Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5196
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por John Lessard » 27 Mai 2018, 16:35

Tudo acontecia muito depressa, novas figuras surgiam no campo de batalha... Aliados? Era estranho. Um minotauro surgia ao lado de um humano, porém este fora atacado e o humano revidou contra o legionário, o derrubando destroçado. Angus franziu o cenho por debaixo de sua máscara, mas decidiu lidar com um problema de cada vez. Girou sua corrente com maestria dos dois lados do corpos, a fazendo bater contra o chão e levantar grama para o alto, rodopiou no ar e lançou a arma, como uma corda farpada, se enroscando no pescoço do minotauro. Uma vez presa, puxou, fazendo os cravos retalharem o couro do outro. O sangue jorrou, enquanto o soldado caia no chão, derrotado.

Angus encarou o outro fugindo, mas não esboçou reação, recuando por entre as árvores, flanqueando o legionário que enfrentava a companheira.
Imagem
- Vamos logo, mais deles virão... ele parou, olhando por entre as árvores para o humano e o outro minotauro - Vocês, são aliados? Sou Angus, devoto da Mãe da Noite e irei lutar contra mais legionários que irão surgir por entre aquelas árvores. Estão conosco?
Magias Preparadas: curar ferimentos leves x2, arma mágica
Ataque em g8, 15, dano 8; Movimento até h4
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13703
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Lord Seph » 27 Mai 2018, 17:05

As coisas eram simples até o momento que Naomi decidiu lutar. Aqueles Minotauros eram fracos, dois caíram sem muito esforço. Um deles tentou atintigir Naomi, mas foi simples esquivar, e a Sombra decidiu ajudá-la.

Naomi não precisou muito disso, movimentou rapidamente sua arma fazendo o Peso errar de longe a cabeça bovina do inimigo, mas um giro rápido de seu corpo e a pequena foice rasgava carne e músculos do peito ao abdômem do Minotauro que caia.
Naomi
Imagem


Os outros devem ser mais fortes, devíamos recuar até a casa e tentar ganhar vantagem desse terreno, ou aproveitar a confusão para libertar os escravos.

Os convidados surpresas podem ajudar?
Naomi pergunta após as palavras da Sombra, que só agora revelava seu nome.
Combater com duas Armas, 18 e 4 por flanquear. Sucesso com a Foice, 8 de dano e falha com o Peso. Aguardar novas ordens
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1864
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por DiceScarlata » 01 Jun 2018, 05:55

As cinco lendas

Imagem

O velho
Imagem

*E esse meus senhores, foi o primeiro encontro das cinco lendas! No calor da batalha diante de um inimigo em comum! O acaso caótico lhes colocou ali ou a ordem do destino? Motivações diferentes, tal qual suas personalidades. Mas ali estavam!*

*Max, o bravo guerreiro com sangue de dragão cuja lâmina rachara o crânio do inimigo em uma pequena explosão de miolos, ossos e sangue. Hahahahah! O engraçado é que o minotauro VOMITOU nessa hora! Foi algo assim: *

Gaius
Imagem
- Max... O que você?? A CABEÇÁ DELE??? ELE ERA UM MINO... BLEEEEEEEEEEEEEERGH...!


*Acontece. Ele era um aventureiro novato de tapista, pouco acostumado com sanguinolência. Bom sujeito. Enfim. Enquanto isso, Angus, mostrava uma proficiência sem igual na manipulação de sua corrente, que voou ao redor da garganta do inimigo e o mergulho no sono dos injustos. Naomi fora veloz também, com um golpe duplo. Embora o peso de sua arma tenha atingido o machado do inimigo, a foice de sua exótica arma, dilacerou-lhe a nuca, deixando a cabeça dependurada. O fato do inimigo estar distraído com a ameaça de Angus lhe ajudou grandiosamente.*

*E por fim, com uma habilidade digna de nota, Shirna Burgles havia escapado de seus raptores, usando magia de ilusão e uma pitada de astúcia. Dizia meu avô: HERÓ FOI O QUE NÃO TEVE TEMPO DE FUGIR. Ela foi uma sobrevivente então! Ahahahahah!! Esgueirou-se por baixo da carroça, então pela moitas e árvores, até conseguir se aproximar do local onde os aventureiros enfrentavam os inimigos. Até mesmo viu quando um dos minotauros debandou e correu para seu líder para reportar o que aconteceu*

*Os cinco podiam se ver agora - enquanto Gaius vomitava - e já sabiam ali, que seriam a força necessária, para proteger aquela familia elfa e os sofridos reféns aprisionados nas carroças*

*Mas agora uma pequena pausa, para narrar, como se deu esse breve encontro: *

SUBQUEST: ORIGENS!!!

Olá aventureiros! Vamos lá! Essa é uma nova subquest, valendo recompensas extras no fim da aventura! Vocês ganharam uma RODADA EXTRA enquanto os minotauros se reagrupam e decidem o que vão fazer. O bardo velho usou esse momento para descrever um pouco de cada um dos heróis da lendas... E é vocês que farão esse trabalho!

Este é um momento para apresentações pessoais! O momento em que seus personagens se conheceram de vez e como os ouvintes passaram a saber mais deles no começo. Poranto vocês podem:

- Se apresentar IN-GAME: Tomar a iniciativa de um diálogo e conversarem um pouco.
- Narrar historias curtas: Apresentarem histórias de seus personagens, explicando o que eles faziam até chegar em DEHEON, ou como chegaram. Ou algum evento marcante.
- Origem: Dar pequenas pitadas do passado de cada um.

Feito isso, vocês precisarão escolher o terreno da batalha. Dos três grids apresentados (norte, meio ou sul) devem definir onde a luta seguinte acontecerá. Aquele que tiver propensão a ser o líder do grupo, pode se adiantar nessa parte.

Quando acharem que já conversaram ou postaram o suficiente, basta me avisar no telegram e a historia retomará seu rumo desse interkúdio espaço-temporal.

APROVEITEM E CAPRICHEM!!! COLOQUEM-SE NAS CRÔNICAS DO BARDO VELHO!!!

Tesouros os aguardam!!!

vlw!!

Imagem

Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17581
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Aldenor » 04 Jun 2018, 09:38

O minotauro abria-se em sua frente revelando mais do mesmo. Todos os seres humanoides eram iguais por dentro: ossos, músculos, órgãos, sangue em abundância. Max fechou o cenho e deixou um sorriso admirado escorrer pelos lábios. Gaius vomitou ao seu lado totalmente apavorado com sua eficiência e Max rasgou o sorriso em dentes.
Max
Imagem
Oh, Gaius! Não sabia que tu não tinha estômago, parceiro... talvez você devesse largar essa vida e ir cuidar da casa, cara...
Max estava feliz pela morte brutal que impôs ao legionário. Lembrou de quando era criança, quando os minotauros invadiram sua cidade e mudaram todas as regras. E como ele constantemente se posicionava contra seus abusos em Altrim, brigando com muitos jovens minotauros.

E então, subitamente, uma criatura cheia de roupas pesadas e máscara surgiu no meio da mata falando coisas e mais coisas. Max ergueu sua enorme espada com uma mão e apontou ostensivamente para o recém chegado.
Max
Imagem
Wow, wow, wow... e como vou saber se você está ou não com os legionários? Afinal, não sei como é tua cara. E se ela tiver chifres e bafo de grama?
Max era um homem jovem, de estatura mediana, mas de corpo musculoso e sorriso fácil. Sua espada era enorme, de lâmina larga e poderosa. Sua armadura era de couro endurecido com rebites de metal e trajava também um martelo, uma espada menor e uma mochila nas costas. Era claramente um aventureiro.

Outra pessoa apareceu, uma jovem mulher apareceu falando igual um general esquisito e Max apontou a espada para ela em sequência.
Max
Imagem
Hmm... Acho que vocês não estão com os legionários e...
Mas foi quando viu a elfa loira surgiu que deixou sua espada pender até atingir o chão gramado. Era a criatura mais linda que vira na vida.
Max
Imagem
... Coeh, gata. Tudo certinho? Eu sou Max Reilly, guerreiro mercenário a seu dispor...
Disse com sua voz mais sedutora possível.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1415
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Mælstrøm » 04 Jun 2018, 09:52

Desceu com cuidado para tentar não ser notada à primeira vista. Alyne conhecia os humanos aventureiros, sempre tão impetuosos e descuidados, gostavam de agir antes de pensar. Com calma, se aproximou com pés leves sobre a relva, notando a proximidade de outras duas pessoas. Uma mulher e um homem todo encapuzado que se apresentou como um devoto de Tenebra. Alyne estreitou os olhos para o jovem rapaz e seu amigo minotauro que vomitava e ficou em dúvida sobre quem eram.
Alyne
Imagem
Eu sou Alyne e estou aqui para proteger a família que mora nesta casa. Vocês sabem o que os legionários querem com esta família? Ou pelo menos, como descobriram sua localização?
Ela tinha em mãos sua espada longa, poderosa e reluzente. Vestia um sobretudo azulado e tinha um rosto realmente bonito, com olhos azuis brilhantes e cabelos loiros sedosos.

O humano com a enorme espada tinha aquele mesmo olhar com quem estava acostumada há anos vivendo no meio dos humanos. Virou-se para ele com um meio sorriso.
Alyne
Imagem
Estaria melhor se não estivéssemos cheios de problemas, Max... se está a meu dispor, quero que me empreste sua espada.
Era um sorriso irônico, mas de alguma maneira, achava que o humano não fosse entender. Depois voltou-se para a jovem humana.
Alyne
Imagem
Você disse escravos? Expliquem melhor o que está acontecendo, por favor...
Apressou-se a dizer, como uma humana, cheia de pressa em viver uma curta vida.

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13703
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Lord Seph » 04 Jun 2018, 10:23

Naomi vê o humano se apresentar, ele era estranho e aparentemente indisciplinado, sua mudança de atitude ao surgimento da Elfa só trouxe uma péssima impressão. Mas a Missão era mais importante e a Elfa chamada Alyne interagia com ela.
Naomi
Imagem


Il y a des esclaves au sud, au moins un est un enfant elfique. Le reste est composé de femmes adultes, humaines et elfes.

Há Escravos ao sul, pelo menos uma é uma criança élfica. As demais são mulheres adultas, humanas e elfas.
Naomi responde em élfico a tal de Alyne.
Naomi
Imagem


Meu nome é Aku
Naomi se apresenta e então repensa melhor sua abordagem, deveria incluir o humano na conversa e talvez o outro Minotauro.
Naomi
Imagem


Estamos perseguindo uma caravana de escravos, o resto do bando está ao sul daqui.

Tem 3 bem mais fortes que esses que enfrentamos e pelo menos mais 6 ou 8 legionários que se forem como esses não será um problema.

Mas eles já devem estar alerta.


E aguarda a reação da sombra chamado Angus após falar aquilo.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5196
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por John Lessard » 04 Jun 2018, 21:23

Angus endireitou seu corpo, deixando sua postura de combate, encarando o guerreiro humano, apontado sua espada, falando que ele era um minotauro. O cruzado era esguio, sua corrente era rodeada de cravos pontiagudos e estava suja de sangue. Se vestia com couro negro e surrado, cortado de uma maneira específica sobre seu corpo. Algumas adagas estavam distribuídas em bainhas na cintura e em uma bandoleira no peito. Nas mãos ele usava luvas negras, o rosto era uma incógnita, afinal estava coberto por uma máscara com alguns padrões cinzentos, sua cabeça com um capuz negro, cobrindo o restante. Lançou um olhar para o minotauro caído, depois para sua arma, de volta para o humano, tocou levemente sua máscaras, depois a testa e o alto da cabeça e encarou o guerreiro mais uma vez.
Imagem
- ...
Esperou mais alguns segundos.
Imagem
- Isto não faz sentido.
Ele caminhou alguns passos, mirando a direção do acampamento.
Imagem
- Há uma criança entre os escravos, uma garota, é meu dever salvá-la, pois foi dito a mim pela Dama da Noite. Estes legionários se mostraram mais covardes e fracos do que imaginei, temo que fujam, preciso atacar. Alguém virá comigo? Você, Aku?
Angus ainda lançou um olhar para a elfa.
Imagem
- Pareceram encontrar este local por acaso, porém se arrisco dizer e perdoe minhas palavras cruéis, mas acredito que eles queiram levá-los como escravos.
Voltou a mirar o sul e esperou pela resposta dos demais.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Toyoda
Mensagens: 1783
Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Toyoda » 04 Jun 2018, 23:51

Shirna ouvia a todos por detrás de uma árvore. Tivera sorte, alem de escapar, encontrou aventureiros que talvez pudessem ajuda-la a resgatar as outras escravas!

Então se aprumou e saiu de seu esconderijo falando a todos:

Shirna
Imagem
Senhores aventureiros! Vejo que estão querendo enfrentar alguns minotauros escravistas, pois como disse a jovem ali, além de outros destes ainda há 3 mais fortes!
Então repara que esta a usando a aparência de um deles, e antes que traga problema a si mesma, desfaz a magia em uma bola de fumaça:

Shirna
Imagem
Ah, perdão, não me apresentei, Shirna Burgles, Maga ilusionista!
Estava cativa dos minotauros em questão, e por sorte, consegui escapulir hoje!
Eu vi a garota, parece que é uma encomenda para algum ritual. ..
Mas comtem com minha ajuda para lidar com eles!!
Disse serrando o punho lembrando dos maus tratos que as moças sofriam....
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17581
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Aldenor » 05 Jun 2018, 10:52

Max vê Aku e Angus comentarem sobre a situação. Parecia entediante quando falavam como os legionários pareciam fracos. Era absurdo, eles não eram fracos, o grupo que era aparentemente forte. Max teria se surpreendido se o minotauro tivesse resistido a um ataque seu. Mas quando Angus e Aku falaram sobre os escravos, Max ficou mais sério. Ele era todo brincadeira e zombaria a maior parte do tempo, mas escravidão era algo que o deixava muito irritado.

Outro minotauro apareceu e Max apontou avidamente sua espada para ele... até que se transformou em uma mulher chamada Shirna.
Max
Imagem
Uma bruxa...
Max
Imagem
Digo... sem ofensas.
Max
Imagem
Bom, vamos resolver isso logo. Rápido e duro. Sugiro que vocês matem todos os legionários e deixem os "três fortes" comigo, já que sou, obviamente, o mais poderoso entre nós.

Vamos, apontem o caminho!
Disse com um sorriso confiante nos lábios.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1415
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: Primeiro conto: Deheon e a floresta dos heróis

Mensagem por Mælstrøm » 05 Jun 2018, 11:07

Alyne sorriu ao ouvir Aku falando em sua língua, com pouco sotaque. Antigamente teria revirado os olhos ou se sentido ofendida ao ver uma humana falar o idioma dos elfos. Mas eram outros tempos, é bom que sua cultura continue viva não apenas entre os elfos. Angus ainda falou sobre sua missão pessoal e sua ligação com Tenebra.
Alyne
Imagem
Vou ajudá-los. Precisamos nos aproximar com cautela para averiguar o terreno antes de traçar um plano e...
Um minotauro se aproximou fazendo o humano Max levantar a espada contra ele. Porém, coube que era uma maga com poderes ilusórios. Alyne sorriu ao vê-la e meneou a cabeça quando se apresentou.
Alyne
Imagem
É sempre bom ver uma manipuladora arcana, Shirna. E obrigada por se juntar a nós quando você acabou de escapar.
Era um ato heroico e precisava ser lembrado.
Alyne
Imagem
Eu concordo com o jovem Max. Tem uma família do meu povo na casa da árvore aqui em cima e quero levar a luta para longe deles.
Depois se pôs a frente dos quatro.
Alyne
Imagem
Vamos tentar salvar todo mundo, certo? Não apenas a menina prometida ao ritual nem vamos nos preocupar em matar todo mundo.
Antigamente somente a criança élfica lhe interessaria, mas eram outros tempos.

Responder

Voltar para “Contos do Bardo Velho”