taumante
Imagem
e entreguem-no para que a princesa faça esse infeliz pagar. Eu tenho que ficar aqui, e esperar um Médico.
Off:
Vocês podem interagir com o Hangar se quiserem, apenas se lembrem que a batalha dos Mercenários vs Guarda de Albernaz acabou de começar, sair rápido demais não é recomendado.
Um Teste de Medicina(Primeiros Socorros) Fácil revela o problema de Fúlvio, enquanto um Médio o resolve.
Qualquer um pode fazer um teste de Ciência (Psicologia) Fácil para notar algo, ... curioso

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por John Lessard » 27 Set 2017, 21:45

Helena lançou um olhar para Lisa... Precisavam sair depressa, porém também necessitavam ter cautela. Aguardou alguém tratar de Dom, com uma mão sem sua pistola atenta, mirando seu hussardo, para que na hora oportuna, seguisse de encontro a ele rapidamente.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lucena
Mensagens: 4033
Registrado em: 13 Jan 2015, 21:24

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Lucena » 27 Set 2017, 23:21

Em sua vontade de completar sua missão, a agente quase ordenou a saída imediata para Damôcles, porém se lembrou a tempo da batalha que aconteceria no exterior. Devia agir de maneira inteligente.
Lisa Altossol escreveu:Imagem
- Rapazes, alguem de vocês consegue acessar, ou pelo menos achar um ponto de acesso, para câmeras no exterior deste predio? Quero ter certeza que o caminho esteja limpo antes de partirmos para a estação espacial.
Everything Lives!

Código: Selecionar todos

[quote="Pelleas"][img]https://i.imgur.com/qkSeY1p.png[/img]
 [/quote]

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 28 Set 2017, 15:27

Como não podiam levar Fúlvio para fora ainda, Mokuteki tenta achar algo que pudesse ajudá-los de outra forma, olhando em volta. Sua atenção pára nos computadores, provavelmente tinham os dados do que estavam fazendo naquele armazém, com os falsos proscritos.

Isso não era bem a sua área, mas ele já havia estudado um pouco quando mais ainda novo, antes de começar o treinamento para pilotagem. Depois que sentou num cockpit seu interesse pela parte técnica se esvaiu, mas se esforçou pra lembrar o que pôde das lições que teve.

Vasculhando uma máquina, encontrou o que precisavam: os dados do projeto. Copiou em um drive externo, pensando em remover o HD também para terem apenas eles uma cartada contra o conde, uma barganha caso algo acontecesse, e com sorte mais coisas que o incriminassem.

Sem sorte porém, ao tentar desligar com pressa os cabos da estação que havia utilizado um deles toca onde não devia e uma descarga atinge a placa, inutilizando suas peças, inclusive o HD. Ninguém mais teria acesso, mas talvez outros dados tenham sido perdidos.
Mokuteki Unmei
Imagem
- Droga... pelo menos temos algo palpável contra o conde agora, já que não temos como levar um hussardo.
Ouve então o pedido de Lisa, e decide tentar um acesso remoto das câmeras do lado de fora. Com sorte desta vez, um dos terminais estava logado no sistema de segurança, talvez o responsável tenha saído com pressa, dando acesso ao que queria.
Mokuteki Unmei
Imagem
- Acho que consegui algo aqui, venham ver - diz para o grupo, chamando, balançando a mão estendida.
A lista de câmeras era grande, escolheu uma cujo nome tinham poucas similares e outra que parecia ser móvel. Abriu ambas na tela, uma imagem fixa mostrando boa parte da base, provavelmente uma torre, e outra sobrevoando os arredores, talvez um drone ou algo do tipo. Dava pra ver a batalha dos dois ângulos, e tinha indicadores mostrando quais eram registrados do conde e quais eram invasores. Enquanto assistiam, um dos sinais dos invasores mudou para vermelho, indicando um alvo abatido.

Não iria dizer nada, sabia que isso era mal sinal, e acreditava que os demais também sabiam.
Imagem

Avatar do usuário
ISMurff
Mensagens: 3260
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:50

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por ISMurff » 28 Set 2017, 17:35

Miguel segue o grupo sem se descuidar da escolta do conde. Ele o mantém preso pelo braço e arrasta-o consigo.

Quando Mokuteki mostra as cameras locais com as imagens do embate entre mercenários e soldados da guarda de Albernaz, Miguel se dá conta que os números serão o fator determinante no resultado do confronto. Não há como os mercenários vencerem com menos homens.
Imagem
Precisamos sair daqui. Agora.
"Barbárie é o estado natural da humanidade. A civilização não é algo natural. É um capricho de circunstância. O barbarismo há de triunfar sempre no final."

- Robert E. Howard

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1212
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Do Hangar para a Estação

Mensagem por Astirax » 04 Out 2017, 00:46

Os Agentes precisaram de tempo para empacotar, criptografar e vasculhar o Hangar, enquanto isso sabiam que havia uma batalha ocorrendo lá fora. Apesar de no primeiro instante os sensores terem mostrado um sinal invasor ter mudado para abatido. Segundos após dois sinais de aliados se apagavam.

No entanto finalmente aparecia a oportunidade aguardada, o combate estava se distanciando, de modo que logo não seria mais possível monitorar, só bastava esperar mais um pouco. Depois que estivesse acabado, deveriam rumar para a Damocles, e alguém deveria escoltar o Conde Albernaz, tanto para mantê-lo vivo como para evitar sua fuga.
Leonhardt
Imagem
- Deixem comigo, o Escudo do Gungnir tem um compartimento de suporte de Vida, sua função original era Resgatar pessoas, mas posso selar as portas e torna-la uma prisão temporária.
O Conde Albernaz é "gentilmente" (tanto quanto quiserem), escoltado até o Gungnir, e sendo preso no que parece ser uma pequena sala do pânico, aclopada ao Grande Escudo do Gungnir. Todos os sistemas de todos os Hussardos foram checados, todos os pilotos em seus devidos lugares, e agora pelo monitoramento repassado de Mokuteki para todos da equipe, a batalha parece estar se encaminhando para bem longe. Antes dos sensores não a captarem mais, Mais um sinal inimigo desaparece.

Mokuteki faz o último ajuste necessário para pilotar seu karakuri, Ligação Neural e então sofre ... algo.
Helena e Mokuteki conseguem ver o painel de comando um do outro, como se estivessem ali, pessoalmente, os pensamentos superficiais, eram ouvidos como conversa baixa, ambos sabiam o que era isso. Uma Ligação Natural havia se formado entre eles.

Miguel aguardava as ordens de Lisa, a líder de campo naquela situação.
Off:
Leonhardt saiu faz tempo do grupo, mas preciso remove-lo com sentido da história, ele irá escoltar Albernaz.
A Cena termina quando voarem para a Damocles. Vocês não se envolveram com aquela batalha dos mercenários, porém.
Conseguiram extrair alguma informação do Hangar
Mantiveram seus ideais mesmo frente a uma estranha situação
Terminaram a cena, total +3 PEs.
Vocês ganharão 10 PEs devido a saída do vanrel, pensem o que irão investir e incluirei na Damocles.
Vocês devem postar conversas entre os personagens, são aproximadamente 2 horas de voo, o que faz que a Restrição de Poder do Mokuteki não o afete mais.

Helena.....PV(10) 10, PH(20) 20. PE 20, PS 4, PD 1. Lábia e Pacifismo, Ligação Natural(Mokuteki)
Lisa.........PV(10) 10, PH(10) 10. PE 20, PS 4, PD 1.
Mokuteki...PV(03) 03, PH(05) 05. PE 20, PS 3. PD 1.Ligação Natural(Helena)
Miguel......PV(05) 05, PH(05) 05. PE 20, PS 4. PD 0.

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 15 Out 2017, 23:24

Mokuteki estava pronto para decolar quando algo inesperado acontece, uma ligação com Helena. Ele se surpreende, sabia o que era aquilo mas nunca havia vivenciado a experiência. Respira fundo e abre o canal de rádio apenas com Helena enquanto eles esperam as ordens.
Mokuteki Unmei
Imagem
- Bem, parece que algo deu... errado. Você está vendo o mesmo que eu, certo? Isso é incomum mas... acontece. - falava com algumas pausas por não ter certeza de como abordar o assunto. - Não sei o quanto isso vai durar mas tenho algo que preciso esclarecer, e acho que é hora já. - Respira fundo mais uma vez e então muda para um tom mais sério, agora sem pausas

- Sei que você e a Lisa estão infiltradas nisso. Não sei o que estão fazendo nem por conta de quem, mas ouvi sem querer algumas coisas suspeitas de vocês, e acho que nem mesmo Fúlvio sabe a respeito. Parece que nem mesmo os seus hussardos são tão simples quanto aparentam. Não falei sobre isso com ninguém, ainda, mas se for algo que pode botar a Princesa em risco ou a nossa missão em nome dela, é bom estarem preparadas.

- Não adianta tentar me enrolar agora, pois eu posso sentir você. E então, o que tem para dizer?
Mokuteki sente um alto senso de obrigação para com a Princesa e não pode permitir que nada dê errado, e não tem hora melhor para confrontar a colega do que quando consegue 'senti-la' com a ligação. Estão todos no hangar então qualquer movimento suspeito os demais notariam, acreditava que estava mais seguro se elas tivessem alguma intenção de... silenciá-lo, na pior das hipóteses (Leon, Miguel e seu dom).
Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por John Lessard » 21 Out 2017, 12:32

Helena encarou Mokuteki com um meio sorriso.
Imagem
- Não irei negar, nem afirmar. Se pode sentir, então sinta isso: eu não tenho a menor intenção de prejudicar a princesa, de forma alguma, muito pelo contrário.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Responder

Voltar para “Mesa do Astirax”