Sal & Tormenta — Caldo de Lena e Justos de Khalmyr

Sal e Tormenta

Sal & Tormenta — Caldo de Lena e Justos de Khalmyr

Por Em Sal e Tormenta Comentários Sal & Tormenta — Caldo de Lena e Justos de Khalmyr 28

Nova coluna nesse amado blog: Bem vindos à Sal & Tormenta!

Quem acompanha as redes sociais, as streams e o Podcast da Dragão Brasil já deve saber, mas muita gente dentro da Jambô adora cozinhar e todos, sem exceção, adoram comer. Aproveitando que durante a pandemia todo mundo virou padeiro, pra começar a pensar em receitas inspiradas em Tormenta foram dois palitos. E essa coluna é exatamente isso, a gente trazendo esse gosto mais pra perto de Arton, e de vocês, algumas de nossas divagações culinárias.

O CD de preparo de todas as Sobremesas dos Deuses é 20.

Sal & Tormenta 1 — caldo de Lena e justos de Khalmyr

Vinicius Mendes e eu, como bons entusiastas da arte da confeitaria e maníacos por doces, começamos com um projeto que carinhosamente chamamos de “Sobremesa dos Deuses”,  um compilado de doces e sobremesas diversas dedicadas ao panteão de Arton. Cada uma contém: uma apresentação do contexto da sobremesa dentro de Arton, e pra deixar as coisas mais interessantes, recrutamos Rafael Dei Svaldi para definir um benefício mecânico para cada uma das receitas dentro da sua campanha, caso você a utilize, e o passo a passo para que possa reproduzi-la em casa.

Se vocês gostarem da coluna, queremos trazer também alguns pratos que apareceram nos livros e quadrinhos de Tormenta ao longo dos anos!

Todas as receitas foram testadas por nós e podem ser feitas por qualquer pessoa que goste de um docinho de vez em quando.

Estrelando a inauguração teremos dois dos deuses mais amados do panteão: Lena e Khalmyr.

Caldo de Lena

Esse doce à base de milho é perfeito para celebrar a colheita e a fertilidade do campo. Dizem que é o que as sacerdotisas de Lena consomem para lhe dar mais forças antes das cerimônias de fertilidade que as ordenarão. Uma comida tão doce e gostosa quanto repleta de substância é ideal para acalentar aventureiros cansados após uma difícil aventura ou confronto. O doce também é bastante consumido em festivais da colheira em honra a Lena. Esses festivais são comuns nas áreas mais rurais de Deheon, Bielifield e quaisquer comunidades rurais que tenham presença de sacerdotisas da deusa.

Efeitos na mesa

Ao consumir esse doce, o personagem ganha +1 em todos os testes de cura realizados naquele dia.

Sendo esse o prato tipicamente ofertado nos festivais da colheita em honra a Lena, há um efeito colateral quando consumido nessas ocasiões: a hiperfertilidade. Até 1d10 horas depois do consumo, caso haja algum contato sexual a gravidez é certeza.

Cada porção custa T$ 3.

 

Receita de caldo de Lena (a.k.a Mungunzá a.k.a. canjica no sul e sudeste)

Ingredientes

  • 500 g de milho para mungunzá (ou canjica, muda conforme a região)
  • 1 litro de leite
  • 400 ml de leite de coco
  • ¾ de xícara de açúcar
  • 2 beterrabas médias (opcional)
  • 1 canela em pau
  • 4 cravos da índia
  • Opcional: 1 caixa de leite condensado (diminuir o açúcar para ¼ de xícara)

Preparo

  1. Deixe o milho de molho na água por 2 horas antes de fazer a receita.
  2. Escorra a água do milho, coloque em uma panela com água cobrindo o milho até ferver. Quando a água ferver, escorra a água. Encha novamente a panela novamente, com dois dedos além do milho, corte a beterraba em pedaços grandes e cozinhe até o milho ficar macio (aproximadamente 45 minutos). Se você usar a panela de pressão, espere pegar a pressão e conte 15 minutos. 
  3. Escorra a água do cozimento e retire a beterraba, ela só é responsável pelo tom rosado. Coloque o restante dos ingredientes na panela junto com o milho, misture bem. Deixe cozinhar por mais 20 minutos, mexendo de vez em quando. 

 

Justos de Khalmyr

sal & tormenta

É dever da justiça chegar igualmente a todos, sem discriminação de qualquer tipo. E é por isso que o doce de Khalmyr é tão fácil e barato de ser feito, porque todos, devotos ou não do deus da justiça, tem acesso aos ingredientes e conseguem dominar os meios de preparo da guloseima. Justos costumam ser feitos em grande quantidade e consumidos em grupo, uma forma de lembrar a todos que sob os olhos de Khalmyr, todos os justos são dignos de equidade.

Efeitos na mesa

Após consumir os justos de Khalmyr, o personagem poderá escolher uma rolagem de D20 com resultado inferior a 10 para considerar o resultado como 10.

Cada porção custa T$ 2.

 

sal & tormenta

Receita de justos de Khalmyr (a.k.a. casadinho a.k.a. brigadeiro branco e preto a.k.a. negrinho e branquinho)

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher de sopa de manteiga ou margarina
  • 1 colher de sopa de cacau em pó/chocolate em pó/achocolatado
  • 1 colher de chá de extrato ou essência de baunilha
  • granulados de duas cores

Preparo

  1. Divida o leite condensado e a manteiga em duas partes iguais.
  2. Coloque metade do leite condensado, metade da manteiga e a baunilha em uma panela.
  3. Leve ao fogo médio e cozinhe mexendo o tempo todo até que desgrude do fundo. Coloque em um prato e reserve até esfriar.
  4. Repita o mesmo procedimento com os ingredientes restantes. Fazendo o de baunilha primeiro, você pode usar a mesma colher. 😛
  5. Quando as massas estiverem frias, pegue uma colherada de uma delas de acordo com o tamanho desejado e enrole nas palmas das mãos umedecidas com água. As mães e vós costumam usar manteiga ou margarina, mas elas dificultam que os granulados colem nos doces.
  6. Repita o procedimento até que as duas massas estejam todas enroladas.
  7. Junte uma bolinha de cada cor e enrole-as juntas para que formem uma bola de duas cores. Passe no granulado.

Gostou das receitas? Vai usar as regras na mesa? Quais deuses devemos fazer no próximo mês? Conta pra gente nos comentários.

 

Mais Sal & Tormenta

Sal & Tormenta 02 — Aharadak, Thyatis e Kallyadranoch
Sal & Tormenta 03 — Arsenal, Tenebra e Thwor

Comentários (28)

  1. Por favor continuem com esse painel tem uma cozinheira na minha mesa e quanto mais receitas legais iguais a essas melhor, fora que RPG e comida é a melhor combinação que existe <3!! Ansioso e curioso pra receita de Nimb tambem e com medo da de Aharadak hahahahhahaha!

  2. Hoje mesmo vou fazer a receita de lena, tenho acompanhado fim dos tempos e será que teremos uma receita de tilliann? Será que existe em algum livro perdido no éter divino um livro de receitas que figure as receitas favoritas do deus perdido.

  3. Bah galera, acabei me empolgando na cozinha com a motivação de vocês e fiquei pensando receitas e bônus de atributos(muito boa a sacada). E tive um idéia que acho legal compartilhar: “O docê de Hyninn, poderia ser um salgado!?” eheheehehhe

  4. QUE SENSACIONAL! Como amante da culinária dentro e fora da mesa, essa novidade não poderia me deixar mais feliz. Presença na mesa garantida. Partiu cozinhar e que venha cada vez mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *