A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5212
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por John Lessard » 02 Jan 2020, 13:35

Capítulo 1 - Uma Grande Revolução

Imagem

Von ponderou com uma mão no queixo, tudo que fazia parecia ser deveras vagaroso. Ele então puxou uma cadeira e se aproximou de Jonz.
Imagem
- Bem, quem ficar na cidade terá mais suporte, então acredito que com a ausência de Hendrid, que agora deita no colo dos deuses, eu deva ir para curar e ajudar no resgate. Porém não sinto que apenas nós daríamos conta, então sim, deveríamos levar pelo menos dois guardas, é o trabalho deles afinal, porém... Você acredita que Darius e mais dois deles seriam capazes de defender a cidade no caso de um ataque? Olhe, vamos descansar e amanhã decidimos, tudo bem?
Dito isso se afastou em direção às escadas. Os guardas discutiam num canto, Alara não parecia nada feliz com a decisão que os outros tomaram, em entrarem tarde na luta ou até mesmo não se envolver. O outro lado por sua vez parecia ter uma ideia bastante diferente do ocorrido.

De qualquer forma Jonz não sentia-se preparado para sair ainda numa jornada de resgate, sentiu que deveria descansar mais um dia e esperava que as pessoas aguentassem. Dois guardas se encarregaram de fecharem o portão.

***

No dia seguinte, os guardas ajudaram com os corpos de Lira e Hendrid, cabendo a Von dizer algumas palavras. Todos estavam muito aflitos quando retornaram, Darius choroso mais afastado. Von acabou tomando a frente. Mais tarde, banhou Jonz com mais curas pelas suas mãos.
Imagem
- Temos um impasse, no momento. Precisamos ir em busca das pessoas, porém não sinto que devamos deixar a cidade sem proteção... Mesmo assim, qualquer divisão que penso parece fraca...
Toren tossiu e levantou a mão.
Imagem
- Hã... Então... Talvez possamos ter alguma ajuda. Veja bem... Um dia antes do ataque apareceu uma moça na cidade, estranha, bem estranha, arrumou uma confusão e foi presa, ela está na masmorra do forte. Ela parecia uma maga...
Alara virou-se com olhos arregalados.
Imagem
- Você está dizendo que deixou uma mulher trancada no forte todo este tempo?
O guarda então levantou as mãos.
Imagem
- Eu esqueci, ora, começou a cair pedras do céu... Não fazem nem dois dias direito... Mas enfim, voltando ao que importa, ela é uma maga, mercenária talvez, parece um monstro, sei lá. Não matou ninguém, nem nada, seria solta no dia seguinte, era apenas uma confusão, afinal. Bem, como eu disse, parece ser uma maga, talvez ela ajude...
Syndiri então bateu com a mão no braço do sujeito.
Imagem
- Vá logo então... E que os deuses façam ela nos ajudar mesmo depois de tudo isso
***

Longe dali, vindo pela estrada, duas moças se aproximavam de Pedra Noturna. A primeira dela era Amarílis, uma meio-elfa sacerdotisa, que residia na floresta Ardeep. Ao seu lado, uma robusta anã, de barda e cabeleira ruiva. A primeira havia ouvido sobre o ataque à cidade e por isso desejava ajudar possíveis feridos, a segunda viajava com uma missão pessoal, porém neste caso visitar seu primo, Morak Urgray, que tinha uma estalagem na cidade. A anã levava uma preocupação, entretanto, o encontro com Amarílis revelava que a cidade havia sido atacada e mais, em sua viagem juntas, haviam encontrado com um batalhão de caça élfico, que revelaram que a cidade havia sofrido um segundo ataque de orcs e bandidos.

Quando finalmente chegaram, encontraram os portões fechados e tudo parecia deserto, pelas grades conseguiam ver ainda alguns corpos espalhados pela praça, pareciam orcs, humanos e feras peludas. Diante de seus olhos então surgiu um homem que seguia reto em direção a algo, parecia uma espécia de guarda, metido numa cota de malha, ao seu lado uma mulher esguia, de pele vermelha, chifres saltando da cabeça e um par de asas nas costas. O homem parou então e olhou para a dupla.

***

Faziam 2 dias que Alessa estava trancada naquela masmorra, por uma mera confusão que tivera na praça. Sabia que iria ser solta no dia seguinte, porém o dia seguinte não trouxe sua soltura, mas sim tremores. Não sabia o que havia ocorrido, mas quando ninguém apareceu, as esperanças de ser solta diminuíam.

Sua barriga roncava de fome enquanto analisava sua situação, quanto tempo demoraria para destruir as grades ou a parede com alguma magia. Eram grossas e de boa qualidade, porém antes que fizesse qualquer coisa, ouviu passos na escada e diante da cela surgiu o mesmo guarda que havia lhe prendido.
Imagem
- Ei, olá... Tudo bem? Nossa me desculpe por isso... - disse enquanto metia a chave na fechadura da cela - É que, bem, a cidade foi atacada por gigantes. Suas coisas estão naquela mesa ali. Venha comigo, muitas coisas aconteceram, precisamos de ajuda.
***

Enquanto isso na taverna Kaelen e Von olhavam pela janela.
Imagem
- Estão voltando.
Imagem
- Céus, é uma Tiefling.
Imagem
- Espera, o Toren parou... Está olhando pro portão.
Fichas & Status

Jonz: PV 12/31; CA 16/16; Outros: <> Inspiração: 0.
Amarílis: PV 21/21; CA 14/14; Outros: <> Inspiração: 0.
Alessa: PV 21/21; CA 17/17; Outros: <> Inspiração: 0 <> magias preparadas:
Leora: PV 35/35; CA 16/16; Outros: <> Inspiração: 0.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13724
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por Lord Seph » 02 Jan 2020, 14:53

Fome, algo que Alessa estava acostumada, mas nem por isso deixava de lhe irritar.

Nem se lembrava mais o motivo de estar ali. Precisava fugir, e comer. Pensou em destruir as grades várias vezes, mas não queria arriscar e ser perseguida.

Piorava quando via que ninguém dava sinal de vida, até que o idiota que lhe prendeu apareceu com um papo estranho.

Alessa sorriu, um sorriso cativante, mas falso que uma moeda de cobre pintada de dourado.
Imagem

Nossa, que horror.
Não estava realmente preocupada, mas se seria obrigada a fazer algo precisava de informações.
Imagem

Estão todos bens? E sim, posso ajudar depois de comer.
Falou com uma voz mais fraca, queria forrar o estômago antes de arriscar uma fuga caso fosse necessário.

Alessa então saiu da Sela e pegou suas coisas. Sentia a Lâmina sussurrar por uma luta, mas não iria fazer isso ali.
Imagem

Bem, me mostre o caminho, Sir.
Alessa fala com um sorriso, esperando avançar.

Magias Preparadas: Despedaçar e Invisibilidade.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 582
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por DragonKing » 04 Jan 2020, 20:36

Amarilis sabia que sua missão era seguir para a cidade e ajudar quem pudesse com sua magia e conhecimento. Preparou-se rápido mesmo temendo plea proporia vida. A memroia do estranho castelo flutuando ainda a perturbava pois era imenso, contudo algo lhe dizia que as criaturas que atacaram a cidade não tinham o intuito de destrui-la pois aparentemente elas conseguiriam se fosse, não demorou mito para que fossem embora após o ataque.

Trancou o templo e verificou se estava levando tudo o que podia. Iria ser uma cmainhada considerável e precisava partir logo. Durante o caminho , porém, acabpou por esbarrar com uma anã de longos cabelos vermelhos e...barba. Amarilis não julgava a aparecia de outras pessoas, sim achava estranha porém não a icomodava. Aparentemente a anã possuia um parente na cidade e logo a cleriga se prontificou a revelar o que tinha visto e assim ambas seguiram quase que correndo até a cidade.

No meio do trajeto Amarilis encontra com um grupo de elfos, ela já os conhecia e mantinham uma relação de respeito. Eles revelavam que o castelo não tinha sido o unico problema e isso torna-va tudo pior. Ao chegarem lá se depararam com os porto~es fechados e o local aprcialmente desturido, através do portão Amarilis conseguia notar corpos espalhadso pelo pátio, não apreciam ter sido do ataque anterior, eram recentes.
Imagem-Temos que dar um jeito de entrar...
Falou para a anã, mas seus sentidos elficos fez notar pessoas caminhando em meio os corpos rumo ao que aprecia ser uma estalagem. Uma mulher de asas e aparencia abissal estava acompanhada por um soldado que para e olha para o portão. Não sabia se daquela distancia conseguiria ouvi-lam entõa acenou e conjurou uma magia taumaturgica sobre si memso fazendo sua voz ficar três vezes mais alta.
Imagem-Sou Amarilis, clériga de chauntea, vi o ataque do meu templo e vim para ajudar.
Amarilis conjura o canrtrip Thaumaturgy e a deixa tres vezes mais alta por 1 minuto.

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9065
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Jonz Filho de Duran

Mensagem por Padre Judas » 05 Jan 2020, 16:00

Imagem

Jonz havia descansado bastante e sentia-se bem melhor, principalmente após as curas de Von. Viu os outros retornando e ouviu alguém falando do lado de fora da cidade.
Jonz Filho de Duran
Imagem
– Tem mais pessoas chegando. Vamos lá ver.
Pegou suas armas e saiu. Viu uma meia-elfa que havia se anunciado como Amarílis e uma anã.
Jonz Filho de Duran
Imagem
– Bom dia.
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1870
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por DiceScarlata » 05 Jan 2020, 23:38

LEORA
Imagem



- URAK MORGRAY!

"Se for cozinhar, tem que queimar a lingua!"

*Eram os dizeres da tribo de Leora, onde eram cultivadas as pimentas mais deliciosas e calcinantes do mundo. Inicialmente guerreiros conquistadores, encontraram na agricultura e culinária uma alternativa pacifica de se viver, onde não precisariam perder aqueles que amam. Embora ainda sejam duramente treinados para lutar, seus guerreiros-do-fogo, são enviados para o mundo para criar tratados comerciais para a tribo e expandir a apreciação das pimentas de Nemeian, o grande leão*

*A jornada de Leora apenas começara e seu primo Urak era a primeira parada, pois muito sabia de comércio, além de ser o detentor de uma grande lista de contatos e rotas comerciais pelas quais a anã poderia seguir dali em diante. Estava ansiosa em encontrá-lo! Seu humor estava otimo, havia encontrado uma companheira de viagem élfica - a qual não tinha nenhuma inimizade racial, a menos que falasse mal de sua comida - e seguiam uma agradável jornada, até que...


- VENHO ENCONTRAR MEU PRIMO! UM COMERCIANTE LOCAL E MUITO RESPEITADO EM MINHA TRIBO E NO RAMO DA CULINÁRIA! ABRAM PASSAGEM!!

*Sua voz era um rugido*

- O que houve aqui, Amari.. Estou com um péssimo pressentimento... Grr...
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5212
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por John Lessard » 06 Jan 2020, 21:21

Capítulo 1 - Uma Grande Revolução

Imagem

Toren parecia paralisado olhando a dupla no portão.
Imagem
- Eeerrrr... Olá?
Logo ele relaxou os ombros quando os demais se aproximavam. Jonz se punha ao seu lado, assim como Syndiri e Alara.
Imagem
- Quem seria o seu primo, senhorita?
Imagem
- Deve ser o Morak, né? Olha pra ela! E olha a outra, é bonitinha e disse que quer ajudar.
Ambos então se entreolharam e miraram Jonz, na esperança de uma resposta.
Fichas & Status

Jonz: PV 12/31; CA 16/16; Outros: <> Inspiração: 0.
Amarílis: PV 21/21; CA 14/14; Outros: <> Inspiração: 0.
Alessa: PV 21/21; CA 17/17; Outros: <> Inspiração: 0 <> magias preparadas:
Leora: PV 35/35; CA 16/16; Outros: <> Inspiração: 0.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Padre Judas
Mensagens: 9065
Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44
Localização: Belo Horizonte - MG

Jonz Filho de Duran

Mensagem por Padre Judas » 07 Jan 2020, 19:35

Imagem

Jonz não pretendia falar nada, mas os guardas olharam pra de modo tão efusivo que ele coçou o queixo e comentou.
Jonz Filho de Duran
Imagem
– Hã? Bom, não sei quem é seu primo, moça. Também vim de fora. Mas qualquer ajuda é boa. Aliás, onde estão meus modos? Meu nome é Jonz. Jonz Filho de Duran.
Jonz resumiu o que ocorrera: sua vinda para caçar goblins, o ataque do castelo voador, o combate contra os goblins e depois com os bandidos. Pincelou rapidamente a morte dos colegas – eles não tinham nenhuma conexão com os falecidos e não havia necessidade de detalhes. Terminou com o ataque dos bandidos, os orcs e os elfos.
Jonz Filho de Duran
Imagem
– E foi isso. Agora, alguns de nós vamos até a mina procurar pelos cidadãos. Talvez seu primo esteja lá, éé... qual seu nome mesmo?
BAÚ DO JUDAS
JUDASVERSO

Alexander: Witch Slayer [Kaito_Sensei]
Dahllila: Relíquias de Brachian [John Lessard, TRPG]
Jonz: Tormenta do Rei da Tempestade [John Lessard, D&D5E]
Syrion: Playtest T20 [Aquila]
Takaharu Kumoeda: Crônicas do IdJ [Aquila]
Yellow: Defensores de Mega City [John Lessard]

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 582
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por DragonKing » 08 Jan 2020, 12:33

Imagem- Eu não sei exatamente Leora, eu vi apenas uma fortaleza voadora, grande o suficiente para caber uma cidade... Foi muito rápido, mas pelo visto o suficiente para arrasar a cidade inteira.
Soldados se aproximavam, outras pessoas deixavam a taverna e seguiam para os portões. Amarílis esparava pacientemente os portões serem abertos, mas foram recebidas com desconfiança o que era normal dada as circunstâncias.
Imagem- Fico lisonjeada por de nossas armaduras, armas e conhecimento seja nossa aparência o que lhes pareceu relevante.
Dirigiu-se aos guardas tentando quebrar um pouco o excesso de masculinidade no local, ao ver uma mulher como soldado a cumprimentou com um sorriso e se dirigiu ao meio-orc educado que se apresentara, estendeu a mão para apertar a mão dele.
Imagem- Amarílis Lifehand, clériga de Chauntea. Vi de longe a fortaleza voadora atacar a cidade, vim para tratar dos feridos ou pelo menos acalentar seua corações. Há outros sobreviventes?
Jonz contava sem muito detalhes tudo o que ocorreu e Amarílis sentiu o peso. Lentou todas as mortes, até mesmo dos que tentaram fazer o mal, infelizmente a morte era algo inevitável e matar um mal necessário, preferia que não fosse assim, mas aceitava a realidade em que vivia.
Imagem- Vamos focar nos vivos a princípio, depois podemos dar um fim digno para os mortos. Eu sei onde ficam as cavernas, posso guia-los, um dos soldados pode vir conosco, seria bom um rosto familiar. Os demais podem tentar amenizar essa bagunça...
Amarílis olha para os corpos espalhados pelo pátio.
Imagem- Depois do que passaram, não merecem ver uma cena dessas quando retornarem ao lar.

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13724
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por Lord Seph » 08 Jan 2020, 16:36

Finalmente o ar livre, Alessa esticou os braços e asas sentindo os músculos doerem por estar a tanto tempo sem atividades.

Conseguiu devorar alguns nacos de carne de sua ração de viagem, mas queria algo mais pesado.

Logo estava diante dos outros Aventureiros.
Imagem

Olá, do que se trata essa reunião? Só me disseram que precisavam de ajuda.
Alessa fala com um sorriso no rosto e uma vos calma.
Imagem

Sou Alessa Brahms, mercenária e conjuradora. Normalmente eu cobraria por uma missão como essa, mas aceito uma boa refeição e que esqueçam que passei por aqui.
Falou após ouvir do que se tratava a missão, não se importava e desejava matar se possível para aplacar seu patrono.
Imagem

Bem, quando partimos? Ainda gostaria de comer algo, passei uns dias sem ser alimentada afinal.
Alessa fala de forma séria.

Magias Preparadas: Despedaçar e Invisibilidade.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
DiceScarlata
Mensagens: 1870
Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Re: A Tormenta do Rei da Tempestade | ON

Mensagem por DiceScarlata » 08 Jan 2020, 18:01

LEORA
Imagem


- Urak! Acabei de dizer homem!!

*Estava apressada e pensava em começar a bronquear ou atirar pimentas nos olhos deles, quando sua companheira de curta andança, soltou a ÉPICA cortada de andro-ego.*

- PFFFFFFFFFFF!! AHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAH!!!!!!!!!!!!

*Lacrimejava enquanto segurava a musculosa barriga*

- ESSA GAROTA É DAS MINHAS! Ja te adoro Amari!! HAHAHAHAHAHA Vocês ouviram!! haahahahahaha Que tal se ago...

*Então viu aquele meio-orc surgir sobre o parapeito, exuberando força, imponencia e o ar de um homem que foi o único a sobreviver a uma matança generalizada. O ar de um sobrevivente. Sexy.*

- Uau... "Agarre minha barba e me chame de potranca... Que homem.. "

*Apesar de sua força, tinha seus gostos peculiares. Quando o belo espécime perguntou seu nome, voltou de seu devaneio*

- Oh! M-meu nome é Leora da tribo do grande leão Nemeian e a cozinheira mais fogosa que sua língua vai conhecer...

*Percebeu como isso soou mal e corou *

- Quero dizer seu paladar! É ... Vim ajudar! Achar meu primo e ajudar vocês! Posso preparar otimas refeições, lutar e tudo... C-conte comigo!
Tribo Scarlata


- MUNDO DE ARTON: GRUPO MADEIRA DE TOLLON (on):Angra Cabelos de Fogo
- MUNDO DE ARTON: GRUPO AÇO-RUBI (on): Jihad das Areias Vermelhas
- MUNDO DE ARTON: GRUPO JADE (on):Sr. Fuu
- JOHNVERSE: PRESA DE FERRO (on): Jinx - Cruzado da Ordem dos cabeças de Dado
- JUDASVERSO: CRÔNICAS DA TORMENTA (on): Nagamaki no Gouka!
- FUI REENCARNADO COMO MONSTRO (on): Gizmo
- OUTONO (on): Sandman

Responder

Voltar para “JOHNVERSE”