Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17597
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Aldenor » 27 Abr 2020, 16:07

ATO 0: A Sina dos Tempos

Imagem
Wynn, 1412

Sir John Lessard
John estava sentado em uma cadeira confortável, ao lado de outras pessoas perfiladas no grande salão. O Palácio Imperial podia não ser o maior, mas era o mais imponente do Reinado. Pinturas dos reis anteriores, esculturas de Valkaria e tapeçaria de valor inestimável figuravam pelo ambiente solene. A maioria das pessoas ali presentes era de aristocratas garbosos, que olhavam com nariz em pé para John, um cavaleiro com título muito abaixo do esperado.

Havia também aventureiros, todos com suas demandas para ter com a Rainha Imperatriz, mas naquela sala teriam com o Lorde Urbano que tomava conhecimento prévio dos assuntos do Reinado, antes de passar para a monarca. A única aristocrata que talvez não olhasse para John com antipatia era uma mulher alta, de cabelos negros, olhos verdes. Quando o senescal a convocou, o cavaleiro soube quem era.
Lyane Sylvanna
Imagem
...
***

Zidane Vess
Zidane tinha o bairro comercial à sua disposição. Após um longo período viajando pelos ermos, enfrentando toda sorte de ameaças e umas que até o fizeram quase perder a sanidade, era reconfortante ver o mundo comum. Comerciantes anunciavam seus produtos aos berros, jovens corriam de lá pra cá com mercadorias, plebeus e aventureiros avaliavam produtos abertamente pelas ruas. Porém, Zidane sabia que as melhores coisas se encontravam ocultas nas sombras dos becos.

Alcançando o Empório do Anão Gigante, Zidane poderia vender tudo que queria e comprar ainda mais, tudo por preços módicos. Já conhecia o homem, que era humano alto, mas com barba trançada, beberrão e amante da cultura anã. Enquanto ponderava sobre seus equipamentos, ouviu uma voz reconfortante.
Maryanne
Imagem
Zi?
A mulher deixou uma poção estatelar no chão ao vê-lo...

***

Khaled
Khaled e Ladon estavam em Villent, esperando notícias de Lyane e também procurando recolher informações sobre o exército purista. Em um desses dias após a missão de resgate de Nundro Goldenheart, Khaled recebeu uma inesperada visita na taverna onde tocava: era Eltras, o assistente do Doutor Tellios de Gorsengred. Estava muito surpreso com a confirmação de que Khaled havia mesmo ressuscitado. Ele ficou sabendo graças ao Doutor Tellios e seus contatos. Hoje Eltras viajava para buscar ingredientes para as poções de seu patrão. Três cervejas depois, Eltras ficou soturno para contar as notícias de Ahlen.
Eltras
Imagem
Norla Zinfraud não esqueceu de vocês. Sir John, Mary Furacão, Zidane, Pelleas e você, Khaled. Hoje ela vive em Tharthann, capital de Ahlen, e se aliou a uma organização nefasta de yudenianos. Eles se autointitulam "os Primogênitos". Não, espera... Puristas? Algo assim. Eles odeiam não-humanos. Tenho medo que o rei Torngald Vorlat promulgue leis contra não humanos. Doutor Tellios pode correr riscos.
***

Ladon Brimstone
Ladon tinha uma rotina simples, fazendo suas coisas pela manhã, participando com Khaled nas patrulhas em Villent atrás de informação e a noite deixava-se descansar vendo alguma apresentação do bardo. Foi numa destas noites que, um pouco embriagado, viu suas duas irmãs. Lis e Agnes sentaram a sua mesa de supetão. Havia um assunto urgente a tratar.
Agnes e Lis
Imagem
Agnes: - Irmão, sei que não queria que o procurássemos...
Lis: - ... mas estamos com problemas sérios.
Agnes: - Nosso negócio em Zakharin teve que ser fechado.
Lis: - Sofremos boicote! A Guilda dos Mineradores, nosso principal fornecedor...
Agnes: - ... cortou relações com todos os parceiros comerciais que não fossem humanos.
Lis: - Malditos! É culpa dos yudenianos!
Agnes: - Não podemos dizer com certeza, irmã...
Lis: - Você só vê a bondade nos outros, por isso é ingênua. São os yudenianos, você os viu na última reunião.
Agnes: - Desculpe trazer problemas para você, Ladon.
As irmãs anunciaram que iriam para Valkaria tentar restabelecer suas vidas e começar de novo.

***

Sir Vladimir Minsk IX e Adelle Cordovero
Os primeiros raios solares adentraram o quarto de Vladimir acordando o cavaleiro. Seria mais um dia em sua cidade, onde a calmaria tinha prazo para acabar. Em breve um furacão de novidades colocaria a paz da Marca de Minsk em cheque.

Foi nesse dia que o senescal do castelo o chamou gentilmente para a sala de reuniões para ter com seu pai.
Lorde Klaus
Imagem
Temo que o arauto das más notícias chegou. Seu temor se concretizou, Vladimir. Você foi convocado pelo Exército com Uma Nação.
Ele mostrou o pergaminho convocatório ao filho. Porém, antes que ele pegasse para ler, seu pai o tomou e jogou ao fogo da lareira.
Lorde Klaus
Imagem
Você não vai. Acabou.
**********************************************************************************************************

Imagem
Cyd, 1412

GERAL
Um grande desmoronamento acometeu a fronteira de Yuden e Deheon. Um abalo sem precedentes comprometeu toda a região de fronteira entre os reinos de Deheon e Yuden, - provocando deslizamentos de terra em inúmeros pontos. As primeiras informações foram alarmantes: a área afetada pelo tremor se estende desde a fronteira norte de Bielefeld até a nascente do Rio Iörvaen, fronteira natural de Yuden com o reino de Zakharov. Pelo menos sete pequenas cidades desapareceram completamente, engolidas por uma cratera de proporções nunca antes vistas; a maior parte delas pertencentes a Deheon. Estes vilarejos ficavam próximos aos antigos marcos que assinalavam o fim do território do reino, vigiados pelos Patrulheiros da Deusa; uma das mais importantes e tradicionais ordens de cavaleiros de toda Arton. De fato, foram eles os primeiros a agir após o fim dos tremores, arriscando suas vidas nas operações de busca e resgate de sobreviventes.

***

Sir Vladimir Minsk IX e Adelle Cordovero
Vladimir e Adelle estavam em Kor Kovith quando Lorde Klaus os enviou para investigar o que poderia ter acontecido. Era preciso viajar com calma e discrição para não chamar atenção dos exércitos. Vladimir percebeu que todas as cidades, da mais pobre aldeia até a capital Kannilar estavam com presença de um destacamento fortemente armado, fazendo recrutamento. A fronteira estava tomara por soldados yudenianos no lado de Yuden, mas não foi difícil para Adelle descobrir: os yudenianos plantaram um novo tipo de explosivo e causaram a tragédia.

***

Sir John Lessard e Zidane Vess
Após a entrega dos prisioneiros e o aviso dado às autoridades sobre a ameaça purista, John, Zidane e os outros receberam uma recompensa e uma promessa de notificá-los quando fossem necessários. Os demais membros do grupo se separaram, mas John e Zidane permaneceram juntos, amigos de longa data. Estavam em Krast quando ouviram o grande estrondo, como um grande trovão em céu aberto. Batedores depois informaram sobre a tragédia do desmoronamento. Sem perder muito tempo, a dupla viajou até a fronteira e, através dos Patrulheiros da Deusa, descobriram que muitas cidades deheoni foram perdidas, junto com milhares de mortos. Muitos refugiados estavam começando a migrar para Villent e cidades próximas.

***

Khaled e Ladon Brimstone
Em Villent, Khaled e Ladon acabam ajudando o governo da cidade, no qual têm boas relações, a receber os refugiados. Não apenas da fronteira destruída, mas também de Bielefeld e Zakharov.

**********************************************************************************************************

Imagem
Salizz, 1412

GERAL
Os puristas deram o golpe de Estado aproveitando a ausência da monarca. O autointitulado General Máximo Hermann von Krauser declarou guerra ao Reinado. O caos começou a tomar conta dos reinos de Zakharov, Bielefeld e Namalkah com as tropas puristas avançando. Deheon, isolada, não reagiu de imediato.

Imagem

***

Ladon Brimstone e Khaled
Ladon e Khaled souberam da morte de Arkam tão logo viram todas as bandeiras de Villent hasteadas a meio mastro como forma de luto. Deheon inteira estava em luto. Fargrimm Deepforge, o clérigo de Tenebra conhecido de Ladon visitou a dupla em uma noite na taverna.
Fargrimm
Imagem
A notícia está sendo controlada para não alarmar os ânimos. Mas tive que vir pessoalmente avisar a você, Ladon. A Rainha-Imperatriz Shivara Sharpblade está desaparecida faz algumas semanas, bem antes da declaração de guerra. Esse tal de General Máximo von Krauser esperou a instabilidade do reino e a catástrofe do desmoronamento para agir. Infelizmente, dias difíceis virão. Preparem-se.
***

Sir John Lessard e Zidane Vess
John e Zidane voltavam de uma cavalgada por Krast auxiliando refugiados do desmoronamento quando foram recebidos por Aaron Lessard no portão do castelo. Estava aflito.
Aaron Lessard
Imagem
Irmão, Zidane... é horrível. Acabo de descobrir que a Rainha-Imperatriz está desaparecida! Deheon, Yuden e Trebuck estão sem monarca! Será que existe algo a ver com o desmoronamento?
Não demorou muito para a declaração de guerra do General Máximo Hermann von Krauser chegar em Krast. Porém, nenhuma convocação de Valkaria. A nobreza não enviou a convocação das Casas Nobres, das bandeiras dos vassalos...

***

Sir Vladimir Minsk IX e Adelle Cordovero
Na Marca de Minsk, mais uma vez chegou a convocação para Vladimir. Só que dessa vez até mesmo Adelle foi convocada, bem como todo homem e mulher com idades de 12 a 50 anos. Era a convocação da guerra declarada pelo General Máximo Hermann von Krauser.
Lady Olívia
Imagem
Creio que chegou a hora de por em prática o que viemos planejando há meses, desde a independência de Svalas.
A mãe de Vladimir explicou ao filho os planos secretos. A Marca de Minsk se rebelaria, convocaria os vassalos, se reuniria com outras marcas e condados e começaria uma guerra civil em Yuden, clamando por independência de Kor Kovith como Svalas assim o fez. Porém, poucas semanas depois da declaração de independência, um gigantesco exército yudeniano cercou Kor Kovith. A batalha começara e o logo o poderio bélico de Yuden se mostrava invencível.

**********************************************************************************************************

Imagem
Quatro meses depois...
Weez, 1412


GERAL
Durante quatro meses Yuden atacou os reinos vizinhos. Namalkah ao norte, Zakharov a oeste e Bielefeld a sul. Heróis famosos começaram a percorrer o mundo para angariar aliados e espalhar as notícias do nefasto plano dos Puristas de exterminar as raças não humanas de Arton.

Deheon, o Reino-Capital, entretanto, não conseguia se mobilizar. Poucas mensagens eram enviadas aos vassalos e o sumiço da Rainha-Imperatriz tornou o processo ainda mais difícil. Quem era a autoridade agora? O Conselho de Valkaria não podia governar o Reinado. Porém, mesmo na lentidão e problemas internos, Deheon conseguiu articular uma aliança com Namalkah e Bielefeld, as nações agredidas. Eram a Aliança do Reinado. Do outro lado, Yuden anunciou ao mundo seus aliados também: Portsmouth e Ahlen, formando o Triângulo Autocrático. Zakharov, apesar de invadida, não sofreu com a ocupação. Não deram batalha a Yuden, pois os dois reinos eram aliados de longa data.

As estradas estavam inseguras, camponeses migravam o tempo todo ao menor sinal de fumaça no horizonte.

***

Khaled e Ladon Brimstone
Khaled e Ladon participavam de várias ações humanitárias, recebendo refugiados de Bielefeld e até de Zakharov. Havia muitos zakharovianos que não via com bons olhos a ocupação de Yuden. Os dois aventureiros faziam escoltas pelas estradas e chegaram a ter escaramuças com alguns batedores puristas.

***

Sir John Lessard e Zidane Vess
John e Zidane recebiam diariamente refugiados de Namalkah em Krast. Aaron implorava para John não partir em aventuras, ou para outro lugar. Pedia para que ficasse e defendesse Krast caso fosse necessário. A lembrança da visão da bacia de Dee atormentava o cavaleiro.

***

Sir Vladimir Minsk IX e Adelle Cordovero
Em Kor Kovith, o sítio já durava meses. A guerra não ia bem até que a tropa purista conseguiu quebrar as defesas da Marca de Minsk. Em uma batalha que durou dois dias sem interrupção, lorde Klaus Minsk, pai de Vladimir acabou morrendo. Seu filho teve que render as tropas para evitar maiores mortes. Com a queda da Marca de Minsk, Kor Kovith não tinha esperanças e assinou a rendição. Além de tudo isso, Catarina e Illya, irmãos de Vladimir foram feitos reféns e levados para Kannilar. O próprio cavaleiro e paladino de Khalmyr foi levado preso para a capital onde seria julgado e provavelmente sentenciado à morte. Num último suspiro antes da inconsciência, Vladimir viu Adelle ao longe, escondida, no topo de uma torre em ruínas.

FIM DO ATO 0

**********************************************************************************************************

ATO 1: O Resgate do Príncipe

Imagem
Exinn, 1412

Imagem Imagem
Krast começava a enviar refugiados para as Montanhas de Teldiskan a oeste, pois já não conseguia mais suportar o fluxo de imigrantes. Zidane estava no portão, ajudando na identificação dos camponeses quando foi abordado por um homem alto, de barba cumprida e cabelos ondulados jogados para trás, revelando uma bela testa. Vestia um robe cinza e portava um cajado com uma joia encrustrada. Seu companheiro era um halfling de botas, com um chapéu emplumado. Eram aventureiros e traziam notícias de Bielefeld. Zidane os levou para a sala da administração onde Aaron e John discutiam (e às vezes brigavam) sobre o destino dos imigrantes.
Dhylmor
Imagem
Saudações, meus senhores nobres. Eu sou Dhylmor, mago da Academia Arcana e este é Wik, meu assessor.
Wik
Imagem
Trazemos notícias de Bielefeld. O rei Igor Janz foi assassinado. Além disso, um exército yudeniano está marchando para lá.
Dhylmor
Imagem
O regicida está foragido, mas aventureiros já estão em seu encalço. Fomos contratados pela coroa de Bielefeld para convocar aventureiros de todas as regiões da Aliança do Reinado para ajudar a defender Roschfallen.
***

Imagem Imagem
Vladimir estava preso há um mês quando os guardas o libertaram. Sem entender o que acontecia e sem ter suas perguntas respondidas, o cavaleiro paladino de Khalmyr foi levado para fora da prisão em Kannilar e logo uma carruagem pomposa o recebeu. Levado por ela até uma mansão na cidade que mais parecia um quartel general. Vladimir logo tomou banho, cuidou de sua higiene pessoal e foi apresentado ao seu benfeitor que, para sua surpresa, estava ao lado de Adelle .
Alareik von Merovech
Imagem
Eu sou Lorde Alareik von Merovech. Estou lhe dando a chance de fazer algo por Yuden. Sei que é um rebelde, mas um devoto de Khalmyr e sei que busca a justiça. Estes puristas causarão a desgraça de nossa nação que logo será reconhecida como uma das piores ameaças de Arton. Comparável à Tormenta.

Eu amo Yuden. Eu sei do valor de sua gente. Os puristas deturpam e mancham sua honra. Por isso, resolvi libertá-lo para ajudar a Aliança do Reinado. Estão precisando de heróis como você em Roschfallen. Um exército está em marcha para atacar a cidade.
Adelle havia contactado o Lorde Alareik, pois descobrira que era um dissidente discreto dos puristas. Com sua ajuda, conseguiu arranjar a libertação de Vladimir.
Alareik von Merovech
Imagem
Sua irmã Catarina e seu irmão Illya estão bem. Catarina será dama de companhia de alguma esposa de general e será tratada com respeito, posso lhe garantir. Illya, infelizmente, foi enviado para o Quartel de Warton, onde será treinado para a guerra.
***

Imagem Imagem
Todo dia Villent se preparava para uma marcha que nunca acontecia. Meses de espera, treinamento, diversas tropas acampando fora dos muros da cidade enquanto milhares de refugiados lotavam as ruas e os acampamentos. Ladon às vezes era chamado para auxiliar no treinamento de tropas e Khaled para fazer alguma apresentação artística para divertir e entreter o povo nesse período difícil. Certo dia, ambos se encontraram com duas aventureiras conhecidas de Ladon, de pelo menos dois anos atrás. Eram as irmãs Fellana e Nyx.
Fellana
Imagem
Ladon, que bom que o encontramos...
A elfa de longos cabelos dourados o saudaria com um beijo, se o lefou permitisse.
Nyx
Imagem
E em uma agradável companhia.
A elfa de cabelos negros dedicou um sorriso cheio de malícias para Khaled.
Fellana
Imagem
O mundo está um caos. O rei de Bielefeld foi assassinado... Roschfallen convoca por heróis. Estamos fazendo nossa parte viajando atrás de aventureiros poderosos.
Ela o abraçava, aflita.
Nyx
Imagem
Você é poderoso, qareen? Khaled seu nome, não é? Sou a Nyx e esta é Fellana, minha irmã inocente. Se você for poderoso, pode acompanhar o senhor montanha de músculos até Roschfallen.
***

GERAL
A guerra começara. Os puristas já levaram batalhas para diversos pontos, mas atacará com força Roschfallen a fim de derrubar o Reino da Ordem da Luz. Cabe agora aos inúmeros heróis de Arton a defenderem a liberdade contra a tirania racista.

Observações:
1) Todos os jogadores devem fazer seus posts considerando suas reações e interpretações dos eventos que aconteceram a eles. Alguns personagens não sabem de todas as informações contidas para outros personagens, então, prestem atenção nisso. Ao final do post, vocês devem descrever que estão rumando para Roschfallen (se aceitaram o plot...)

2) Além de reagir aos eventos, os jogadores podem escolher fazer alguma coisa nesses 6 meses e meio de eventos (de Cyd ao começo de Exinn). As opções estão na DB #117 e DB #134.

DB 117:
Você pode escolher entre 1 treino (ganhar um benefício de classe do próximo nível), 1 trabalho (ganhar dinheiro) ou 1 busca (arriscar ganhar coisas diversas ou perder). Maiores detalhes na revista.
DB 134:
Você pode escolher um retreino. Ou seja, trocar Perícias, Talentos (desde que não sejam ganhos pela classe), Magias Conhecidas, Valores de Habilidade e até mesmo Níveis de Classe (podendo trocar um nível de uma classe por outra classe).

3) Caso queiram incluir alguma conversa com algum NPC oficial ou do cenário ou da campanha (Maryanne neste caso é um NPC da campanha), será feita pelo telegram. Encorajo vocês criarem seus próprios NPCs que dispensam meu controle.

4) Por fim, caso queiram realizar transações comerciais (comprar e vender), façam rolagens caso necessárias e coloquem as mudanças todas (dinheiro que entra, sai, equipamento vendido, equipamento comprado) em um quote ao final de seus posts para me facilitar na alteração da ficha.
Dados dos Personagens

Imagem - Sir John Lessard <> PV: 87 CA: 29 PE: 6 PA: 1 <> Duro de Ferir: - <> Duro de Matar: 1 <> Desafio: 6 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - Zidane Vess <> PV: 49 CA: 22 PE: 9 PA: 1 <> Postura: - <> Condição:

Imagem - Khaled
<> PV: 33 CA: 16 PM: 20 PA: 1 <> Desejo: 1 <> Voo 1 <> Música de Bardo: 15 <> Luta Galante: 7 <> Virotes: 29 <> Condição:
Imagem - Ladon Brimstone <> PV: 101 CA: 21 PA: 1 <> Fúria dos Gigantes: 2 <> Condição:
Imagem - Sir Vladimir Minsk XI <> PV: 103 CA: 26 PE: 3 PA: 2 <> Desafio: 5 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - Adelle Cordovero <> PV: 27 CA: 22 <> Rolamento defensivo: 1 <> Condição:
Imagem - Karinda <> PV: 35 CA: 14 <> Duro de Matar: 1 <> Condição:

Próxima Atualização: 01/05/20, sexta-feira
Editado pela última vez por Aldenor em 30 Abr 2020, 13:00, em um total de 1 vez.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5213
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por John Lessard » 29 Abr 2020, 13:37

John detestava aquelas coisas, a cadeira confortável lhe dava uma falsa sensação de proteção e segurança, como se ainda não fosse merecedor de ficar em paz. Lidar com assuntos burocráticos também não era de seu gosto, porém entendia que que algumas vezes aquilo era necessário e que em muitas delas a pena era mais poderosa que a espada. Se via cercado de aventureiros, todos esperando para receber alguma contenda. Percebeu por fim uma mulher que não o olhava com antipatia, que o fez pensar o motivo, até o senescal a convocar ele a reconhecer, Lyane Sylvana.

Havia recebido uma recompensa da coroa após entregar Jaennis até as autoridades. Aproveitou novamente que estava em Valkaria e decidiu renovar seus equipamentos. Além disso, a hora de Sortuda já havia passado. Precisava de um cavalo que não se assustasse com a morte e a violência, Sortuda precisava de uma vida tranquila. Comprou uma égua de guerra de pelagem negra, que nomeou de Lótus.

Antes de partir de Valkaria junto de Zidane em direção a Krast, tentou ter com Maryanne, mas não a encontrou em casa. Gostaria que seus deveres não fossem tanto para poder ver a moça mais uma vez. Partiu então com o coração apertado.

No caminho, deu Sortuda para uma família que vivia num sítio carente, desejou que tivessem uma boa vida e Sortuda uma tranquila.

***
Estava em casa quando ouviram o estrondo, a nuvem de poeira que ser ergueu no horizonte era a coisa mais horrível que já havia presenciado em grande escala. Junto de Zidane, após serem informados do ocorrido por batedores, viajou até a fronteira dos reinos e encontrou a tragédia. Era algo inacreditavelmente perturbador. Tantas mortes e desaparecidos, tempos difíceis se aproximavam...

***
John socou o tampo da mesa, fazendo talheres e pratos saltarem quando soube da declaração de guerra vinda de Yuden. Era isso então, malditos, desgraçados. Aaron pediu calma, mas John viu que ele estava aflito, talvez apavorado. Aquilo era demais para ele, demais para todos. Por um momento a visão que teve na bacia veio em sua mente, então se obrigou a respirar fundo e se manter concentrado.

Como se não bastasse, Aaron servia como um mensageiro das trevas, com ainda mais más notícias.
Imagem
- Irmão, Zidane... é horrível. Acabo de descobrir que a Rainha-Imperatriz está desaparecida! Deheon, Yuden e Trebuck estão sem monarca! Será que existe algo a ver com o desmoronamento?
John balançou a cabeça, distante.
Imagem
- A esta altura, não duvido de mais nada irmão, de mais nada...
O cavaleiro ponderava sobre as consequências, o que viria a seguir. Até então, nenhuma convocação para a guerra.
***

Os meses seguintes foram difíceis. Yuden marchava, atacava pontos estratégicos. O fluxo de imigrantes parecia triplicar após o desmoronamento, Krast não prava um minuto sequer. John se via envolvido constantemente em discussões e as vezes brigas com Aaron sobre o que fazer, racionamento de comida, montar estratégias de defesa. O irmão implorava para que não saísse em aventuras, mas precisava. Viajou, tentando conseguir apoio dos feudos vizinhos, cavalgou a toda montado em Lótus. Muitos feudos eram distantes, em lugares como florestas e montanhas e mesmo que tivesse tido sucesso obtendo informações sobre eles, não conseguia alcançar todos, muito menos a tempo, por mais que sua égua fosse veloz.

Nos que conseguiu chegar, os nobres estavam receosos de uma aliança, fechados em sua desconfiança e egoísmo. Até mesmo no feudo vizinho a Krast, amigos de longa data, a família Stout.
Imagem
- John Lessard de Krast.
O cavaleiro encarou a moça.
Imagem
- Kamille Stout.
Estava mais bonita desde a última vez que a vira. Era engraçado, afinal era um adolescente na época, partindo pra guerra. Seu primeiro amor, mas aquele sonho acabou depois que foi sagrado cavaleiro. A filha de Emílio Stout, que trocou beijos e noites de escapadas para seu quarto, era uma mulher feita agora.
Imagem
- As notícias correm, sei que veio pedir ajuda. Mas a resposta é não, papai não irá participar disso, há muito em jogo
.

John estava cansado.
Imagem
- Pense nas implicações disso, poderíamos fazer muito mais juntos.
Imagem
-Desculpe, a resposta ainda é não.
John assentiu, triste. Virou-se para partir.
Imagem
- Não deveria ter ido embora, deveria ter ficado, poderíamos ter nos casado, papai teria aprovado.
Imagem
- Meu trabalho ainda não tinha começado e está longe de acabar. Lorde Thomas irá lhe fazer feliz.
A moça fez uma cara de surpresa ao perceber que ele sabia de seu noivado e o cavaleiro partiu.

Talvez Thomas morra na guerra. Talvez eu também...

***
John e Aaron discutiam na sala de reuniões do castelo quando Zidane trouxe dois figuras notórias, que convocavam aventureiros para irem até Bielefeld. John encarou Aaron.
Imagem
- Se Bielefeld cair, Yuden marcha livremente para Deheon. Eles já controlam Zakharov.
Aaron massageia as têmporas.
Aaron
Imagem
Não há alternativa. Temos que contratar mercenários. Ou pedir auxílio ao Império de Tauron, afinal, com a Rainha-Imperatriz desaparecida, não existem mais protocolos e barreiras que nos impeçam desse acordo.
John não gostava da palavra "mercenários" e muito menos do Império de Tauron.
Imagem
- Não gosto do Império aqui, eles vão se aproveitar da situação e acho que não é uma boa ideia, mesmo que Shivara tenha desaparecido. Também não gosto de mercenários, mas um exército pago talvez seja a solução, mas um com boa reputação, irmão. Não podemos nos dar ao luxo de sermos traídos por alguém que prefira quem paga mais ou... Aventureiros, agem como mercenários as vezes.

De qualquer forma... Temo dizer isso, mas acho que devo ir para Bielefeld.
Aaron balançou a cabeça. Não parecia surpreso.
Aaron
Imagem
Eu sabia que não ficaria muito tempo. É um aventureiro, um herói... precisa ir aonde a ajuda é mais urgente. Eu entendo. Entretanto, eu sou o lorde de Krast, tenho que fazer o que acho melhor para o povo. Entendo suas considerações sobre mercenários, o Império e aventureiros, mas algo precisa ser feito. Temo que nossas tropas não sejam suficientes... e pior, pode ser que o conde nos convoque. Se o fizer, penso em não atende-lo.
John respirou fundo, caminhou até seu irmão e o abraçou.
Imagem
- Aaron, considere com cuidado suas decisões e leve em conta o que eu sugeri. Não atender o Conde é algo grave... Mas eu sou o aventureiro e você o lorde, deixo em suas mãos, proteja Krast e farei de tudo para que Yuden caia lá e não marche por Bielefeld. Confie em mim e eu confiarei em você. - virou-se então para os demais - Zidane, arrume suas coisas, nós vamos para Bielefeld.
OFF:

Gasto de 1 PA por sua Busca Infrutífera.

***

400 TO em uma égua de guerra.
500 TO em duas poções de Velocidade.
500 TO em duas poções de Heroísmo.

Ele as guarda em seu cinto de poções, junto de uma poção de curar ferimentos leves.

***

Vende o escudo pesado reforçado dele por 307 TO.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1786
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Toyoda » 01 Mai 2020, 04:40

Khaled seguia o plano. Ele ainda conflitava em não seguir com Mary, mas, tudo bem, quando tudo passasse, iria se reencontrar com todo mundo!!

Seguia investigando e se apresentando. Ora tocava, ora contava aventuras ou recitava poemas!

Gostava muito de contar as crianças ao fim da tarde quando o sol se tornava purpura, sobre as aventuras de seus companheiros! Como eles derrubaram tiranos em uma cidade inundada de corrupção, onde aprisionaram um grande mago, e mataram um terrível dragão negro. Quando contava de Norla, seguia o pouco que conseguiu conversar com Mary e enfeitava o resto como se estivesse ali presente!
Claro, tudo com a maneira adequada a se falar com crianças!

Um dia, uma visita inesperada lhe tocou a porta, era Eltras! Khaled ficou feliz em vê-lo!
Khaled
Imagem
Eltras meu caro! Como é bom ver um rosto amigo em meio as incertezas!
Eltras
Imagem
Pois é! Realmente, estas entre os vivos novamente! Bem que doutor Telios havia dito que a fonte era confiável...
Khaled
Imagem
Pois bem! Beba um pouco de cerveja! Vamos nos alegrar um pouco ao menos!
Eltras
Imagem
Mas claro... Obrigado.
Khaled
Imagem
Um brinde! A amizade e justiça! –após o brinde da uma primeira larga golada e prossegue-

Hum, não teria algumas poções a venda com você? Estou precisando de suprimentos.
Eltras
Imagem
Certamente meu pequeno amigo, o que precisa?
Khaled
Imagem
Algumas poções de mana, sabe, precisamos estar preparados... Aqui, essas que preciso –diz apontando em um papel e escrevendo magicamente com a ponta do dedo.
Eltras lê e responde prontamente:
Eltras
Imagem
Certamente caro amigo, amanhã deixo para você.
Dobra e guarda no bolso.

Após alguns copos, o ajudante lhe contou das más notícias...
Eltras
Imagem
Norla Zinfraud não esqueceu de vocês. Sir John, Mary Furacão, Zidane, Pelleas e você, Khaled. Hoje ela vive em Tharthann, capital de Ahlen, e se aliou a uma organização nefasta de yudenianos. Eles se autointitulam "os Primogênitos". Não, espera... Puristas? Algo assim. Eles odeiam não-humanos. Tenho medo que o rei Torngald Vorlat promulgue leis contra não humanos. Doutor Tellios pode correr riscos.

Khaled não poderia ter feito nada ali, já estava em outro mundo quando seus amigos enfrentaram Norla, e pelo visto, ela não teve a prisão como destino, coisa que foi conferida a Astos...
Eles tinham um inimigo perigoso ali e Telios corria perigo...
Khaled
Imagem
Nossa... Um cenário complicado... –diz sorvendo um gole- Sabe, se Tellios precisar de asilo, certamente podemos tentar em Valkaria, tem a Mary e sua família, podem nos ajudar...

E, bom, estamos também tendo problemas aqui com esses tais dos Puristas... Ele fizeram uma serie de atentados aqui, e também levaram um mapa de minas subterrâneas para algum plano que desconhecemos...
A conversa seguiu inquieta, Khaled, como de costume, tentou manter os ares mais alegres o possível, apesar de todo o contexto não ajudar nada...

Por fim se despediram bêbados, e Khaled mal se recorda como chegara na cama.

......................................................................................................................................................

Algum tempo depois, houve um terrível desmoronamento, Khaled suspeitava que tinha ligação direta com o mapa que fora roubado...
Khaled
Imagem
Ladon, certeza que era para isso que eles queriam os mapas... Só pode ter sido obra dos puristas.... Vamos tomar mais um copo?
Khaled não tinha o costume de beber alcoólicos com frequência, mas ai, havia se tornado um habito, praticamente todos os dias.

Ele não tinha o costume de se abrir com ninguém ali. Ladon era uma boa pessoa, mas não havia criado muita intimidade ainda. A verdade era que por traz do sorriso fácil, Khaled não estava feliz.

Ok, ajudava o povo ali, fazia sua parte como cidadão, tinha momentos que se alegrava ao contar suas historias, ou imergir em sua própria musica, mas, não muito mais que isso.

Certamente um dia contaria sobre aquela sua estadia, cantaria sobre Ladon. Mas, acetava.
Diversas vezes pensou em sair novamente em busca de seus amigos, encontrar Mary que sabia onde Jhon e Zidane estavam, promover uma reunião. Mas... Seguia o plano, mesmo a contra gosto.


A essa altura, já tinha um roteiro de apresentações semanais, já era conhecido por todas as tavernas e tinha alguns mecenas que lhe requisitavam. Fora os dias que apresentava sem remuneração para a plebe.
Era importante manter o animo, mesmo que em meio a crise. E isso era parte de seu papel!

Sempre tentava contar histórias alegres, histórias em que heróis salvavam o dia, musicas contagiantes e outros temas.

Usava sempre que possível sua musica e cantoria para reanimar a alma e o corpo, seus espectadores tinham suas mazelas aliviadas e seus espíritos encorajados pela voz magica do Qareen.
...................................................................................................................................................

Um tempo depois, os puristas oficializaram seus atos, e Arkan havia morrido...

A visita do clérigo foi de certo uma surpresa, apesar dos tempos caóticos não surpreenderem mais o bardo:
Fargrimm
Imagem
A notícia está sendo controlada para não alarmar os ânimos. Mas tive que vir pessoalmente avisar a você, Ladon. A Rainha-Imperatriz Shivara Sharpblade está desaparecida faz algumas semanas, bem antes da declaração de guerra. Esse tal de General Máximo von Krauser esperou a instabilidade do reino e a catástrofe do desmoronamento para agir. Infelizmente, dias difíceis virão. Preparem-se.
Espantado, Khaled fala abafado, não queria chamar atenção:
Khaled
Imagem
Não é possível... Shivara.... Como?....
........................................................................................................................................................

A situação ficava cada vez mais complexa, Yudem se aproximava, e os presságios eram migrações maciças de camponeses.

Khaled tentava conversar ao máximo, entender o cenário atual, e poder confortar eles.

Mantinha sua rotina de apresentações, principalmente aos refugiados.

Certo dia, uma bela visita apareceu a Ladon, duas lindas irmãs, Fallana e Nyx.
Fellana
Imagem
Ladon, que bom que o encontramos...
Disse uma a Ladon
Nyx
Imagem
E em uma agradável companhia.
Disse a outra olhando para o Qareen que lhe respondeu com um sorriso levemente encabulado.
Fellana
Imagem
O mundo está um caos. O rei de Bielefeld foi assassinado... Roschfallen convoca por heróis. Estamos fazendo nossa parte viajando atrás de aventureiros poderosos.
Ela abraçava Ladon, aflita.
Nyx
Imagem
Você é poderoso, qareen? Khaled seu nome, não é? Sou a Nyx e esta é Fellana, minha irmã inocente. Se você for poderoso, pode acompanhar o senhor montanha de músculos até Roschfallen.
Enfim sua deixa:
Khaled
Imagem
Khaled, o bardo! –diz fazendo uma reverencia-

Quão poderoso sou?
Nada comparado a sua beleza cara Nyx
Mas por ser de grandezas exorbitantes
Quanto a mim, mero mortal, apenas posso admira-la...
Ou aceitaria uma taca de vinho? Posso lhe apresentar uma bela taverna da cidade.
Assim posso lhe recitar uma ode, aprecio sua beleza enquanto aprecias a minha canção.
Dizia a Nyx olhando em seus olhos respondendo as malicias.

Nyx fita-o com interesse
Nyx
Imagem
Não sabemos o dia de amanhã, afinal.
Diz com um sorriso de canto de boca.
Khaled
Imagem
Pois bem, Fallena se importa de mostrar a cidade a sua irmã?
A consente com um movimento de cabeça levemente encabulada.
Khaled
Imagem
Ladon, vou me retirar por enquanto... Depois conversamos sobre quando partiremos certo?
E o casal sai em busca da melhor taverna que Khaled conhecia, a Toupeira Adamante.

Nyx parecia direta, e Khaled não reclamava. Sentaram em uma mesa um pouco afastada em um canto da taverna, era um sofá semicircular de estofado verde esmeralda, não era grande, no máximo caberia 4 pessoas. Pediram uma jarra de vinho e alguns petiscos, conversaram sobre alguns assuntos aleatórios. Era bom, Khaled pode por aquele momento esquecer a tensão que havia no ar e as incertezas do momento.
Khaled
Imagem
Carpe diem.
Nyx sorri, suas maçãs do rosto levemente rubras, mas não era de recato.
Nyx
Imagem
Carpe diem.
Khaled
Imagem
Á mais bela, Nyx
Hoje a ti faço um ode
De cabelos negros como ônix
Ao seu lado me sinto um lorde.

Duas esmeraldas brilham em seus olhos
Beleza de fazer inveja as deusas do panteão
Algo nunca visto nem em sonhos
Coisa de se perder a razão!

A mais bela elfa, Nyx
Com seu belo manto e pele alva
Minhas sensações transbordam, um grande mix
Florescendo como um campo de Malva

Ó gloriosa sorte
Os deuses permitiram
Mesmo sem nenhuma corte
Assim assentiram

Hoje me sento ao seu lado
Apreciando a plenitude
Fico apenas calado
Observando sua angelitude...
Então se aproxima e lhe rouba um beijo lento e quente, cheio de luxuria. Algo que apenas um ser da raça élfica consegue com suas centenas de anos de experiência. Algo a ser memorado em canções e estudado em conservatórios.

O resto da noite senhores, fica por conta de vossas mentes. Mas algo é certo, a experiência e pratica, somados aos impulsos da alma, leva a perfeição.

E essa noite, o jovem bardo esqueceu de todos os percalços. Esqueceu que não encontrara Jhon ou Zidane, Esqueceu que não acompanhava Mary, esqueceu que havia guerra e morte, esqueceu que muitos estavam refugiados, ou mesmo que algum rei havia morrido ou imperatriz sumido.
Naquele instante era apenas Nyx e Khaled, ou mais precisamente, era apenas duas existências em coexistência. Com sua participação luxuriosa nos palcos da realidade.

.............................................................................................................................................

Um feixe de Azgher entrou por entre as cortinas do quarto da Toupeira Adamante.
Tocou levemente a face do bardo com o calor alaranjado das primeiras horas do dia.
A tempos Khaled não acordava leve e sorridente de verdade.
Olhava a face plácida de Nyx recostada em seu tórax. Não fora um sonho.

As esmeraldas não demoraram a se mostrar. Nyx abria suavemente seus olhos, e assim, os olhares se cruzavam serenos.

Desde que morrera, Khaled não havia tido nenhuma relação tão próxima. Ainda estava avoado e disperso, ou melhor, mais avoado e disperso que o normal.

Aquela noite tivera um sonho. Sempre sonhava, mas aquele se recordava. Lembrava de cúpulas de torres imensamente altas e coloridas, lembrava do reino de Wynna. Lembrava de areia, muita areia. Andou diversos meses por desertos infindáveis.
Khaled
Imagem
Conhece o reino dos deuses?
Disse o bardo. Era um assunto estranhamente delicado a ele. E ainda não tinha contado nada a ninguém, apenas ficava tentando juntar as partes fraturadas de suas memórias de forma que nem ele sabia separar a verdade do sonho.
Ela olhava com certa curiosidade, mas sem perder a placidez.
Khaled
Imagem
É algo difícil de se traduzir em palavras, algo que se sabe na alma, mas podemos dizer que era uma cidade grandiosa cercada por um deserto. Havia torres coloridas e uma infinidade de seres desencarnados. Conheci gente, reconheci outros e ainda me reconheceram. Descobri que parte de minha vida é uma mentira, posso dizer que nem eu sei quem sou ao certo, e tenho algum medo de descobrir. As peças ainda estão se encaixando ne minha mente...

Nyx fita-o com um sorriso raro de sua parte, algo bastante carinhoso. O Qareen se sente reconfortado e sorri em resposta.
Gira seu corpo e aproxima seu rosto. Sente o aroma floral exalado pela pele de Nyx e novamente lhe beija, reaquecendo o clima amornado pela luz de Azgher que começa a tomar força.

Algumas horas depois, o desjejum é servido.
Khaled
Imagem
Você vem conosco? Digo, você e sua irmã....
Ansiando que a resposta fosse positiva, mas sem muita fé.
Nyx
Imagem
Não, nossa missão é encontrar aventureiros, ainda a muito a ser feito.
Khaled sorri, no fundo, era uma pergunta que já sabia a resposta.
Khaled
Imagem
Bom, cada um faz sua parte, não é mesmo? Sendo assim, acho que devo me deslocar a Roschfallen com Ladon.
Após se saciarem de corpo e alma, ambos se deslocam até a porta da Toupeira Adamante, Khaled junta seu corpo ao de Nyx puxando-o pela cintura. Beija-a suavemente:
Khaled
Imagem
Até breve Nyx.
Ela corresponde:
Nyx
Imagem
Até breve Bardo.
E Khaled puxa seu alaúde e canta um alegre ode enquanto se distancia.


Separa suas coisas, e se apronta para viajar com ladon.
Khaled
Imagem
Esta pronto amigo?
Dizia a ele com um sorriso amistoso.
Comprado:
1 cinto e 1 bandoleira de poção - 36
8 essência de mana maior - 1440
2 essência de mana pura -900
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1217
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Astirax » 01 Mai 2020, 06:36

Wynn em Valkaria.
Encontro com Maryanne.
Zidane
Imagem
wow.
Perde as palavras por um momento enquanto refaz a linha de raciocínio.
Zidane
Imagem
Resumão, vencemos e os prisioneiros estão recebendo julgamento, John esta como Nobre testemunha, detalhes discutimos em outro lugar. Espero que não seja caro o que quebrou.
Estendo os braços para o abraço.

Ela faz uma cara de quem não entendeu nada e abraça o minauro.
Maryanne
Imagem
Então... deu tudo certo? O que quebrou?
Avoada como era, nem reparou no vidro estilhaçado no chão
Zidane
Imagem
a poçao..hahaha.
Virando para o proprietário.
Zidane
Imagem
quanto é isso Golias?
De volta a Maryanne.
Zidane
Imagem
Voce me deve uma boa visita em algum lugar com Gorad, explico tudo durante o... Lanche?
Imagem
Hã? Pelo cheiro é Extrato de Guara- Na, veio de Samburdia e custa 1 TO
O mesmo que vinho de qualidade, pensou Zidane, mas antes que pudesse se pronunciar Maryanne pegou as moedas de sua própria bolsa, não aceitando que Zidane pagasse.
Maryanne
Imagem
Eu sei o lugar certo!
Ela o levou pelo braço até o bairro da Baixa Vila de Lena, o local mais boêmio de Valkaria. Em uma pequena loja de doces, os dois juntaram-se a uma mesa para comer e conversar.
Maryanne
Imagem
Quanto tempo faz? Nem me lembro direito... mas você continua o mesmo. Eu acabei passando a maior parte do tempo descansando, né... queria parar com essa vida louca de aventuras, mas quando meu irmão se encontrou em perigo, tive que ajudar. Voltei à ativa!
Ela balançou a cabeça sorrindo. Mas logo depois ficou séria, um tanto chateada.
Maryanne
Imagem
Pena que voltei à ativa numa situação dessas... yudenianos puristas... que desgraça total. Eu estive envolvida em um caso em Villent. Um atentado que matou anões de uma família importante de mineiros. Acontece que puristas queriam roubar algum tipo de mineiro especial. Vencemos todos, claro. Espera, um deles fugiu. Mas de qualquer forma resgatamos o último anão da família Goldenheart. Foi bom voltar, esticar os músculos e tal, mas preferia que fosse enfrentando alguma quimera ou kobolds.
Muito tempo, muito aconteceu.
Zidane
Imagem
Quase três anos, talvez seja meu sangue Elfico (dito em Elfico).

Bom vejamos, aquela do protetorado, Allieny contatou John e eu, para confirmar uma suspeita de uma traição a coroa, viajamos para la sob o pretexto de aproveitar o festival local, john voltando para casa junto de um guarda costas ou amigo pouco falador. Quem conhece o John sabe que ele não precisa de guarda costas.
Nesse momento chega o pedido de ambos, Zidane se sentia faminto e depois de tudo aquilo se permitirá uma extravagância, Gorad em pequenos formatos.
50 TO em doces.
Enquanto comia, era óbvio que ia sobrar ou ter um troço do estômago.
Zidane
Imagem
O Festival foi atacado, e a mandante era ninguém menos que Jaennis, aquela guarda costas de Norla Zinfraud. Tivemos uma batalha breve, pois Jaennis cumpriu seu objetivo de matar um nobre.
Come saboreando e dando uma pequena pausa na fala.
Maryanne
Imagem
Jaennis? Por Valkaria! Ela teve um duelo com John, não foi? Aff, eu queria ter lutado com ela, duvido que iria durar contra meu Yamada-ryuu. Uuuurh, maldita! Ela era yudeniana, não era? Não lembro direito.
Zidane
Imagem
Se era, vamos por ordem. Jaennis cometeu um crime ali, e outros nomes, por um motivo ou outro, a queriam tambem, juntou-se Jihad Sacarlata, um meio genio....
Larga a colher...caindo e tilintando na mesa e depois no chão.
Zidane
Imagem
me explica isso do Khaled estar vivo!
Saiu um pouco mais alto, mas não o bastante para chamar a atenção.
Maryanne
Imagem
Jihad... acho que sei quem é... amigo do Aldred e... Ah sim! Khaled! Então!!! Menino, eu não sei! Ele não soube me explicar direito. Ele simplesmente estava com meu irmão naquela coisa lá da mina dos Goldeheart! Só conseguimos conversar direito depois. Mas mesmo assim... simplesmente ele voltou! Não sei como, nem o porquê. Ele tá em Villent com outro amigo do meu irmão, o Ladon. Como a coisa vai ficar feia lá primeiro por causa da proximidade de Yuden, eles vão ajudar por lá.
A expressão de Zidane era pétrea.
Zidane
Imagem
Então deve ter sido igual a cleriga que restaurou meu braço, simplesmente veio um milagre e o trouxe.
Um atendente trouxe outra colher e levou a caída.
Zidane
Imagem
Villent, vou lembrar e avisar o John. Bom voltando ao relato. Fizemos um grupo para capturar Jaennis, Konrad, um Agente da Coroa Leal e Yudeniano, que trouxe a tona essa facção Purista, a meses caçava-os, Hoenheim ..um...sinceramente acho que ele seria a Valkaria em versão masculina, considerando o pouco que lembro e por ultimo Jihad.
Tomava café com gorad e experimentava mais coisas.
Zidane
Imagem
Levamos semanas para acha-la, e ... O panteão quis reacender minha fé.
Encontramos o sumo sacerdote do Caos. E... 50 kgs de.achbuld não teria tido o mesmo efeito. Entendemos que Jaennis estava atras do Artefato de Valkaria, o Desbravador.
Suspira e pensa se revela a visão.
Zidane
Imagem
O caos invadiu minha mente duas vezes. Na primeira eu me vi fechando um acordo com o Borgia, um broche de valkaria rasgado e em chamas e voce aos prantos..
Dá uma pausa, não come e nem fala devido a seriedade.
Maryanne
Imagem
Nossa... que coisa de doido...
Ela estava séria, ouvindo o relato
Zidane
Imagem
Na outra foi um momento de fraqueza minha, achei que Dee ia nos matar, e era bem capaz. Eu me atirei nas trevas, e cai no Caos.
Silêncio. 6 segundos
Zidane
Imagem
No final desse tempo de silêncio eu estava de volta no campo de batalha contra Dee, mas o tempo nas trevas foi mais intenso.
Fecha os olhos, como se lembrasse.
Zidane
Imagem
Eu vaguei horas naquele ambiente cavernoso e sem sentido, e sentia que o Caos ia me devorar pela passagem do tempo ou por uma escolha ruim: a escolha que tive.

Algo ligado a minha mãe, algo representando Valkaria a Cidade
E o seu bandolim quebrado.

Demorei horas para decidir....
A tensão reabriu o apetite, ou comia por tensão?

Maryanne não comia nada, totalmente absorvida pelo relato.
Maryanne
Imagem
Que horrível Zidane... o que decidiu?
Zidane
Imagem
Ja tinha dado meu adeus final a minha mãe, eu sei que voce é uma mulher forte, mesmo quebrada, irá se consertar e reerguer. Essa cidade, essa diversidade, é o seu lar, e sinto que agora pode ser o meu. Escolhi a Cidade.
Ao seguir o túnel, encontrei um espelho e meu reflexo disse tudo o que precisava ouvir.

Foi nesse momento que eu retornei. Horas e horas em uns meros segundos.
Sei porque o Jihad ainda estava sob uma magia que durava 10 minutos.
Ela pareceu ficar atônita. Ficou pensativa por uns segundos antes de falar.
Maryanne
Imagem
Pelo jeito, foi a escolha certa.
Zidane
Imagem
Foi como na Mansão de Norla. Mas pior. Thomas, Excrementador, Greta, Jaennis e seu Wyvern, acompanhados de 4 Besteiros em equipamentos pesados. Detalhe é que Jaennis estava com o Desbravador. John e Konrad foram os últimos de pé no final.
Maryanne
Imagem
Desbravador? O que é isso mesmo?
Zidane
Imagem
Hoen disse ser a arma pessoal de Valkaria, dada de presente aos Libertadores, o Artefato estava desaparecido até então, os puristas iam usar como um farol de fé. A religiao deles segue os dogmas de Keenn e Valkaria.
Maryanne
Imagem
Mas que coisa horrível! Os puristas que enfrentamos não falavam de religião. Eram soldados, sargentos...
Zidane
Imagem
No fim todos estavam vivos, foram escoltados até aqui, e pela quantidade, John não deve ser visto tão cedo. Eu vim vender um peso extra...
Esqueci de vender...haha.
Maryanne
Imagem
Ahaha, eu tava querendo comprar algumas poções de cura. Vou começar um treinamento próprio... melhorar meu estilo de luta.
Ela fez um muxoxo, como se algo a chateasse

Zidane percebe que ela está com o orgulho ferido, duvidando de suas próprias capacidades
devido ao tempo que a conhece e leitura corporal.
Zidane
Imagem
Na minha historia eu me humilhei duas vezes, fugindo de uma batalha perdida e depois tendo que priorizar uma das 3 coisas que tenho maior carinho. É normal duvidar de si, cair, levante e persista, e me diga o que houve.
Ela ofereceu um sorriso dando valor às palavras de Zidane.
Maryanne
Imagem
É que a Rainha Eterna levou meu irmão numa jornada. Jornada por poder, coisas do sangue de dragão e tal. Aff (revira os olhos). Perguntei pra ela por quê não posso ir também? Ela respondeu fria "você não está pronta ainda". Isso significa que não sou tão boa quanto Aldred. Aí decidi que... bem, treinar. Aprimorar umas técnicas... Satoshi sumiu, tenho que fazer sozinha. Não sei se vou conseguir. Você sabe, não sei se tenho disciplina necessária.
Zidane fica um longo tempo pensativo.
Zidane
Imagem
Ainda, se a Rainha nao usasse isso então estaria descartado voce, mas não, usou ainda. E Satoshi provavel que diga. "Frutos ficam maduros à seu tempo, só provando sabe qual melhor"
Maryanne sorri genuinamente feliz.
Maryanne
Imagem
Sentia falta dessa sua sabedoria, Zidane, o Cabeceador. Obrigada pelas palavras.
Deu uma risada gostosa. Passaram o resto da tarde conversando amenidades, e depois se despediram.

Zidane voltou no outro dia no Empório do Anão Gigante.
Imagem
A noite foi boa, pelo viisto heim?
Levantou as sombrancelhas e fez uma leve curvatura de sorriso.
Zidane
Imagem
Como assim?
A expressao de Golias agora era seria, como se um idiota estivesse a sua frente.
Imagem
A garota vem atras de um poção que aumenta a resistência fisica e mental, E se assusta com sua presença, fala sério.
Ah, isso. Maryanne era amiga, apenas isso.
Zidane
Imagem
Somos apenas amigos que nao se viam a 3 anos, devido a minha vida de mercenário glorificado
O que devia estar claro com a proposta de venda do dia anterior.
Imagem
Se nao era para voce, era para outra pessoa.
Zidane
Imagem
Mesmo se for verdade, escolha dela , vamos aos negócios?
Vender: cimitarra (2kg) 7 TO e 5 TP, cimitarra obra-prima (2kg), Funda (0,25 Kg), bastão acolchoado x2 (4Kg), 10 pedras comuns (1Kg) = 165 TO e 10 TP

Comprar: Bandoleira de Poções (20 TO e 0,5 Kg), Poçao de Invisibilidade (150 TO), Poção de Remover Medo (50 TO), Óleo de Arma Mágica x4 (200 TO), Poção de Velocidade (250 TO), Poção de Recuo Acelerado x2 (100TO). Varinha de Curar Ferimentos Leves (750 TO)

Gastos: 50 TO doces

Gastou 1570 TO e recebeu 165 TO e 10 TP
****


Cyd fez o buracao
Pouco antes foi resolvido o assunto de prisioneiros de Guerra.
Seguimos para Krast.
Buraco ouvido


Apos o desmonoramento
Zidane
Imagem
Khaled esta em Villent, pelo que soube.
John hesita, cerra os punhos.
Imagem
- Ainda não posso...
A situação era complicada, não iria insistir.

Salizz, declaração de Guerra.

Ajudando refugiados do buraco
***

Quatro Meses de Guerra.
Weez

1 mês após a declaração de Guerra.
Zidane
Imagem
Sei que nao pode deixar Krast, mas nenhuma notícia chegou de Valkaria, são 6 dias à cavalo. Posso ir voltar em 2 semanas.
Imagem
Que tipo de notícia se refere?
Zidane
Imagem
Qualquer noticia, nada chegou, estamos no escuro e a menos de uma semana à cavalo.
Imagem
Tudo bem, vá e se cuide.
Em 6 dias, Zidane chegou a capital. Tratou de ir visitar a casa Maedoc

Quem atende é Therese Incarn. Aldred II está patrulhando o oeste com os Patrulheiros da Deusa, pois ouviram rumores de uma movimentação de mercenários por lá.

Therese diz que o Reinado aceitou a guerra oficialmente, mas Deheon não se mobilizou.
Os outros reinos do Reinado estão agindo mais individualmente, cada um fechando suas fronteiras e se defendendo. Bielefeld foi invadido, Zakharov recebeu os puristas de braços abertos. Namalkah tbm sofreu invasão. Existe batalhas nas fronteiras desses reinos.

Tudo isso descoberto numa reunião espontânea, com chá e biscoitos. Therese era uma mulher gentil.
Therese
Imagem
Aldred está viajando em uma jornada... Maryanne está na casa de Millyan na Vila Élfica. E você, Zidane, o que anda pensando em fazer?
As vezes esquecia que ela era uma encantadora, mas a pergunta estava estampada na cara.
Therese
Imagem
Muito bem. Cabe aos jovens fazerem diferença no tempo que lhes é dado. Nós... mais antigos... estamos aqui para observar de longe. E para interferir quando alguma forma injusta tenta tomar algum partido.
Zidane
Imagem
Tipo...Herman Von Krauser?
Ela acena calmamente, bebericando o chá.
Zidane
Imagem
Obrigado pela hospitalidade, agora tenho que levar essas noticias, e tentar uma coisa.
Pensava em Jaennis Farrest

A situaçao estava bem séria, hora de uma abordagem diferenciada.

Zidane ia para a prisão, fazer uma visita.

A Rocha Cinzenta
A prisão de Valkaria não fca no subterrâneo do Palácio Imperial, mas em um enorme prédio lúgubre e abrutalhado, na forma de um grande paralelepípedo. Conhecida como “a Rocha Cinzenta”, esta prisão abriga detentos permanentes (que cumprem penas de anos, décadas ou pela vida toda) e prisioneiros temporários, que aguardam deportação, envio para a Arena ou (em casos raros) execução. Existem alas especiais para contenção de mortos-vivos, magos, clérigos, feiticeiros e outros que possuem poderes especiais. Vez por outra há tentativas de fuga, com e sem ajuda exterior. Diz-se que, nos porões da Rocha, há um prisioneiro que está lá há mais de um século,
na solitária. Ninguém conhece sua identidade, ou mesmo tem certeza de sua existência. Até os carcereiros negam saber qualquer coisa. O diretor da prisão é Bartolakk, um golem de ferro
inteligente, que nunca dorme e está sempre trabalhando.

Zidane entra na area pública da prisão e procura um guarda, mencionando querer visitar Jaennis Farrest, mas a guarda implica não ser possível, pois Jaennis é uma prisioneira de um crime grave que atenta não apenas a soberania do reino, mas também a igreja.

Zidane explica que era um dos responsaveis por sua captura e queria fazer algumas perguntas que poderiam ajudar a descobrir mais inimigos, especialmente agora que há a declaração de guerra. A administração da prisão aceitou essa visita "fora dos livros"

Zidane conseguiu que a visita ficasse fora do registro, porem o perigo disso era todo o conteúdo da conversa também ficar fora, seja bom ou ruim.

A sala de Reunião escolhida tinha cheiro de mofo e nenhuma janela, as paredes terem tantas imperfeições dificultava saber se alguém ouvia.

Jaennis chegara, em roupas simples e como cooperava não estava agrilhoada.

Sentaram-se à mesa, uma mesa velha e puderam conversar. Não usaria meias palavras e iria direto ao ponto.
Zidane
Imagem
Refleti todo o ocorrido e preciso de respostas. Voce sabe de quanto é sua sentença?
Jaennis
Imagem
Sim. Prisão perpétua.
Zidane precisava gerar um clima amigavel, porem aquela resposta fez uma tremenda careta de desgosto no minauro.
Zidane
Imagem
Isso complica, significa que voce não tem esperança. À principio.
Não sei quanto tempo a notícia de sua prisão vai demorar a correr os reinos, mas eu pretendo ir junto com ela.
Suspira repassa as palavras mentalmente.
Zidane
Imagem
Sua familia, voce disse estar em movimento, ou seja sem futuro também. Minha proposta é traze-los aqui, ajuda-los a se fixar e prosperar, para esse caminho precisarei de alguns nomes que talvez me impeçam ou sejam um risco à eles.
Ela tem uma expressão de pedra de gelo, mesmo quando Zidane oferece uma chance de ajudar sua família.
Jaennis Farrest
Imagem
Já disse todos os nomes que sei serem relevantes. O que você precisa?
Zidane
Imagem
Eu preciso que voce seja a Guerreira formidável que vi voce ser duas vezes. Considerando o ataque em Krast, o conflito na Colina do Sábio. Yuden planeja muito mais. O que manteve Valkaria em pé durante as Guerras Tauricas foram aventureiros defendendo sua cidade.Esses seguidores da Pureza Divina ... Puristas não querem a Coroa e sim destruir seu povo.
Pausa, pensa nas proprias visões.
Zidane
Imagem
Valkaria sera quebrada, não sei se a Coroa te daria a chance de se redimir, mas no pior dos casos, esse local também vai ser invadido, todos os presos soltos e se isso acontecer, ...
Não, não posso fazer promessas que não tenho certeza de cumprir.
Zidane
Imagem
Simples e direto, vou me esforçar para ajudar, voce se esforça para defender a cidade se houver a chance. Feito?
Ela pondera um pouco, demonstra certa confusão, quebrando a aparência de gelo.
Jaennis Farrest
Imagem
Eu... sim. Defenderei se puder.
De volta a Krast era hora de informar.
Zidane
Imagem
O Reinado aceitou a guerra oficialmente, mas Deheon não se mobilizou.  Os outros reinos do Reinado estão agindo mais individualmente, cada um fechando suas fronteiras e se defendendo. Bielefeld foi invadido, Zakharov recebeu os puristas de braços abertos. Namalkah tbm sofreu invasão. Existe batalhas nas fronteiras desses reinos.

Preciso ir a Zakharov seguir uma pista, nao posso dizer nada ainda, apenas confie.
Na estrada novamente, Zidane buscou informações em Zakharov do paradeiro da família Farrest. Infelizmente não conseguiu encontrar e ainda atraiu atenção de grupos ligados à Guilda dos Mineradores (Falha em Obter Informação).

Então, quando estava prestes a desistir sem pistas, recebeu uma informação de que os Farrest estariam na Marca de Minsk, onde estava acontecendo um conflito. Kor Kovith estava tentando se rebelar contra Yuden após a declaração de guerra de Yuden sobre o Reinado. Mas a informação era falsa (Falha em Intuição).

Zidane acabou preso pelo exército de Yuden. Tentou enganar oficiais para conseguir escapar, mas não conseguiu (Falha em Enganação).

Zidane, então teve sorte de menosprezarem alguem desarmado e sem armadura. Aproveitou uma chance e desferiu duas cabeçadas contra o guarda, e este na inocência ou orgulho preferiu revidar e foi bloqueado e contra atacado com mais uma cabeçada indo a nocaute ( 3 cabeçadas = 3d3+27+12d8 = sólido) e conseguiu escapar com suas próprias habilidades, voltando pra Krast.

Exin

A chegada das notícias em Bielefeld deixavam claro, precisavam agir antes que fosse tarde.

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13724
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Lord Seph » 01 Mai 2020, 09:03

Primeiros dias: Ladon de sentia deslocado naquele lugar, mesmo a companhia de Khaled não dava a mesma sensação que sentia com os Vingadores.

Então o Lefou adotou a rotina como mote, usava de seus poucos conhecimentos para ajudar no que podia na cidade.

Caçar, guiar e treinar, essa era sua rotina até uma visita inesperada de suas irmãs.

Já havia passado anos que não as viam, exceto em sonhos. Estavam lindas como sempre, mas a aflição em seus rostos fazia algo dormente acordar e Ladon não podia deixar de ouvir uma risada.

Mas Ladon se acalmou, a ameaça era outra. Os responsáveis pela queda da família Brimstone já não residiam nesse mundo. A ameaça era outra e a segurança de suas irmãs era mais importantes.
Imagem

O que importa agora é que estejam bem, eu irei tentar ajudar a resolver essa situação, até lá tenham cuidado.
Ladon tenta ser franco e esconder a raiva que sentia.

Entregou no fim mil tibares de ouro para ajudar em Valkaria.

********************************

A intensidade das caçadas e treinamentos aumentaram após aquele dia.

Ladon tentava focar sua mente enquanto dividia o tempo com Khaled.

Sua raiva apenas crescia e Ladon se perdia em manter sua mente em paz.

Então houve o tremor, e após a reunião com Khaled Ladon não duvidava ser possível que o mapa fosse assim utilizado.
Imagem

Provavelmente, e se for um fato vamos precisar nos armar para o chamado.
Ladon responde após ponderar.

Criar fundos para uma guerra levava tempo, além que o trabalho ali feito não seria o bastante. A vida de mercenário era mais lucrativa, mas não podia abandonar a cidade, principalmente quando a primeira leva de refugiados apareceu.
Imagem

Vocês, separem os homens e mulheres que ainda podem trabalhar para ajudar na manutenção dos refugiados.

Vamos precisar de mais caçadores, além de aumentar a segurança de todos.

Confiem em seus deuses e vai terminar tudo bem.
Ladon discursou tentando manter a moral dos guardas, mas ainda não se sentia a vontade ali.

*******************************

Mais dias se passaram, Khaled e alguns guardas eram suas poucas companhia em noites na taverna para restaurar a alma cansada.

Então péssimas notícias seguiam, a guerra estava tomando a tudo e a todos.

Fargrimm trazia algumas dessas notícias em asas de grifo.
Imagem

Tempos ruins, mas o céu há de voltar a brilhar.
Ladon tenta ser positivo apesar de tudo indicar o contrário.

******************************

Os meses se passam e a guerra se intensifica, fazendo Ladon se sentir preso e, de forma paradoxa, em paz.

Foi quando conheceu Skard, um Lefou como ele, e um mundo novo surgiu para ele.
Imagem

Que bom ver um irmão que não se rendeu a corrupção, lutas para proteger sem exigir tributo, mas não se submeter aos civilizados.

Que Arachne abençoe sua jornada, e se precisar de ajuda não se limite a me chamar.

Sou Skard, servo de Arachne e abençoado com a graça de nossa Mãe e a força de nosso Pai.

Skald ajudava os refugiados, trazendo alento as almas quebradas e comida aos famintos.

Ladon nada disse, apenas acenou. A última vez que encarou um Druida quase se perdeu para a Tormenta.

Mesmo assim suas palavras lhe trouxe um pouco de conforto. Skard desejava criar uma comunidade de rejeitados como eles e viver uma vida de caça sem fim.

Ele era bom, diferente de Ladon.

************************

Fellana e Nyx apareciam dias depois, péssimas notícias, mas um objetivo. A paz não era uma opção para Ladon.

Ladon houve o relato de Fellana.

Ele mantém a calma, mas era visível a preocupação.

Não acreditava em Nyx, mas Fellana era outro caso.
Imagem

Vocês estão bem agora?
Ladon fala preocupado.
Fellana
Imagem
Estamos bem na medida do possível. Têm sido dias horríveis...
Ela parece sem esperanças, embora tentasse esconder, porque Fellana era uma pessoa otimista.

Ladon lhe abraça tentando confortá-la.
Imagem

Vai terminar tudo bem.

Riot e os outros estão ajudando?
Fellana
Imagem
Não vejo Riot e os outros faz muito tempo. O grupo se separou...
Ladon nada diz e de seu jeito deixa o destino seguir seu fluxo, observa a interação de Nyx e Khaled, mas nada diz. Não queria criar um conflito desnecessário em um momento como aquele.

A noite trouxe conforto ao amantes.
Imagem

Eu irei lutar contra isso, já os enfrentei e se podem sangrar podem ser mortos.
Havia raiva contida ali, mas Fellana apenas o beijou sem dizer nada. Não era preciso, Ladon sabia que estava errado.
Imagem

Vamos vencer, estamos juntos e nossa união é mais forte que esse pensamento medíocre deles.
Todos dormem, mas não Ladon.

O dia amanhecia e Ladon treinava, Fellana o observava e então a criatura surgia diante de Ladon.

Imagem

Ladon nada falou e a criatura a mesma coisa, mas o Lefou sabia que agora seria a última vez que o veria.
Imagem

Eu estarei indo para Bielefeld, acredito que Khaled deseja o mesmo.

Eu gostaria de ir com vocês duas, mas não sei se seria útil a ambas.

Tenham cuidado.
Ladon se despede de Fellana com um beijo.

Após pegar o que fosse necessário, Ladon estava equipado devidamente.
Imagem

Estou, coloque os excedentes na carroça e partiremos em seguida.
Ladon fala, mas não podia deixar de fazer um comentário.
Imagem

Nyx pode parecer uma divindade aos seus olhos, mas seu gênio podem ser semelhantes.

Peço que tenha cuidado ao se relacionar com ela.
Ladon relata após uma última verificação para a viagem.

Doação de Mil Tibares para Liz e Agnes.

Compra de Cinto de Poções e 5 Elixires da Vida Maior.

304 TOs sobrando.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9067
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Vladimir Minsk XI

Mensagem por Padre Judas » 01 Mai 2020, 10:56

Imagem

A guerra havia começado e Vladimir se viu nas linhas de frente, enfrentando os puristas com vigor e vontade. Mas então tudo acabou – seu pai estava morto, seus irmãos haviam sido sequestrados e ele estava preso. Era o fim.

Ele, Adelle e Karinda haviam enfrentado muitas batalhas, mas agora Vlad encarava as grades.

Isso até Adelle vir libertá-lo. Mas havia um preço por isso.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Dama de companhia? Ela é uma sacerdotisa! Isso... é um absurdo.
Suspirou. Vladimir não se sentia no melhor humor. Illya... Vladimir se entristeceu. Seu irmão já era uma criança difícil. Se fosse ainda mais contaminado pela doutrina purista, estaria perdido. Será que poderiam estar juntos novamente algum dia? Catarina era jovem, mas crescida e sabia se cuidar – não duvidava que acabasse escapando em algum momento. Mas o menino era o real problema. Só lhe restava rezar a Khalmyr – era um sentimento comum naqueles dias.

Mas agora devia se preocupar com o momento. Encarou o seu “benfeitor”, um yudeniano nacionalista.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Eu irei ajudar, é claro. Preciso das minhas coisas. E da minha égua. Adelle...
Adelle Cordovero
Imagem
– Eu irei com você, meu amor. Sempre.
Vladimir assentiu. Era o momento de partir para a guerra.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17597
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Aldenor » 01 Mai 2020, 11:45

ATO 1: O Resgate do Príncipe

Imagem

Era preciso viajar para Roschfallen, atendendo o chamado do reino de Bielefeld. O rei Igor Janz foi assassinado, porém, não foi divulgado nenhuma notícia de ascensão ao trono. Eram tempos incertos. Por outro lado, ventos de uma grandiosa batalha corriam soltos pelos campos, pois Yuden estava em marcha rumo à capital do Reino da Ordem da Luz.

John e Zidane cavalgavam pela estrada, viram Villent ao longe. Era uma enorme cidade com muros altos, composta por torres e castelos em diversos níveis. Havia uma grande nuvem negra pairando o céu da região. Os dois seguiram dia e noite margeando a Grande Fenda, até que ela teve seu final numa cadeia montanhosa. Contornando as montanhas, adentraram na floresta e assim, perceberam estar em Bielefeld por placas caídas na beira da estrada.

Vladimir e Adelle atravessavam o sudeste de Yuden e perceberam estar em solo estrangeiro quando se depararam com tropas diversas de puristas postadas e divididas em dezenas de acampamentos, organizadas em campanha. O casal teve que desviar seu caminho, buscar trilhas menos conhecidas e evitar estradas maiores para não encontrar problemas com os inimigos. Após uma longa viagem, viam uma floresta fresca e cheia de flores coloridas à frente.

Ladon e Khaled partiram com seus valentes trobos deixando para trás a rotina estressante de Villent. Pela estrada viram centenas de carroças vindo em direção contrária fugindo de aldeias e vilas muito próximas da Grande Fenda. Conversando com viajantes, descobriram que muitos deles eram nativos de Bielefeld. Com sua ajuda seguiram por uma estrada que seguia distante da Grande Fenda, chegando a uma formação florestal que subia a uma cadeia montanhosa. Havia muitas flores do campo e plantas coloridas, algo diferente da região de Deheon e foi assim que a dupla percebeu estar em Bielefeld.

***

Era começo da noite quando os aventureiros se encontraram por um acaso do destino. Ou talvez movidos como peças de xadrez pelos deuses...

A floresta tinha árvores muito altas onde a neve começava a dar seus últimos suspiros, pois o inverno estava chegando ao fim. Os seis aventureiros não viam mais viajantes fazia pelo menos cinco dias quando se encontraram em uma clareira da floresta. Apesar da leve brisa gelada da floresta, aquele lugar era seco e quente. O chão enegrecido possuía pequenos focos de chamas queimando aqui e acolá, indefinidamente, alimentadas pela grama ressecada.

Alguns momentos depois de se mirarem, os aventureiros ouviram o movimentar de arbustos e árvores. Da borda da clareira chamuscada surgiu uma mulher em fuga.
Desconhecida
Imagem
Vocês aí! Se preparem!
A primeira coisa que chamava atenção era seu decote voluntarioso e insinuante. Seu corselete de couro esmaltado em detalhes de vermelho acentuava seu corpo curvilíneo. Sua capa-azul aristocrático presa a um broche dourado era seguro de um lado por uma mão. Enquanto corria, um medalhão balançava em seu decote e quem conseguia manter o foco podia ver a balança de Khalmyr cravado no objeto. Ela tinha olhos cinzentos e cabelos castanhos, presos por motivos práticos. Empunhava um florete na mão direita, enquanto a adaga embainhada repousava em um cinto pequeno na coxa.

Atrás dela grandes pisadas foram ouvidas. Da floresta escura surgiram quatro criaturas horripilantes, muito altas e magras de pele verde e borrachuda. Seus braços eram muito longos e terminavam em garras compridas e afiadas. O rosto de cada criatura possuía uma feiura particular, embora partilhassem do nariz comprido e caído cheio de verrugas.
Monstro verde
Imagem
Vejam, ela achou mais comida pra gente...
Grunhiu um deles com a concordância de todos os outros monstros.

Imagem
Rodada 01
Zidane 33 <<<<<<<<<<< Sua vez postagem até 11h45, 02/05
Vladimir 29
Adelle 27
Ladon 26
Desconhecida 25
Khaled 19
John 12
Monstros verdes 6
Observações:
1) Os aventureiros se encontram. Podem falar uma frase ou alguma expressão curta antes da cena seguinte com a chegada da mulher espadachim e da sequente ação no turno de combate.
Dados dos Personagens

Imagem - Sir John Lessard <> PV: 87 CA: 29 PE: 6 PA: 0 <> Duro de Ferir: - <> Duro de Matar: 1 <> Desafio: 6 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - Zidane Vess <> PV: 49 CA: 22 PE: 9 PA: 0 <> Postura: - <> Varinha de curar ferimentos leves: 50 <> Condição:

Imagem - Khaled
<> PV: 33 CA: 16 PM: 20 PA: 1 <> Desejo: 1 <> Voo 1 <> Música de Bardo: 15 <> Luta Galante: 7 <> Virotes: 29 <> Condição:
Imagem - Ladon Brimstone <> PV: 101 CA: 21 PA: 1 <> Fúria dos Gigantes: 2 <> Condição:
Imagem - Sir Vladimir Minsk XI <> PV: 103 CA: 26 PE: 3 PA: 2 <> Desafio: 5 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - Adelle Cordovero <> PV: 27 CA: 22 <> Rolamento defensivo: 1 <> Condição:
Imagem - Karinda <> PV: 35 CA: 14 <> Duro de Matar: 1 <> Condição:

Próxima Atualização: Batalha! Cada um tem 24h para postar seu turno.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1217
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Astirax » 01 Mai 2020, 12:24

Cavalgando em direção a Bielefeld houve um pequeno momento de realização.
Zidane
Imagem
Vamos passar perto de Villent, o que acha que Khaled faria nessa situação?
A grande fenda deixavam as opções limitadas.

***

Ja estavam em Bielefeld a varios dias, quando uma mulher surge pelo descampado que acabavam de chegar, atrás dela, Monstros Verdes Grandes.

Caramelo não era treinado para batalha.

Olhou ao redor, notou o decote chamativo da mulher, um cavaleiro e uma dama sob o mesmo cavalo ,um homem forte com trobo numa carroça e....

Khaled.
Zidane
Imagem
Pelas tetas de Khalmyr!
KHALED!
Desmontou e se moveu para frente do velho amigo que voltou dos mortos.
Zidane
Imagem
Segunda vez que nos encontramos assim, sorte ou azar? Imagino que esse seja o Ladon.
Percebeu agora que fez uma referencia cruzada ao medalhão de Khalmyr e onde ele estava, ficou em silêncio depois.
Off:
Livre: Fala 5 palavras
Movimento: Falha em Desmontar Rapido com 19, desmonta como Movimento em P-15
Movimento: Anda até K15
Livre: Falar 15 palavras
Reações: Irá Aparar qualquer ataque que o atingir.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9067
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Vladimir Minsk XI

Mensagem por Padre Judas » 01 Mai 2020, 17:52

Imagem

O caminho teve seus percalços e o trio teve que desviar para evitar encontrar puristas. Então tiveram um encontro muito fortuito.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Khaled? Ladon? Quase não acredito que nos encontramos assim! É a vontade de Khalmyr!
Um outro homem também parecia conhecer Khaled.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Hm? Prazer, sou Vladimir Minsk. Esta é Adelle Cordovero. Conte comigo no que puder ajudar.
Omitiu seus títulos, mas imaginou que o outro já sabia quem ele era: a “Rebelião de Minsk” já devia ser razoavelmente conhecida por aquela região a essa altura.
Adelle Cordovero
Imagem
– Olá! Khaled, Ladon, tão bom ver rostos amigos!
Mas não houve muito tempo para conversarem, pois imediatamente surgiu uma moça seguida por quatro monstros.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Trolls? Muito bem. Acho que Khalmyr realmente nos uniu por alguma razão. Não tenho a menor intenção de virar comida, então sugiro mata-los primeiro e depois conversamos.
Adelle Cordovero
Imagem
– ISSO AÍ!
Com um relincho Karinda partiu cobrindo a curta distância até o monstro mais próximo. Adelle sacou a espada com um floreio enquanto descia com uma pirueta e rolava por baixo das pernas da criatura, indo para o outro lado. Vladimir tentou golpear o monstro, que fechou os braços e protegeu-se, mas isso o impediu de ver a mulher que o cortou pelas costas com um golpe certeiro.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– DESEJAM ENFRENTAR A IRA DE KHALMYR, CRIATURAS? POIS SOU VLADIMIR MINSK E OS DESAFIO PARA UM COMBATE! OU TALVEZ SEJAIS COVARDES! AINDA ESTÃO VERDES, VÃO EMBORA E VOLTEM QUANDO FICAREM MADUROS!
Off:

Karinda move-se para BC-5/6.

Vladimir usa ação de movimento para sacar o martelo e saca o escudo usando Iniciativa. Ataca Monstro 1.

Martelo de guerra +15, rolado 3, total 18. Falha.

Adelle desce com Cavalgar e saca a espada com Iniciativa, movendo-se para F2.

Adelle ataca Monstro 1.

Espada (ataque furtivo) +10+2 flanquear, rolado 16, total 28. Dano 1d8+3d8 furtivo+3, rolado (5+6+8+3), total 25.

Vladimir usa Orgulho. Agora possui 3 usos diários.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13724
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Lord Seph » 01 Mai 2020, 18:23

A viagem foi longa e tediosa, quase desejando não ir. Conversava trivialidades sobre as aventuras de ambos e seus poucos pensamentos para o futuro quando alcançam um área queimada e de ambos os lados pessoas surgem além de uma garota sendo perseguida por monstros.

O primeiro a se manifestar é um encapuzado, que conhecia Khaled e Ladon.

Ladon acena vendo a reação de Vladimir.
Imagem

Deixamos a reunião para depois, Khaled consegue identificar as criaturas?
Fala Ladon desmontando do terceiro e indo em frente sem temer as criaturas.
Imagem

Também é bom voltar a te ver Vladimir e a Senhorita Adelle.
Ladon fala tirando sua lâmina presa as costas com um movimento simples.

Eram criaturas grandes e em maior número que das criaturas da Mina da cidade.
Imagem

Precisamos de uma estratégia melhor do que a das minas aqui, e senhorita recue até o meu companheiro atrás.
Ladon não sentia o desejo de fúria ali, mas mataria da mesma forma.

Gasto movimento para descer do Trobo.

Movo até N10.

Ação Livre para sacar Carnage.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Responder

Voltar para “O Mundo de Arton T20”