VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Aldenor » 24 Jul 2018, 10:30

O soco o pegou desprevenido fazendo-o bater de costas no poste. A dor era muito maior se comparado àquela fez que se jogou de um alto prédio só pra ver o quanto seu corpo resistente aguentaria. Agora estava enfrentando um ser poderoso, mais até que o Triminator.

Estava incapaz de se mover. A agulha no pescoço não doeu, mas penetrou em sua pele. Aquele homem (ou seria mulher?) estava preparado, com todos os recursos para conseguir vencê-lo. Quem seria? Para quem trabalhava?
Arthur
Imagem
Grr... bla.... uuurgh...
Mas não conseguia formular uma palavra, estava zonzo.

Até que ouviu a pessoa falar sobre sua irmã. Estavam com ela e um buraco na realidade fora aberto, revelando um outro ambiente, uma instalação com a sigla CAMPF. Tentaria lembrar disso mais tarde. Mas agora seu corpo começava a voltar a funcionar.
Arthur
Imagem
Espera, filho da puta! Ainda não acabou, caralho!!! Devolve minha irmã ou eu vou te matar!!!
As veias das pernas saltaram devido à força empregada, o poder cósmico envolvendo-as. Arthur correu numa velocidade estonteante alcançando o encapuzado.

Suas mãos já brilhavam com intensidade e o raio disparado foi em seu estômago. Arthur continuou sua movimentação sem se importar com o resultado de seu ataque e atravessou o portal de fogo gritando com o outro encapuzado que lá estava.
Arthur
Imagem
MINHA IRMÃ! JÁ!
Ação de Arthur
Movimento: corre até a queima-roupa com o encapuzado.
Padrão: ataca com seu raio, acerto 8. Erro. Ataca de novo gastando 1 Ponto Heroico e tira 16. Acerto. CD da Resistência 23.
Movimento: continua o movimento e cruza o círculo de fogo.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Mælstrøm » 24 Jul 2018, 15:14

A gargalhada da mulher tirou Derek do sério. Ele fechou o cenho e começaria a falar alguma coisa agressiva quando sentiu seu coração palpitar forte.

Aquilo certamente era uma espécie de dominação mental. Lutou, mas sentiu uma irremediável vontade de agradá-la. Levantou-se e virou-se para caminhar até a porta. Parou com a pergunta dela.
Derek
Imagem
Vem cá que eu te mostro. Você sabe mandarim? Tā zài wǒ de fángjiān lǐ...
Disse, por fim.
Teste de Vontade, 1 natural. Total 7.

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 579
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por DragonKing » 25 Jul 2018, 10:07

ARTHUR

Aquele era um desafio muito além do que você já havia enfrentado em toda a sua carreira de herói. Você estava movido pela raiva e pela frustração, porém sua mente não era nublada pelos seus sentimentos e conseguia focar no combate, contudo era questão de tempo para essa raiva lhe tomar por completo. Sua raiva era seu combustível e não permitiria que aquele ser escapasse de você com tanta facilidade. Você concentra sua energia cósmica em seu corpo, a energia se move rápido como a luz propagando pelo espaço então com um piscar de olhos você se move em direção ao portal.

Suas mãos se projetam para frente concentrando toda a energia que lhe torna sobre-humano em uma rajada de energia potente. A rajada cósmica atinge o alvo em cheio que ergue os braços em chamas a frente segurando toda a carga com extrema dificuldade. Você acredita que seu ataque tenha sido suficiente e atravessa o portal de chamas vermelhas, o outro ser encapuzado da um passo para trás quando você surge do nada a sua frente. Você está em um estacionamento de um empresa, há corpos de dois seguranças no chão e você não sabe se estão vivos ou mortos, as siglas que você tinha visto agora formavam a palavra completa CAMPFIRE Bioquimica.

O Encapuzado então remove o capuz e se revela uma mulher extremamente bonita e atraente, mas os olhos vermelhos e as chamas negras a tornam intimidadora e assustadora.

-Sua raiva o distrai, você já não tem serventia para nós, apenas queríamos o seu sangue especial. Quanto a sua irmã, ela ficará bem enquanto você não interferir. Agora volte para onde veio.

Os olhos da mulher ardem em chamas e mãos flamejantes demoníacas surgem sob seus pés lhe envolvendo erguendo-o e jogando-o através do portal. Você é arrastado enquanto a mulher o encara com um semblante irônico e o portal se fecha deixando faíscas no ar.

Imagem

MISTERIOSA ENCAPUZADA

DEREK

-Duō dàdǎn, nǐ xiǎng dài wǒ qù nǐ de fángjiān ma?

Victoria envolve o braço dele no seu, sua mente ainda se mantem tentando resistir a dominação daquela mulher, provavelmente uma Aprimorada assim como o Rubro Negro. Desde os vingadores mais e mais seres especiais andam surgindo, muitos podem ser apenas boatos ou fake news, mas a presença daquela mulher mostrava que nem todas as noticias eram falsas. Seu pai estava parado do lado de fora da sala. Ele não parecia estar controlado, mas pela sua submissão a Victoria provavelmente sua mente estava totalmente dominada o que era um perigo para a empresa, ela podia simplesmente conseguir a empresa da sua família toda para si.

-Não lute, é pior, quanto mais tenta resistir mais fácil será para mim. Eu não queria que chegasse a esse ponto,mas não me deu escolha. Nos acompanhe querido tem algo que você precisa ver.

Vocês sobem pelas escada, seu pai os segue logo atrás obedecendo a ordem de Victoria que não parecia ter pressa nem estar preocupada. Finalmente vocês chegam ao seu quarto, Victoria solta seu braço e olha pra todos os lugares, se jogando em sua cama como se acabasse de chegar ao quarto de hotel.-Vamos, me mostre seus brinquedinhos-Ela o ordena, você caminha até onde guarda seus equipamentos, mas você continua lutando e lutando até ao ponto que você se joga no limite do seu corpo e da sua mente para subjugar aquele controle e como um som estridente sendo desligado, você tem o controle da sua vontade novamente.
Arthur não está mais ferido devido a sua regeneração.
Derek usa esforço extra recebendo +2 no teste para subjulgar o controle mental, ficando fatigado(Deslocamento reduzido pela metade 4m)

INICIATIVA

ARTHUR-25
ENCAPUZADO-XX
STATUS

ARTHUR: ESQ: 2/6 APA: 6 RES: 2/6(IMP) FOR:2/6 VON: 4 PH: 1CONDIÇÕES:Normal
DEREK: ESQ: 8 APA: 0 RES: 0/4 FOR:0 VON: 6 PH: 1 CONDIÇÕES:Fatigado

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Aldenor » 25 Jul 2018, 13:02

CAMPFIRE Bioquimica.

Arthur teve pouco tempo para observar o local. Estava na garagem em frente ao prédio da empresa. Pelo menos, sabia algo. Súbito, a encapuzada que estava ali revelou seu rosto e o dedicou palavras menos agressivas, mas igualmente ameaçadoras. Arthur não sairia dali sem sua irmã. Não sem força.

E foi o que aconteceu. Mãos flamejantes o agarraram pelos pés e o jogaram pra trás do portal. Arthur ainda se levantou rapidamente, sentindo nenhuma dor em seu corpo, mas vendo a chance de interpelar os dois encapuzados escapar pelos dedos com o fechamento do portal.
Arthur
Imagem
ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM!
Gritou com ódio, agitando o punho fechado. Tinha uma pista, ao menos.

Arthur correu para algum lugar onde ninguém poderia vê-lo, aproveitando o manto escuro da noite. Tirando a jaqueta e a camisa por cima, o uniforme do Rubro Negro se revelou. Pegou sua máscara em um dos bolsos e vestiu amarrando as pontas logo depois de se livrar da calça jeans. Sabia que nunca mais veria aquelas roupas, mas não se importava.

Rubro Negro surgiu naquela noite, saltando para cima dos prédios, buscando o lugar onde a CAMPFIRE Bioquimica ficava. Tentaria chegar o mais rápido possível lá com o máximo de sua velocidade.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Mælstrøm » 26 Jul 2018, 14:34

Derek via toda a cena de fora, como se fosse um espectador de sua vida. Victoria se dirigia ao seu quarto conduzida por ele mesmo onde entregaria facilmente onde seus equipamentos cósmicos estavam. Seus preciosos equipamentos que lhe davam a alcunha de Triminator. Como ela sabia disso? Tantas perguntas e aquela dominação mental o deixava atordoado.

Agora ela dizia que tinha algo que ele precisava ver. Claro, ele veria, mas depois de explodir seu belo rosto com sua pistola. Seu pai o seguia, então não podia simplesmente atirar nela na sua frente. Seu pai não sabia e nem poderia saber que ele era o Triminator e tinha pouco apreço pela vida alheia.

Em seu quarto, Victoria se joga na cama à vontade. Derek fecha a porta deixando seu pai do lado de fora, sem falar nada com ele.
Derek
Imagem
Deixe o velho fora disso.
Comentou enquanto se movia para a escrivaninha. Mexeu em alguns papéis fingindo que procurava algo. Desistiu poucos segundos depois.
Derek
Imagem
Imagino que você queira meus brinquedinhos de Triminator, ham... mas podemos usar outros também, se é que me entende.
Disse em tom de escárnio, tentando esconder a força brutal que fazia dentro de si para se libertar do controle. Não tinha como, ele ia até o quadro com uma paisagem bonita pintada e o removeu. Havia um cofre com códigos eletrônicos.

Foi quando sentiu o estalo, como se rompesse um músculo ou ligamento. Era doloroso, mas estava livre!

Derek abriu o cofre e retirou sua pistola.
Derek
Imagem
Permita-me mostrar como funciona. Você aponta e atira.
E foi o que fez. O raio cósmico direto em Victoria, enquanto estava sentada em sua cama.
Derek atira com a pistola cósmica num ataque 18. Se acertar o dano é 21.

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 579
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por DragonKing » 29 Jul 2018, 10:19

ARTHUR

O portal se fechou, sua raiva e frustração eram seu combustível naquele momento, sua irmã estava em perigo, as sirenes dos bombeiros se aproximavam, mas não podia ficar ali, Maria precisava do irmão e também do Rubro Negro e rapidamente você das ruas entrando em um beco próximo, se desfaz de suas roupas e veste então o seu manto heróico.

Precisava localizar o prédio que viu, você procura em seu smartphone todos os prédios próximos da CAMPFIRE e apenas um dos prédios era semelhante ao que viu e não ficava tão distante se onde estava. Usando dos seus poderes você se move rápido correndo entre os becos e saltando de prédio em prédio ate finalmente chegar ao local.

Você, de onde estava, não conseguia ver os seguranças, era como se não houvessem nenhum elo que justificava os corpos que vira antes. Não havia sinal de portal ou da mulher nem mesmo qualquer ser encapuzado no estacionamento. Apenas o letreiro e alguns postes pela extensão da área do estacionamento estavam acesos, todos o prédio estava com as luzes totalmente apagadas.

Porem algo lhe chama a atenção, uma luz alaranjada surge em seu canto de olho, por pouco não estava em seu ponto cego. Parece um tipo de portal semelhante ao que a mulher encapuzada abriu em sua luta com ela. De lá sai um homem vestindo roupas comuns. Ele olha em volta e caminha em direção ao prédio.

DEREK

Você se vira e dispara, para a sua surpresa Victoria estava atrás de você e em pé. O disparo de energia cósmica atinge o tórax dela entre os seios dela expostos pelo decote ousado. Ela olha para a pequena na mancha formada pelo calor e em seguida olha para você com um ar de superioridade.

—Eu sou adepta do masoquismo, mas isso já é demais Derek.

Seus olhos emitiam um vermelho flamejante e vários braços em chamas vermelhas brotam ao seu redor e lhe agarram os membros erguendo-o no ar. Você sente o calor das chamas, mas elas não o queimam, ela sorri para você e da uma ordem em um idioma desconhecido por você.

Logo seguida a porta se abre e seu pai entra. Ele se aproxima sem relutar e Victoria acaricia o rosto sele lambendo-o logo em seguida. — Você não devia ter feito isso Derek, agora terei que puni-lo, pois você não faz ideia de quanto eu gasto para cuidar da minha pele. Veja, seu pai deveria ser um bom partido na juventude, você se parece com ele até. —Victoria leva os lábios dela até até próximo aos do seu pai e enquanto o encara ela o beija noa lábios. Lentamente você vê seu pai perdendo as forças ate tombar ao chão, da sua boca sai um ser azulado, uma borboleta.

—Esta borboleta é a alma do seu pai,sua energia vital, eu posso devorá-la e maximizar meus poderes como posso mantê-la intacta podendo trazer seu pai de volta a vida, talvez agora você perceba a seriedade da situação.

A borboleta desaparece em seguida, Victoria parecia sentir prazer naquela situação, você tenta se mover. Então, atrás dela um aro de chamas se forma, você consegue ver um laboratório e imediatamente reconhece o emblema da sua empresa, do outro lado parece uma mulher idêntica a Victoria e ambas conversam na estranha língua e Victoria atravessa o portal, seu corpo se move no ar seguindo-a e atravessanso o portal em seguida e nesse momento você tem certeza que está em um dos laboratórios da sua empresa.

Derek está Imobilizado e Vulnerável devido ao poder de Victoria

STATUS

ARTHUR: ESQ: 2/6 APA: 6 RES: 2/6(IMP) FOR:2/6 VON: 4 PH: 1CONDIÇÕES:Normal
DEREK: ESQ: 8 APA: 0 RES: 0/4 FOR:0 VON: 6 PH: 1 CONDIÇÕES:Fatigado,Imobilizado e Vulnerável
Editado pela última vez por DragonKing em 31 Jul 2018, 10:47, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Mælstrøm » 30 Jul 2018, 13:50

Era impossível vencer aquela mulher. Estava sempre um passo à frente, conhecia-o de cabo a rabo quando ele não fazia a mínima ideia de quem era e do que queria. Viu seu pai retornar ao quarto e sentiu-se impotente.
Derek
Imagem
...
Ameaçado de morte, seu pai agora era uma casca vazia. Derek acabou sendo levado como um zumbi sem vontade para o seu laboratório. Estava imobilizado por garras de fogo que não queimavam, mas seu espírito estava destroçado. Não tinha nem forças para se surpreender ao ver uma mulher idêntica a ela conversarem numa língua alienígena.
Derek
Imagem
Faça o que quiser.
Disse resignado, abrindo a mão, deixando sua pistola ao cair. Finalmente seus pecados seriam pagos e ele não podia fazer nada quanto a isso.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Aldenor » 31 Jul 2018, 16:06

Rubro Negro espreitava na escuridão o prédio da CAMPFIRE. Uma empresa de bioquímica, aquela de sempre. A própria que resultou nos seus poderes. O que fariam com sua irmã? O que queriam fazer que precisavam raptá-la para garantir que o Rubro Negro não intervisse? COMO descobriram sua identidade secreta? Todos que o viram (e foram poucos) na mesa de experimentos estavam mortos. Ele mesmo os matou, embora hoje em dia se arrependesse.
Rubro Negro
Imagem
Na vida ou é nós ou eles, parceiro.
Disse pra si mesmo com os dentes rangidos. Não era momento de crise de consciência. Ele sentia a fúria dentro de si. Se sua irmã estivesse machucada, mataria todo mundo. Na verdade, se sua identidade estava revelada, não sobraria muito o que fazer, se não revelar para seus pais, para sua irmã e pedir para que abandonassem Nova Iorque. Sua carreira de herói estaria acabada e sua vida seria totalmente diferente dali em diante.

Mas e se poucas pessoas soubessem que ele era o Rubro Negro?

Seu punho fechou-se com força. A tentação de matá-los para manter sua vida como era ante era enorme. Mas não queria fazer isso de novo.

Entre uma angústia e outra, viu um clarão chamou sua atenção. Um portal! Saía de lá um homem comum, andando voluntariamente.
Rubro Negro
Imagem
...
Pensou em chegar na voadora como um aviso, mas talvez perdesse a oportunidade de obter respostas.

Saltou até ele, pousando em sua frente.
Rubro Negro
Imagem
Parado aí... tenho algumas perguntas pra você. Quem é você, da onde vem esses portais e, principalmente... onde estão as pessoas raptadas por sua organização? Se falar merda, vou te explodir aqui e agora.
Disse numa fúria contida, falsa calmaria.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 579
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por DragonKing » 03 Ago 2018, 09:56

ARTHUR

—Interessante.

Você ouve o homem falar no infante que você pousa na frente dele. Ele para e coloca as maos nos bolsos enquanto ouve atentamente o que você dizia. Ele olha em volta como se esperasse algum tipo de ataque surpresa, mas não demostra estar lhe ignorando. Mesmo com seu tom firme de ameaça ele sorri.

—Organização? Me explodir?Vamos com calma, pela sua roupa você deve ser algum tipo de herói local e imagino o motivo que o trouxe aqui. Meu nome é Deimon por acaso, Deimon Hellstrom e eu acho que você está aqui por causa da minha irmã.

Um momento de silêncio se faz no instante que ele termina a frase, ele era alto e loiro muito diferente da mulher morena que viu sob o capuz vermelho, mas ele parecia convicto no que dizia.

—Eu não esperava encontrar ninguém além da minha irmã e seus asseclas. Mas já que você está aqui toda ajuda é bem vinda. O nome dela é Santana, mas tem usado o nome da nossa mãe falecida para esconder sua identidade. Depois da morte dela fomos separados e criados por famílias diferentes, Santana acabou sendo criada por uma familia muito rica e ela tem usado esse dinheiro em um plano perigoso para essa realidade.

Ele coça o queixo e faz uma pausa olhando para o prédio.

—Ela já começou, não temos muito tempo.—Ele ignora sua ameaça e continua sua caminha em direção ao prédio. —Satana se alimenta da alma das pessoas, é assim que ela mantém seus poderes, se ela sequestrou pessoas como você diz essa gente corre perigo, ela é minha responsabilidade enquanto eu cuido dela e você liberta as pessoas e cuidado com o olhar dela, ela pode controlar sua mente com eles, literalmente.

Ele se aproxima da parede do prédio e chamas alaranjadas se formam no chão ao redor dele e um tridente dourado começa a emergir do chão e ele aponta para a parede criando um portal para dentro do prédio.

—E em impotese alguma aceite um beijo dela.

Você não sabe se ele está contando toda a verdade ,mas ele parece convicto em suas palavras e não aparenta ser uma pessoa ameaçadora. Você pode interromper ele em qualquer momento cancelando a ação dele, se for ataca-lo role iniciativa.
Imagem
DEIMON HELLSTROM

DEREK

Derek vê sua forca de vontade se eavair, sentia-se impotente diante daquela situação, estava enfrentando um adversário forte e sem escrúpulos. Vou seu pai cair ao chão do seu quarto como uma casca vazia e agora permanecia flutuando no ar sendo erguido por mãos espectrais flamejantes.

Ao passar pelo portal se comfirma o que ele suspeitava. Estavam em um dos laboratórios da empresa. Haviam outras Victorias pelo lugar e a cena era extremamente confusa para você e por um segundo, a possibilidade dela ser uma sobrevivente dos experimentos da sua empresa, lhe passou pela cabeça. Uma das copias dela pega sua pistola e leva para um homem, ele se vira e agradece levando a arma para um equipamento maior lembrando um tipo de canhão , a frente desse aparato ha uma estrutura de pedra avermelhada em forma de aro com runas espalhadas por toda a sua extensão.

—Orzanov, o receptáculo esta pronto? —Ela se dirige ao homem que tinha visto, Victoria se aproxim de um jovem deitado e preso em uma mesa cirúrgica. Ele aparenta estar inconscimente.

—Sim, sim. O veneno irá impedir que ele mude de fase, esta seguro e temos tempo suficiente para concluir o processo de transferência. O sangue do Rubro Negro já foi coletado e o artefato mágico está ai sobre a mesa, já foi acoplado a minha máquina e a outra parte já está sendo instalada na cobáia.

—Ótimo!—Ela volta até você e acaricia seu peito—Você já fez um pacto com o demônio Derek? Em breve você irá conhece-lo em pessoa e se você se comportar ele pode lhe presentear com o que você desejar.


Imagem
ORZANOV

Imagem
RECEPTÁCULO

STATUS

ARTHUR: ESQ: 2/6 APA: 6 RES: 2/6(IMP) FOR:2/6 VON: 4 PH: 1CONDIÇÕES:Normal
DEREK: ESQ: 8 APA: 0 RES: 0/4 FOR:0 VON: 6 PH: 1 CONDIÇÕES:Fatigado,Imobilizado e Vulnerável

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: VIGILANTES-PROLOGO-RIVALIDADE

Mensagem por Mælstrøm » 06 Ago 2018, 13:52

Derek via aquela cena pitoresca como um espectador anestesiado. Desistiu de lutar contra, pois percebera que era inútil frente àquelas ameaças maiores. Talvez nem os Vingadores conseguiriam lidar com aquilo e Derek se via como um iniciante no manejo de seus equipamentos fantásticos. Observou com pouca ou nenhuma curiosidade o rapaz deitado numa mesa, prestes a ser alvo de um experimento duvidoso. O sangue do Rubro Negro, sua pistola cósmica, algo "mágico" e outras coisas. Parecia um objetivo simples: queriam dar poderes diferentes combinados àquela pessoa.

Porém, alguma coisa estava faltando ali.
Imagem
O que farão comigo?
Perguntou fechando os punhos, num lampejo de senso de sobrevivência.

Responder

Voltar para “Dragon King's Den”