Dead End

Avatar do usuário
Inoue91
Mensagens: 620
Registrado em: 08 Jan 2014, 02:38

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por Inoue91 » 09 Mar 2014, 21:23

*Kenji viu o porrete de Richard ser destruído pela magia da jovem, realmente ela tinha potencial, talvez Kenji tivesse julgado ela de maneira equivocada e agora sabia que mesmo sendo uma garota saberia se virar, mas não gostou quando Richard desferiu um soco na cara da mesma.

"Não precisava dar um soco na cara dela, isso é algo que não se faz com uma mulher, ainda mais uma criança, ele conseguiria imobilizar ela sem ter que feri-la".

*Kenji conseguiu chegar até o suposto mendigo mas ele era rápido conseguiu defender seu golpe e aproveitando a confusão que estava acontecendo conseguiu fugir, enquanto segura seu manto sujo falou enquanto pensava.

"Será que só eu vi este meio-orc com um punhal"

--Sério mesmo que só eu vi o que aconteceu aqui, houve uma tentativa de assassinato.

*Visto que a confusão estava armada, Kenji tentava acalmar ambos os lados.

--Calma pessoal, algo muito maior aconteceu aqui, um meio-orc tentou assassinar esta jovem consegui impedi-lo de atacar com um punhal, mas devido está confusão toda ele conseguiu fugir, tudo o que consegui dele foi este manto sujo

Avatar do usuário
Necross
Mensagens: 1566
Registrado em: 13 Dez 2013, 17:40

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por Necross » 09 Mar 2014, 21:42

CAOS!!!!!!!
Samahsa ria histericamente
CAOS!!!! Quem tocar na fogosa leva bordoada na cabeça!!!!!!!!!
EU QUERO CAOS!!!!!!!!!

Estou com a maça empunhada.
Conheçam Dynx, o Paladino da Esperança!
E Perninhas, sua fiel amiga e escudeira!
Paladino(de Nimb) 5/Ladino 2/Ginete de Namalkah 5
Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por John Lessard » 09 Mar 2014, 22:02

Axl olhava toda a cena que se desenrolava, um tanto admirado. Uma espécie de monge chutou alguém mais atrás, a garota mostrou que não era apenas uma mendiga faminta e agora uma moça gritava pelo caos.

O Sulfure respirou fundo, quando o miliciano socou o rosto da garota.

Então era assim? O homem bate em mulher, uma por sinal menor e mais fraca fisicamente. Tudo aquilo o entediava, queria o serviço logo, queria o dinheiro logo, queria se livrar daquela gente logo.

Olhou para o homem que agora agarrava a menina.

- Como ira proceder hein? Estou cansado de esperar, quero fazer este serviço de uma vez – ele cruza os braços – vai resolver ou vai ficar socando garotas no meio da rua? – Axl não sabia qual seria a reação do homem, por isso completa – Ah, e nem pense em tentar me socar também.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Maggot
Mensagens: 2135
Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por Maggot » 10 Mar 2014, 09:16

Adrien viu que seus esforços haviam sido inúteis, até o homem bater na cara da garota. Isso ele não iria permitir. Adrien iria tentar soltar a garota, e iria falar com o tal miliciano, sua vo completamente séria, sem o sorriso no rosto. Eram naquelas horas que Adrien, o garoto morria, e Adrien, paladino de Khalmyr, surgia.

- Isso foi completamente desnecessário. Renda-se agora e deixarei você sair sem uma surra. Eu estou te aliviando de seu cargo, em nome da nobreza de Valkaria, da família Elroc e dos deus da Justiça Khalmyr. Entregue-se agora, senhor. Isso é uma ordem.

Ele dizia com a voz séria. E vendo que outros aventureiros se juntavam a cena, ele se virava para a garota.

- E você, aprenda a se controlar.- E então sorria, voltando ao seu eu normal.- Eu posso não estar aqui na próxima vez para te salvar e impedir um desastre maior.

OFF: Creio que um modificador +4 de Força e um bônus de +8 em Diplomacia sirvam pra acalmar os ânimos ;D
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen

Avatar do usuário
Lannister
Mensagens: 1163
Registrado em: 14 Dez 2013, 15:35

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por Lannister » 11 Mar 2014, 22:19

Foi tão rápido que os olhos de Kassandra não puderam prever, o soco foi direto, pesado, raivoso, seu corpo tombou para trás, seu sangue ferveu, as chamas começaram a tomar seu corpo a medida que sua raiva aumentava.-Eu vou-Não deu tempo, seu braço estava agarrado, sentia o sangue escorrer pelo seu rosto, não conseguia ouvir mais ninguém -Agressão?Contra o seu pedaço de madeira? Você não viu nada.[Tento um teste de Vontade usando a Diplomacia do paladino como prestar ajuda pra tentar controlar meus poderes e focar numa magia]-GOSTA DE VIOLENTAR CRIANÇAS COVARDE?QUER BATER EM MIM NOVAMENTE?-Suas lágrimas pareciam brasas, ela sempre acabava ,machucada, e sempre acabava machucando as pessoas, era a sua natureza. –QUER ME SOCAR NOVAMENTE?-Seu corpo foi envolto em chamas!!![Armadura Arcana com o descritor Fogo]-SEU COVARDE ME BATA NOVAMENTE!!!!!COVARDEEEEE!!!!!!-Kassandra berrava e chorava.
Imagem

Dthanatus
Mensagens: 877
Registrado em: 02 Fev 2014, 20:37

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por Dthanatus » 12 Mar 2014, 21:04

Em meio a multidão que se afastava, aproximavam-se sob marcha um grupo de 4 milicianos, vieram investigar o motivo da confusão, esperavam chegar a tempo de evitar mais confusão e uma possível luta entre "um bando e o Sargento Richard" como haviam sido informado por um dos que ali se aglomerava pra uma prematuramente morta caça aos ratos. Vinham em marcha esperançosos de evitar um mal maior.

Axl provocava o Sargento Richard com suas palavras, os olhos do homem em fúria.

-- Seu mestiço imundo! Você vai amargar essa sua bravata ridícula depois que eu o fizer engolir os seus dentes.

Richard era um homem vigoroso apesar da idade, mesmo coxo e segurando firmemente o braço de Kassandra, avançou e por muito pouco não atingi em cheio o rosto do sulfure, que já prevendo uma agressão posicionara-se em equilíbrio sobre a perna esquerda, uma esquiva fácil.

Os milicianos estavam próximos e quando em plenos pulmões tentaram exclamar uma ordem para cessar a violência, apenas a voz carrega de um ódio palpavam de Kassandra pode ser ouvi, seguida de palavras de conjuração.

Foram as ultimas palavras antes dos gritos de horror e desespero.

O feitiço da jovem Kassanda se descontrolará, as chamas explodiram violentas, Kenji, Axl, Adrien Samasha, Richard, os milicianos, as pessoas que ali estavam, todos foram engolfadas em chamas escarlates furiosas, a ultima coisas que permaneceram em suas mentes antes do doce beijo da inconsciência foram o riso histérico de Kassandra, os gritos desesperados de Richard, e uma imagem nublada de um figura vagamente humanóide feita de fogo e sombra caminhando.



FIM DO PRIMEIRO ATO

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5197
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Preludio - ATO 1

Mensagem por John Lessard » 13 Mar 2014, 09:56

O sulfure havia conseguido o efeito desejado, conseguira provocar o maldito miliciano. O homem num acesso de fúria tentou soca-lo, porém ele desviou com facilidade, mantendo um sorriso de deboche no rosto.

"Patético".

Neste instantes tudo aconteceu muito rápido. Chamas surgiram engolfando tudo e todos, numa explosão violenta e escarlate. Axl bateu com força no chão, o cheiro de carne queimada junto com o aroma da fumaça enchia suas narinas. Rolou de bruços, com o sons de uma risada insana e os gritos de agonia. Vislumbrou uma sombra andando em meio as chamas, solitária.

"Mas o que..."

A vista já embaçada, ficou totalmente escura. Os sons desaparecerão. Em instantes sucumbiu a inconsciência.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Responder

Voltar para “Heróis de Guerra”