Capitulo 1 - Vingança

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2019
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por RoenMidnight » 17 Dez 2017, 20:21

Uma última conversa no Cemitério

Yagumo se mostrava abalada com a revelação. Aquilo, apesar dela trabalhar no cemitério, era algo que fugia do comum e incutia medo em seu coração. Rhaysa ainda necessitava uma respostas para onde ficava o túmulo do próprio Daymio.
Rhaysa
Imagem
Você não precisa ir, senhora Yagumo. Só aponte a direção e eu vou lá.
Ela então ouviu a resposta de Rhaysa, respirou fundo tentando se recompor e disse.
Yagumo
Imagem
O Túmulo dele esta na parte sul do lago, perto de uma queda d'água. Acredito que não tenha dificuldades em encontrar.
Lomri por sua vez chegava a conclusões que ninguém antes parecia ter prestado a atenção, levantava uma questão interessante.
Lomri
Imagem
Sabe algo sobre o filho dele?
Nome, paradeiro, alguma coisa?


Yagumo pareceu confusa, aquela era uma informação que aparentemente era completamente nova para ela. Isto já se lia por sua expressão antes mesmo que ela respondesse.
Yagumo
Imagem
Filho? Do que você ta falando? Nunca soube que o Daymio teve um filho, meu pai nunca chegou a me falar sobre isto.

Uma última busca

O pequeno servo levou um certo tempo até terminar de juntar todos os pedaços do fragmentado crânio da Shivar. Lianna notou que ele ia pegando pedaço por pedaço rapidinho, um momento ou outro deixava algum cair algum dos que já tinha pego mas os pegava novamente.
Ori
Imagem
. . .

O trabalho de consertar o crânio demorou um tempo, precisou utilizar uma boa quantidade de vezes sua magia até que todos os pedaços ficassem juntos da maneira que desejava e fizesse algum sentido. Quando chamou o seu servo, este piscou duas vezes para ela antes de pegar o crânio em suas mãozinhas.

Ambos seguiram para a estalagem e então a cena que viu a deixou um tanto confusa. Encarou a garçonete do local que a encarava de volta.
Garçonete
Imagem
?
Lianna
Imagem
!!
Imagem

A mulher piscou duas vezes enquanto se encaravam e voltou a varrer o local, já juntava em um montinho até que expressivo dos restos do corpo da Shivar. Ao seu lado Ori ficava ali, piscando os olhos para Lianna, esperando ela falar qualquer coisa.

Uma última ida no mercadinho

Enquanto Laura andava pelo o lugar, Esteban a observava a distância sorridente. Não ligava dela pegar as coisas que ela pegava, deu uma olhadinha para o atendente e fez um sinal com os dois dedos indicadores e girando-os no ar. Como se falasse que iria resolver com o homem depois.

Este apenas olhava com cara de quem chupou limão e que ta doente do pé, mas mantinha não se falando nada, apenas mantinha os olhos na menina. Estreitou os olhos.

Quando pegou um dos informativos pode ler no alto algo como “Gazeta do Reinado”. Haviam algumas fotos além dos textos e era curioso, não conseguia entender a maioria dos assuntos mas pode ver fotos de minotauros alinhados, viu algo estranho sobre um novo exército estar se formando em Yuden.

Algo então a surpreendeu enquanto folheava, pode perder o ar por um momento.

Imagem

Seguiu, pegou o óculos escuros e a ração de viagem, entretanto pode ver que o homem atrás do balcão ainda a observava. Ele olhou então para baixo, para algo abaixo do balcão e logo em seguida para ela.

Esteban então se colocou entre os dois, de dentro das calças tirou uma sacolinha e dela algumas peças de ouro e jogou em cima. Pegou então algo que estava ali próximo e jogou na boca, em seguida veio andando na direção da menina que já saia do lugar.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Andrew Kaninchen
Mensagens: 2893
Registrado em: 10 Dez 2013, 12:58
Localização: Rio de Janeiro - RJ

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Andrew Kaninchen » 17 Dez 2017, 23:47

Lianna
Imagem
!!
Por um momento, Lianna mal consegue se expressar, tamanho estava incrédula do que via. Quando finalmente o faz, se dá apenas por um suspiro em desaponto, seus olhos se fechando e sua mão indo com as pontas dos dedos à testa, como que tivesse enxaquecas.
Lianna
Imagem
...Olha...
...É realmente assim que vocês tratam os corpos dos mortos por aqui?
Tamanho escárnio eu poderia entender de uma miríade de povos, mas para ser sincera, esperava um pouco mais deste.
Lianna
Imagem
Você poderia me chamar a estalageira por um momento, por gentileza?
----------------
OFF: Se a menina parecer que vai rebater de alguma forma mais agressiva ou alongada (algo que vá além de só perguntar o motivo mesmo, ou qualquer outra coisa curtinha), Lianna vai tacar uma olhada sinistra de Geass nela imediatamente. Vontade (CD 20)

Código: Selecionar todos

[quote][b][size=85]Nome_do_Personagem:[/size][/b]
[img]URL_da_Imagem[/img]
Fala.[/quote]

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5716
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Khrjstjano » 18 Dez 2017, 02:45

Laura atravessou a porta. A chuva ainda pingava lá fora, mas dava para ficar em baixo do beiral, na entrada. A pequena recostou-se contra a parede e deixou o corpo escorregar por ela, até sentar-se no chão. Mais à frente, a madeira da entrada estava úmida pelo pingos de chuva, mas não ali. Ela mordeu uma batata ressecada e estendeu o informativo que apanhara antes entre suas pernas.
Laura/Vinte e Três
Imagem
¿Y ahora qué hace mi cara en ese diario?
Imagem
Laura/Vinte e Três
Imagem
Seguro que no es bueno...

"Desaparecida"... Pero, ¿lo que quiere decir "garota"?
Comeu mais algumas batatas, tentando decifrar o que dizia o jornal no resto da matéria.


...


Depois de algum tempo, tendo se cansado daquilo, foi ter com Esteban.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Y tú, ¿dónde vives?
Laura manterá o jornal consigo, como forma de aprender um pouco sobre a língua daquele povo ao longo do tempo.

Depois vai querer dar um rolê na casa do Esteban, ver se rola se abarcar por lá, jajaja.

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1784
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Toyoda » 20 Dez 2017, 05:29

Lomri ouvia a garota pedir direções e a Coveira lhe indicando. Ele poderia muito bem leva-la ate o local. Conhecia a cachoeira, havia passeado por parte do terreno, apesar de não ter reparado nos túmulos em si.
Ele tinha uma necessidade nata de querer ajudar as pessoas. Mas talvez no caso da jovem, no momento, a melhor ajuda seria deixa-la só. Pensando na vida e enfrentando seus próprios demônios. Porem, não pode deixar de perguntar. Fazia parte dele “falar”.
Lomri
Imagem
Rhaysa, sei onde fica a cachoeira, caso queira companhia.
O que acho pouco provável...
Então Yogumo responde seu questionamento:
Yagumo
Imagem
Filho? Do que você ta falando? Nunca soube que o Daymio teve um filho, meu pai nunca chegou a me falar sobre isto.
O que? Como assim? Algo soava estranho... Como o filho do próprio daimio não seria conhecido por seu povo? Por que será que sua presença era pouca na historia de Nobuaki e Yogumo, nativa de lá, não teria conhecimento de tal pessoa? Por que o jovem não herdou o território, como deveria ser dentro das formalidades nobres?

A chuva escorria pelo seus ruivos pelos, tornando-os mais escuros e aglomerados. Seu rosto parecia mais fino sem o volume costumeiro que os pelos faziam, e sua cara de interrogação se tornava distinta:
Lomri
Imagem
Não tem conhecimento senhorita Yogumo? Posso te chamar de senhorita, certo? Ou seria casada? Nesse caso seria senhora. Mas não lhe cai bem senhora, é muito nova para tal. Então vou continuar te chamando de senhorita Yogumo. Certo?

Enfim, não tem conhecimento de mais ninguém da nobreza que veio tomar conta deste territóro?
Talvez a solução seria ir ao templo falar novamente com Nobuaki. Teoricamente ele teria vivido toda aquela história, e seria a melhor opção para contar qualquer detalhe sobre.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2019
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por RoenMidnight » 20 Dez 2017, 21:39

Lianna
Imagem
...Olha...
...É realmente assim que vocês tratam os corpos dos mortos por aqui?
Tamanho escárnio eu poderia entender de uma miríade de povos, mas para ser sincera, esperava um pouco mais deste.
A menina olhou confusa para ela e fez uma expressão um tanto incomodada com a rispidez com que Lianna falava com ela. Não parecia muito feliz de estar recebendo bronca de uma total desconhecida que brotava ali e atrapalhava o seu trabalho.
Garota
Imagem
Perdão, não sei como você espera que eu faça.
A partir do momento que o que apenas restou foi nada mais do que cinzas e poeira aqui, não sei de forma melhor de reunir estas.
E Lianna pode realmente observar que ela tinha uma certa razão, não sobrara mais NADA do corpo da mulher. Até mesmo sua roupa havia se tornado nada mais do que poeira e cinzas. Aquele nível de degradação era algo fora do comum e ao observar o crânio na mão de seu pequeno companheiro parecia a ponto de um sopro o levar também, se sustentando por pouco pela a sua própria magia.
Lianna
Imagem
Você poderia me chamar a estalageira por um momento, por gentileza?
Garota
Imagem
Ora, pois você veja só sua abu...
Imagem
E então a mente da garota ficou entorpecida por um momento e engoliu suas palavras, e não conseguia olhar com maus olhos para a mulher a sua frente. Aliás, por que estava tão puta com ela mesmo?
Garota
Imagem
Me da só um momento que eu já chamo ela.
Ela então deixou a vassoura de lado e adentrou para dentro da taberna em direção a cozinha. Não demorou muito e logo ela vinham juntas.
Kazumi
Imagem
O que você deseja, minha jovem?
.
.
.
----
.
.
.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Y tú, ¿dónde vives?[/b]


Esteban observou a menina a perguntar e ficou um tempo até entender realmente o que ela havia dito, por um momento havia entendido que ela o havia perguntado de onde ele tinha vindo e não onde morava.

Sorriu para ela e disse.

Esteban
Imagem
Bem, você quer realmente conhecer?


Não precisava de resposta, ela já havia dito. Não? A chuva ainda caía lá fora, fina garoa que acabaria molhando por longa exposição do que por força, mas Esteban havia comprado um guarda-sol que as mulheres daquela região geralmente utilizavam em dias muito ensolarados e o utilizava como um guarda-chuva naquele momento.

Foram caminhando, e então Laura pode notar que iam se afastando da praça central onde aparentemente a maioria das casas dos moradores e o comércio se reunia, seguiram mais ao sul, passaram ao lado do Templo Hoizon e começaram a circundar o lago, não foram muito além e Laura pode ver um humilde casebre feito de pau a pique.

Imagem

Ao adentrarem a menina pode notar que era surpreendentemente confortável para um lugar que por fora tinha aquela aparência, haviam três quartos mas o maior parecia exatamente aquele pelo qual a porta da frente dava acesso. Em um lado havia uma cama de palha e um saco de estopa. Nas paredes haviam redes, alguns remos e ao menos dois arpões que pareciam tanto servir como decoração do lugar como o lugar onde ele guardava seu material de trabalho. No fundo havia uma porta que dava a uma cozinha simples com algumas panelas de barro, jarros cheios de água e um estranho alçapão de ferro no chão.
Haviam algumas facas e utensílios que o próprio pescador utilizava para limpar os peixes que pescava e ele mesmo consumia. Laura notou que haviam alguns frutos diversos em uma vasilha.

O comodo que restava parecia um lugar onde o pescador mantinha como um depósito, haviam diversas coisas ali. Indo de instrumentos para o seu trabalho a algumas peças de roupa em cima de uma mesa.

Esteban
Imagem
É aqui que eu vivo. Você gostou?


Disse sorridente, tentava falar devagar para a menina entender.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5716
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Khrjstjano » 21 Dez 2017, 01:06

Imagem

Eles rumaram para a casa do bom pescador, que continuava a zelar pela garotinha perdida. Era um lugar rústico, mas arrumadinho, ao menos por dentro, que era o que realmente importava.

A menina ajeitou seu óculos novo e observou o ambiente.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Así que es donde vives el...
Começou a andar pelos cômodos, passando as mãos sobre os objetos. Havia uma cama simples. Jogou seus óculos no colchão.

Sentou.
Laura/Vinte e Três
Imagem
¡Las cosquillas!
Comentou, ao sentir a palha do colchão pinicar-lhe onde a pele não estava coberta. Ajeitou-se um pouco e então deitou-se, deixando cair seus calçados dos pés e esticando as pernas e os braços. Era relaxante, apesar das cócegas.

Observou Esteban, que andava pela casa mexendo nas coisas, como se faz ao chegar em casa.

Após algum tempo, sentou novamente e pegou o informativo.
Laura/Vinte e Três
Imagem
¿Qué hay en estes papeles sobre mí?

¡No logro entenderlo!
Esteban se aproximou. Sentou ao seu lado.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Mira, ¿lo que dice aquí?
Esteban
Imagem
Hum? Não consegue entender?

Aqui diz que...
Esteban tentava explicar, mas quando falava, a garota entendia ainda menos. A pronúncia daquele povo era mais difícil de entender do que suas próprias palavras.

Conforme iam tentando sem sucesso, ela ficava mais e mais irritada.


Imagem

Esteban fazia o seu melhor tentando ajudá-la. Pensava em como explicar da maneira mais clara e simples. Mantinha em mente que falava com uma criança. Gesticulava muito para ajudá-la a entender.

Ela prestava muita atenção...

Mas era em vão.


Imagem
Esteban
Imagem
Talvez seja melhor você deixar isso pra lá por hora...
Falou, colocando o jornal de lado e tentado consolá-la com um afago.

Mas ela o rejeitou e pegou o informativo novamente.


Imagem
Esteban
Imagem
Olha, o melhor que eu posso te dizer é o que estou entendendo de sua língua. As palavras são parecidas quando blablablá, blablablá...
Ela prestava total atenção a ele. Era muito, muito difícil entender as frases que formava, mas ela fazia um esforço tremendo e, de alguma forma, as dicas que ele lhe dava sobre suas línguas acabaram começando a fazer algum sentido.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Hum.... Ahora empiezo a entender.
Entender o jornal CD 20, bônus -1, total 15 + 3 prestar ajuda de Esteban, total 18.
Gasto ponto de ação. Total 20.

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2019
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por RoenMidnight » 24 Dez 2017, 11:34

Sentada ali ao lado de Esteban a menina parecia querer fazer um esforço para compreender o que estava escrito no informativo. O Pescador Parrudo por sua vez fazia esforço para tentar explicar a ela e conforme ele ia lendo ele ia ficando confuso com o que estava escrito ali, algumas ideias iam surgindo em sua mente.

Tentava deixar aquilo um tanto de lado por um momento, mas talvez por um pouco de medo se ela própria deveria saber o que lá estava escrito, ela entretanto parecia muito insistente em querer saber o que estava escrito ali.

Imagem

Esteban suspirou, olhou um pouco com olhos tristes para a menina e então cedeu.
Esteban
Imagem
Tudo bem, tudo bem...
Demorou um tempo até que ambos conseguissem ler o texto por completo, Esteban aos poucos começava a entender a própria linguá da menina enquanto ela mesma começava a entender melhor a dele durante aquele processo que deve ter durado pelo menos três quartos de hora. No final, ambos compreendiam o texto e a forma com que um e o outro falava, um pouco de seu sotaque e seus maneirismos.

No texto dizia.
Gazeta do Reinado.

Garota Desaparecida
Valkaria, 14xx, 26 de Exinn.

Uma menina de apenas 12 anos desapareceu dentro de sua própria casa, no ultimo Jetag (20º) e segundo a milícia, há uma suspeita que tenha sido raptada. O Caso ocorreu no bairro de Orassac na capital de Valkaria.

Segundo informações da mãe da criança, ela precisou sair para uma entregar pães que tinha sido encomendados e teve que deixar a menina sozinha em casa, por volta das 11h da manhã. Quando retornou, às 15h, não encontrou mais a filha.

De acordo com a mãe, identificada como Jádice Abádia, a filha era acostumada a ficar em casa sozinha por algumas horas, em casos emergenciais, e era orientada a não abrir a porta para ninguém. Além disso, a criança ficava com uma chave reserva.

Em relatos fornecidas por vizinhos, pessoas estranhas apareceram na porta da casa da criança, no horário em que ela ficou sozinha em casa, alguns momentos antes do desaparecimento.

Uma mochila, que pertence à criança desaparecida, foi encontrada em um terreno baldio próximo da Favela dos Goblins. A milícia segue fazendo as investigações sobre o caso e a família da criança faz um apelo para quem souber qualquer informação sobre a menina, entre em contato com a milícia.

por Moreau do Bode
Para Laura aquilo não parecia fazer qualquer sentido, não se lembrava de nada daquilo, a data descrita na notícia era de uma semana atrás, e o jornal era do dia. Nunca estiver em nenhum daqueles lugares descritos na notícia e nem se quer os reconhecia.

Esteban parecia matutar sobre aquilo.
Esteban
Imagem
Hmm...
Daqui para frente ambos ganham +2 nos testes para um compreender a língua do outro. Caso estejam falando entre si este bonus aumenta para +4.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5716
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Khrjstjano » 24 Dez 2017, 17:43

De começo as coisas estavam difíceis. Não só pelas diferenças nas línguas de Esteban e da menina, mas também porque ele se questionava se devia conta a uma criança o que o jornal dizia. No entanto, após muito considerar sobre isto, acabou cedendo.

É difícil dizer não a uma criança em sofrimento.
Esteban
Imagem
Tudo bem, tudo bem...
Começaram a tentar traduzir o texto. Era trabalhoso. A semelhança entre as línguas era grande, mas para uma garota de apenas 12 anos e não particularmente hábil intelectualmente, mesmo as pequenas diferenças lhe davam bastante trabalho. Não tinha carga de conhecimento com a qual trabalhar para entender aquilo, era de fato a primeira vez que tentava algo assim. E a primeira vez que se faz algo raramente é um momento de proeza.

Mesmo assim, as coisas forma se encaixando.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Lo empiezo a entender...

Sin embargo, creo que és mejor tomarle nota.
Pediu a homem algo com o que escrever e começou a rabiscar entre as linhas do jornal. Depois de quase uma hora, tinham tudo traduzido.

Por fim, leu em voz alta.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Gazeta del Reinado...

Chica Desaparecida
Valkaria, 14xx, 26 de Exinn.

Una niña de apenas 12 años desapareció dentro de su propia casa, en el último Jetag (20º) y según la milicia, hay una sospecha de que ha sido secuestrada. El caso ocurrió en el barrio de Orassac en la capital de Valkaria.

Según las informaciones de la madre de la niña, ella necesitó salir para una entrega de panes que se habían sido encargados a ella y tuviera que dejar a la niña sola en casa, alrededor de las 11 de la mañana. Cuando regresó, a las 15h, no se la encontró a la hija.

De acuerdo con la madre, identificada como Yadice Abádia, la hija estaba acostumbrada a quedarse en casa sola por algunas horas, en casos de emergencia, y estaba orientada a no abrir la puerta a nadie. Además, el niña se quedaba con una llave de reserva.

En relatos proporcionados por vecinos, personas extrañas aparecieron en la puerta de la casa de la niña, en el horario que ella se quedó sola en casa, algunos momentos antes de la desaparición.

Una mochila, que pertenece al niña desaparecida, fue encontrada en un terreno baldío cerca de la Favela de los Goblins. La milicia sigue haciendo las investigaciones sobre el caso y la familia de la niña hace un llamamiento para quien lo sepa cualquier información sobre la niña, entre en contacto con la milicia.

Por Moreau del Chivo
Ao fim, ela ficou satisfeita com o trabalho e começou a realmente pensar sobre o que havia escrito. Desde o começo achara tudo muito estranho, mas com a dificuldade de tradução, não conseguia realmente raciocinar sobre aquilo.

Depois de algum tempo, Esteban a interpelou.
Esteban
Imagem
E então, o que achou?
Laura/Vinte e Três
Imagem
Que todo esto son tonterías.

No hay simplemente nada en esto que lo sea verdad, excepto que soy una chica.
Embora fosse apenas uma criança e aquilo a deixasse confusa, algo em seu interior dizia à menina para se proteger. Tinha um instinto de autopreservação apurado e algo ali lhe causava medo, empurrando-a para um posição de defesa.

Fechou os punhos e sentiu suas garras por sob a pele.

Pegou seus óculos e os colocou novamente, tentando tirar aquilo da cabeça. Sentou mais perto de Esteban e o observou. Era alto e forte, inspirava segurança. Se sentia bem com ele. Apesar de tudo, era uma criança e ter alguém que cuidasse dela tinha seu efeito.

Por fim, perguntou.
Laura/Vinte e Três
Imagem
Dime, ¿lo que pasa com aquellos de la tabierna? ¿Y aquella mujer rara de cuátro brazos que se ha deshecho?

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1784
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por Toyoda » 07 Jan 2018, 05:50

Lomri estava ali parado em frente as duas moças. Rhaysa parecia ignora-lo, o que era de se esperar.
Talvez estivesse apenas absorta sobre como seria o caminho ate onde jazia o Daymio.

Yogumo ainda deveria estar um tanto em choque. Não a culpava, não era uma informação agravável saber que mortos se levantam de seus túmulos...

Assim, volta a falar, mesmo sabendo que talvez estivesse valando ao vento:
Lomri
Imagem
Damas, vou me retirar, acho que tenho questões a tratar com o velho Nobuaki.

Gostaria de se juntar a mim no caminho a vila senhorita Yogumo?

Estende o braço úmido em direção ao caminho enquanto dobra levemente o corpo.


......


Independente de ser acompanhado, ele anda até a vila, objetivando o templo. Precisava esclarecer algumas duvidas...
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2019
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Capitulo 1 - Vingança

Mensagem por RoenMidnight » 08 Jan 2018, 22:14

Yagumo foi de confusão a um humor leve com a forma com que o homem-raposa falava, achava engraçado como ele falava muito, rápido e de forma um tanto quanto engraçada.
Lomri
Imagem
Não tem conhecimento senhorita Yogumo? Posso te chamar de senhorita, certo? Ou seria casada? Nesse caso seria senhora. Mas não lhe cai bem senhora, é muito nova para tal. Então vou continuar te chamando de senhorita Yogumo. Certo?

Enfim, não tem conhecimento de mais ninguém da nobreza que veio tomar conta deste territóro?
A mulher afastou o cabelo para trás da orelha e então ficou encarando o Paladino por alguns longos segundos.
Lomri
Imagem
Damas, vou me retirar, acho que tenho questões a tratar com o velho Nobuaki.

Gostaria de se juntar a mim no caminho a vila senhorita Yogumo?
A mulher sorriu de canto de boca e então começou a falar tão rápido quanto o próprio Paladino normalmente fazia e veio respondendo todas as perguntas que ele havia a feito numa talagada só.
Yagumo
Imagem
Senhorita, por favor. Ainda estou na flor da idade. rs.

Veja bem, meu anjo. Tudo isto aconteceu a anos atrás, eu ainda nem era nascida, não sei da maioria das coisas que ocorreram.

Esta história de filho, por exemplo, é novidade para euzinha. Olha, se vocês ainda querem falar de algo, vamos para um lugar coberto e...
Ela então olhou para as covas abertas, sentiu um pouco de medo e então concluiu.
Yagumo
Imagem
… longe destas covas por enquanto.

Depois que esta chuva passar eu venho fecha-las. Vamos, vou junto de você.
Ela então se aproximou, pegou no braço do homem-raposa e puxou ele para baixo de seu guarda-chuva para que fossem juntos. Por um momento ambos esqueciam que Rhaysa estivesse ali observando as covas de forma pensativa.

Lomri nem se tocou deste fato, enquanto Yagumo com o corpo colado ao seu comentava.
Yagumo
Imagem
Sabe, você faz eu me lembrar de uma música que ouvi uma vez…

Ah, yamato nadeshiku onna wa kawaru no
Kao de waratte kokoro de naite
'Sou yo ne'tte namida wa misenai no

Kitsune kitsune
Watashi wa megitsune
Onna wa joyuu yo
Enquanto desciam o morro, Rhaysa ficava para trás. Ali embaixo da chuva algo parecia passar por sua cabeça, algo estranho ocorria ali. Seus olhos estavam estreitos e a respiração parecia um tanto pesada. Sua boca estava seca.

Por quê você ainda se importa?

Não sabia se era um pensamento, se era alguém que falava com ela ou se fosse algo interior… parecia ser uma coisa, outra ou tudo ao mesmo tempo. Era confuso.

Eu deveria me divertir mais. Você é séria e carrancuda de mais...
Rhaysa
Imagem
?!
Seu sangue queima. Algo errado não está certo… mas o… que?

Tudo parecia uma nuvem a sua frente, sua vista embaçava ou uma névoa se formava? Sentiu suas pernas fraquejarem, encarava os próprios pés, olhou para a frente novamente e não enxergava mais que um palmo a frente.

E então quatro vultos a sua frente, apenas seus olhos eram distinguíveis. Segurou o ar. Deu um passo para trás e sentiu esbarrar em algo imóvel e se virou ferozmente para dar de cara com um vulto enorme. Tinha a altura de pelo menos dois homens, sentiu as pernas fraquejarem e deu dois passos para trás…

Sentiu cair, cair e cair… e então tudo escuro.

.
.
.
A chuva lá fora continuava a cair tranquilamente, quase sonolenta, criava um clima melancólico. O mundo parecia até meio preto e branco e provavelmente se tivesse tocando uma música triste poderia até ser o clipe de uma banda.

Esteban a observava um tanto quanto cansado e pensativo.

Imagem
Laura
Imagem
Dime, ¿lo que pasa com aquellos de la tabierna? ¿Y aquella mujer rara de cuátro brazos que se ha deshecho?
Esteban fechou os olhos, pensou como diria aquilo. Suspirou. Ele era horrível em esconder as coisas.
Esteban
Imagem
Bem… veja bem, a mulher de quatro braços parecia estar sob o poder de um homem mal que parece estar atrás daquele senhor da barbicha.
O pescador parrudo fez um movimento emulando uma barba longa, embaixo do queixo.
Esteban
Imagem
Parece que tem mais alguns iguais aquela mulher… o pessoal da taberna é bem gente fina. Não queria que este tipo de problema chegasse a eles...
Ele olhava para frente, pensativo, Laura não conseguia sondar o motivo de ele estar assim. Parecia realmente triste.

Um baque então foi ouvido. Esteban foi tirado de seus pensamentos, encarando o lugar de onde o barulho vinha, colocou uma mão no ombro de Laura e se levantou. Deu alguns passos em direção a porta, no caminho pegou um arpão na parede.

Olhou pela a janela. Não parecia enxergar qualquer coisa. Outro barulho, do outro lado da casa. Esteban encarou Laura, como se fizesse sinal para ela se preparar.

Abriu a porta devagar e saiu lá para fora.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Responder

Voltar para “Sangue e Desonra: Tsuru”