Lica Metal, a caçadora de aço

Artigos de Marcela Alban

Lica Metal, a caçadora de aço

Por Em Crônicas do RPG Comentários Lica Metal, a caçadora de aço 2
Vida. Uma palavra frágil demais para algo tão importante. Prefiro “existência”. A minha começou num sopro, assim como a vida se vai.  Uma peça de carruagem velha, um moinho desativado há anos, uma ferradura, pedaços de uma construção desmoronada. Foi daí que vim. Construída a marteladas, desmonte, remonte, fogo, derrete, endurece, furada, encaixada.  ― Que […]

Overdose de cura e a grande piada do destino

Por Em Crônicas do RPG Comentários Overdose de cura e a grande piada do destino 5
Olá, aventureiros! Espero que não tenha precisado de muita poção de cura por esses tempos. Sabem, hoje a crônica não é sobre uma personagem minha, mas a de uma amiga que deu muito azar com as poções de cura. Muito.  Infelizmente eu não estava nessa campanha, mas a loucura foi tanta que passei horas ouvindo […]

Minha primeira personagem: Donzela indefesa? Aqui não!

Por Em Crônicas do RPG Comentários Minha primeira personagem: Donzela indefesa? Aqui não! 4
Olá, aventureiro! Pronto para conhecer mais uma personagem minha? Espero que esteja jogando muito RPG e criando histórias fantásticas nestes tempos sombrios. Se você está precisando de um incentivo ou inspiração para se aventurar, aconselho que leia alguns artigos aqui do blog sobre o assunto. Tem muita informação legal que pode enriquecer demais seus conhecimentos […]

Armas apelonas e lembranças de um funk antigo

Por Em Crônicas do RPG Comentários Armas apelonas e lembranças de um funk antigo 3
Primeiramente me digam: Vocês já ouviram sobre a lenda do mestre bondoso? Aquele mestre que é tão gente boa que você apenas espera que um monstro ND 100000 aparece a qualquer momento de tão perfeito que está indo tudo? Pois bem, eu tive um mestre assim. As maravilhas do mestre bondoso Ele dava armas muito […]

Elessa, a amaldiçoada paladina de Thyatis

Por Em Crônicas do RPG Comentários Elessa, a amaldiçoada paladina de Thyatis 2
A história que irei contar hoje é cheia de terror, mistério e… mortos-vivos. Tudo começou quando decidi que não iria jogar de ranger ou druida. Sairia da minha zona de conforto e pegaria uma classe mais “agressiva” em batalha, trocaria o arco por uma espada e teria que levar penalidade em locomoção por usar armadura. […]
Páginas1