Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5062
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por John Lessard » 14 Fev 2020, 19:20

John tentava se atentar a tudo que ocorria. Jihad lutava perto, a multidão se distanciava e Johan ia embora. Não tinha tempo para se preocupar com aquilo naquele momento. Um dos meliantes lançou um corte contra seu pescoço, preciso, o cavaleiro sorriu de canto, levantando sua espada com maestria em frente e afastando o golpe mortal.
Imagem
- Ora, por favor...
Seu olhar recaiu em Aaron, recusou um passo, correu e estava do lado do irmão, o protegendo numa postura que há muito usava na Ordem da Última Esperança.
Imagem
- Perto de mim, eu disse.
Cortou com sua espada pela lateral, na direção do meliante que ameaçava Aaron. O homem recuou e evitou, em seguida o cavaleiro golpeou com seu escudo, mas a borda de metal parou na arma do bandido, num bloqueio efetivo.
Off:

Movimento: h2.
Padrão: ataque com espada 16, erro e escudo 18, erro.
Livre: Assume Guarda de Ferro.

Se for atingido irá aparar (1 PE).
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1755
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por DiceScarlata » 14 Fev 2020, 23:45

Jihad Scarlata das Areias Vermelhas e dos desejos ardentes
Imagem

- GAAAH!! AAAAARGHHH!!!!

*O fogo devorava sua pele, destruindo vestes e carne. A dor excruciante fazia Jihad trincar os dentes. Só não desmaiou pois sua fúria foi maior*

- Nar..

*Começou a mover os braços, que a cada gesto deixava rastros de imagem para trás.*

- Lahab....

*Girou, girou, girou, seus olhos acendendo no vermelho do inferno*

- Aljahim...

*Tatuagens brilhavam junto a sua dança. Ou seria um ritual? Um kata? Uma expressão? Uma conjuração? Uma oração?Tão caótica e complexa que era, tornava-se confusa. Mas uma coisa era certa: As chamas não mais o queimavam: E sim obedeciam*

NAR, LAHAB, ALJAHIM. RAGHBA!!!!

Então as chamas sumiram. E explodiram gigantescas acima de Jihad*

Imagem

*E engoliram o pobre miserável que ousou feri-lo*

- atamanaa 'an tahtariq fi 'aelam li....

Magia primitiva: Maximizar magia - Bola de fogo - 44 pontos de dano
resistência: falha.

Alvo: k10 (ponto de explosão. Creio que contei certo, mas me avise se errei e acertou a multidão, para que possa corrigir xD)
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1173
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por Astirax » 15 Fev 2020, 09:52

Não deu certo, realmente as pessoas precisam estar muito na merda para temerem por suas vidas.

Se movimentaram, atacaram da posição de flanco. Fui atingido.

Um Ferimento sério. Estava sem Folego, e a dor o impediu de recuperar um pouco.

Precisava reduzir um pouco o ferimento, a mão livre desceu ao cinto de poções, sacando o elixir de cura. Parte da dor sumiu, mas não toda ao tomar.

Estava em perigo, precisava usar seu recurso mais forte.

Guardou a cimitarra rapidamente dando a entender uma fuga ou rendição, mas o motivo era outro. Liberou as adagas escondidas ao mesmo tempo, e atacou.

Uma delas se enterrou no estômago do agressor, mas não causou estrago o bastante para derrubar, e entao atacou com a outra.

Por um momento, ele parecia na verdade estar mais a direita, tinha certeza disso, mas tudo o que o golpe encontrou era ar.

Zidane
Imagem
- Não era o que eu esperava.
Off:
Livre: Postura Gambito de Tauron [2], falha

Livre: Sacar Elixir da Vida Menor

Movimento: Tomar Elixir da Vida Menor, [3]+[4] = 7, Zidane com 20 pvs

Livre: Guardar Cimitarra [Via Saque Rápido]

Livre: Sacar ambas as Adagas com Mola [Via Especial da Arma]

Padrão: Combater com Duas Armas:
Ataque 1 , Adaga, total 17, passou, dano [2] + A.F. [1]+[1]+[6]+8 = 18
Ataque 2 , Adaga, 1 natural.

Livre: Falar

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 1976
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por RoenMidnight » 15 Fev 2020, 12:42

O paladino remexeu suas coisas e encontrou as poções que trazia consigo desde muito tempo. Tirou a rolha do frasco e deixou o líquido com gosto amargo descer por sua garganta.

Sentiu-se capaz de respirar melhor, seus pulmões já não doíam tanto.
Imagem
Precisamos levar essas pessoas feridas para o templo. Lá posso cuidar melhor de todos!
Disse o sacerdote, Hoenheinn começava a voltar se recuperar e notou que Mitra não estava ali. Começou a procurar a mulher com um certo desespero.

Ela então surgiu correndo por trás de uma árvore saltando uma moita.
Imagem
Eu vi bandidos! Estão matando as pessoas indiscriminadamente!
O padre tinha a professora nas costas, haviam outras pessoas feridas ali que precisavam de ajuda para irem até o templo. Engoliu em seco. Precisava fazer algo.
Imagem
Onde fica a Igreja?
Sua cabeça agia rápido, não tinha tempo a perder. Tinha que enfrentar o inimigo em seu amago.
Imagem
Fica na muralha leste, é uma boa caminhada, ainda mais com a confusão. Mas temos que verificar quem está ferido pelo caminho e acolhe-los.
Pegou outras duas poções em suas coisas e entregou para Mitra.
Imagem
Fique junto do Padre e ajude a levar as pessoas para a Igreja. Fique com isso para o caso de alguma emergência.
A mulher o indagou.
Mitra
Imagem
E você? Vai lutar contra os bandidos? Se vir Jihad, mande-o ficar vivo!
Se virou para ela e disse.
Imagem
Alguém precisa para-los se não o número de feridos pode ser ainda maior. Não me sinto confortável em deixa-los sozinhos, mas não vejo escolha. Se eu encontrar algum outro aventureiro de confiança no caminho eu irei envia-lo para a igreja.
Olhou para o Padre.
Imagem
Estou confiando em você para mante-los seguros.
O padre meneia a cabeça com confiança.
Padre Cícero
Imagem
Valkaria há de nos dar força para superar essa adversidade.
Respondeu então meneando com a cabeça.
Imagem
Valkaria nos dá a adversidade para sermos mais fortes.
Sacou Joelhada, não, não mais Joelhada. Inglória. A lâmina agora tinha outro nome, uma lembrança para que nunca cometesse o erro que havia cometido em Mehnat.

Engolindo um seco correu na direção que Mitra o havia dito. Iria finalmente de encontro aos causadores daquela confusão acabar com tudo de uma vez por todas.
-> Elixir de Vida Menor: (5) + (2) = 7. [PVs de 31 > 38]

-> Entrega para Mitra:
- 1 Elixir de Vida Menor.
- 1 Balsamo Restaurador.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Maggot
Mensagens: 2092
Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por Maggot » 16 Fev 2020, 10:44

Morte por todos os lados. O cheiro de carne queimada. Choros. Gritos. Mulheres, homens, crianças. A explosão da granada tendo tomado conta de tudo, fumaça se erguia de corpos queimados. Uma mãe havia se colocado por cima de uma filha, e seu cadáver agora queimava, parte da cabeça e das costas expostos, pele tendo se derretido, bolhas formadas, tecido se grudando à restos de pele. Ele esperava que a criança sob ela não acordasse tão cedo. Desespero havia tomado conta de todo aquele cenário.

O lefou inspirou o ar tomado por fumaça e morte. A barra de sua calça havia queimado, gerando uma leve ferida em sua perna. Eles haviam cruzado linhas que não deviam. As vozes na cabeça de Konrad pela primeira vez em muito tempo pareciam concordar com algo sem questionamentos.

"Mate todos."

A segunda lâmina se manifestou em seu braço direito, e Konrad executou seu ataque. Girando o corpo, as lâminas em seus braços fazendo uma trilha de luz atrás delas, brilhando enquanto sangue espirrava de seus alvos antes mesmo que eles pudessem reagir. Iriam sofrer antes de morrer. E ele podia deixar ao menos um vivo. Tinha que questionar o mesmo. Mas ele iria saborear o terror de suas presas. Já havia tirado um de seus sentidos. Ele imaginava como devia ser. A súbita claridade que retirava sua visão. Olhos queimando. Eles mereciam aquilo, e pior.

O primeiro homem a tombar havia recebido um corte vertical no rosto que descia até seu queixo. Nariz cortado, lábio fendido no meio. Estava vivo, e provavelmente viveria. Mas ele carregaria aquilo consigo para sempre. A vida real havia acabado. Mas Konrad esperava ainda poder interrogar o mesmo.

O segundo não teve tanta sorte. Sua barriga aberta por um corte diagonal. Primeiro ele não parecia ter reparado o que havia acontecido. Então o cheiro de suas entranhas se misturou com o queimado, e suas mãos instintivamente soltaram a espada para ir até o ferimento de onde suas tripas agora vazavam. Ele gritou em desespero, cego e tomado por dor. Seus joelhos cederam, e ele foi ao chão. Pálido. Tentava empurrar seus próprios órgãos novamente para dentro. Seus olhos vazios procuravam alguém, ele parecia tentar pedir ajuda. Lágrimas escorriam. O homem soluçava e gritava em dor e desespero. A morte se aproximava. A realização parecia atingir o bandido. Iria morrer ali. Sozinho. Esquecido. Sem ninguém para o encaminhar. Seus órgãos escorrendo para fora. Seus companheiros nem mesmo sabendo que havia morrido. Ele gemia de dor, cada vez mais fraco, tentando ainda um esforço vão. Não queria morrer. Não queria ficar sozinho. Eles nunca queriam. Soluços. Lágrimas.

Tanto barulho em vão...
Imagem
- Shhhh...
Faltava um.
Ação de Movimento: Stahlija II.
Ação Padrão: 2 ataques. Ambos acertam. Segundo é crítico. 22 de dano no bandido 1 e ele desmaia. 31 de dano no bandido 2. Ele morre.
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17419
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por Aldenor » 17 Fev 2020, 15:59

ATO 1: O Torneio de Krast

Imagem

Arredores do castelo de Krast.

Hoen seguiu um caminho separado de Mitra e Padre Cícero. Enquanto os dois buscavam feridos para acolhê-los, o paladino buscava a fonte da ameaça. No caminho, encontrou Bror sobre uma carroça virada, atirando em um homem. Quando chegou perto, Hoen viu três homens trajando armaduras de couro batido em um padrão único, com espadas longas e escudos de madeira. Estavam todos caídos com uma ou duas flechas em cada um.
Bror
Imagem
Hoen! Eu vi um grupo indo em direção ao acampamento! Venha comigo, vamos cortar caminho pelos casebres!
Hoen viu também o minotauro que havia derrotado na liça, Agrícolus, brandindo sua espada sobre um guerreiro trajando as mesmas vestes, mas com uma camisa de malha ao invés do couro.
Agrícolus
Imagem
Paladino de Valkaria! Eu o desafio! Quem consegue matar mais inimigos? Eu, abençoado por Tauron ou você, por Valkaria?
E deu uma larga risada.

***

Na praça central.

Konrad trouxe para o mundo material sua segunda aji feita de energia mística pura. Aproveitando que seus inimigos estavam cegos e confusos, assassinou dois deles, saboreando seu sofrimento.
Bandido
Imagem
Mago filho da puta!!! Por PORTSMOUTH!!!!
Gritou o homem com os olhos fechados, enquanto corria sobre Konrad. O cavaleiro arcano não imaginava que um homem cego fosse uma ameaça, mas talvez pelo desfavor dos deuses, o lefou não conseguiu desviar a tempo. A lâmina abriu um corte largo e profundo em seu flanco.
Konrad sofre 18 de dano.
A multidão ali reunida logo tomou outros rumos e sumiram daquela parte da praça.

Imagem
RODADA 03
SUA VEZ >>> Konrad
Bandidos de couro [cegos até a rodada 04]
***

Na cancha da justa.

John avançou sobre o outro bandido, pois temia pela vida de Aaron. Seu irmão nunca demonstrou eficazes habilidades com a espada como demonstrava com a pena. Após uma troca de ataques com um dos bandidos, o outro se aproximou pelas costas, passando por debaixo do cerco de madeira. Sir Johan Cruyff se afastava aos poucos e viu John se aproximar, dando-lhe as costas. O cavaleiro seguia seu caminho, porém algo chamou a atenção de todos.

Um imenso clarão, uma explosão de fogo e fúria.

Maior que aquelas provocadas pelas granadas dos bandidos, maior do que muitos ali haviam vistos em suas vidas. Uma bola de puro fogo irrompeu pela cancha, pelo chão arenoso, atingiu a tenda e o tablado dos aristocratas. Logo, tudo foi reduzido a cinzas, a sombras negras e madeira fumegante.

Havia um bandido no meio daquela explosão de fogo. Quando a poeira abaixou restava apenas um monte de cinzas, que logo foram varridas pela leve brisa do verão. Jihad havia trazido o inferno a Krast, fazendo as multidões dispersarem totalmente.
Bandido 3
Imagem
Meu caralho, não somos pagos bem o suficiente pra isso.
Bandido 2
Imagem
Cadê aquela vadia yudeniana? Ela tem que chegar logo pra gente vazar!
Bandido 3
Imagem
Foda-se essa merda, vamos matar esses aqui e fugir!
Disse gritando, brandindo a espada sobre John. O outro acompanhou num grito agudo, girando a espada sobre a cabeça antes de descer sobre o cavaleiro. Os golpes não eram páreos para as defesas de John. Erguendo o escudo, bloqueou completamente uma espada e depois apenas tirou o corpo do caminho da outra lâmina.
Bandido 2
Imagem
Tá doido? Não dá não. Fui!
Bandido 3
Imagem
Covarde!
Um dos bandidos simplesmente deu as costas e saiu correndo, deixando o outro para trás.
Lorde Aaron
Imagem
Irmão, vou com sir Johan! Ele vai até a guarda de lorde Joseph, estarei protegido por lá em seu acampamento.
E começou a segui-lo. O cavaleiro yudeniano fingia que não o via.

Imagem
RODADA 04
SUA VEZ >>> John 23
Jihad 22
Bandidos de couro
Johan Cruyff
Aaron Lessard
***

No acampamento.

Zidane aliviou a dor de seu grave ferimento tomando um elixir e, para a batalha, sacou suas adagas surpresas e estocou no estômago de um dos bandidos. A outra adaga não foi eficaz. O homem, mesmo ferido, resmungou xingamentos e maldições antes de brandir sua espada sobre Zidane, acompanhando pelo outro.

Porém, o minauro já se sentia melhor com o efeito do elixir e conseguiu rodopiar, desviando de ambos os ataques.

Imagem
RODADA 03
SUA VEZ >>> Zidane 18
Bandidos
Dados dos Personagens

Imagem - Hoenheinn Mitternach <> PV: 53/38 CA: 17 PM: 5/3 PE: 6 PA: 1 <> Domínio da Viagem: 1 <> Bênção da Durabilidade: - <> Música de Bardo: 5/3 <> Destruir o Mal: 1 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - sir John Lessard <> PV: 63 CA: 27 PE: 6/5 PA: 1 <> Duro de Ferir: - <> Duro de Matar: 1 <> Desafio: 5 <> Postura: Guarda de Ferro <> Condição:
Imagem - Scarlata Jihad <> PV: 48/34 CA: 17 PM: 23/15 PA: 1 <> Desejos: 1/0 <> Voo: 1/0 <> Pensamento Positivo: 3 <> Condição: Está a 9m acima do chão.
Imagem - Zidane Vess <> PV: 39/20 CA: 21 PE: 6/0 PA: 0 <> Postura: Gambito de Tauron <> Condição:
Imagem - Konrad von Merovech “Sabbah” <> PV: 30/7 CA: 20 PM: 14/0 PA: 1 <> Zauber preparados: Stahlija II x2 (4 PM), Stahlija I x2 (2 PM), Sobieski x1 (1 PM), Seax x1 (1 PM), Argentum x2 (2 PM) <> Condição:

Atualização: Dia 19/02 quarta-feira para Hoen
24h para os demais em combate
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 1976
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por RoenMidnight » 17 Fev 2020, 20:10

Correndo em meio a confusão acabou encontrando um grupo de bandidos caídos. Quem os havia derrubado era Bror, o aventureiro que havia encontrado em Menaht e Agrícolus, o minotauro que havia derrotado na liça mais cedo naquele dia.
Imagem
Hoen! Eu vi um grupo indo em direção ao acampamento! Venha comigo, vamos cortar caminho pelos casebres!
Disse o arqueiro encapuzado, por sua vez a postura de Agrícolus tinha outra postura.
Imagem
Paladino de Valkaria! Eu o desafio! Quem consegue matar mais inimigos? Eu, abençoado por Tauron ou você, por Valkaria?
A vontade de vencer aquele desafio também era grande, mas tinha outras prioridades.
Imagem
Eu adoraria uma competição do tipo com você nobre Agrícolus, mas um grupo de feridos esta tentando chegar a igreja para receber o tratamento necessário naquela direção.

Me separei deles para tentar chegar ao coração do problema mas temo ainda por sua segurança. Lhe faço um pedido, em nome do dogma mais puro de Tauron, proteja os fracos. Se ambos sobrevivermos a esse embate te dou minha palavra que terá sua chance de revanche.
O minotauro estreita os olhos, expressão indecifrável. Após uns segundos de suspense, abriu um largo sorriso.
Agrícolus
Imagem
Seu coração é ingênuo e, por isso, puro. É por isso que a maior das glórias está reservada ao povo de Tauron e não de Valkaria. Vou ajudar os indefesos e feridos, paladino, não se preocupe, você tem minha palavra. Depois quero vê-lo vivo para me enfrentar com armas de verdade.
E saiu dali guardando a espada gigantesca nas costas, ficou satisfeito que o minotauro estava disposto em ajudar. No fundo era um guerreiro honrado. O paladino então se virou para Bror.
Imagem
Me guie até o inimigo.
O homem então meneou a cabeça e seguiram em direção ao inimigo
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5062
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por John Lessard » 17 Fev 2020, 23:00

De repente, o inferno. Um clarão incandescente e um calor inacreditável numa explosão absurda de fogo. John suou perante a bola de fogo de Jihad, enquanto protegia o rosto com um dos braços. O cheiro de fumaça inundava naquele momento e o chão estava enegrecido e com resquício de chamas.
Imagem
- O que...
O cavaleiro tentava se manter concentrado, apesar da explosão mágica. Sua mente tentava encontrar uma explicação para o que o homem dizia.

"Vadia yudeniana..."

Seu braço girou e bloqueou um golpe, depois deu um passo para o lado e desviou de outro corte. Um deles corria por sua vida, restando apenas um em sua frente. Para seu eterno desgosto, Aaron fugia junto de Johan...
Imagem
- Droga, Aaron, espere!
Se obrigou a ficar, encarando o bandido. Brandiu sua espada em sua direção, a lâmina abriu um corte em seu braço , sem seguida. A dor o fez abrir a guarda. O cavaleiro então desferiu uma com o escudo, acertando a borda em seu queixo. O homem foi erguido do chão e tombou logo em seguida de costas.

John olhou para o irmão e depois para o homem que fugia...
Imagem
- Aaron, pare! - correu, o contornou e ficou em sua frente.
Off:

Padrão: ataque em 3, espada (9) + 10 = 19, dano 11 e escudo (16) + 8 = 24, dano 12.
Movimento: i0

Reação: se for acertado usará Aparar (1 PE), se Johan o acertar irá usar Ripostar (2 PE).
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1755
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por DiceScarlata » 18 Fev 2020, 01:25

Jihad Scarlata das Areias Vermelhas e dos desejos ardentes
Imagem

- Ah... Isso foi revigorante!

*Jihad sacou de seu cinto um pequeno vidro com uma especie de varinha, enquanto com a outra mão conjurou sobre si uma magia, que envolveu seu corpo inteiro. Nesse momento ouviu um estrondo seguido de um baque. John Lessard havia derrotado mais um*

- EEEEEEEEEEEEEEEEEI!! LESSARD!! PRECISA DE AJUDA? SE PRECISAR, BASTA PEDIR! (Ou desejar)

*Alguns guerreiros não gostavam que interferissem em seus combates. E Jihad precisava se proteger um pouco, caso essa batalha fosse longe*

- Vamos ver... Mitra deve estar bem... Onde estarão os outros?

*Do céu, olhou ao redor*
Movimento: Sacar varinha de misseis de magicos
Ação : agilidade do gato - DES+4
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1173
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 1 - Instauração Autocrática

Mensagem por Astirax » 18 Fev 2020, 10:33

Dois golpes vieram, se posiçoes de flanco e mesmo assim tinha sido rápido o bastante para evitar.

Ambos ficaram em silêncio dessa vez.

Precisava focar, respirou. Não conseguiu encher-se de folego, ainda doia por onde a espada o trespassou.

Preparou ambas as adagas, sabia suas chances de acertar se tivesse trocado a postura, mesmo assim deixou o acaso brincar a vontade.

Ambos os golpes de adaga nunca encontraram carne.

Agora temia, pois não tinha mais velocidade que eles, não adiantava sequer tentar, apesar de haver elementos que afetariam a ambos, nessa mare ele seria o maior prejudicado.

Guardou uma adaga e puxou outro elixir de vida, ainda estava ferido, e tomou , ainda não estava 100% e esperava que fosse o bastante.
Off:
Livre: Postura Gambito de Tauron [3], falha

Padrão: Combater com Duas Armas:
Ataque 1 , Adaga, [5]+5 = 10, falha.
Ataque 2 , Adaga, [8]+5 = 13, falha.

Livre: Guardar uma Adaga com Mola [Via Saque Rápido]

Livre: Sacar Elixir da Vida Menor [Via Cinto de Poções]

Movimento: Tomar Elixir da Vida Menor, [3]+[6] = 9, Zidane com 29 pvs.

Responder

Voltar para “O Mundo de Arton T20”