MCUC: ENTRE MUNDOS

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 579
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

MCUC: ENTRE MUNDOS

Mensagem por DragonKing » 15 Ago 2018, 11:11

Imagem

VIGILANTES: ENTRE MUNDOS-ATO 1

“Eu conheço o freixo que se ergue
chamado Yggdrasill,
uma grande árvore, respingado
com água branca;
de onde vem o orvalho
que cai nos vales,
que cresce eternamente verde
sobre a fonte de Urðr.”


Seus olhos abrem e são ofuscados pela intensa luz que toma o lugar, vocês estão confusos e com dor de cabeça, a sensação é de que passaram dias dormindo. Seus corpos pedem por água e comida e seus estômagos roncam ao sentirem o odor de alimento que se espalha por todo o lugar. Vocês se levantam praticamente ao mesmo tempo como se o despertar tivesse sido programado, vocês olham em volta e se encaram. Não haviam trajes, não haviam máscaras, não haviam objetos tecnológicos nem objetos misticos.

Vocês já não estavam mais no laboratório da CAMPFIRE, em vez disso vocês se encontravam em um tipo de redoma de vidro hermeticamente fechada. Essa redoma localizava-se dentro de uma sala e nesta sala varias pessoas se locomoviam de um lado para o outro. Algumas usando macacões cinzentos ou negros e outros usando jalecos monitorando monitores que vocês não sabiam do que exatamente se tratava.

Kamil sabia exatamente quem eram eles, a SHIELD, a organização secreta que o “recrutou” para neutralizar um artefato com seus poderes. Você não sabia se eles estavam por trás do que ocorreu ,se Orzanov trabalhava para eles ou os traiu, o fato era que aquele lugar não parecia ser um quarto de hotel. Arthur e Aaron possuíam a mesma preocupação, foram expostos, estavam sem suas máscaras e trajes, era questão de tempo para que os demais os identificassem dentre todos, afinal não havia tanta opção, eram só 5 de vocês.

Finalmente vocês notam uma mulher em pé com um tablet nas mãos dividindo a atenção entre vocês e o objeto. Vocês não conseguiam ouvir nada do lado de fora o vidro impedia os sons de entrarem. Ela então ergue o tablet com a mão esquerda para um homem que surge de repente, um homem negro de sobretudo e portando um tapa olho. Ele pega o tablet e olha com atenção devolvendo o objeto em seguida para a mulher. Ele começa a falar mas vocês não escutam, a mulher falar alguma coisa para ele no ouvido e todos percebem uma sequência de reclamações seguidos de um “filho da puta”.

—Meu nome é Nick Fury, diretor da SHIELD e esta é a comandante Maria Hill. Sim nós existimos. Neste momento vocês estão sob a nossa custódia em uma de nossas instalações secretas. Essa prisão onde estão foi construída para deter um certo cara grande de pele verde então seus esforços para quebrar serão inúteis. Eles também possuem leitores de energia então quem quiser dar uma de espertinho e usar seus poderes para tentar fugir além de não conseguir você vai matar todo mundo ai dentro. Então não sejam estúpidos.

Imagem

Ele encara vocês serio, com apenas um dos olhos , um a um dos pés a cabeça.

—Vocês devem estar se perguntando o que estão fazendo aqui, já que salvaram TownsVille hoje. De fato vocês contribuíram para a segurança da população, mas ainda sim são criminosos. Nós observamos todos vocês, alguns deixamos apenas agindo para observarmos outros apenas esperávamos uma oportunidade para termos uma conversa. Alguns de vocês são acusados de vigilantismo, assassinato, pesquisas ilegais e distúrbio do sossego. Mas aqui não é um forum, vocês não estão aqui para serem julgados nem possuem direito a um telefonema. Alguns de vocês possuem habilidades sobrehumanas e temos um lugar especial para pessoas assim que saem da linha, outros provavelmente seriam colocados em um programa de acolhimento. Mas meu coração é gigante e quer muito ajudar vocês, mas ele também é egoísta então para eu ajudar vocês vocês precisam me ajudar.
Neste momento todos vocês estão sob a condição aturdido sendo limitados a ações livres e uma ação padrão que pode ser trocada por uma ação de movimento.
Todos seus ferimentos estão curados e todos vocês estão usando um macacão acinzentado, vocês não estão de posse de nenhum equipamento incluindo seus trajes.
Vocês estão livres para interagir entre si antes da chegada do Nick Fury
Editado pela última vez por DragonKing em 18 Ago 2019, 08:41, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Aldenor » 15 Ago 2018, 14:08

O portal se fechou, Deimon chorou a morte de sua irmã. Aquilo tudo parecia bizarro demais, fantástico demais e Arthur não entendia quase nada. Porém, o choro da perda da irmã maligna fez Arthur se compadecer dele. Sentia sua dor e temia que desmoronasse completamente se sua irmã fosse morta. Controlou o desespero, mas antes que pudesse fazer qualquer coisa, sentiu uma dor aguda nos ouvidos e homens trajando armaduras e armas chegaram. Arthur dobrou os joelhos com as mãos nos ouvidos e apagou.

Acordou numa cela de vidro com um macacão cinza. Havia outras pessoas ali dentro com ele: o chinês, o playboy, um rapaz que nunca vira e outro que estava na maca (mas dessa vez, acordado).
Arthur
Imagem
Que merda, sabia que um dia isso ia acontecer.
Fora preso.

Olhou em volta e ficou desconcertado. Sua identidade revelada para essas pessoas e para os outros que estavam fora da redoma de vidro, andando pra lá e pra cá. Alguns monitoravam computadores, outros mexiam em outras máquinas de tecnologia desconhecida para ele. Olhando para os que estavam presos com ele de novo, reparou que um dos dois rapazes teria que ser o tal do Punição, já que não era o chinês nem o playboy loiro. Aliás, porque ele estava ali?
Arthur
Imagem
Bom, galera, acho que... nos demos mal.
Depois, apontou para o rapaz de cabelos negros e olhos azuis, aleatoriamente.
Arthur
Imagem
Você é o Punição, é isso?
Disse.

Então, um homem e uma mulher apareceram se apresentando como Maria Hill e Nick Fury, membros da Shield, uma famosa (mas um mito, lenda) organização secreta. Arthur arregalou os olhos. Estava preso por ser um super ser e, talvez, por ter cometido algum tipo de crime. Ele não lembrava de qual, talvez desacato por bater em policiais... ou por matar aquelas pessoas para fugir de seu claustro.

Arthur coçou a cabeça agitado. Não queria confirmar que ele era o Rubro Negro, embora isso fosse um tanto fácil de adivinhar.
Arthur
Imagem
Escuta, caolho, eu faço o que tu quiser, mas antes eu preciso salvar minha irmã. Tu deve saber o que andou rolando por lá na CAMPFIRE, cheio de demônios e tal. Mas aquela diaba do caralho chamada Satana raptou minha irmã. Satana está morta e minha irmã continua desaparecida.

Então, eu te devolvo as palavras. Te ajudo se minha irmã estiver segura e... principalmente... se ela não souber que sou o... enfim, você sabe.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
John Lessard
Mensagens: 5204
Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03
Contato:

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por John Lessard » 15 Ago 2018, 14:51

Aaron não entendia muito bem como aquilo havia acabado, numa hora estava lutando e na outra... Havia terminado. Não tivera tempo de entender, pois o atacaram, sem chances de revide, sem chance de nada e agora, acordava preso, sem seu uniforme, numa cúpula de vidro. Olhou todos ao redor e só conhecia Wang. Sua mente era um turbilhão, sua identidade secreta revelada. Não sabia no que pensar, a luz branca era muito forte demais. Um dos ali presentes falou com ele, Aaron hesitou, mas respondeu, não adiantava muito tentar mentir.
Imagem
- É... Sou eu.
Olhava em volta, quando algum começou a falar. O rapaz de antes o respondeu, Aaron sentia-se violado e também sentia raiva.
Imagem
- Ou seja, fizemos o trabalho que era para vocês fazerem... Já vi esse filme antes. Então você quer nossa ajuda, de novo, mas para isso nos abate e nos prende... Diz que somos criminosos, pois eu acho que só está tirando proveito. Você mantém os Vingadores sobre seu controle, mantêm eles presos? Realmente tem recursos para deter o Capitão América, Homem de Ferro, Hulk e Thor? Se tivesse, eles não seriam necessários para salvar Nova Iorque ou você só estava esperando que outros fizessem seu trabalho novamente? Eu não sou um aprimorado, sou só um adolescente que luta kung fu... Você deve ter agentes muito mais qualificados do que eu. Me deixe ir ou me mantenha preso, mas eu não irei ajudá-lo.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13714
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Lord Seph » 15 Ago 2018, 17:35

Em um momento Wang usava seu feitiço de contenção para impedir o portal que traria Marduk ao nosso mundo. Por sorte um dos vigilantes usou de seu poder e destruiu o que mantinha o portal de Marduk aberto.

Exausto Wang baixou a guarda para poder usar seu portal para ir embora com o Punição, mas não foi o que ocorreu.

Um zumbido agudo o atordoa até fazer Wang desmaiar. Horas depois estava acordado com roupas nada confortáveis com um monte de gente estranha.

Não reconhecia ninguém, mas logo um cara fala com Punição e Wang fica feliz em ver um rosto familiar, mas triste por suas palavras depois.

Diferente de Wang, todos ali tinham um motivo para esconder suas identidades, Wang só não fez isso por causa de seu vídeo salvando pessoas na invasão alienígena ter sido bem documentada por câmeras e celulares.

Wang suspira e se coloca em posição de lótus após a vinda de seus carcereiros. Ele pensa se Magia podia ser detectado por esses aparelhos, afinal Magia e tecnologia não são exatamente semelhantes.

- Vocês podiam ter mandado um e-mail ou mesmo uma carta, Harry teve um meio-gigante para chamá-lo.

Wang finalmente fala após um tempo observando.

- Sabe, acreditar em boatos da internet nunca é uma boa ideia, mas vocês deviam usar neuralizadores em ocasiões como essa, diferente de mim, todos os demais aqui preferem não ter sua vida pessoal tão exposta assim.

Wang fala enquanto sai de sua posição de lótus e vai até o vidro.

- O Punição tem toda razão e duvido muito com toda essa parafernália eletrônica fossem capazes de impedir Lúcifer de trazer o apocalipse a esse mundo, então não haja como se fossemos o Capitão América ou o Homem de Ferro.

Wang fala sem se preocupar muito, afinal ele era um mago, aprendiz, mas tinha que entender melhor a situação inicial.

- Não sou vigilante como os demais, então não entendo as questões legais no momento, mas devo dizer que vocês são bem incompetentes em não ter evitado esse evento, então não vejo motivo nenhum em, como vocês dizem mesmo? Ah sim, coçar as suas costas para coçar as nossas.

Aquilo era um aborrecimento, aquelas pessoas estavam ajudando a lutar contra uma horda de demônios e assim o tratava.

- Diga logo o que deseja, mesmo sendo chinês eu não tenho tanta paciência.

Wang termina de falar e observar cada ponto daquele local. Jamais iria se esquecer dele é das pessoas presentes.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Mælstrøm
Mensagens: 1417
Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Mælstrøm » 15 Ago 2018, 18:09

Derek observou como aqueles vigilantes agiam e, enquanto isso, rastejou até onde sua pistola estaria. Quando Rubro Negro destruiu o portal, ele pôde se aproximar em definitivo de sua arma. Entretanto, mais um ataque e a inconsciência veio sem licença.

Acordou ao lado de outros que também acordavam ao mesmo tempo. Um homem falava e apontou para outro rapaz chamando-o de Punição. Derek abriu bem os olhos e olhou para o homem asiático, para um outro rapaz e o reconheceu estar na maca. Por eliminação, aquele homem de boca suja era o Rubro Negro.

Rubro Negro.

Derek olhou para os lados rapidamente e não viu sua pistola, apenas aquela roupa horrorosa de prisioneiro. Estava preso numa redoma de vidro cercado por muita gente. Ninguém ali sabia que ele era o Triminator. Não havia como! Ele estava sem seu uniforme, sem suas armas. Mas ele sabia quem era o Rubro Negro!

Derek ficou calado, apenas observando o asiático, o adolescente chamado Punição e Rubro Negro discutirem com um homem caolho que queria a ajuda deles. A SHIELD era, então, algo real. Derek meneou a cabeça concordando com aquilo tudo. Como poderiam saber sobre ele? Eram espiões, claro, então era por isso... Havia uma chance de sua identidade se manter oculta, pelo menos daqueles outros vigilantes. E do Rubro Negro.

Derek abaixou a cabeça, mantinha-se sentado no chão.

Avatar do usuário
Maggot
Mensagens: 2136
Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Maggot » 17 Ago 2018, 12:07

Kamil se manteve em silêncio, quase absorto em meditação, até a chegada de seus captores. Sim, não havia outro termo. De um sequestrador para outro.

- Assassinato e vigilantismo? Peço desculpas aos outros. Essas são minhas. - O rapaz finalmente murmurou. - Diretor Fury e Agente Hill... É óbvio que existem. Jesus Cristo. Enfim, não temos realmente opções aqui, temos? Ou trabalhamos para vocês ou somos neutralizados. Certo, eu posso trabalhar para vocês, mas tenho condições. Não ligo muito para ser morto, é preferível à servidão. Se for para negociarmos, eu quero colocar meus termos.

Kamil suspirou, procurando os óculos em seus bolsos. Traje de prisioneiro. Sem eles. Merda.

- A irmã do rapaz será prioridade. O que se identificou como Punição não precisará nos ajudar se não quiser, afinal é só um garoto que luta kung fu. - Torceu o rosto em um tique nervoso. - De resto, não tenho nada a adicionar. Se esses termos não parecerem justos... Lamento, mas creio que minha morte terá de vir bem rápido. Tenho assuntos pendentes no inferno.
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen

Avatar do usuário
DragonKing
Mensagens: 579
Registrado em: 17 Abr 2018, 11:24

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por DragonKing » 17 Ago 2018, 13:59

Nick Fury olha para vocês com seu único olho e ,mesmo sem ter uma expressão consisa dava para ver em seu olho um incomodo sobre o que vocês diziam, principalmente as provocações de Aaron. Maria Hill olha pra ele de lado e da uma passo a frente falando apenas quando todos despejam o que desejavam falar ou simplesmente ficavam quietos como o próprio Derek.

-É verdade que a maioria de vocês cometeram crimes, alguns dignos de corredor da morte. mAs em vez disso você estão aqui recebendo uam chance de usar suas habilidades para um proposito maior.

Fury da alguns passos circundado a sela de vidro encarando um por um.

-O mundo precisava de heróis, sempre precisou. Quando uma ameaça alienígena nos acometeu eu uni as pessoas mais inteligentes e poderosas da terra para garantir que a ameaça fosse neutralizada, e como podem ver vocês estão vivos graças a eles. Infelizmente os Vingadores não podem estar em todos os lugares ao mesmo tempo e nós, apesar de podermos estar em vários lugares ao mesmo tempo. Nem sempre somos perfeitos, errar faz parte do aprendizado. Vocês não estão nessa sela por conta dos seus crimes vocês estão nessa sala pois foram expostos a energias desconhecidas por nós que precisam ser estudadas e garantir que nenhum de vocês esteja infectado com algum parasita demoníaco.

Ele para e olha de lado para Aaron.

-Minha proposta é simples, vocês possuem habilidades extraordinárias e fizeram um bom trabalho hoje, já estávamos investigando Satana, mandamos um dos nossos melhores agentes, mas ele não retornou...Então recebemos a visita de Deimon Hellstrom , o irmão mais velho que finalmente nos contou o que estava acontecendo, até então investigávamos casos de contrabando de artefatos alienígenas e associação criminosa, mas quando descobrimos que se tratava de uma ameaça dimensional tivemos que mandar todos que podíamos com Deimon garantindo que era capaz de impedir que um demônio mitológico viesse a terra, fazer o que vocês fizeram só demonstra que ainda há pessoas querendo fazer a diferença.

Fury olha para Maria que se aproxima da sela com seu tablet e o ergue para Arthur.

-Sua irmã está bem e segura. Seus pais chamaram a policia para encontra-la e ela estava em uma festa em uma república. Adolescentes...

Fury continua sua explicação enquanto continua a andar.

-Como eu estava dizendo, os vingadores não podem estar em vários lugares ao mesmo tempo, por isso estou fazendo uma proposta. Vocês trabalham para nós e nós damos um jeito de seus crimes nunca terem existido. Vocês mantem suas identidades seguras para a sociedade e suas famílias e não precisaremos dar péssimas noticias para elas.

Uma imagem surge no vidro, como uma especie de tela projetada. Nela aparece a imagem de uma mulher andando na rua, cabelos loiros e olhos claros. Arthur imediatamente a reconheceu como a mulher presa nas correntes. Maria Hill toma a frente novamente enquanto dedilha o tablet.

Imagem

-O nome dela é Signe Bittner uma DJ germo-dinamarquesa. Ela desapareceu após seu ultimo contato ter sido com a Satana ainda usando o nome falso de Victoria. Nós mandamos duas forças tarefas para encontra-la, mas além da jurisdição ambas as equipes também desapareceram. Esse foi o ultimo vídeo que tivemos que conseguimos recuperar do esquadrão 303.

Após a imagem de Signe surge um vídeo em POV, são agentes invadindo um complexo no meio de uma floresta. Está noite e a visibilidade só é possível devido a visão noturna. Enquanto eles estão andando vultos surgem rapidamente nocauteando parte deles, armas são disparadas e sons estranhos são ouvidos até que simplesmente o vídeo para e mais nada se ouve. Fury volta a falar.

-Acreditamos que fomos atacados por seres aprimorados, e infelizmente nossos agentes mais qualificados não estão disponíveis e é ai que vocês entram. Vocês possuem habilidades sobre-humanas, intelecto avançado, capacidade de luta acima da media, conhecimento mistico e influência. Nós em outra ocasião os recrutaríamos, receberiam treinamento adequado e seriam transformados em agentes, isso ainda seria capaz, mas por agora estamos pedindo a ajuda de vocês para tentar encontrar e resgatar Signe, precisamos saber qual a relação dela com Satana e Orzanov e claro descobrir quem atacou nossos homens. Vocês terão nosso apoio tático e ao completarem a missão não estarão mais em débito com a sociedade, vocês podem discutir os termos do acordo com a Comandante Hill.

Fury deixa a sala sem preocupações, ele caminha até porta de saída e desaparece. Maria o encara até ele desaparecer e retoma a atenção para vocês.

-Nossos médicos estão trabalhando para liberar vocês o mais rápido possível.
Editado pela última vez por DragonKing em 20 Ago 2018, 09:56, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
Aldenor
Mensagens: 17588
Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13
Localização: Curitiba, PR

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Aldenor » 18 Ago 2018, 09:03

"Parasita demoníaco".

Arthur franziu a testa incrédulo naquela lorota do caolho. Mas suas palavras seguintes os enalteceram. Arthur desviou o olhar como sempre fazia quando era elogiado. O sorriso, entretanto, não escapou com facilidade. Afinal, seus esforços enfim estavam sendo reconhecidos e por "gente grande". A xará de sua irmã mostrou, depois, que sua irmã estava bem... fazendo arruaça como uma adolescente qualquer.

Arthur sentiu o peso do mundo sair de suas costas. Sentiu frustração por ter sido tão facilmente enganado. Agiu como louco e sua promessa de não matar novamente desapareceu sem pensar duas vezes. Fora consumido pela vingança e seria em vão, porque fora enganado. Tudo porque descobriram suas identidades secretas. Arthur abaixou a cabeça e cerrou o punho.

Por fim, viu a imagem da loira que estava sofrendo nas mãos de Satana. Aparentemente, Fury queria que aquele bando a resgatasse. Arthur balançou a cabeça negativamente, irritado com aquilo tudo.
Arthur
Imagem
Amigo, você deve saber que nós nos arriscamos pra ajudar as pessoas. Alguns de nós precisam proteger as identidades secretas. Não precisava ter revelado nossas identidades para os outros. Vocês saberem, tudo bem, eu entendo, afinal são do governo e tal.
Começou se aproximando da parede de vidro.
Arthur
Imagem
Nada pessoal, galera.
Disse para os outros aprisionados como ele.
Arthur
Imagem
Mas não confio neles.
Disse por fim.

Cruzou os braços e encarou Maria Hill com um sorriso.
Arthur
Imagem
Obrigado. E sim, podem contar comigo. Se depender de mim, Signe estará em sua cama confortável dormindo em poucas horas. Só preciso que me levem aonde ela está aprisionada.
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Avatar do usuário
Lord Seph
Mensagens: 13714
Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Lord Seph » 18 Ago 2018, 11:49

Eram ignorantes quanto a magia, podia explicar que era algo tão natural como o ar que respiramos, mas Wang achava aquilo fútil.

- Se queriam ajuda só era pedir, e eu poderia explicar exatamente o que foi aquilo tudo.

Bem, não importava, agora tinha que perguntar algo mais importante.

- Bem, posso ajudar sem problemas, mas preciso saber se apreenderam um artefato estranho com uma radiação desconhecida.

Tinha que usar termos que eles conheciam.

- Esse artefato devia aparentar com uma caixa ou objeto semelhante, antigo e sem nenhuma tecnologia aparente. Se encontraram preciso dele de volta, vocês não tem como compreender com o que estão lidando, explico depois do que se trata, apesar de não saber muito.

Aquilo estava ficando complicado, mas Wang tinha logo que pedir explicações ao seu tio.

- Bem, em todo caso podemos voltar para casa ou vamos direto para essa missão? E espero que não tenham instalado algum rastreador em nossos corpos.

Wang termina de falar.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.

Avatar do usuário
Maggot
Mensagens: 2136
Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Re: VIGILANTES: ENTRE MUNDOS

Mensagem por Maggot » 19 Ago 2018, 16:10

- Que seja, que seja.

Kamil torceu o rosto enquanto bocejava, incomodado por seu negativismo ser estabelecido como desnecessário. "Por hora." Não podia confiar em ninguém ali. Mas podia ajudá-los. Foi quando o oriental falou sobre o artefato que Kamil se manifestou novamente:

- Artefato? - Questionou o homem, já não esperando resposta- E eu não acho que eles precisem de rastreadores. Mil olhos e um. Em todos os lugares. A segurança e poder do estado acima da liberdade. Sacrifício justo, imagino.

Sorriu amargo.
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen

Responder

Voltar para “Dragon King's Den”