Podcast Dragão Brasil 017: Minhas Férias – Parte 2!

Chegou a sexta-feira e o podcast da Dragão Brasil está aqui para não te deixar sozinho!

J.M. Trevisan, Karen Soarele, Guilherme Dei Svaldi e Leonel Caldela retornam para contar o resto das aventuras de férias e dissecar algumas séries e filmes, além de responder as perguntas dos sedentos Conselheiros da Dragão Brasil!

Para escutar, clique no player acima.

Para baixar, clique no link correspondente com o botão direito e escolha “Salvar como”.

Para ainda mais conteúdo, assine a Dragão Brasil — são mais de 100 páginas de RPG e cultura nerd todos os meses!

………………………………………………………………………………..
Flecha de Fogo:
https://jamboeditora.com.br/produto/a-flecha-de-fogo/

Ledd Vol 5:
https://jamboeditora.com.br/produto/ledd-vol-5/

………………………………………………………………………………..

Créditos
Participantes:
Guilherme Dei Svaldi (Facebook | Livros), Karen Soarele (Facebook | Livros), J. M. Trevisan (Twitter | Livros), Leonel Caldela (Twitter | Livros).
Edição: Adonias Marques (portfólio).

1 Comment

  • Vicente G. Pinto

    9 de fevereiro de 2019 at 14:42

    Saudações queridos!

    Não sou nenhum expert, mas gosto bastante da história da música e da evolução dos gêneros musicais, sempre estou pesquisando sobre o assunto.

    Do que eu me lembro, o hip-hop é nome do movimento que é composto o Rap (gênero musical), Grafiti (artes visuais) e Street Dance (dança). O Rap como gênero musical derivou bastante e se difundiu nas periferias do mundo. Quando chegou aqui no Brasil, o gênero foi difundido no Rio e em São Paulo, e de cada lugar nasceu um gênero principal, o Rap Paulista e o Funk Carioca. Ainda hoje são os maiores gêneros do Rap em terras tupiniquins, e tem suas subdivisões (funk tem uma porrada).

    Eu acho muito legal ver essa evolução musical, mesmo não gostando de alguns gêneros.

    Abraços pessoal!

Deixe o seu comentário