Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1212
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Astirax » 17 Mai 2020, 16:22

Vistania no trajeto inicial, montada em seu próprio cavalo conversava com ele, ao que parece havia entendido que o assunto para outra hora era agora, menos de 1 hora depois.

Pelo menos respeitou John e se não saciasse essa curiosidade, nada garantia que nao fosse atrás de John por respostas.

Falaria e somente informações que um espião já teria, sem acrescentar nada novo, de modo que só seriam úteis a uma nova aliada.

Então lembrou que a operaçao com Zinfraud tinha sido um ato isolado de resgate e depois um ato consciente pedido pelo Protetorado que devia ser mantido em segredo, no final o Intendente de Gorsengred aproveitou para tomar o poder na cidade.

O que diria? Pensou nas palavras.
Zidane
Imagem
Eu seguia uma pista de escravizadores do Império e no meio da missão acabei envolvido com eles. Os Zinfraud são piratas com influência no Mar Negro e Mar de Floky, que usam como fachada negócios tradicionais de alta costura, vinho e outras fontes.

E é apenas isso que posso lhe contar Vistania, pois é a...informação que eu acredito que alguém da Família Zinfraud já saberia.
Ficou bem vago para uma aliada, mas era a chance dela revelar algo alem de um rosto bonito.

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1784
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Toyoda » 18 Mai 2020, 01:39

Haviam vencido, mas não parecia uma vitória ao bardo...

Sorria a todos, agraciado com o recém agrupamento, porém....

"você devia ir embora, devia ir embora para sua casa tranquila sei lá aonde."

Khaled não esperava esse tipo de reação. Claro, ele era afável, as vezes cínico ou irônico, mas, nunca em sã consciência faria algo contra seus amigos. Pelo contrário. Estava muito alegre em ter com John, pelo menos, até alguns minutos atrás...

Pensou em simplesmente deixá-lo. Pensou em falar. Pensou em tentar diverti-lo. Ou falar para os outros aventureiros de seus feitos. Mas não tinha a resposta certa.

Para John, a imagem era algo valiosa. E ter sido manipulado lhe tomou a mente....

Se aproximou de John e disse com tom melancólico, algo que John vira apenas uma vez quando se conheceram. Era possível ver os olhos de Khaled brilhando, mas não de alegria, era algo mais hùmido.
Khaled
Imagem
John... É Petrynia... E.... Me desculpa... Acho que... É...
Ficou algum tempo sem falar nada, apenas ouvindo e retomando o ânimo.

Estava ali por John e Zidane. Antes, havia concordado com a missão pois Mary o pediu, mas se não fosse isso, já teria saído em busca dos dois a tempos!

Viatania foi ter com eles. Era uma bela dama! Gostaria de ter um tempo e lhe apresentar sua arte, mas, no momento ainda estava abalado por John. Além de ser tomado por um cansaço mental, sentia se drenado.


Khaled
Imagem
Vistania querida... Eu que lhe agradeço o apoio, Eh, você é bonita.
Sente a mente muito pesada, sente que não tomava bem decisões, sente que precisava aliviar o stress... Então cantou alguns versos pondo as mãos nas temporas:
Khaled
Imagem
Como pode tanto cansaço
Um dia corrido tivemos
E fomos ao encontro do carrasco
No meio dos grandes ermos

Porém aqui estamos
Juntos e vitoriosos
Para Rochfallen vamos
A cada passo esperançosos!
Sente sua mente clareando vagamente. Um pouco melhor assim.

Olha a volta e sente que seus companheiros tambem sentem o peso do embate psicológico, e assim repete o ato a Vladmir e Ladon
Khaled
Imagem
Meus amigos! Retomem o ânimo!

Vamos a Rochfallen! A justiça levar!
Vamos com os vingadores de arton!
Com a Ordem da última esperança!
Quem mais vem conosco?
Como posso chama-los?

Ou melhor! Como nos chamaremos?
Diz por último olhando ao resto do grupo cansado, não queria que perdessem o ânimo recém adquirido, mas talvez fosse batalha perdida...

Então olha para a moça cê cabelos esvoaçantes e volumosos
Khaled
Imagem
E você amiga, qual o seu nome?

Prefere cerveja, vinho ou uma música?
Ouve a resposta, conversa um pouco e se põe a cantar para animar a todos!

Khaled
Imagem
Caros companheiros!
No bosque de Fiz-Grim nós encontramos

Talvez por obra do destino
Talvez pela pura sorte
Mas sei que temos tino
E todos somos fortes!

Por isso sigamos sem medo!
Rumo a futura batalha
Todos com o mesmo credo
E vamos sem possivel falha!!!
Aqueles que tinham medo em seus corações, foram acalmados, e seus espíritos combativos foram suplementados!


.....

Após algum tempo de marcha, Khaled questiona discretamente John:
Khaled
Imagem
John... Será que não é bom montarmos acampamento? Acho que todos estamos cansados... E já nos distanciamos do bosque....
Rolado:
+3 p sab de khaled
+2 p sab de Vladimir
+3 p INT de Vladimir
+2 p car de Ladon
Gastando 10pm

Usado inspirar coragem maior para todos os novos e velhos companheiros
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5201
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por John Lessard » 18 Mai 2020, 12:26

John cavalgava sério, distante, ombros pendendo, dedos enrijecidos, pensando em nada e tudo ao mesmo tempo. Em suas escolhas, todas péssimas. Seus feitos, todos vazios... Tudo que jogou fora ao longo dos anos, quando Khaled chamou sua atenção. O cavaleiro o olhou carrancudo. Ele não deveria estar ali, era uma alma inocente que não entendia as coisas e tinha acabado morto, agora se arriscava novamente. Bem, ele não tomaria a responsabilidade para ele novamente, por nenhuma daquelas pessoas.
Imagem
- Bem, não sei... Acho que quem estiver cansado pode parar, tanto faz, eu não estou no comando aqui, você deveria perguntar para o sir Vladimir. Por que não faz isso?
E continuou a cavalgar.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9059
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Vladimir Minsk XI & Adelle Cordovero

Mensagem por Padre Judas » 18 Mai 2020, 15:27

Imagem
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Vamos sair deste lugar, pois como dito, ahlenienses são conhecidos por sua natureza dissimulada e sua postura desleal em combates, seria melhor evitarmos uma emboscada. E seria inadmissível tomar o que não nos pertence, Lady Vistania, mesmo que tais indivíduos sejam nossos inimigos.

– Sobre “agir fora da lei”... senhoras e senhores, existe a Lei e existe a Justiça. A Lei é mortal, é algo criado pela sociedade e por autoridades. Uma lei pode ser injusta? Claro que sim! Pois a Lei pode ter um entre dois espíritos: Justiça ou Tirania. E nunca se deve confundir Justiça com Tirania. Pois na Justiça há entrega e misericórdia, mas na Tirania há egoísmo e brutalidade. É preciso ter a sabedoria dada por Khalmyr para distinguir uma Lei Justa de uma Lei Tirânica. É por isso que nós, os Minsk, nunca traímos Khalmyr, mesmo que nos opuséssemos à Lei de Yuden. Pois a Lei de Yuden não é a Lei de Khalmyr. Se nos opormos à lei daquela nação desprezível, então agimos correto. Mas estaremos em grave pecado se agimos contra uma Lei Justa. Tenham sempre isso em mente e confiem em Khalmyr para iluminá-los na busca pela verdade.
Avançaram por mais umas tantas horas. Vladimir não se importava com o ciclo de Azgher, apenas quando entendeu que estavam longe o suficiente da clareira e encontraram um lugar adequado para um repouso seguro é que ergueu a mão.
Vladimir Minsk XI
Imagem
– Alto! Vamos acampar por aqui. Faremos turnos de guarda. Agora, vamos preparar acampamento.
Distribuiu os aventureiros em turnos segundo suas habilidades, deixando os conjuradores para repousarem primeiro e assim estarem prontos para qualquer problema posterior. Também determinou quem faria o quê na montagem do acampamento – acreditava que fazê-los se sentirem parte de um corpo maior iria ajudar na moral. Verdade que não eram soldados, mas um pouco de técnica militar não faria mal.

Adelle afastou-se e foi falar com John Lessard.
Adelle Cordovero
Imagem
– Sei o que aconteceu na clareira. Acontece, milorde. Todos estamos sujeitos ao engodo, precisamos nos apoiar uns nos outros para perseverarmos. Vladimir pode liderar, mas não pode fazer tudo sozinho. Se puder nos ajudar, sei que todos ficaremos gratos. E talvez possa se vingar daquela “zinha” no futuro, quem sabe?
Deu uma piscadela, cúmplice.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17586
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Aldenor » 18 Mai 2020, 16:00

ATO 1: O Resgate do Príncipe

Imagem

O debate provocou desgaste e estresse, mas pelo menos suscitou uma deliberação vitoriosa. Os aventureiros da clareira partiriam para Roschfallen e teriam muitos dias de percalço.
Aventureiro
Imagem
A moça disse quatrocentos quilômetros? Caramba, espero que tenham rios no caminho.
Petrix
Imagem
Mais uma provação, mostraremos nossa força.
Assim, mais de vinte homens e mulheres partiram da clareira deixando a fogueira apagar sozinha. Alguns dos viajantes carregavam tochas ou lanternas furta-fogo, enquanto outros aproveitavam sua capacidade de enxergar no escuro para irem mais adiante e servirem como batedores. A desconfiança crescia a medida que saíam da clareira, pois não se sabia se os ardilosos pró-puristas atacariam na surdina.

Assim, após as palavras de Vladimir e Ladon, o grande grupo partiu estrada afora.

***

Khaled estava abalado pelas duras palavras de John, mas seu espírito jovial e otimista não o deixava infeliz por muito tempo. Logo sua curiosidade intrépida o levou a conversar com os demais aventureiros. Conversou principalmente com Catarina, uma especialista em masmorras e remoção de seres indesejados, que preferia beber cerveja ao som de uma canção engraçada.
Catarina
Imagem
Tá aqui o meu cartão.
Era um pergaminho com seu retrato falado e uma recompensa de 1.500 tibares de ouro oferecidos pelo Império de Tauron. Entretanto, não se tornara alvo dos minotauros por se unir à resistência, mas por roubar um senador, anos atrás e promover a fuga de alguns escravos para os navios piratas no Mar Negro.

Os demais aventureiros andavam em silêncio, por exceção de Zidane e Vistania que tinham uma estranha conversa. O minauro, traumatizado por eventos passados, não confiava na misteriosa maga e seu corvo, a despeito de suas tentativas de aproximação.

Um tempo depois, ainda pela madrugada, Vladimir ergueu sua mão e todos pararam. Era hora de montar acampamento. Distribuindo ordens e funções, o cavaleiro de Kor-Kovith organizou os aventureiros de maneira eficaz. Adelle ainda aproximou-se de John para tentar demovê-lo da nuvem sombria que pairava sobre sua mente.

***

Foram dias de viagem. O Bosque de Fiz-Grin ficou para trás após os primeiros raios de Azgher trazerem o calor ameno do frio dos últimos dias de inverno. Aventureiros eram pessoas preparadas e por isso, os mantimentos quase não faltaram. Em alguns dias, Petrix, o clérigo de Tauron, conjurava água para os odres, enquanto Ladon, o gigante Bron e o jovem ranger Renwick caçaram pequenos animais quando as rações acabaram. Vistania logo encontrou em Lucrécia uma pessoa de interesses em comum: ela era uma arcana de tradicional família de Wynlla, os Hightower. Especializada em conjurar magias de evocação, estava sendo humilde quando disse que não saberia ser útil à guerra...

Vladimir, Adelle e sir Albert Fischer discutiam sobre política de Minsk, Yuden e o Reinado como tal. Além de cavaleiro ele era um burguês interessado em comércio. O pistoleiro que Khaled assumiu ser de Smokestone, na verdade era Dan Max, um skliryne e suas pistolas conjuravam magias. Além disso, Dindo, o halfling, mostrou-se um bardo e perguntou sobre as aventuras de Khaled e os outros. Kugo, o tamuraniano artista marcial, trocou ideia com Zidane e ficou interessado em suas técnicas rápidas de saque de adagas. Até mesmo John, que passou boa parte dos dias carrancudo, foi abordado por Lair, o moreau leão.
Lair
Imagem
Não o conheço, sir, mas sou bom em entender pessoas. Sinto que sua confiança está abalada, senhor. Nessas horas temos que ter fé que estamos fazendo a coisa certa, apesar de tudo. E se está hoje nessa viagem até Roschfallen, acredite: você fez um bom trabalho até aqui.
Mais dias e dias se passaram na estrada em uma planície verdejante. Colinas e pequenas elevações rochosas podiam ser vistas em alguns dias no horizonte, bem como outros bosques. Muitas fazendas também estavam pelo caminho e algumas aldeias. Todos os bielefeldianos estavam apreensivos com os rumores de guerra.

***

Renwick retornou depois de alguns dias.
Renwick
Imagem
E-Eles estão vindo! O-os yudenianos!
Sir Albert
Imagem
De onde rapaz? Desembucha!
Renwick
Imagem
Perto de Roschfallen, é um exército... é muito g-grande... n-nunca vi algo assim.
Estava tremendo.
Vanthuir
Imagem
Vamos acabar com eles.
Disse o bárbaro socando uma mão na outra.
Tostallen
Imagem
Seria suicídio. Temos que chegar a Roschfallen antes deles.
Renwick
Imagem
Eu vi um caminho, tem muitos acampamentos do lado oposto à muralha que os puristas atacarão.
Era a melhor estratégia. Então, após dias viajando com grande rapidez e poucas noites de sono completas, os aventureiros desceram uma colina para a planície onde encontrava-se os campos de Roschfallen.

***

Imagem

Roschfallen era uma metrópole cheia de palácios e construções de pedra, onde vivia um povo orgulhoso e honesto. Porém, naquela madrugada, poucas horas do sol nascer, os aventureiros viam um lugar sombrio, onde as bandeiras hasteavam meio mastro. A cidade vivia seu luto pela morte do rei e ansiedade pela batalha vindoura. O acampamento de vários cavaleiros e guerreiros juramentados aos senhores de terras era considerável, porém, Vladimir e John, acostumados a batalhas campais, sabiam não parecia ser tão formidável assim.

Os aventureiros da clareira logo se separaram, buscando cada um seus interesses. Os guerreiros logo buscaram um senhor de terras para procurar alocamento em suas tropas. Lucrécia, o sklirine Dan Max, o elfo Tostallen e o halfling Dindo adentraram logo à cidade. Catarina e o moreau Lair sumiram quando menos se deram conta.

Vladimir, Adelle, John, Khaled, Zidane, Vistania e Ladon ficaram juntos mais por acaso do que por convicção. O acampamento estava cheio de homens e mulheres polindo suas armas e armaduras, todos tensos e ansiosos. Uma breve pergunta a um cavaleiro para informações foi respondida com rudez de alguém apressado a uma tarefa mais importante.

Então, de uma cabana simples no meio de tantas outras pomposas dos senhores de terras, um homem chamou atenção dos aventureiros. Sua pele era quase negra de marrom, seus ombros e suas mãos eram de gigante, seus cabelos eram tranças espessas e curtas, selvagens, amarradas em um coque, e não tinha barba. Um tapa-olho do lado direito, e cicatrizes por tudo. Nariz largo e duro, boca cheia de dentes. Era alto e sua imponência chamava mais atenção que sua armadura dourada onde jazia o símbolo de Khalmyr cravado no centro do peito.

Era sir Alenn Toren Grennfeld, o Alto Comandante da Ordem da Luz e sumo-sacerdote de Khalmyr.
Alenn
Imagem
Vocês, venham aqui.
E abriu caminho para sua simples tenda puída.
Observação:
1) Vários dias se passaram. Cada um pode interagir com um NPC e conversar, lembrando que os demais estão aqui. A conversa será feita pelo telegram e postada pelo jogador.
2) Vocês podem também conversar entre si, mas também resolvido no telegram, para compor uma cena anterior já finalizada, pois o tempo passou e o presente é a cena com sir Alenn Toren Greenfeld.
Dados dos Personagens

Imagem - Sir John Lessard <> PV: 87 CA: 29 PE: 6 PA: 0 <> Duro de Ferir: - <> Duro de Matar: 1 <> Desafio: 6 <> Postura: - <> Condição:
Imagem - Zidane Vess <> PV: 49 CA: 22 PE: 9 PA: 0 <> Postura: - <> Varinha de curar ferimentos leves: 50 <> Condição:

Imagem - Khaled
<> PV: 33 CA: 16 PM: 20 PA: 1 <> Desejo: 1 <> Voo: 1 <> Música de Bardo: 15 <> Luta Galante: 7 <> Virotes: 29 <> Condição:
Imagem - Ladon Brimstone <> PV: 101 CA: 21 PA: 1 <> Fúria dos Gigantes: 2 <> Condição:
Imagem - Sir Vladimir Minsk XI <> PV: 103 CA: 26 PE: 3 PA: 2 <> Desafio: 4 <> Postura: - <> Duro de Ferir: - <> Duro de Matar: 1 <> Condição:
Imagem - Adelle Cordovero <> PV: 27 CA: 22 <> Rolamento defensivo: 1 <> Condição:
Imagem - Karinda <> PV: 35 CA: 14 <> Duro de Matar: 1 <> Condição:
Imagem - Vistania <> PV: 30 CA: 16 PM: 28/0 PA: 1 <> bastão metamágico silencioso: 3 <> Magias preparadas: Armadura arcana (1 PM), enfeitiçar pessoa (1 PM), leque cromático (1 PM), mãos flamejantes (1 PM), mísseis mágicos x2 (2 PM), açoite flamejante x2 (4 PM), relâmpago (3 PM), sugestão (3 PM), globo de invulnerabilidade menor (4 PM) melhoria mnemônica (4 PM), vidência (4 PM) <> Condição:
Imagem - Feanan <> PV: 15 CA: 14 <> Condição:

Próxima Atualização: 20/05 (quarta-feira)
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Astirax
Mensagens: 1212
Registrado em: 06 Fev 2014, 18:02
Localização: Capivara City

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Astirax » 19 Mai 2020, 11:57

Com o debate vencido partiam em direção à cidade.

O primeiro dia foi cheio de urgência na possibilidade de serem emboscados, dormiram pouco e viajaram muito.

No segundo dia, ja havia batedores, varios times de vigia e podiam descansar de forma apropriada.

Estava um pouco tenso quando outra pessoa se aproximou, comentando sobre as tecnicas de adaga de Zidane.

Estranho, muito estranho.
Zidane
Imagem
Kugo? ...Minhas adagas em teoria ficam escondidas, então ...voce ou me viu lutar, ou lembrou de mim devido ao Khaled ter me apresentado.
Qual deles?
Kugo
Imagem
Em minha terra existe um certo tipo de guerreiro que usa armas escondidas. Meus olhos são treinados para esse tipo de coisa, então eu descobri suas adagas observando.
Lembrava de Maryanne o treino que ela teve com um tamuraniano. Satoshi.

Apontou o braço para o chão, fez o movimento e a adaga darteou contra, perfurando.

Manteve a adaga no chão.
Zidane
Imagem
Entendo, escutei pouco de sua cultura, tenho uma amiga que sabe mais sobre isso.
Mas não ficou claro por que chamou a atenção as minhas armas.
Quer aprender a usar essa braçadeira?
Num piscar de olhos, a adaga sumia do chão, novamente escondida na braçadeira
Zidane
Imagem
Ou entender a velocidade de se mexer com armas?
Kugo
Imagem
Oh, sugoi, sugoi... hã? eu sempre quero aprender mais, eu gosto de artes marciais. Não usaria esse tipo de arma, não é do meu estilo, mas quero saber como funciona. O que mais sabe fazer com isso? Tem alguma técnica especial?
Zidane
Imagem
Eu aprendi bastante, observando.
Se levanta, lembrando de como Maryanne lutava.
Começou com golpes amplos, em grandes arcos.

Assumiu a postura centrada e equilibrada, golpes de exibição, sempre com a mesma velocidade e precisão.

Lembrou de seu pai, movimentos duplos,  e diretos, como o grande impacto de chifres de Minotauro.

Então a memória era de Hoenheim, movimentos circulares, rapidos e bloqueadores.

Então John, golpes de revide, ao mesmo tempo bloqueio e contra ataque.

Então uniu suas mãos no sinal de respeito que lembrava Maryanne fazer quando falou de Satoshi.

Ele imita Zidane após cada movimento.
Kugo
Imagem
Hum... alguns desses movimentos podem ser úteis pra mim. Arigatou gozaimasu!

Na mesma noite visitava o local que Vistania escolhera para acampar.

Usava roupas normais,  nao portava armas e sob o ponto de vista de qualquer um, poderia ser confundido com um monge.
Zidane
Imagem
Quer conversar?
Preferiu aborda-la perto do horário de dormir.
Vistania
Imagem
Ora, por que não? Não consigo dormir pensando em tudo que aconteceu e pode acontecer. Venha, sente-se ao meu lado. Sobre o que gostaria de falar?
Foi mais facil que imaginava, o que essa mulher queria?

Sentou-se ao lado como pedido e estranhou a sensação, o corvo incomodava um pouco, não parecia um animal normal.
Zidane
Imagem
Que tal uma troca e depois uma negociação?
Por que os Zinfraud são importantes para voce?
Me ofereça algo para que eu possa dar essas informações.
Vistania sorri quando Zidane senta próximo a ela.
Vistania
Imagem
- Uma troca de informações? Gostaria de ajudá-lo, mas não sei o que posso oferecer a vocês que seu amigo não saiba.

- Zinfraud é um inimigo de Bielefeld. Isso é motivo suficiente para que eu queira saber tudo sobre ele. Ele pode ter sido apenas um escravagista quando vocês o enfrentaram, mas agora é algo mais.

- O grupo que estava com Zinfraud, eles parecem perigosos... Eles já estavam juntos quando vocês se encontraram? Não acredito que aquela união seja acidental. Acredito que vamos nos arrepender por não tê-los seguido...
É justo. Infelizmente, não sei o que posso oferecer a vocês que seu amigo não saiba.
Ela estava se fingindo de pouco instruída ou testando minha arrogância?
Zidane
Imagem
Pode oferecer a informação de quem é. Por exemplo, Sir John Lessard, um Cavaleiro de Krast. Vistania seria uma Nobre?
Respondo as outras conforme responda as minhas.
Vistania
Imagem
- Sou apenas uma aprendiz de magia tentando fazer o que é certo - Vistania responde. - Acha que sou da nobreza? Isso me tornaria uma pessoa melhor ou pior ao seus olhos?
Ela olha para Zidane por um momento, como se tentasse ler a resposta em seu rosto.
Vistania
Imagem
- Não, não sou uma nobre, mas também não sou uma plebeia. Gosto de pensar que sou uma ligação entre os extremos, algo indistinto...
Vistania se espreguiça felinamente, perturbando o corvo em seu ombro.
Vistania
Imagem
- Mas agora está ficando tarde. Podemos continuar nosso jogo outra hora, quando eu tiver algo para trocar. Agora, se me der licença, preciso descansar...
Zidane
Imagem
Uma maga teria sido o bastante.
Esses Zinfrauds são totalmente novos e desconhecidos para nós. Não há acidente considerando que Ahlen é parte do Triângulo Autocrático
Havia então feito o click, Ahlen já era parte do triângulo, já havia se separado do Reinado.
Zidane
Imagem
Estou pronto para falar, acabei de notar que Yuden nada ganharia com o que sei, apenas voce.
Estava relaxado agora, deitava ali mesmo, costas no chão, olhar nas estrelas, ouvido atento.


***

Alguns dias depois a viagem se tornou mais urgente, e usando atalhos em conjunto com evitar conflitos com as tropas puristas haviam chegado a Roschfallen.

O que no início pareceu acaso foi na verdade um convite. Após tirar uma conclusão por si mesmo que nao tinha motivo para Vistania querer informações que ja saberia, procurou conhece-la e comparar informações com Khaled.

Sabia que Khaled falava Sar-Allan e pediu brevemente uma mensagem usando esse idioma, para conversar por magia, estranhando o fato que na clareira ele nada ofereceu de informação sobre a mulher.

Compararia as informações.

Em outro momento foram chamados pelo segundo sumo-sacerdote que conheceria na vida.

Seguiu com os demais.

Avatar do usuário
Aquila
Mensagens: 3394
Registrado em: 10 Dez 2013, 13:49
Localização: Lamnor
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Aquila » 19 Mai 2020, 19:01

Imagem

Vistania

Desde que deixou a clareira do encontro, Vistania pensava constantemente no destino de Zinfraud e seu grupo de espadachins, e o quanto se arrependeria por não ter ido atrás deles. Ela imaginava que a derrota na clareira não impediria os ahlenianos de tentar aliciar novos aventureiros para o seu lado, e temia o que isso poderia significar para o conflito. No entanto, assim que chegou a Roschfallen, a própria existência do grupo Puristas desapareceu de seus pensamentos.

Roschfallen fervilhava com os preparativos para a guerra que se aproximava da cidade como uma nuvem negra. Os campos ao redor da cidade estavam tomados por acampamentos militares, cada um deles cercado por um batalhão de soldados e cavaleiros. A visão daquela força militar enchia Vistania de esperança, ainda que as palavras de alerta de Renwick ainda ecoassem no fundo de sua mente.

- Por Wynna e Khalmyr, conseguimos chegar a tempo - ela diz, assim que o grupo avista os campos de Roschfallen, esquecendo do cansaço acumulado durantes os dias de viagem, e esporeando Marina na direção do acampamento, onde tremulavam as bandeiras de Bielefeld e dos Cavaleiros da Luz, e as flâmulas de dezenas de feudos do reino e além.

O grupo de aventureiros se separou assim que alcançou o acampamento, e Vistania não escondeu o descontentamento ao ver que algumas pessoas haviam simplesmente desaparecido ou fugido.

- Para onde os malditos foram? Então eles seguiram conosco apenas por uma questão de oportunidade? Onde está Lair? E Tostallen? O maldito elfo fugiu para a cidade? Que vá para o inferno...

Apesar de suas palavras, Vistania não conseguia sentir ódio por eles. Seu coração também pulava de medo e excitação agora que finalmente havia alcançado a cidade, mas ela esperava que o grupo se mantivesse unido, depois de tudo pelo que passou.

Vistania olhou para trás para ver se Lucrécia estava acompanhando o grupo, rezando para que ela também tivesse fugido. Ela havia feito amizade com a maga durante a viagem, e não queria que ela se machucasse. Algumas pessoas não haviam sido feitas para a batalha. Vistania, por outro lado, não pensava em mais nada desde o dia em que seu mestre foi assassinado.

O que animou Vistania foi ver que o grupo de aventureiros de Zidane também seguia para o acampamento das forças de Roschfallen. Ela havia conversado pouco com o grupo, mas sabia que aquele conflito significava tanto para eles quanto para ela.

O grupo entrou no acampamento e seguiu na direção dos pavilhões de comando, até que uma figura saindo de uma tenda simples paralisou a todos. Era Alenn Toren Greenfeld, sumo-sacerdote de Khalmyr, e um dos maiores guerreiros e estrategistas do mundo.

A luz da esperança dissipou as últimas sombras de medo do coração da maga.
Magias Preparadas
Nível 1: Armadura Arcana; Enfeitiçar Pessoa; Leque Cromático; Mãos Flamejantes; Mísseis Mágicos x 2.
Nível 2: Açoite Flamejante x 2.
Nível 3: Relâmpago; Sugestão.
Nível 4: Globo de Invulnerabilidade Menor; Melhoria Mnemônica; Vidência.
Editado pela última vez por Aquila em 21 Mai 2020, 10:58, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5201
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por John Lessard » 19 Mai 2020, 20:19

Antes de saírem da clareira, a moça que acompanhava Vladimir vinha ter com ele. John lança um olhar para Adelle, depois olha para Vladimir distante.
Imagem
Ele se vira...
Adelle fica sem palavras por um instante.
Adelle Cordovero
Imagem
- Não o entendo. És um lorde, um senhor. Porque se encolhe agora, quando é o momento para brilhar? Bem, não lhe direi como deve viver sua vida, mas acho que este é o momento para fazê-la valer à pena. Temos diante de nós a chance de realmente mudar o mundo, de fazermos História! Não devemos ignorar esta oportunidade, milorde!

- Vou deixá-lo com seus pensamentos, mas tenho certeza de que, como um cavaleiro, sabe bem quais são seus deveres e responsabilidades. Tenha uma boa noite.
Imagem
Sim, eu sei. Sei também até onde elas me trouxeram e o que elas me tiraram.
Depois disso trotou para longe, para seguir na marcha.

Ela apenas assente.
Adelle Cordovero
Imagem
- Todos perdemos algo em nome do dever. O pai de Vladimir disse uma vez: "Honra sem sacrifício é apenas vento." Era um homem direto e de poucas palavras, mas nunca esqueci isto. Ele morreu por sua Honra e Vladimir perdeu o pai e os irmãos.
Ela se retira.

John a vê se afastando.
Imagem
- Ele é uma pessoa melhor do que eu, definitivamente.
***

Os dias corriam e o cavaleiro se mantinha cada vez mais calado e fechado consigo mesmo. A espada, o escudo e a armadura pareciam pesar mais que o normal. Não puxava assunto com ninguém, nem com os novos rostos, nem com antigos conhecidos. Sua mente só divagava por possibilidades e arrependimentos. Um homem-felino veio ter com ele certo dia. Falar sobre confiança e provações. John o olhou de cima abaixo, desanimado e amargurado. Um homem gato, bem, deveria estar acostumado com este tipo de coisa.
Imagem
- Não o conheço, sir, mas sou bom em entender pessoas. Sinto que sua confiança está abalada, senhor. Nessas horas temos que ter fé que estamos fazendo a coisa certa, apesar de tudo. E se está hoje nessa viagem até Roschfallen, acredite: você fez um bom trabalho até aqui.
Imagem
- É, tem razão em uma coisa, você não me conhece.
O outro se resigna, balançando a cabeça. John voltou a olhar para frente e seguir com os demais.

***

Em alguns dias, Khaled pode juntar a maior parte de dados de todos que os acompanhava. Algo que poderia ser útil ao grupo e na guerra.

Pois foi ter a John reportar a situação
Khaled
Imagem
John, boa noite, então, andei falando com vários aventureiros aqui presente, e gostaria de lhe falar sobre suas habilidades.
Khaled da uma leve pausa esperando a resposta do "boa noite"

John o olhou, desmotivado.
Imagem
Boa noite, Khaled... Já lhe disse, não preciso saber dessas coisas, fale com Vladimir.
Khaled olha com certa tristeza, mas não deixa passar para a fala.
Khaled
Imagem
Irei falar com todos, com Zidane, com Ladon, com Vladimir. Inclusive com você.

Sabe, sei que ficou muito bravo com a situação de Fiz-Grim, mas, acontece. Minha cabeça quase rolou na apresentação da Norla, isso apenas pelo meu péssimo ato, ela nem sabia quem eu era.

Eu já passei muitas vergonhas em público, mas, não é isso que me define. E também não é isso que te define John.... Talvez pense que não deveria ter saído de seu feudo e vindo até aqui. Tenho certeza que sacrificou muito por isso, e sei que você tem um bom discernimento do que deve ou não ser feito.

Foi você que não deixou eu sucumbir às trevas anos atrás. E voltei dos reinos dos deuses com o espírito que me ajudou a se forjar antes da minha morte...

Então, por favor, não ceda por mim. Ou talvez ambos devemos voltar a nossos lares...
Após uma leve pausa, continua.

Khaled
Imagem
Sabe, ainda não falei com ninguém sobre o assunto... Tem peças faltando, mas, no outro lado, conheci meu pai.
Ele dizia que meu tempo aqui não havia se completado, e que eu deveria cumprir meu destino... Eu não tenho ideia qual é ele, mas gostaria que você, John, participasse. Mas não esse John que vejo agora, e sim o John de antes da clareira, o John que lutava contra dragões com firmeza e definia nossos passos para não enveredarmos por caminhos obscuros.
Sorria emocionado.

John que estava sentado, levantou-se.
Imagem
Você não entende. Ser manipulado, você sabe como é? Não é a mesma coisa que passar vergonha por algo embaraçoso. E isso aconteceu porque você confiou nela, porque mais uma vez o que eu disse não foi ouvido, porque eu relevei porque estava feliz com seu retorno. Ninguém nunca me ouve Khaled, nem você, nem Maryanne, nem Zidane... Ninguém, nunca. E um líder que não é ouvido, não é um bom líder, é apenas um idiota que acha que é alguma coisa.

Vocês fazem o que querem sempre e para mim chega. Minha vida é regada com fracassos, mortes. Eu sou uma grande piada, não quero mais isso. Essa vida ridícula, fingindo que sou alguma coisa, uma força que faz diferença.

Esse John que você se lembra não existe mais, eu só demorei para perceber. Ele era uma imagem falsa, criada por alguém que deu muito achando que estava fazendo a coisa certa. Talvez seu pai quisesse que você tivesse uma vida tranquila. Eu não salvei ninguém, muito menos você.

Agora se não se importa, gostaria de ficar sozinho.
Khaled
Imagem
John... Isso... Isso não é verdade...
Diz se aproximando do cavaleiro.
Khaled
Imagem
Eu penso diferente de você em muitas coisas, e Mary também. Mas no fim, sempre seguimos o que diz, e tudo esta certo. Talvez não tenha me salvado de Taeryr, mas eu estou aqui. Zidane também e tenho certeza que Mary gostaria de estar...
Abraça o cavaleiro relutante.
Khaled
Imagem
Estou feliz que está aqui... O que importa não são atos heróicos, mas sim sua presença.
John não retribuiu o abraço, apenas esperou o bardo se afastar.

Khaled fica ali por alguns segundos. John não estava bem e o bardo não sabia lidar com isso. Tanto quanto não soube lidar quando Mary estava ruim.

Lembrou que visitava quase todos os dias escondido. Tocava para ela enquanto dormia. John estava parecido, mas pior, pois não era um feitiço, era a quebra da confiança em si mesmo.

Khaled nunca havia dito para confiar em Eleonora, apenas queria ver o tal tesouro. Mas admitia a si mesmo que acreditava que John pudesse se interessar por deleitar-se com ela. E nisso estava o erro...

***

Dormia afastado dos demais, comia sozinho e não falava a menos que fosse dirigida a palavra para ele. Certo dia, um rapaz retornou assustado, falando sobre exércitos enormes. Nada mudava, para ele ou para aquelas pessoas. iriam continuar, o cavaleiro respirou com pesar.

Não demorou muito mais tempo de viagem até Roschfallen, onde haviam acampamentos militares e muitos estandartes de lordes e cavaleiros juramentados, porém John sabia que aquilo era pouco, uma piada de mal gosto...

"Patético... Escolhi um lugar longe do lar para morrer. Um fim triste para uma vida triste."

Os demais aventureiros se espalharam, como baratas fugindo de um balde de água. A tal de Vistania parecia contrariada com isso, mas John não se importava, olhou para a cidade e um pensamento lhe veio.

"Hm, talvez... Achar uma taverna, encher a cara... Encontrar uma mulher

Nunca tinha feito isso antes, talvez fosse a hora de tentar. Mas alguém o chamava para um atenda, ninguém menos que Sir Toren. Outro encontro com um sumo-sacerdote. John seguiu com os demais contrariado, mas ao contrário de outros tempos, ficou atrás do demais, o máximo escondido que podia, de mãos juntas.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1784
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Toyoda » 20 Mai 2020, 05:21

Em um momento do segundo dia de acampamento, Khaled se aproxima de Adelle movido pela curiosidade, então lhe pergunta:
Khaled
Imagem
Adelle querida, ficamos algum tempo sem nós vermos, o que aconteceu nesse período? Gostaria de saber, se não for um incomodo. Tanto por curiosidade, quanto para por em minhas canções.

Inclusive, iniciei um novo diário para nossa inscurção vindoura!
Diz mostrando um livro com folhas em branco e uma pena com tinta.
Adelle Cordovero
Imagem
- Aconteceram tantas coisas, Khaled... nós não conseguimos investigar os puristas, pois pouco tempo após chegarmos Vladimir foi convocado por Yuden! Pelo tal General Máximo, é claro. Mas Lorde Klaus foi taxativo e Vladimir não foi. Pouco depois começamos nossa rebelião, você deve ter ouvido, não é? Toda Kor Kovith se sublevou. Mas acabamos perdendo... Lorde Klaus foi morto, Vlad foi preso e os irmãos dele foram sequestrados. Agora Lady Olívia comanda Minsk, mas está difícil... espero que depois disso tudo possamos alcançar nossa liberdade.
Khaled ouve atento, mas com um tom de preocupação, anotava palavras chave em seu caderno enquanto ouvia.
Khaled
Imagem
Nossa, mas que lástima.... Fico feliz que vocês dois estejam aqui, e bem!

No que depender de mim, vou ajuda-los a resgatar seus irmãos e tornar vossas terras livres!
Dizia com convicção.

Todos ali haviam sofrido. Todos tiveram suas perdas e seus percausos. A única coisa que era certa, é que Yuden não poderia ganhar essa guerra....


Conversaram mais um pouco, e logo em seguida foi ter com Vladimir:

Khaled
Imagem
Vladimir, eu... Falei com Adelle. Ela me disse o que ocorreu... Meus pesames por seu pai, e reafirmo, tudo que puder fazer para ajudá-lo, aqui estarei. Pode contar com minha presença para resgatar seus irmãos e tornar seu feudo livre!
Vladimir Minsk XI
Imagem
- Obrigado, Khaled. Não irei descansar não apenas por Minsk, mas para que toda Kor Kovith seja livre do jugo de Yuden!
O bardo concorda, estaria ali para o cavaleiro se ele precisasse.

.......
Dindo havia puxado assunto com Khaled, e assim trocaram muitas idéia e histórias.
Khaled
Imagem
Feliz em te conhecer Dindo! Nossa, é tão bom tocar com alguém, a última pessoa que fiz par era a Mary!

Mas ela ainda não despertou a magia da música como nós...

Eu uso muito a potência da cura que ela nos dá, e Também os incentivos ao espírito dando-nos coragem!

Ando treinando bastante o hipnotismo que ela causa e a facilidade a ser sugerido, mas admito que nunca usei em uma ocasião real...

E quais suas habilidades musicais?
Olhava curioso o bardo para o outro.
Dindo
Imagem
Ah, a cura é o que aventureiros mais pedem. Eu estou farto de ser visto com um bálsamo. Pelo menos minha canção não é fedorenta. Hahahaha. - Ele ri animado - Mas ei, Khaled, hipnotismo é algo perigoso, viu? Eu tenho um primo, lá de Talinthar, Hongari, que se deu mal. Um dia ele ouviu falar do velho Unnil, o elfo do mar que controla o farol, que havia uma sereia nas Baía dos Náufragos. Desembestado como era meu primo Virgolino, se meteu a tentar usar a arma das sereias contra elas. Sabe, sereias hipnotizam os pobres navegadores dos mares, os seduzem para que caiam na água e sejam comidos. Virgolino tentou usar o truque do hipnotismo que aprendeu com um mago chamado Dhylmor, um homem barbudo, viajante... meu primo tentou hipnotizar a tal sereia, mas é claro que acabou perdendo na disputa! Ele nunca mais foi visto, coitado.
Khaled
Imagem
Nossa, coitado do seu primo, mas me lembra uma história de alguns aventureiros que foram por terras de seu povo, eram pessoas peculiares, havia uma jovem de nome Abgail, um feiticeiro chamado Gregor, um cruzado de Khalmir nomeado de Arion Tigernach e uma bela moça de nome Thalassa.

Andaram por aquelas terras por um problema peculiar, homens peixes invadiam as terras!

E lá eles encontraram o Ar molhado! Não, não é uma lenda, aconteceu mesmo!

Mas o mais importante de tudo, Abgail conseguiu seu chapéu xadrez no fim de tudo!
Dindo
Imagem
Ar molhado é uma coisa incrível, né rapaz? A gente pode conversar com os peixes. Eu não sou da costa, mas tenho muitos parentes por lá e sei de algumas boas. Eu soube de outra, mais a oeste onde um navio sofreu um náufrago devido ao ataque de um dragão branco. Eles chegaram à costa de Samburdia nisso aí.
Khaled
Imagem
Um dia quero poder conhecer o ar molhado!

Mas, até hoje fico pensando, por que Abgail queria um chapéu xadrez? Hahaha

É engraçado pensar nessas coisas, elas não fazem sentido, mas são o que se torna mais importante nas histórias hahahaha

Vamos, vamos tocar algo, puxe uma música da sua região que lhe acompanho!
Ele ri e começa a cantar:
Dindo
Imagem
Você pode procurar à vontade
Pode beber toda a bebida da cidade

Mas a cerveja da minha terra natal
Você nunca vai achar outra igual
Mas a cerveja da minha terra natal
Você nunca vai achar outra igual

Suas cervejas especiais podem tomar
Jarros delas vocês podem virar
Mas se é a dos corajosos e leais que você deseja
A do Dragão Verde é a sua cerveja!
Khaled ri e acompanha

Em outra ocasião, o bardo puxa assunto com o homem que carrega revólveres:
Khaled
Imagem
Bela manhã! Sabe, nunca havia visto armas como as suas, posso vê-las?
O homem lia um livreto pequeno que cabia num bolso. Ao notar a presença do bardo, ergueu uma sobrancelha e ajeitou o chapéu de vaqueiro com um dedo.
Dan Max
Imagem
Hm... não.
Khaled olha com um sorriso quase sem jeito.
Khaled
Imagem
Entendo, elas parecem mágicas! E, nunca tinha visto uma que pudesse ter várias balas, acho que só em histórias!
Você é de Smokestone Dan Max?
O homem fechou o livro depois de suspirar.
Dan Max
Imagem
São pistolas arcanas, muito perceptivo, Khaled. E não, não sou de Smokestone. Eu venho de terras distantes, para além de Arton.
O bardo olha com brilho peculiar
Khaled
Imagem
Além de Arton?
Você diz, no éter? Mundo dos deuses? Hum.... Olhando bem, você é um Sklirine?
Khaled tem uma vaga lembrança de alguém de fisionomia semelhante, não sabia ao certo, talvez em meio a dunas de areias brilhantes...

O bardo olha animado

O bardo olha com brilho peculiar
Khaled
Imagem
Eh, poderia ver uma vez um dos seus tiros? Nossa, que oportunidade! Posso colocar seu nome nós contos como "Dan Max, o incrível pistoleiro arcano"?
O homem balança a cabeça e ergue um dedo para frente dos lábios.
Dan Max
Imagem
Não sei se faria sucesso nas tavernas. Prefiro ficar na maciota.
E piscou um olho para o bardo.

Havia quem não gostava de se expor, khaled estava acostumado e usava de outros nomes
Khaled
Imagem
Certo hahaha não citarei seu nome!
Mas, pode me mostrar um tiro? Por favor!
Ri como uma criança sapeca

O homem perde o sorriso do rosto e o encara severo.
Dan Max
Imagem
A magia não é brincadeira, Khaled. A vida não é uma brincadeira. Estamos viajando para uma guerra e todos podemos morrer nela. Não é hora para truques e diversão. Espero que aprenda isso antes que seja tarde.
E voltou a abrir seu livreto.

O homem era sério, pois bem, talvez nunca visse aquele incrível equipamento funcionando.

O bardo deixa o sorriso morrer, algo raro, mas o faz.
Khaled
Imagem
Senhor Dan Max, perdoe-me se lhe incomodo. Sei para onde estamos indo, e sei que a morte é uma realidade. Não costumava escrever tudo o que produzo... Mas, se eu morrer aqui, quero que tudo que tenha sido gerado esteja em registros.
Além de manter os ânimos... Acredito que seja parte de minha função.

Com sua licença...
Dizia se afastando. Talvez tivesse exigido demais do homem. Talvez tivesse exigido demais de John...

Khaled conversava com todos, gostaria de saber tudo o possível, tanto para saber em quem confiar quanto para contar em suas histórias. Após juntar material contundente, se organizou para falar com seus amigos.

John o preocupava. Não gostava de ve-lo assim....

Pois então foi ter com ele, conversou, mas foi em vão... Algo ali não estava certo



Algum tempo depois Zidane veio ao seu encontro e perguntou de informações sobre Vistania
Khaled
Imagem
Zidane, tudo bem? Andei falando com todos, e a maioria parece confiável, exceto dois.
Eric, ele não tem escrúpulos, poderia muito bem trair todos aqui por dinheiro ou apenas para se ver em melhor posição.
E Bron. Ele é mais burro que uma porta, poderia facilmente ser enganado por uma criança e causar confusão...

Quanto a Vistania, é uma maga aventureira, discípula de Savas.

Savas é um mago importante da Corte de Bielefeld

Ela nasceu em Damodar, um feudo ao sul de Roschfallen, seus pais eram mercadores. Ela é filha do meio. Estudou num templo de Tanna-Toh onde foi "descoberta" por Savas por se destacar como uma grande maga. Após um incidente nebuloso em Portsmouth, Vistania ganhou uma cicatriz no rosto e passou a estudar magias mais bélicas.

Parece confiável
Zidane continua na conexão mental
Zidane
Imagem
Certo, não anuncie isso, vou comparar o que ela disser.
Podemos conversar assim mais tempo, ou em Sar Allan se preferir.
Khaled olha nos olhos de Zidane que ouve sua voz sem que os lábios se movam
Khaled
Imagem
O que preferir, posso manter a conexão por um bom tempo, e a mais ou menos 30 passos de distância
Então continua com a conexão mental
Khaled
Imagem
Sabe, falei com John... Não sei, estou preocupado.... Ele estava assim antes? Ou foi apenas o problema com Eleonora?

Mentalmente
Zidane
Imagem
Minha opinião, ja que não leio mentes.
Após sua morte, John se mostrou forte, não desistiu e preparou o povo para enfrentar Norla.
Caímos numa armadilha, todos incluindo a mulher que ele teve um caso foram carbonizados.
Isso era em Gorsengred.

Em Krast, seu lar, houve outra emboscada, o povo morreu, e ele se viu no peso de liderar denovo.

O problema era que liderava um Paladino, um Agente da Coroa, Um lunático Qareen - sem ofensa - e nenhum deles seguia o comando.

O que John mandava eram apenas sugestões, e no fim cada um fez o que quis.

Depois dentro daquele grupo houve uma fratura, religiosa, o Paladino e o Agente estavam prestes a se degladiar perante Dee. Nesse mesmo momento Mary me avisou por magia que voce estava vivo.

Houve a primeira prisão, Jaennis e em seguida os eventos dos proximos meses.

Então por final isso com a Eleonora, novamente por mais que apontassemos o Cavaleiro como Lider, faziamos o que queriamos.

Sinceramente não sei quando ele quebrou, de verdade.
Khaled ouve atentamente. Que confusão...
Khaled
Imagem
Nossa, que bagunça...
Fico triste pelo povo de Grosgred... Lembro da moça, formavam um belo casal...
É, acho que ele passou por muitas coisas... Deve estar cansado mesmo...
E, quem eram essas pessoas? Paladino, qaaren e tal?
Zidane
Imagem
Hoenheim Miteralguma coisa Humano Paladino de Valkaria , Konrad Vão alguma coisa, Agente de Yuden Lefou Leal a Deheon, e Jihad Escarlate, Mestre dos Desejos.
Khaled prestava atenção
Khaled
Imagem
Hum, interessante....
E então voltava ao assunto
Khaled
Imagem
Bom, talvez John precise de tempo, não sei.... E você, me conta um pouco do que lhe ocorreu esse tempo todo?
Mentalmente
Zidane
Imagem
Em resumo: Eu fui para uma jornada, abandonei minha fé, fui chamado por Allieny para investigar a possivel traição do irmão do John à Coroa de Deheon - o que nao foi o caso - Na presença de Dee tive um momento de pura loucura.
Quase morri denovo, e por palavras John ficou de pé ate o final na batalha.

Tentei dar conforto à familia de Jaennis depois de ter ouvido a historia dela. Falhei em minha busca e acabei preso - por um dia - Usei a tatica Furacão na Prisão.

Devo ter emputecido Puristas e causado a execução de alguns guardas.

Fiquei em baixa evidência depois, e aqui estamos.
Khaled
Imagem
Nossa, que coisa... Pera, Dee? Sumo sacerdote de nimb? Caramba! Mas, como assim? Dizem que não se sabe o que esperar dele, existem muitas histórias aleatórias.

E abandonou o panteão? Abandonou os deuses ou escolheu os seus?

Mas, fico feliz que esteja bem, e conosco novamente.
Em Sar-Allan
Zidane
Imagem
Nenhum Deus, e Khaled... cuidado, não morra na nossa frente... De novo.
Era uma premonição sombria.

O bardo sorri. John perdera a fé em si, e Zidane perdera a fé nos deuses... Muitas coisas aconteceram...

Então khaled responde também em Sar-Allan
Khaled
Imagem
Não morrerei amigo, e quero brindar com vocês ao fim dessa guerra!
Dizia tocando uma melodia e olhando aos céus....

....

Khaled se junta a Ladon um dia numa pausa para o almoço, deveria informar todos, e gostaria de ser discreto.
Khaled
Imagem
Ladon, acho que nunca te perguntei, fala algo além do Valkar?
Ladon ouve a pergunta de Khaled após alimentar os Trobos.
Imagem

Falo Goblinoide e Anão, Khaled.
Ladon unca tinha parado para conversar com o Qareen, então não se importou com a pergunta repetina.

Khaled olhou, sempre achava Ladon rústico, mas isso sempre passou a impressão de sinceridade, o que era bom aos olhos do bardo.
Khaled
Imagem
Interessante, bom...
Dedilhou algo em seu instrumento e Ladon pode ouvir a voz do bardo em sua mente
Khaled
Imagem
Andei falando com todos os aventureiros recém agrupados, e senti que apenas devemos cuidar de dois, Eric que é inescrupuloso, um mercenário do tipo comum, preferindo dinheiro ou alguma forma de recompensa para si do que outra coisa, e Bron, ele é muito tapado. A ponto de poder ser enganado por uma criança.
Achei que era bom saber
O bardo sorri. Por mais que tenha passado bastante tempo junto ao grandalhão, não haviam conversado muito. Mas agora Khaled voltava mais a si

Ladon acena e fala mentalmente.
Imagem

Venthuir também não é muito confiável, estava do lado de um mercenário que perseguiu os Vingadores de Arton.
Khaled acenou com a cabeça assentindo
Khaled
Imagem
Certo, verdade, ouvi que ele serviu como mercenário a magos malignos também.
A conversa ali morreu, tão repentina quanto iniciou.

...


Surgiu algumas tensões durante a viagem, mas tudo se resolverá.

Khaled imaginou que ficariam todos juntos, mas cada um foi ter com suas prioridades e afetos natos.

Khaled andava analisando tudo dentro de sua área de conhecimento, e sempre conferindo as energias místicas da região. Depois de Astos, não perdeu o costume.

Porém, a diante, uma figura singular os chamou, era nada menos que sir Alenn Toren Grennfeld, mas antes que se apresentasse, foi pedido que entrassem na tenda, e assim o fez.
Khaled
Imagem
Sim. Senhor
Disse adentrando a tenda.
E assim que tivesse a oportunidade apresentaria o grupo.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13711
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Guerra Artoniana: Parte 2 - Os Campos de Roschfallen

Mensagem por Lord Seph » 20 Mai 2020, 09:54

A viagem foi longa, Ladon preferia falar o menos possível.

Deixou Khaled e os demais conversarem entre si e avançavam a marcha dos Trobos.

A caça era satisfatória, mas as manchas da guerra já se montava durante a paisagem.

Khaled lhe alertou sobre membros divergentes naquele grupo, deixando o Lefou em alerta.

Imagem

Bela encrenca que arrumamos depois de Malpetrim, Riot.
Ladon fala tentando manter uma conversa formal.

O jovem bebia um odre de vinho e oferece a Ladon.
Riot
Imagem
Nem me fala. Uma guerra não é algo que eu estava preparado. Mas, sinceramente, faz todo sentido.
Ladon aceita a bebida, mas toma apenas um gole. O Lefou ainda se lembrava da bebedeira no acampamento Minotauro.

Imagem

Sim, mas não devemos nos render a isso.

Khaled me falou que alguns dos novos "companheiros" de armas não são de confiança.
Ladon fala baixo para não chamar muita atenção, e após ficar claro que ninguém mais ouvia volta a falar.

Imagem

De acordo com Khaled Bror e Eric não são de confiança.

Um é manipulável facilmente e Eric um mercenário sem escrúpulos.

E tem Venthuir, eu lutei contra ele e tenho certeza que havia o matado à dois anos atrás quando ele trabalhava para Zynkas.

Não sei como ele voltou, mas se retornou reformado isso seria bom para nós.

Queria que você ajudasse a vigiar eles se não for muito problema.
Ladon termina de falar devolvendo o odre.

Riot acaba com a bebida num longo gole.
Riot
Imagem
Eu conheço Eric. Estava do meu lado quando precisei. Mas sim, ele é meio ... difícil de lidar. Tudo bem, vou olhar essas pessoas. Eu não gosto também do Bartron, o cara de tapa olho fortão. Dizem que em Malpetrim aleijou uma pessoa só por ter perdido num jogo de cartas.
Ladon acena positivamente, lembrava dele querendo lutar com Jihad.

Deixou o dia virar e voltou para seus afazeres.

John parecia mais taciturno a cada dia de viagem, então evitou conversar com ele.

Alertou seu grupo sobre Venthuir e Bartron, mas não exigiu qualquer ação ali.

Então finalmente chegavam a capital. Ladon desajava refazer os mantimentos e vender os espólios, mas a chegada do Sumo-Sacerdote de Khalmyr retira qualquer chance de agir por conta própria.
Imagem

Certo.
Ladon se resume a falar, dava para reconhecer que o homem era um guerreiro experiente o bastante para ver algo naquele grupo.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Responder

Voltar para “O Mundo de Arton T20”