Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17595
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por Aldenor » 26 Fev 2019, 14:20

Silêncio.

Nina não respondia. Alynor olhou o papel onde a conversa em dracônico jazia escrita por Salazar. Olhou para a frente, vendo Talude conversar com dois dragões, olhou para trás, Nina mantinha-se impassível, mas atrás dela, Zyrr falava com a zeladora (não, espera, era secretária). E então, Ofélia começou a dar passos adiante.

O rosto queimava, o suor ameaçava escorrer. Alynor tinha que pensar rápido.
Alynor (em mensagem com Nina)
Imagem
Nina? Nina? Oi? Isso aqui tá funcionando?
Não adiantava mais. Ofélia chegou sobre ele. Alynor rapidamente debruçou-se sobre os escritos de Salazar, apoiando a cabeça na mão, com o cotovelo sobre a mesa. Virou-se para ouvi-la.
Ofélia
Imagem
Bom dia, você é Alynor?
Alynor (em mensagem com Nina)
Imagem
COMO SE VOCÊ NÃO SOUBESSE, DESGRAÇADA.
Pensou muito alto, mas sua expressão, dura, revelou uma erguida de sobrancelha. A cobra continuou:
Ofélia
Imagem
Tenho uma notificação para você.
Engoliu seco, pigarreou, rosto quente.
Alynor (em mensagem com Nina)
Imagem
Uma notificação? Bem, nada mal. Pelo menos ela não vai me queimar na frente da turma... todo mundo parece empenhado nisso ultimamente. É impressionante como vocês tentam me derrubar*.
Abriu o papel e viu uma mensagem simples, singela demais.
Alynor (em mensagem com Nina)
Imagem
"Prezado Alynor Dankov Maedoc, favor comparecer à coordenadoria assim que possível, a respeito do ocorrido na biblioteca." Que caralho, minha Valkaria-que-jaz-nua-em-forma-de-pedra, que porra... Bem, é isso. Tô fudido. Vou ser acusado, vou ser considerado culpado. O imbecil do Takanagi e aquela halfling maconheira vão se juntar aos dragões para falarem que sou mentiroso, bandido e maluco. E a Nina não me atende! Merda, o que há com essa magia?
Seus pensamentos fluíam rápidos. Ele achava que a magia havia funcionado, mas o silêncio indicava o contrário. Alynor agitava a perna debaixo da carteira, tamborilava os dedos na mesa, mirando o papel, sentindo os olhos Ofélia queimando sua nuca.
Alynor
Imagem
Escuta, Ofélia, isso aqui tá meio vago. Você sabe do que se trata? Digo, como líder dos Serpentes do movimento estudantil, você deve saber de algo, né.
Falou mais do que gostaria. Porém, Alynor odiava enrolação e expôs logo que sabia que ela sabia que ele sabia.
OFF
Em tempo, Alynor continuou a "falar" por pensamento com Nina, achando que ela não estaria ouvindo. Porém... ela está. Heheheh
* http://www.youtube.com/watch?v=XcFwEAAbj2o
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2020
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por RoenMidnight » 26 Fev 2019, 22:16

No momento em que a moça se aproximou Salazar pousou uma mão em cima do papel que havia escrito, puxou ele e o dobrou, guardando por entre os seus mantos.

Fingiu um olhar de pouca importância para ela, como quem não demonstra se interessar. Disparou um olhar de leve para o papel nas mãos de Alynor e voltou sua atenção novamente para o que acontecia junto de Talude, um dos alunos havia recuado para o seu lugar. Permaneciam os dragões.

Tentou manter o seu foco lá, estreitou os olhos, mas um pedaço de sua atenção ainda continuava junto do que acontecia ao seu lado... aquele parecia ser apenas uma pedra sendo jogada e um lago, suas ondas entretanto, talvez seriam sentidas logo, era melhor tentar colher um pouco de cada.
Imagem
"Será esse o motivo de Alynor querer encontrar com Celeste? Ela parece ser perigosa..."
Percepção 2x: (12) + 7 = 19; (8) + 7 = 15
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
LordVrikolaka
Mensagens: 520
Registrado em: 05 Fev 2014, 13:01
Contato:

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por LordVrikolaka » 27 Fev 2019, 21:12

Nina ouviu vozes na sua cabeça. Ela reconheceu a voz de Alynor, e olhou na sua direção, parecendo confusa. Ele estava usando de magia para falar com ela. E ela ficou tentando descobrir como respondia. Até que...
Nina, via mensagem escreveu:Imagem
"Calma, calma, eu tô te ouvindo, tava tentando descobrir como essa magia funciona, geez."
Disse mentalmente para ele, nitidamente confusa. Suspirou. Quando viu ela olhar diretamente para Nina, ela ficou apreensiva. Mas... ela parecia quase gostar dela. Quase. Nina podia ser qualquer coisa, mas não tonta. Ela não parecia estar sendo verdadeira com aquilo, era mais "educação" mesmo. Com uma pitadinha de sarcasmo e diversão. Nojenta. Ela tentou sorrir pra ela quando notou seus olhos pousados nela, mas desviou os olhos e colocou os dois braços na mesa, escondendo a cabeça dela entre os braços, fingindo cansaço.
Nina, via mensagem escreveu:Imagem
"Pior que eu nem sei se eu posso fazer alguma coisa. Eu sei que Takanagi não vai fazer nada, se ele tentar a gente vai argumentar que ele sequer estava ali, e tudo o que ele sabe é fofoca, e isso não é evidência. Ele tava dormindo, lembra? Assim como a menina briguenta também só sabe fofoca, ela nem estava lá, então os dois só podem piorar as fofocas, nada mais. As únicas pessoas que estavam ali somos nós, Zyrr, os caras da serpente que arrumaram briga com você, e aquelas pessoas que estavam na biblioteca antes. E ela, é claro."
Ela disse mentalmente para ele, batendo um dedo ritmicamente na mesa. Nervosa.
Nina, via mensagem escreveu:Imagem
"...Tá, eu tenho uma ideia. Tem uma clériga de Azgher no Dragão né? ...Eu me viro com ela. Eu tento falar com ela, ou com o elfo lá, o Grizzel. Eles dois eu acho que poderiam me ouvir, pelo menos. A Clériga de Azgher pela proximidade religiosa, e o Grizzel porque ele já conversou comigo umas vezes, e ele não me parece uma má pessoa a ponto de querer te sacanear. Talvez um dos dois possa tentar limpar a sua barra com os Dragões, se eu explicar o que aconteceu."
Nina argumentou na cabeça de Alynor, rapidamente. Nina na verdade não sabia se ela podia fazer muito. No fim das contas, ele REALMENTE deu mancada em sair na mão com o elfo lá. Ofélia também o fez, entretanto. O problema é que o que o Jackes disse. Se ela era perigosa, o ideal seria sair do caminho dela. Mas... porque ela tinha se fixado nele? O que ela ganharia?

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5716
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por Khrjstjano » 03 Mar 2019, 23:37

Conversa Antes do Início da Aula - Parte 2

Alynor
Alynor
Imagem
Escuta, Ofélia, isso aqui tá meio vago. Você sabe do que se trata? Digo, como líder dos Serpentes do movimento estudantil, você deve saber de algo, né.
A garota não respondeu. Ao invés disso, ficou olhado para ele, do alto, seus olhos fixos nos seus. Alynor não conseguiu evitar de desviar o olhar, sentido-se imediatamente fraco por fazê-lo.

Ela colocou a mão sobre seu ombro, gentilmente, e então falou.
Ofélia
Imagem
Se trata do que está escrito aí, apenas.
Era um tom amistoso, mas de certa forma superior. Quer dizer, como se Alynor fosse menor e ela maior, naquele momento.
Ofélia
Imagem
Está preocupado?
Ela retirou a mão ao mesmo tempo em que Alynor conseguiu olhar para cima de novo. Ele notou em sua postura que ela queria ir embora, provavelmente porque estava numa sala onde não deveria permanecer mais do que o necessário, mas se detinha para ouvi-lo.
O desviar de olhar foi um 1 de Vontade quando ela o fitava nos olhos. Podem ter havido outros testes, mas só a narração feita vem ao caso agora; comentei sobre o 1 mais por curiosidade, apenas.


Salazar

Salazar ouvia a conversa dos dois sem prestar maior atenção e não pode ver quando Alynor não conseguiu sustentar o olhar de Ofélia, mas percebeu com sua visão periférica quando ela pôs a mão em seu ombro de forma tão gentil. Pensou no que aquilo significaria.

De qualquer forma, seu foco estava lá na frente, onde Talude conversava com um de seus colegas. Desta vez, pode ouvir sem maiores problemas o que conversavam, pois o aluno falava em alto e bom tom, claramente querendo ser ouvido pelos mais próximos.
Lefiel
Imagem
Com mil perdões se me faço inconveniente, Mestre Máximo, mas gostaria de queixar-me a repeito da nova aluna em nossa sala. Antes de sua chegada, ela estava afrontando os outros alunos desta sala em um nível inaceitável para o convívio, independentemente do que quer que seja.
Talude, que o ouvia com serenidade, inclinou levemente a cabeça, fitando o fundo da sala. Certamente observava a aluna de quem Lefiel falava. Então disse algo ao aluno queixoso que Salazar ouviu com dificuldade e o dispensou.
Talude
Imagem
Obrigado por sua preocupação, meu jovem.
Lefiel voltou a seu lugar parecendo satisfeito por ser ouvido, mas ainda sério. Não estava contente. Salazar ficou pensando sobre o que Talude teria pensado sobre aquilo. Sua face era inescrutável.
Salazar
Imagem
Hum...
Grizzel aguardava para ter com ele também.
Salazar Percepção (CD 10) 12 + 7 = 19 ouviu perfeitamente bem à reclamação.
Percepção (CD 15) 8 + 7 = 15 ouviu a resposta de Talude, que não foi particularmente informativa.
Zyrr está na mesma, nada mudou na situação apresentada no último post, os npcs aguardando sua reação.
Nina pode agir livremente, tanto ao que vir, quanto se Alynor falar mentalmente com ela novamente.
Imagem
Editado pela última vez por Khrjstjano em 10 Mar 2019, 17:12, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17595
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por Aldenor » 05 Mar 2019, 22:57

Seria um efeito mágico? Provavelmente... ou será que Alynor sentia-se intimidado pela influência e o poder de alguém tão importante nos grêmios estudantis? O jovem ergueu uma sobrancelha, voltou a encarar o papel. Sentia que ela queria sair, então, vou se desviando para deixá-la ir.

Então, comentou em um tom que ela pudesse ouvi-lo.
Alynor
Imagem
Então, não sabe de nada. Obrigado pelo recado, moça.
Deu de ombros, fazendo pouco caso, como se estivesse preocupado.

Alynor estava mais calmo, pois Nina conseguia ouvi-lo e agora respondia.
Alynor
Imagem
A clériga de Azgher se chama Mwana. Ela tinha reticências quanto a minha liderança nessa sala, mas me deu voto de confiança. Porém, depois da intromissão da halfling insuportável dos Falcões, ela já acha que sou um inseto. Tenho que ver isso... Penélope pode me ajudar nisso, mas se você mantém boas relações com Mwana, ficarei te devendo uma se puder me ajudar. Grizzel eu não conheço muito, mas você tem um bom poder de persuasão...
Notou que Salazar estava com cara de tacho. Lhe deu um cutucão no ombro, mas não falou nada. Balançou a cabeça, como se pedisse para ele continuar a falar sobre esse tal alguém que poderia ajudá-lo contra Ofélia.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2020
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por RoenMidnight » 05 Mar 2019, 23:46

Salazar prestava a atenção no que ocorria lá na frente, Lefiel parecia já tomar uma providência com o que acontecera mais cedo. Se impressionou com a agilidade do rapaz para tomar tal atitude, ia falar com o professor após a aula sobre aquele assunto... Lefiel entretanto não perdeu tempo.

Existia uma lição implícita ali em como funcionava o jogo entre os grêmios, estreitou os olhos para notar o que Grizzel queria com Talude e foi quando sentiu um cutucão em seu braço.

Sua concentração foi totalmente perdida.

Olhou para Alynor e viu a expressão de como quem pedia para ele continuar a falar. Olhou para o lado, procurou ver se a menina com os cabelos de duas cores estava por perto. Então disse.
Imagem
Me encontre de tarde, por volta das 15:55, próximo a sacada do observatório. Perto da biblioteca, vou estar concluindo meus estudos e irei me encontrar com essa pessoa. Posso te apresentar a ela.
Ficou um tanto irritado. Ia sacrificar em parte o tempo de seu namoro para auxiliar o companheiro de gremio, mas não tinha muita opção naquele momento. Olhou então de esguelha e concluiu.
Imagem
Não esqueça de trazer um mimo, ela adora chocolate com recheio de licor.


Olhou então para a frente e disse.
Imagem
Essa mulher que acaba de falar contigo... qual o grande problema?
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
jamilkender
Mensagens: 849
Registrado em: 11 Dez 2013, 17:31
Localização: Yuvalin
Contato:

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por jamilkender » 09 Mar 2019, 11:35

Zyrr estava perplexo. O charivari parecia tê-lo pegado com força.

Seu novo companheiro de carteira não parecia bater muito bem da bola. Em algum grau, remetia Zyrr à lembranças de casa, de nobres que se envolviam a fundo demais com alguns dos piores nativos dos mundos. Não era apenas a insanidade "inofensiva", do tolo, do bufão, do nimbita.

Era um caos insidioso, destrutivo. Algo demoníaco, talvez?
OFF: Zyrr testa Conhecimento (planos) +13. Total 30.
Antes que pudesse fazer qualquer coisa com esse vislumbre de informação, a gênia Nadeemah entrou na sala e veio em sua direção.
Nadeemah
Imagem
Você é o Zyrr? Preciso do seu histórico escolar, mas sua escola em seu mundo natal não quer me dar. Eles têm alguma regra que a secretária de lá quis me explicar, mas eu não tenho tempo pra isso e aqui quem tem que ver isso é você.
Um pergaminho surgiu à sua frente, anotando tudo o que ela dizia. Zyrr lembrava de ter visto a gênia antes, e presumiu que tudo o que fora dito estaria transcrito ali — e de fato estava, com um "Urgente!" incluso no final.

Antes da gênia sair, acabou notando a moça que vira no dia anterior — se bem se lembrava, era também membro do Grêmio das Serpentes — que se envolvera na confusão de Alynor e Chaxas na noite anterior, na Biblioteca. Acompanhou sua passagem com os olhos e viu que ela entregou algo para Alynor.

Mas voltou a se focar na gênia, respondendo venenosamente:
Zyrr
Imagem
Sim, secretária. Pode deixar que vou providenciar uma viagem planar para obter um punhado de papéis. Parece um ótimo gasto de recursos mágicos, mesmo.
Nesse mundo de loucos, como iria arranjar um jeito de se comunicar com a Excelsa Akademia? Uma dor de cabeça começava a amolá-lo... A irritação também o fez soltar um comentário provocativo em voz alta, para todos os alunos mais próximos ouvirem, especialmente a nanica que ainda mirava seu colega de carteira:
Zyrr
Imagem
A aula nem começou, mas já aprendemos hoje que a coragem de C E R T A S pessoas tem prazo de validade...
Ficou atento para as reações que viriam de seu comentário, tanto do aluno estranho, quanto da tampinha.
OFF: Zyrr testa Intuição +0. Total 20.
@alvarofritas / RPGista

BURP disse: Eu fico imaginando como é pra vocês ver um autor como o Jamil. Normalmente autores tem uma visão bem conservadora do próprio jogo - combo é apelão, não pode estragar meu jogo, o mestre tem que proibir. O Jamil ouve um combo desses e ainda manda "olha, faz isso e isso e tu ainda consegue fazer a mesma coisa três vezes por rodada." =P

Avatar do usuário
Khrjstjano
Mensagens: 5716
Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07
Localização: Atrás de você. Não olhe.
Contato:

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por Khrjstjano » 10 Mar 2019, 03:18

Conversa Antes do Início da Aula - Parte 3

Alynor
Ofélia
Imagem
Se trata do que está escrito aí, apenas.

Está preocupado?
Investigou a moça, gentil, mas sem dar maiores explicações sobre a notificação que entregara e fazendo sinal de partir.
Alynor
Imagem
Então, não sabe de nada. Obrigado pelo recado, moça.
Respondeu Alynor, ríspido e educado ao mesmo tempo, virando-se, acreditando que ela já o deixaria.

Sentiu que ela parara e observava de cima novamente.
Ofélia
Imagem
O ponto de vista é determinado pela posição.

Disponha.
Se Alynor tivesse olhado para trás naquele instante, não teria tido tempo de vê-la de frente, pois já partia e saíra pelo corredor oposto ao que usara para chegar até ele, o que o confundiria.

Nina a viu vir em sua direção, o que a fez temer por um segundo, mas ela a ignorou e passou direto, caminhando em direção ao fundo da sala. Na certa desejava deixar logo o lugar ao qual não pertencia. A jovem clériga da Paz então respondeu Alynor através do feitiço que este lançara para se comunicar com ela, entendendo que só precisa mesmo falar, sem nenhum truque — Nina não tinha mesmo nenhum jeito para entender magias que não conhecia, ou qualquer outra — e os dois trocaram ideias sobre os problemas do líder do Dragão. Ela parecia querer ajudá-lo.

Após, Alynor obteve ainda uma confirmação de que Salazar iria auxiliá-lo de alguma forma com o problema que enfrentava na sala, apresentado-o a alguém, sabe-se lá quem ou porquê.
Os 3 personagens estão envolvidos entre si nessa parte e não têm direito a responder esse trecho que se passou.

Zyrr

Zyrr observava seu novo companheiro, sentado ao seu lado, enquanto Ofélia passava por eles sem lhes dar atenção. Estava intrigado e confuso, atribuindo aquela sensação ao estranho efeito que aflige aqueles que viajam entre os mundos. Lembrou-se de ser advertido de que no caso de Arton poderia ser pior. O sujeito e seu gatinho, no entanto, logo percebeu Zyrr, eram os únicos que realmente lhe causavam aquela sensação.

O elfo sombrio ponderou a respeito.
Zyrr
Imagem
(Seria um espírito, talvez? Um demônio...?)
Imagem

Mas seus modos não eram humanamente excêntricos demais? Sim, havia algo estranho nele, disso Zyrr tinha certeza. Mas não, definitivamente não combinava com os modos de um lacharel. O que poderia ser, então? Poderou um pouco mais.

Foi então tirado de seus pensamentos pela secretária da escola que o abordou e teve que mudar o foco. A mulher gênio lhe cobrava que lhe conseguisse seu histórico escolar. De sua antiga escola em Magika. Um outro mundo. E urgentemente, ainda por cima.

Que incomodação!

Zyrr logo respondeu, ácido.
Zyrr
Imagem
Sim, secretária. Pode deixar que vou providenciar uma viagem planar para obter um punhado de papéis. Parece um ótimo gasto de recursos mágicos, mesmo.
Nadeemah
Imagem
Não é problema meu, não quero nem saber! Tenho muita coisa pra fazer, a administração que blablablá, blablablá, blablablá e blablablá, não é meu trabalho...
Retrucou ela, enfezada, partindo antes mesmo de terminar o que dizia. Zyrr mal pode ouvir suas últimas palavras enquanto ela cruzou a porta, ficando a imaginar se as primeiras eram dirigidas somente a ele...

...Ou a mais alguém.
Talude
Imagem
...
Uma dor de cabeça começava a amolar o elfo. Resolveu extravasar, soltando um comentário provocativo, em voz alta e clara.
Zyrr
Imagem
A aula nem começou, mas já aprendemos hoje que a coragem de C E R T A S pessoas tem prazo de validade...
Alynor não poderia deixar de notar aquela voz irritante, logo que terminara de falar com Salazar. Mesmo que tentasse ignorá-la, assim elevada acima do burburinho geral, era especialmente infernal.

Nina, que passara alguns momentos notando que Dafne, sua companheira de carteira, estava mais quieta que o normal, foi pega de surpresa por aquilo e imaginou que o tumulto anterior à aula recomeçaria. Será que nem na presença do professor os alunos se comportariam?

Salazar se aborreceu porque perdera o que quer que Grizzel tivesse dito a Talude. Só conseguiu ouvir o mestre falar alguma coisa sobre entrar para algum clube ser a chave para o que ele queria. O clube de luta natural, seria? Achou que sim. Ouviu a voz de Zyrr no preciso momento em que Grizzel agradecia ao mestre, dizendo que seguiria seu conselho, antes de voltar a seu lugar. Virou-se instintivamente para ver o que se passava com o representante do Grêmio da Serpente, lá atrás.

Zyrr espiou para ver a reação da menina provocadora e de Takanagi, a quem o insulto era especialmente dirigido. Também queria analisar melhor o sujeito a seu lado, através de suas reações. Outros pensariam que ele apenas sorria, descontraído, mas Zyrr achou que ele ainda estava atento e se divertia com a situação toda. A menina, Zyrr não pode ver em lugar algum. Takanagi estava meio que cochilando sobre a carteira. Ao lado dele havia outra pessoa.
Takanagi
Imagem
???
Imagem
...
E essa agora?
Os próximos posts devem considerar que não tem mais ninguém falando com Talude. Ofélia e Nadeemah também não estão mais na sala, isso já foi. Suas respostas devem partir deste ponto em que Zyrr falou em voz alta.

Considerem que o Talude ainda vai levar um momento ou dois para se organizar e realmente começar a aula, interrompendo o andamento da cena como está, então ainda dá pra fazer alguma coisa. Os alunos estão sentados, mas ainda conversando livremente, baixinho.
Imagem

ImagemImagem
Editado pela última vez por Khrjstjano em 31 Mar 2019, 18:18, em um total de 5 vezes.

Avatar do usuário
RoenMidnight
Mensagens: 2020
Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por RoenMidnight » 10 Mar 2019, 15:39

Salazar suspirou. Aquilo estava durando tempo de mais, talvez mais tempo do que ele poderia próprio estivesse disposto em investir. Limpou a garganta para falar, iria falar para pararem. Que estavam atrapalhando a aula e que respeitassem a oportunidade de terem aula com o Mestre Máximo da Magia e estavam desperdiçando o tempo do homem mais poderoso da existência com suas picuinhas... Um lampejo então passou por sua cabeça. Uma frase dita por um general yudeniano que havia lido em um dos manuscritos que vinha lendo passou por sua cabeça como um raio.

"Dividir para conquistar"

Talvez essa fosse a oportunidade exata para que dois dos grêmios se queimassem em frente do Mestre Máximo da Magia ao se criar uma balburdia, Lefiel já havia feito o trabalho de plantar uma crítica diretamente ao seu professor, agora Zyrr acendia o pavio. Era só esperar a bomba explodir. Pousou a mão sobre a de Alynor, elevou um dedo aos lábios como quem pede silêncio e sussurrou.
Imagem
Não diga nada. Aguarde e confira. Ataque apenas se ver a necessidade.
E fez força para suprimir um sorriso, parecia satisfeito.
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17595
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Escolinha do Professor Talude (Aula de Magia)

Mensagem por Aldenor » 11 Mar 2019, 10:40

"O ponto de vista é determinado pela posição."

Com essas palavras, Ofélia saiu, achando que havia vencido. Alynor ergueu uma mão, sem procurar olhá-la, fazendo um gesto para que fosse logo embora, para sair de onde não pertencia e que ela era uma mera garota de recados. Alynor mordeu o lábio inferior, pensando que saiu dali por cima.

Afinal, resolveria tudo. Teria ajuda de Nina e de Salazar. Poderia usá-los e... usar? Que pensamento é esse? O elfinho ruivo o perguntou sobre Ofélia. Alynor pigarreou.
Alynor
Imagem
Ham, ham. Ela é Ofélia, presidente do grêmio da Serpente, representante no movimento estudantil. Como eu sou uma estrela em ascensão, ela quer me derrubar. Nada de novo sob o céu estrelado.
Comentou distraidamente, estalando os dedos sobre o papel que o convocara. Continuaria a explicar para Salazar o que acontecia - pois ele parecia ter recursos suficientes para ajudá-lo - mas ouviu a voz de Zyrr sobressair.
Alynor
Imagem
...
Seria uma indireta para ele? Não havia contexto... mas por algum motivo, Alynor sentiu vontade de se levantar e jogar sua cadeira nele.

Respirou fundo, deixando o vermelho do rosto esvanecer. Salazar encostou nele sussurrando para não falar nada.
Alynor
Imagem
Não ia falar nada mesmo.
Sussurrou e sua mente viajou para a conexão com Nina.
Alynor em Pensamento
Imagem
Enfim. Nina, obrigado pela ajuda. Te devo uma. No que precisar, não importa o que seja, pode falar comigo.
Enrubesceu ao pensar aquilo. Imaginou Nina sorrindo docemente daquela maneira angelical. Súbito, ficou nervoso achando que ela podia também ver imagens. Afastou os pensamentos esfregando os olhos.
Alynor
Imagem
Bem, Salazar. Ofélia me viu brigando com Chaxas ontem, na biblioteca. Acho que como eu estou interessado no movimento estudantil, ela talvez queira usar isso contra mim. Para me queimar. E essa mensagem para comparecer à coordenadoria sobre o que aconteceu pode ser uma armadilha, uma suspensão ou algo do tipo. Então, se você tem contato com alguém do movimento, pode tentar me ajudar a não me queimar. Sacou?
E então, ele percebeu que estava sendo pouco "mago".
Alynor
Imagem
Charric
Sussurrou a palavra mágica enquanto gesticulava debaixo da carteira. Abriu um elo de comunicação com Salazar.
Alynor em Pensamento
Imagem
Aqui dá pra falar melhor. Então, esse é um problema. Outro é o que acontece no nosso grêmio, aqui na sala de Talude. Aquela halfling de cabelo roxo e Takanagi, por algum motivo, querem me queimar. Talvez para diminuir minhas chances de sucesso no movimento estudantil, claro. Eu quero usar minha boa posição de representante da classe de Talude para me alavancar no movimento. Enfim, você sabe como isso funciona. Se puder me ajudar, te ajudo de volta no que precisar. Troca justa.
Disse olhando para frente, vendo o idoso mais poderoso de Arton ajeitar-se para começar a aula.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Responder

Voltar para “Escolinha do Professor Talude”