Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por John Lessard » 10 Jul 2017, 12:42

Helena sentia-se um pouco nervosa e desconfiada. Quando Fúlvio mencionou que Mokuteki ouvia ondas de rádio, isso serviu para que lembrar-se de que ele ouvira o que elas haviam dito, e mesmo que não significasse nada para ele, nada o impedia de perguntar sobre, questiona-las. Isso talvez fosse um problema, preferiu não pensar sobre, lidaria com aquilo quando fosse necessário. Logo percebeu que por se perder em seus devaneios, acabou não prestando atenção no que fora dito, por isto preferiu apenas ficar calada e seguir Lisa, que era a líder e era uma as poucas coisas de sabia agora.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
vanrel
Mensagens: 84
Registrado em: 28 Out 2014, 21:25
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por vanrel » 10 Jul 2017, 22:46

Leonhardt escuta o que Dom Fúlvio diz e confirma o entendimento da ordem.
Imagem
Sim senhor! - diz em resposta a Dom Fúlvio -
- Virando para Lisa - Pode contar comigo.

Avatar do usuário
ISMurff
Mensagens: 3260
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:50

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por ISMurff » 11 Jul 2017, 19:48

Miguel ouve atentamente as informações passadas por Dom Flúvio. Traçava vários planos sobre como proceder na visita ao conde e as perguntas que deviam ser feitas. Mas ele era um soldado acima de tudo. Um oficial, mas mesmo assim um militar. Não fazia parte de suas habilidades o trato com questões sociais envolvendo os jogos de nobreza.

Ele mesmo nunca se interessou por retórica. Embora vivesse em um lugar que prezava pelo pensamento lógico e a oratória de seus alunos, Miguel sempre adaptou seus conhecimentos adquiridos em Schulmann para algo mais funcional, aplicando-se assim mais à arte de ser um militar do que a de ser um livre pensador. Ele se dirige a Dom Flúvio, esperando que este indique o que deva ser feito.
Imagem
Senhor, aguardo suas ordens!
"Barbárie é o estado natural da humanidade. A civilização não é algo natural. É um capricho de circunstância. O barbarismo há de triunfar sempre no final."

- Robert E. Howard

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1212
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

No Palácio de Albernaz

Mensagem por Astirax » 13 Jul 2017, 01:13

A equipe de Dom Fúlvio, já instruída, apenas aguarda o momento de agir, estariam sob comando da Agente Altossol, até segunda ordem. A Guarda de Domínio os conduz sob os portões do palácio, porém em outra Nave, Menor de Transporte, com capacidade para levar seus Hussardos, a própria Celeno ficaria de fora, pousada em um descampado. Vocês chegam ao local, e o próprio conde, ao lado do prefeito do palácio, esta ali para recebe-los com um largo sorriso.
Dom Fúlvio de Taumante
Imagem
Conde Rashal ... de Albernaz -- Fúlvio não se lembrava dos títulos, ou parece tê-los ignorado de propósito-- ordens regenciais.--entregando a carta-- podemos começar a inspeção das instalações? Agora?
Conde Albernaz
Imagem
Ora, Dom Fúlvio, entendo que o senhor e seus soldados estejam aqui no cumprimento do dever. E devo aos senhores um enorme agradecimento por terem enfrentado os bandoleiros que atormentam meu domínio. Mas acredito que tenhamos um conflito de competências aqui...
E de suas roupas ele tira um documento impresso, com registros concretos de envio, assinados pela Juíza Suprema do Ministério Público Imperial, Cassandra Artusen. Pela data, foi enviado justamente durante o confronto contra os bandoleiros.
Conde Albernaz
Imagem
Não sou um traidor da autoridade regencial, mas isto cria um problema. Falamos das leis que regem o Império, e os príncipes-regentes devem obedecer a essas leis, não é mesmo? --espera alguns instantes, para que suas palavras sejam bem lembradas-- agora como um bom anfitrião, venham jantar conosco, e nossos mecânicos cuidaram de seus Hussardos.
-----------------------------------------------------------
Algumas horas depois.
---------------------------------
Vocês são conduzidos a um alojamento. Apenas Dom Fúlvio está em um quarto de visitas; vocês estão em uma torre menor, em um quarto repleto de beliches, provavelmente para o fim óbvio de abrigar a criadagem que acompanha um nobre visitante. Vocês devem despertar às três da madrugada, e partirão antes das quatro. A soma do cansaço pelo combate à tarde, mais o efeito de uma refeição maravilhosa, porém um tanto gordurosa e pesada, faz com que o sono os derrube.
---------------------------------------------------
Na Madrugada

--------------------------------------------------
O sono pesado em que se encontram ainda sim não corta suas responsabilidades, vocês sabem que devem acordar as três, e partir antes das quatro, porém algo desperta imediatamente o mentalista, alertado pelo seu senso de perigo. Ao abrir os olhos e olhar em volta percebe uma sombra pela fresta da porta do quarto ainda escuro, havia alguém ali, e podia discernir uma conversa no rádio.
Voz
- Você recebeu ordens diretas, um tom de comando e confiante ... deixe-os, confirme se os registros foram apagados, o último pacote já esta no Caminhão.
Nesse momento a sombra apenas responde uma confirmação, e deixa o corredor ... Mokuteki sabia da intenção assassina, pode senti-la perfeitamente, alguém queria mata-los, e alguma coisa estava sendo removida. Quando seus olhos se acostumam com a escuridão, percebe todos os seus companheiros bem, dormindo tranquilamente, as agentes estavam usando os beliches superiores, pois precisariam tirar os uniformes para relaxar, e contanto que todos ficassem nos beliches baixos, nada seria visto. Esperou então sentir que a presença no corredor havia sumido antes de tomar qualquer atitude.
Ninguém tem Nobreza, será necessário um teste Médio de Ciência, para contradizer um pouco as palavras do conde, isso se quiserem. Praticamente vocês não tem condições de intervir aqui, então uni esta parte com a seguinte, onde vocês tem capacidade de reagir. Todos devem fazer um Teste de Resistência. Edit--> Todos falharam no teste de Resistência. Cena adiantada, Mokuteki esta desperto devido ao Sentido Especial(Senso do Perigo) . Mais detalhes serão discutidos no off.

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por John Lessard » 24 Jul 2017, 08:19

Helena dormiu pesadamente e o que era realidade e o completo escuro do sono se perdeu num instante, depois de deitar-se na cama, de estomago cheio e após passar por tantas experiências desgastantes. Não se importava de sido colocada no quarto da criadagem, na verdade era bem melhor do que muitos ambientes que teve o desprazer de usufruir ao longo dos anos. Por isto dormiu, pesadamente... Mas não tanto.

Não sabia que horas eram quando abriu os olhos para o teto (pois estava deitada na parte de cima de uma beliche), apenas colocou-se sentado rapidamente, havia retirado o uniforme apertado e usava apenas uma calcinha e nada por cima. Uma toalha passava em torno do pescoço, tampando precariamente os seios. Olhou para Mokuteki e fez um gesto descontraído.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 24 Jul 2017, 15:50

Após acordar e ouvir a conversa dos estranhos, Mokuteki viu a hora, mas como era cedo e não queria estragar o descanço de todos ele pretendia acordar apenas Lisa, encarregada como líder do grupo no momento. Depois de sentir a presença se afastar, levantou e se deparou com Helena acordada, que sorri para ele sentada na cama, sem uniforme.

Sente-se aliviado que é ela e não Lisa nesse estado. Ele sabe que ela não tinha vergonha de seu corpo e ele já havia visto mais do que devia. Sabendo que isso não era problema e o momento era sério, ele chega perto dela e fala baixo, ainda atento à porta:
Mokuteki
Imagem
Tinha alguém do lado de fora do quarto agora mesmo, eu senti sua intenção assassina e acordei. Ele se comunicou com outro homem que o mandou seguir o plano e nos deixar em paz, confirmar que algum registro foi apagado e disse que 'o último pacote está no caminhão'. Depois disso ele se foi, acho que estão invadindo o castelo agora, e levando algo embora. O que você acha, devemos acordar os outros ou vamos apenas nós dois?
Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por John Lessard » 25 Jul 2017, 14:40

Helena dá um sorriso matreiro.
Imagem
- Acorda-los, claro, não queira bancar o herói... Faça isso, tudo bem? Enquanto isso eu irei me vestir.
Dito isso puxou a toalha e saiu.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 25 Jul 2017, 14:50

Mokuteki
Imagem
Hei! Espera! Eu... acho que você devia acordar a Lisa então, para vocês se vestirem antes dos outros acordarem e... ela se foi *sigh*. Certo, vou ter que fazer isso então.
Mokuteki vai até a cama de Lisa, respira fundo e cutuca seu pé, primeiro de leve e então com um pouco mais forte até ela acordar.
Mokuteki
Imagem
Hey, Lisa. Lisa, acorda - diz, virado de costas para a cama enquanto cutuca a colega - Precisamos levantar agora, tem algo acontecendo.
Imagem

Avatar do usuário
Lucena
Mensagens: 4033
Registrado em: 13 Jan 2015, 21:24

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Lucena » 28 Jul 2017, 14:53

Lisa acordava sendo cutucada, depois de um sono tão estranhamente pesado, imaginava se não haviam drogas na comida. Tirando só a cabeça de baixo dos lençois e vendo Mokuteki, a evo usa suas pernas e braços para lançar seus cobertores por cima do jovem mentalista, planejando se aproveitar de quanto tempo possível para se vestir. A roupa de baixo foi seu primeiro movimento, seguido da calça e do restante das roupas.
Lisa Altossol escreveu:Imagem
-Então Mokuteki, oque está acontecendo? Está tendo um incêndio ou aquele Conde realmente quis nos liquidar no sono? Aposto na segunda opção, se quiser saber.
Enquanto se vestia, a agente confere como o mentalista reagia ao seu estado atual, já que tal informação pode ser valiosa no futuro.
Everything Lives!

Código: Selecionar todos

[quote="Pelleas"][img]https://i.imgur.com/qkSeY1p.png[/img]
 [/quote]

Avatar do usuário
Shion
Mensagens: 2971
Registrado em: 11 Dez 2013, 05:13
Localização: Forno Alegre

Re: Brigada Ligeira Estelar (A Serviço da Princesa-Regente)

Mensagem por Shion » 28 Jul 2017, 17:35

Mokuteki não tem certeza sobre o motivo da colega o tapar com o lençol, mas isso não fazia diferença já que ele não queria ver o que estava exposto. Ele não reage e responde enquanto ouve a movimentação de Lisa:
Mokuteki
Imagem
Sim, parece que querem nos matar. Eu... senti isso, havia alguém na nossa porta e ouvi uma conversa suspeita por comunicador, mas o sujeito foi embora sem fazer nada, pelo jeito para seguir com o plano. Estão apagando algum arquivo e levando algo embora. Não sei datalhes, mas está acontecendo agora.
Depois de ouvir a colega se vestindo ele puxa o lençol de cima dele mesmo e joga de volta na cama de qualquer jeito.
Mokuteki
Imagem
Se já está pronta vamos logo, Helena já está de pé.
Com isso Mokuteki vai até Miguel e então Leon, acordando eles e em seguida dando os mesmos, poucos, detalhes que sabia. Põe as botas (única parte do uniforme que havia tirado para dormir), vai até a porta e tenta ouvir outras comunicações enquanto vê a movimentação no corredor.
Imagem

Responder

Voltar para “Mesa do Astirax”