Tópico Desativado

Dthanatus
Mensagens: 877
Registrado em: 02 Fev 2014, 20:37

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Dthanatus » 22 Dez 2014, 14:08

Com toda certeza, uma boa luta é sempre bom, agora vamos homem, conte como foi.

Avatar do usuário
Necross
Mensagens: 1566
Registrado em: 13 Dez 2013, 17:40

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Necross » 22 Dez 2014, 19:17

Kolandoriel, que estava calado o tempo todo tentando evitar que fossem reconhecidos, viu que o esforço foi inútil.

Falando com Gilian o mais baixo, sendo que só os dois pudessem ouvir:

Você não acha estranho a notícia ter chegado tão rápido assim? Será que estamos sendo seguidos por algum szzassita? Ou algum da casa dos minos?
Conheçam Dynx, o Paladino da Esperança!
E Perninhas, sua fiel amiga e escudeira!
Paladino(de Nimb) 5/Ladino 2/Ginete de Namalkah 5
Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2020
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por RoenMidnight » 23 Dez 2014, 20:29

Hoen prestava a atenção no que seus amigos diziam... seus olhos faziam falta naquele momento pois desejava poder analisar a reação de cada um que estava ali presente. Era estranho a informação ter chego tão rápido assim naquele lugar, afinal haviam saido logo no momento que a luta haveria terminado, talvez tivesse calculado mal o tempo que uma noticia se espalha entretanto a suspeita estava em seu coração...

-Valkaria, como amo a forma com que você age... - disse em meio a um suspiro.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Galahad
Mensagens: 1919
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Galahad » 05 Jan 2015, 12:03

Gillian

A suspeita de Kolandoriel era bem válida, não tinham se passado tanto tempo assim desde que saíram da propriedade dos minotauros, ainda que eles fossem nobres, era estranho aquilo já ter virado notícias. Será que fora obra dos szzassitas, devido ao grupo ter atrapalhado dos planos deles ?

-Eu não sei, Kolandoriel, mas é uma suspeita que devemos manter em mente, ficaremos aqui na cidade apenas o necessário, depois partiremos para nosso destino. Espero que isso só tenha se espalhado rápido por eles terem sido nobres. .

--------------------------------------------------------------
MAGIAS:
0º (CD 15) - Intuir Direção, Luz, Purificar Alimentos, Resistência.
1º (CD 16) - Arma Mágica x1, Curar Ferimentos Leves x1 , Escudo da fé x1
2º (CD 17) - Curar Ferimentos Moderados x1, Força de Touro x2, Restauração Menor x1.
3º (CD 18) - Curar Ferimentos Graves x1 , Roupa Encantada x1, Soco de Arsenal x 1

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5204
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por John Lessard » 08 Jan 2015, 18:27

Parte 2
Convocação Élfica


As pessoas na taverna olhava o grupo com atenção, esperando uma história empolgante, até mesmo as garçonetes e o dono da estalagem.

O grupo por sua vez parecia um pouco acuado e alguns nutriam alguma desconfiança daquilo tudo. Naquele instante a porta se abre e por ela entra um anão e um rapaz alto e magro. Usa uma túnica azul muito surrada e tem os cabelos negros bem aparados.

- Tudo bem anão eu já entendi – ele então olha para todos – pois bem, onde está o moribundo?
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Galahad
Mensagens: 1919
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Galahad » 10 Jan 2015, 14:08

Gillian

-Bem, como podem notar pela nossa história e pela condição do nosso amigo, nossa situação não é lá muito boa. suspirava, aquilo com certeza não era o que esperava quando entrará naquela jornada: participar da destruição de uma casa nobre, ainda que por uma boa causa. Pelo visto, não demoraria para serem caçados pelas autoridades. -E não se preocupem, ficaremos apenas o tempo mínimo em vossa cidade, não queremos trazer problemas para vocês, possivelmente ficaremos apenas por algumas horas para descansamos da viagem e cuidar da saúde do nosso amigo, e falando nisso.

Gillian via o clérigo sendo trazido para a estalagem, o que era um certo alívio, pois assim não precisariam sair a rua, o que poderia chamar mais atenção para o grupo. O meio-elfo se desculpava e ia até clérigo recém-chegado, e dizia para ele.

-Por aqui, o nosso amigo paladino perdeu a visão no combate contra um conjurador maligno, e não nenhum de nós têm a capacidade de restaurar a visão dele. Há alguma coisa que você possa fazer por ele? Se for preciso, temos algum recurso conosco, podemos pegar pela ajuda.

O meio-elfo aguardava a resposta do clérigo, se ele pedisse uma remuneração, pegaria de seus recursos o valor a ser pago, se a remuneração fosse numa missão teria que decidir com o grupo o que fariam. Caso não houvesse mais nada, pediria um pouco mais de cerveja e aguardar para saber se os outros desejariam partir ou não.

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5204
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por John Lessard » 17 Jan 2015, 10:06

Parte 2
Convocação Élfica


O clérigo caminha alguns passos curtos.

- Vamos minha gente, o que há? Algum corte? Talvez uns ossos quebrados, neste caso não podem fazer muita coisa, mas aliviarei a dor – neste momento Gillian começa a falar.

Os olhos do homem ficam com os olhos arregalados.

- Cego?! Oh não, isso não é bom... – ele se aproxima de Hoen e com uma das mãos aperta suas bochechas de leve analisando – Hum, sem dúvidas... Não posso fazer nada, está além das minhas capacidades, sinto muito, digamos que não sou um grande clérigo, poderia fechar alguns cortes e aliviar a dor de um osso quebrado, o único que talvez pudesse fazer alguma coisa seria meu mentor, mas ele não está mais conosco, que Khalmyr o tenha – algum no fundo resmungou Hedryl – Então, o único agora que possa fazer alguma coisa é o clérigo de Tauron que aqui reside junto com alguns legionários... – neste momento alguém bate forte na porta.

- Abram em nome de Tauron! Aurus deseja ver o grupo de aventureiros!

Eles continuavam a bater quando Rutherford desceu num salto até o chão.

- O que vão fazer? Querem este encontro ou preferem fugir com minha ajuda pelos fundos?
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Necross
Mensagens: 1566
Registrado em: 13 Dez 2013, 17:40

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Necross » 17 Jan 2015, 16:19

Neste momento Kolandoreil comenta com o restante do grupo

Acho melhor resolvermos logo isso. Quem sabe esse Aurus possa nos ajudar até.
Senão resolvermos logo, fugiremos para sempre.
Conheçam Dynx, o Paladino da Esperança!
E Perninhas, sua fiel amiga e escudeira!
Paladino(de Nimb) 5/Ladino 2/Ginete de Namalkah 5
Imagem

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1784
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Toyoda » 17 Jan 2015, 18:25

Loriendriel apenas olhando as faces e suas expressões.

Continuava sorrindo com o clássico ar avoado e alcoolizado. Via o rumo das conversas, sempre achara que Gilian tinha muita aptidão para se comunicar. A muito tempo forrá assim, mas agora o mais importante era aproveitar a vida, beber, comer, lutar e aproveitar de belas donzelas quando possível.
Sua seriedade poderia ser questionada quase o tempo todo, mas no fundo ele sabia que seus desejos reais não era aquilo que dizia ou fazia. Talvez esses lampejos que lhe trazia a confiança aos outros, não sabia, só sabia que estava la naquele momento, e assim, iria ter que fazer algo.

A principio ficou preocupado quando ouviu o pobre clérigo, como seria triste não ter poder para se fazer algo que se acha ser seu rumo. Ele compreendia isso, já achara a muitos anos que sabia o que era seu rumo, mas estava errado, e assim tomara muitos rumos desde então, e por desejo dos deuses ali estava.

Quando ouviu sobre o clérigo de Tauron, e os chifrudos começaram a bater-lhes a porta, ia se pronunciar, mas Kola fora mais rápido, assim, olhando em seus olhos abre lentamente a boca:

-Oras *hic*, lá vem o imperativo de novo... Mas dessa vez, concordo com você! huahuahuahua *hic* haha Vamos falar com os bovinos! Vamos ver se são tão bons anfitriões quanto os outros, e assim poderiam nos dar uma boa noite de sono com um pouco de vinho *hic* e alguma bela dama para conversar...

Assim ergue-se bruscamente se apoiando na cadeira para não cair para o lado:

-Vamos barbudo! Abra logo essa porta *hic* Ou eu mesmo irei! *hic* hahaha *hic*

E assim se perde em algum devaneio do passado ou do futuro...
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Galahad
Mensagens: 1919
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Re: A Vingança Élfica - Tópico de Jogo

Mensagem por Galahad » 17 Jan 2015, 19:56

Gillian

Gillian ficava decepcionado com o fato que o clérigo não poderia ajudar e Hoen, mas não demonstrava irritação pelo fato, mantinha uma expressão amigável, e dizia para o clérigo de forma educada.

- De qualquer forma, agradecemos sua ajuda, meu caro, iremos encontrar outra forma de o curar.

E então batia eram escutadas na porta, alguém do outro lado, talvez o tal clérigo de Tauron citado ainda pouco, pedia para abrirem as portas. Gillian escutava a pergunta de Rutherford, assim como o posicionamento de seus colegas, e embora o elfo quisesse sair dali, sabia que não poderia, pois aquilo só complicaria as coisas, não só para o grupo , como também para as pessoas da estalagem.

-Eu gostaria de fugir, meu amigo, mas com aventureiros, especialmente servos de deuses, o que queremos e o que devemos fazer são coisas diferentes.Vá, fuja se precisar, mas meus amigos estão certos, nós temos que ficar e acertar essa situação.

E assim Gillian ficava junto de seus amigos, esperando a entrada dos minotauros, e se Loras ainda estivesse ali, sugeriria para que ele fugisse pelos fundos se achasse melhor, não poderia pedir para o elfo arriscar a recém conquistada liberdade.

Responder

Voltar para “A Vingança Élfica”