Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3396
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Aquila » 10 Jan 2019, 10:53

Imagem

Filhos da Tormenta - Ato I: Ame
Província de Nigata - Próximo a aldeia de Endo - Verão de 1103

Hina se ajoelha ao lado de Kazuto e Wei, no centro da clareira, preocupada com a amiga ferida.

- E-ela está... ela está bem...? - a caçadora balbucia, olhando confusa para a garota desfalecida nos braços do ninja, se aproximando para tocar no rosto dela.

A korobokuru abre os olhos quando sente o toque de Hina, sorrindo de modo cansado quando a reconhece, mas uma pontada de dor faz seu corpo arquear. Uma camada de gelo ainda cobre o ferimento da garota, estancando o sangramento, mas o gelo já começa a derreter, umedecendo suas vestes e espalhando sangue pelo delicado happi verde-claro que ela veste.

Retire a flecha cuidadosamente, Kazuto, e poderei curá-la - Wei diz, avaliando o ferimento.

- T-talvez seja melhor levá-la para a vila - Hina tenta argumentar, o rosto branco, perdida sobre o que fazer. - A velha Amaba vai saber o que fazer. I-isso acontece muito com os lenhadores. E-ela pode ajudá-la, tenho certeza. Ela sabe muito sobre cura...

O apelo de Hina é abafado pelo gemido de dor da garota quando Kazuto empurra a haste quebrada do ferimento. A garota arqueia o corpo, agarrando-se as vestes do ninja com força, mas seu sofrimento diminui quando o mantra harmonioso de Wei ressoa cristalino pela clareira.

Depois de um momento, a respiração abafada da garota volta ao normal e ela abre os olhos, sorrindo para Hina, mas seu expressão muda quando nota as pessoas ao seu redor.

- Quem...? O que... ? O que aconteceu...? Q-quem são vocês...? - ela diz, correndo para os braços de Hina.

- Calma, Rin. Calma. Eles são amigos. São amigos. Não precisa se preocupar. - a caçadora responde, sorrindo. - Eles são guerreiros de Nigata. Vieram para expulsar os goblins. Veja!

A korobokuru olha para vocês e para os goblins caídos na clareira, tentando entender o que aconteceu, até que seu olhos recaem sobre o santuário em chamas.

- Não... - ela diz, os olhos se enchendo de lágrimas. - Malditos... E-eu tentei impedi-los, mas não consegui. Eram muitos... Estão profanando os santuários ao redor da floresta, desafiando a força da deusa... Nós estamos tentando impedi-los, mas são muitos... M-mas como foi que me acharam? - ela pergunta, se voltando para Hina.

- Seguimos sua trilha de moedas - Hina diz, pegando uma das peças de ouro que vocês acharam na floresta.

- Moeda? - a korobokuru diz, confusa, enquanto olha para a moeda como se nunca a tivesse visto. - M-mas eu não deixei nenhuma trilha de moedas...

Nesse momento, algo salta da copa das árvores e desliza pela clareira até pousar no ombro de Kazuto. A princípio, a sombra lembra um morcego, mas assim que ela sai das sombras, sua natureza fica clara.

- Momo! - a garota diz, saudando a criatura, um musasabi, uma espécie de esquilo-voador que vive no interior das florestas de Tamu-ra.

Quando a criatura pousa, vocês notam que ela carrega uma pequena bolsa de couro a tiracolo.

- Isso explica tudo - a garota diz, sorrindo. - Venha aqui, garoto, venha - Mas o animal reluta em sair do ombro do ninja. - Parece que ele gostou de você.

Enquanto isso, o corvo dourado se esforça para levantar voo, pousando no braço de Muwan, o corpo semi-espectral ferido pelas flechas dos goblins.
Sentai
  • Fou (Hanyô Wu-Jen 1): CA:13; PV: 7/10; PM: 7/13; XP: 350.
  • Wei (Ryuujin Shugenja 1): CA:14; PV: 13/17*; PM: 2/11; XP: 350; Condição: Con-2; Efeito Ativo: Aura Zen..
  • Sakuya (Humana Samurai 1): CA:16; PV: 18/20; PM: 7/7; XP: 350.
  • Kazuto (Humano Ninja 1): CA:17; PV: 14/14; PM: 5/5; XP: 350.
  • Muwan (Humana Shikan 1): CA:12; PV: 12/12; PM: 7/10; Especial: Ver a Verdade; XP: 350.
Editado pela última vez por Aquila em 17 Jan 2019, 19:13, em um total de 3 vezes.

Dthanatus
Mensagens: 877
Registrado em: 02 Fev 2014, 20:37

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Dthanatus » 12 Jan 2019, 19:50

Muwan observou todo o ambiente a sua volta, enquanto se aprpximava do grupo e da korobokuru, havia uma certa dose melancolia em seus olhos.
Ela inspirou profundamente, seus olhos castanho esverdiaram-se e ela expirou, gerando uma suave luminescência e impregnando o ar com o cheiro de sakura e laranjeira.

Lorde Yatagarasu, esta serva agradece a resposta pela súplica, por favor, descance. Em seguida ela dirije sua atenção ao sentai. Creio que o mesmo se aplica a nós, alguém deveria verificar essas criaturas, talvez algum ainda esteja vivo.
Muwan gasta 1PM usa Canalizar Energia, pra curar 1d6 em todos os seres vivos até 9m

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1869
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por DiceScarlata » 14 Jan 2019, 02:36

Sakuya Shirato
Imagem

- Momo huh?

*Sakuya aproximou-se de Kazuto, oferecendo a mão para que o mussassabi farejasse. Sorriu admirando sua fofura... Era uma feminilidade que se permitia*

- Kawai... Q-quero dizer, que criatura curiosa...

*Aproximou-se*

- Graças a você, ela esta bem. Yokatana nee?

*Sorriu erguendo-se. Ofereceu um cumprimento a WEI que havia a ajudado verdadeiramente no combate com sua cura. Sabia o quâo vital era manter esse tipo de companheiro a salvo. Ele era um detentor de vida.
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9065
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

ZHANG WEI

Mensagem por Padre Judas » 14 Jan 2019, 10:44

Imagem

Wei olhou ao redor, procurando novas ameaças.
Zhang Wei
Imagem
– Então os goblins estão profanando os santuários? Isto não é aceitável. Vamos para a vila, repousar, e depois retomaremos o combate a estes infiéis.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17595
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Aldenor » 15 Jan 2019, 09:05

O conhecimento sobre o corpo era restrito a formas de feri-lo. Kazuto, entretanto, não demostrou hesitação em arrancar a flecha da pequena criatura, pois sabia que Wei era um abençoado de Lin-Wu. Curada, ficou receosa e se agarrou com Hina. Kazuto, então, se levantou limpando as mãos em suas vestes.
Kazuto
Imagem
Kazuto.
Disse singelamente ignorando aquela ingratidão. Kazuto não buscava por reconhecimento, muito pelo contrário. O caminho do ninja devia ser discreto, reservado.

Porém, algo pousou em seu ombro do nada. Kazuto havia treinado bastante para estar sempre alerta a qualquer coisa em sua volta para evitar surpresas desagradáveis. Porém, o pequeno bichinho não era uma ameaça. A tensão de seu corpo, traduzida em veias saltando do pescoço, nos braços e nas pernas, logo desapareceu. Kazuto permitiu-se a um sorriso e um pequeno afago no pelo macio do esquilo.

Sakuya se aproximou para afagá-la e quase mostrou algo que não queria: relaxamento. Kazuto queria aproveitar aquela brecha.
Kazuto
Imagem
Realmente, é uma criaturinha meiga. E sagaz. Graças a ela conseguimos chegar a tempo de salvar Rin. Parabéns, Momo.
Kazuto sorriu brincando com o esquilo.

Wei trouxe o peso da realidade novamente, fazendo o rosto de Kazuto endurecer.
Kazuto
Imagem
Temos muitas perguntas. A batalha do dia está ganha e o objetivo cumprido. Concordo com Wei para retornarmos, descansar e aprender mais com o que está acontecendo. Tenho certeza que Rin sabe de alguma coisa.
Comentou calmamente (ignorando honoríficos!), enquanto virava-se para o retorno. Não sem antes dar uma piscada de olho para Hina com um meio sorriso, como quem diz "bom trabalho".
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13720
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Lord Seph » 15 Jan 2019, 11:50

- Sim, melhor descansarmos e definir uma melhor estratégia de ataque.

Fou estava cansado e se sentia esgotado devido ao uso de magias. A cura foi agradável, mas magia tinha um custo.

Fou aguarda a decisão do grupo.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3396
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Aquila » 18 Jan 2019, 17:07

Imagem

Filhos da Tormenta - Ato I: Ame
Província de Nigata - Próximo a aldeia de Endo - Verão de 1103
Muwan usou Canalizar Energia (Luz), gastando 1 PM. Todos os membros do sentai e aliados recuperaram 5 PV.

O Corvo Dourado agita as asas quando a aura curativa de Muwan os envolve com uma luz pura como os primeiros raios de sol da manhã, aquecendo seus espíritos, dissipando os últimos resquícios do frio que cobria a clareira como uma mortalha.

Próxima de Muwan, a jovem korobokuru se deixa envolver pela luz singela, olhando intrigada para a shinkan, mas Hina não parece compartilhar do sentimento, os olhos fixos nos goblins próximos. Assim que o efeito termina, a caçadora se aproxima cautelosamente dos goblins, a faca em punho, pronta para qualquer surpresa.

- Estão todos mortos... - ela diz, depois de verificar uma por uma das criaturas com a ponta da faca, se abaixando perto daquela que ela mesma abateu, cuja flecha de penas brancas balança suavemente sob o vento da noite.

Enquanto a caçadora vasculha os corpos dos goblins, a korobokuru vai até o santuário semidestruído, cuja frente do telhado ruiu em uma nuvem de fagulhas, retirando algo do meio dos pedaços de gelo que ainda cercam o ídolo.

- Meu chapéu - ela diz, sacudindo o objeto molhado antes de colocá-lo, e se voltar com tristeza para o santuário arruinado. Assim como os anões das lendas gaijin, os korobokuru são conhecidos por sempre usarem chapéus coloridos, modelos de pano de abas largas, incomuns para a maioria dos habitantes de Tamu-ra.

Felizmente, exceto pelo telhado parcialmente destruído, o santuário da floresta ainda está inteiro e o ídolo de madeira não foi danificado.

- O que é isso? - Hina diz, derramando um punhado de pedaços de metal polido que achou na algibeira de um dos goblins, na palma da mão. - Parecem ossos de dedos, mas feitos de prata e ouro...

- Moedas de goblin - Rin responde, se aproximando para olhar melhor. - Eles também usam moedas, quando conseguem pegar, mas esses parecem usar seu próprio dinheiro. Essas de prata devem valer no máximo 1 shu, e essas de ouro não valem mais do que 1 bu...

Hina olha para a garota como se ela estivesse falando outro idioma.

- Shu e bu? Esses são os nomes daquelas moedas que usa? Bem, de qualquer forma, podemos falar sobre elas depois. Kazuto está certo, não podemos ficar aqui por mais tempo. Precisamos voltar para a vila antes que aquelas criaturas voltem... Mas, espere um pouco, o que é isso?

Hina se abaixa mais uma vez sobre um dos goblins mortos para pegar alguma coisa, algo que a principio parece ser um simples bastão de madeira, mas que logo mostra ser um objeto artesanal bem trabalhado, uma fukiya de madeira negra, entalhada.

- Isso não foi feito pelos goblins...

As palavras da garota são interrompidas por um rosnado abafado vindo da floresta, um som forte como o de um tambor de guerra.

- É o ogro... - a korobokuru diz, os olhos castanhos fixos na escuridão da floresta.
Sentai
  • Fou (Hanyô Wu-Jen 1): CA:13; PV: 10/10; PM: 7/13; XP: 700.
  • Wei (Ryuujin Shugenja 1): CA:14; PV: 17/17*; PM: 2/11; XP: 700; Condição: Con-2; Efeito Ativo: Aura Zen.
  • Sakuya (Humana Samurai 1): CA:16; PV: 20/20; PM: 7/7; XP: 700.
  • Kazuto (Humano Ninja 1): CA:17; PV: 14/14; PM: 5/5; XP: 700.
  • Muwan (Humana Shikan 1): CA:12; PV: 12/12; PM: 6/10; Especial: Ver a Verdade; XP: 700; Efeito Ativo: Espírito Guardião: 8/14 PV.
Editado pela última vez por Aquila em 25 Jan 2019, 14:37, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17595
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Aldenor » 19 Jan 2019, 16:33

Enquanto Hin e Hina falavam sobre moedas e os goblins, Kazuto ajeitava seu equipamento para o retorno à vila. Estava tranquilo, pois não precisaria falar nada. Wei e Sakuya, como os nobres daquele sentai, tinham o dever de prestar esclarecimentos aos seus superiores.

Kazuto deu um leve sorriso pensando no banho que tomaria em alguma cachoeira e em meios de se aproximar um pouco mais da jovem recém feita aventureira Hina. A korobokuru poderia ser importante, mas era uma criatura fantástica. E criaturas assim geralmente não dão ganhos sociais importantes. Talvez ela pudesse ser usada futuramente para alguma coisa, claro que Kazuto seria amigável com ela, mas não era sua prioridade no momento. Todos gostavam de Hina.

Então, quando estava prestes a começar a caminhada de retorno, um rosnado abafado pelas árvores da floresta pôde ser ouvido por todos. O sorriso de Kazuto morreu instantaneamente.
Kazuto
Imagem
Tsc... da forma que fala, Rin, parece que conhece esse ogro. Vamos logo embora daqui...
Resmungou com olhos bem abertos, cenho franzido. Aquele ogro poderia por tudo a perder. Certamente era uma fera poderosa.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1869
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por DiceScarlata » 22 Jan 2019, 02:14

Sakuya Shirato
Imagem

*Por um momento Sakuya corou enquanto assistia o jovem brincando com o esquilinho. Era como se a cena fosse uma pintura em movimento lento, cuja visão capturara seu olhar e não a permitia desviar... até ele mesmo se mover, rompendo o encanto*

- Hã? Eu... Huh... Claro.

*Checou as armas, a armadura e se o cabelo estava devidamente preso. Reles desculpas para ocupar as mãos e desviar sua atenção do calor em seu rosto, das batidas fortes no peito e no gelo na barriga, O rugido longinquo do Ogro no entanto a fez estacar*

*O sangue bushido ardeu mais forte em si e seus olhos tornaram-se tão afiados quanto a katana em sua cintura. *


- Wei-dono. Acredito que se esta fera é uma ameaça a vida daqueles que protegemos, devemos lutar aqui e agora. Somos um sentai escolhido a dedo e sendo assim, não podemos decepcionar tal escolha. Devemos lutar.

*Encarou Hina... a que ganhava tanto atenção de Kazuto e por consequência e inconsciência, causava raiva em Sakuya, mesmo ela lutando para não sentir isso. Em meio a contradição dentro de si, tentou cuidar dela*

- Se acreditas que será um peso em uma batalha mais arriscada, recue. Protegê-la é nosso dever sagrada. Mas se insistir em vir, prometo, que minha vida será teu escudo.
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13720
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Império de Jade - Filhos da Tormenta - Ato 1

Mensagem por Lord Seph » 22 Jan 2019, 10:35

Fou ficou em silêncio ao receber a cura da Shinkan. Também observou atentamente a garota recolhendo espólios dos Goblins, algo comum no continente, mas mal visto naquelas terras, mas nada disse.

Deixaria que os sacerdotes ensinassem os preceitos daquelas terras.

Quando imaginou que finalmente partiriam um rosnado é ouvido.

Fou não entendeu a fala da garota.

- Como assim O Ogro? Ele está com os Goblins? É um inimigo também? Ou apenas uma fera protegendo seu território?

Lutar era algo desagradável, e Fou preferia evitar.

- Se a fera não for uma ameaça ameaça aos moradores da região não vejo motivo para lutarmos.

Fou então fala é espera a decisão do grupo.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Responder

Voltar para “Império de Jade - Filhos da Tormenta”